• 61k
  • 14
Promova Seu Site \ 19 de julho de 2017

Como Esses 2 Sites de eCommerce Chegaram ao Topo do SEO

Você que é dono de um negócio criou sua incrível loja virtual e deu vida à sua paixão. Só que agora chegou a parte mais importante; trazer tráfego para seu site. Como fazer isso? Naturalmente, tendo um SEO arrasador! Nós verificamos algumas lojas virtuais criadas com o construtor de sites do Wix e esmiuçamos suas melhores estratégias para ter um bom ranking no Google, para que você também possa implementá-las. Prepare-se para subir ao topo do Monte Google!

Antes de mergulharmos neste assunto, vamos examinar melhor quatro termos que são essenciais para compreender o SEO:

  • Page title ou Meta title (título de página): Toda página em seu site deve ter seu próprio título que precisa incluir a palavra-chave ou palavras-chave para essa página. Você pode fazer isso manualmente para cada página no Editor em “configurações de SEO”. Os títulos de página para suas páginas de produto são automaticamente gerados com o seguinte padrão: [Nome do Produto] | [Nome do Site/Nome da Empresa].
  • Meta-descrição: Apesar de não terem um efeito direto no ranking, você deve otimizá-las para melhorar a taxa de cliques a partir dos resultados de busca, ou seja, para trazer tráfego para as suas páginas. Em eCommerce este é um local importante para incