• 209k
  • 12
Fotografia \ 9 de maio de 2017

10 Erros Comuns Cometidos por Todo Fotógrafo Iniciante

Você está com tudo pronto para começar! Finalmente comprou aquela câmera que já estava namorando há meses e foi testá-la. Depois de fazer uma série de fotos nas ruas ou umas fotos para sua incrível loja virtual, você ficou surpreso ao descobrir algo desagradável: as fotos não ficaram do jeito que você esperava. Algumas ficaram desfocadas, outras estão fora do enquadramento e outras parecem que foram fotografadas pelo seu sobrinho de 7 anos. Por quê?

A fotografia não é exatamente um passeio pelo parque. Na realidade, é muito mais fácil criar um site de fotografia do que fazer as fotos para o site. Claro que ninguém espera que você seja a próxima Annie Leibovitz ou um novo Richard Avedon na primeira semana da sua jornada através da fotografia. Entretanto, desde dominar a perfeita iluminação e compreender algumas das configurações básicas até a forma como você movimenta seu corpo, há centenas de erros que você pode (e deve) facilmente evitar.

Veja aqui os 10 erros mais comuns que todo fotógrafo iniciante comete. Bem, todos que ainda não leram este artigo ;)

1. Você só usa o modo automático

As câmeras hoje em dia incorporam um monte de configurações automáticas para facilitar a sua vida. Por exemplo, podem identificar a luz do ambiente, movimentos e até os rostos, de forma a tirar a melhor foto possível. Mas lembre-se, o modo automático é como as rodinhas da sua primeira bicicleta; são apenas uma ferramenta para te dar a autoconfiança que você precisa nos seus primeiros passeios.

Você deve largar o modo automático rapidamente, mesmo que no início suas fotos não sejam tão boas. Por quê? Quando você usa a configuração automática, basicamente você está deixando o computador que mora dentro da sua câmera decidir por você. Vamos pegar como exemplo o foco. Realmente você quer que o processador da sua câmera escolha qual deve ser o ponto central da sua foto? Por mais sofisticadas que sejam as câmeras, nem a melhor de todas vai compreender e executar o que se passa na sua mente. O mesmo pode ser dito da velocidade do disparador, a abertura ou o ISO. Se você quer que suas fotos sejam de verdade “as suas fotos”, vai ter que aprender como configurar sua câmera você mesmo.

2. Você esquece de verificar suas configurações

Agora que você largou aquela “zona de conforto” do automático, já temos um outro erro muito comum. Quando você alterar as configurações da sua câmera, elas provavelmente vão ficar na memória. Não esqueça de alterá-las antes da suas próximas fotos porque as condições da luz muito provavelmente vão ser diferentes.

Um caso clássico: você está fotografando interiores e escolheu um ISO alto para reduzir o tremor da câmera. Uns dias ou horas mais tarde você pega a sua câmera de novo, mas desta vez em uma hora em que o sol está brilhando. Infelizmente, você esqueceu de checar suas configurações e seu ISO está alto. Como principiante, é muito provável que você só se dê conta do seu erro quando sentar na frente do computador para revisar seu trabalho, e aí verá o ruído nas suas fotos. Infelizmente, agora não há muito mais o que possa ser feito.

Um descuido plausível e totalmente perdoável pode ter consequências sérias, por isso assegure-se de ter tudo organizado. Muitos fotógrafos simplesmente criam seu próprio ritual quando preparam o equipamento: sempre checam certos itens na mesma ordem – exatamente como um músico testa seu microfone antes de uma apresentação ao vivo. Esta simples rotina vai assegurar que você está no lugar seguro!

3. Você só está fotografando em modo JPEG

Muitas câmeras digitais oferecem a possibilidade de fotografar em formato JPEG. Quanto mais opções melhor, certo? Bem, não exatamente. JPEG é um método muito comum para comprimir imagens. Por um lado, você tem imagens de baixa resolução, o que facilita o upload e os compartilhamentos. Por outro lado, este formato tem perdas, o que significa que você vai sacrificar um monte de pixels indefesos nesse processo de compressão.

Fotografar em JPEG não tem problema algum se você quer rapidamente tirar fotos das suas férias ou se você só está experimentando. Agora, se quer ter a possibilidade de editar suas fotos, definitivamente esta não é a opção certa para você. Escolha o formato RAW, que é a versão “crua” de suas fotos, exatamente como foram captadas pelas suas lentes. Você vai ter muito mais flexibilidade para sua própria edição e, se necessário, poderá comprimir as imagens posteriormente. Claro que vai consumir mais memória. Mas os cartões SD não são mais tão caros quanto já foram no passado, então pelo bem da qualidade das suas fotos, tenha sempre um cartão extra à mão.

4. Você não tem um ponto focal claro

Ponto focal? Não se preocupe, não vamos te dar aula de física. Esta palavra intimidadora não indica nada mais que o ponto crucial da sua imagem. É o ponto central para onde os olhares das pessoas são atraídos naturalmente. Agora que você já entendeu a importância de um ponto focal, deve ficar atento a isso quando estiver fotografando. Muitos fotógrafos principiantes simplesmente fotografam como se fossem o Rambo: de forma brusca e imprevisível, dentro e fora do enquadramento.

Uma foto sem um ponto focal claro ou sem assunto é simplesmente uma foto que não oferece grande coisa a quem a olha. Você pode ter na sua foto cores vibrantes, uma incrível paisagem ou o modelo mais lindo em uma praia, mas se o ponto focal não estiver claramente definido, as pessoas vão continuar procurando. Como é possível ter certeza de que o assunto central da sua foto está no local certo? Simplesmente comece aplicando a regra dos terços, uma ferramenta muito conveniente para você lembrar e que vai te ajudar a saber onde colocar cada objeto das suas fotos.

5. Você não se movimenta o suficiente

Fique em pé, se incline, se encoste, pule, corra; não importa o que você faz desde que se movimente! Não só o abdômen ”tanquinho” que você está tentando desenvolver vai agradecer, mas suas fotos também vão. A mesma ação vai sempre levar aos mesmos resultados; dessa forma, se você ficar no mesmo ponto enquanto fotografa, inevitavelmente suas fotos vão ser idênticas. Para encontrar novas perspectivas você precisa experimentar novas posições. Este também é o caso quando você está captando imagens de algo que tradicionalmente deve ser feito a partir de um ponto estático, por exemplo, quando você está fotografando para seu site de eCommerce. Encontre novos ângulos para sua próxima sessão de fotos e veja essas imagens ganharem vida de uma forma totalmente nova.

Esta regra também se aplica para a maneira como você fotografa pessoas. Como diria Robert Capa, “Se suas fotos não estão suficientemente boas, você não está suficientemente perto”. Muitos fotógrafos iniciantes têm receio de chegar perto de seus “modelos”, mas se você tentar segurar a câmera mais perto do que normalmente você faz, vai se surpreender com a qualidade das fotos que você vai tirar. Seus modelos também vão ficar surpresos de ver você chegar perto, o que vai te dar a oportunidade de captar a expressão diferente em seus rostos.

6. Você só usa o flash embutido

Provavelmente você já reparou que, quando usa o flash embutido na sua câmera, nem sempre consegue a luz que deseja. Às vezes, a foto fica com brilho em excesso, outras ficam com umas sombras horrorosas e às vezes não dá para ver nada. Não confie apenas no equipamento que já vem embutido. Não tem problema algum só depender desse flash nas suas primeiras semanas como fotógrafo, mas rapidamente você se dará conta de que precisa de algo melhor.

Claro que comprar flashes adicionais significa menos dinheiro na sua conta bancária, por isso não se esqueça de também procurar equipamentos de segunda mão onde você pode conseguir material de boa qualidade a preços mais acessíveis. Se você está com um orçamento muito apertado, tente explorar as opções alternativas que estão bem na sua frente, como jogar com a sensibilidade ISO ou usar um refletor para conseguir mais luz. Para mais dicas, dê uma olhada em 9 dicas baratas de fotografia para você economizar.

7. Você escolhe suas fotos na tela da sua câmera

A tela LCD da sua câmera destina-se apenas a uma visualização das fotos, nada mais do que isso. Claro que quando ainda está fotografando, há algumas fotos que você pode apagar sem qualquer dúvida, por exemplo, sua tia com os olhos meio fechados ou aquela foto com o sol batendo direto na sua lente. Você vai economizar um espaço precioso em seu cartão SD para outras fotos. De uma forma geral, entretanto, você não deve deletar fotos baseando-se apenas no que vê na pequena tela da sua câmera. Espere até estar sentado na frente do seu computador, caso contrário, você pode deletar uma obra-prima por engano.

8. Você esqueceu de fazer o backup do seu trabalho

Os diamantes são eternos, mas suas fotos não são – a não ser que você as salve com todo o cuidado e no lugar certo. Não esqueça de fazer o backup de suas preciosas imagens no seu computador obviamente, mas também em um disco externo. O seu terceiro local de proteção é na Nuvem. Há diversas e excelentes plataformas nas quais você pode salvar as suas fotos e por preços bem acessíveis. Para te ajudar a escolher a melhor opção reunimos uma lista das 6 melhores soluções de armazenamento online. Crie o hábito de fazer upload de seus arquivos regularmente: recomendamos fazer isso toda vez que você voltar para casa e ligar seu computador; já para a Nuvem, pelo menos uma vez por semana e claro, não esqueça de fazer o upload de suas fotos para seu site Wix de fotografia, onde vão estar disponíveis gratuitamente e pelo tempo que você desejar.!

9. Você se descuida da edição

Editar não é exclusividade dos fotógrafos profissionais de moda. Você ficaria surpreso ao saber quantas fotos podem ser recuperadas com apenas alguns truques simples de edição. Recortar, adicionar texto, ajustar as cores ou corrigir olhos vermelhos e cansados. É importante se familiarizar com as 10 dicas e macetes do Photoshop para iniciantes.

Se você fica um pouco receoso de usar este poderoso software, tenha em mente que você pode fazer praticamente tudo o que precisa em termos de edição diretamente em seu site Wix, e gratuitamente.

10. Você esqueceu de construir um site

Quando se trata da sua presença online, não há desculpas. Por quê? Porque o Wix facilita tudo para que você tenha um site incrível sem risco de falência. Você pode escolher um de nossos fantásticos templates que são prontos para usar e totalmente personalizáveis. Também pode  aproveitar a poderosa Wix Pro Gallery, a mais confiável das ferramentas para fotógrafos profissionais. Esta galeria com tecnologia de ponta permite mostrar suas fotografias com a qualidade exata que você deseja e mais, vem com outras opções bem legais, como proteção da imagem com um clique no botão direito e facilidade para o compartilhamento social. Basta fazer o upload das suas imagens e pronto!

Pronto para compartilhar seu fantástico trabalho com o mundo? Crie um site de fotografia com Wix gratuitamente!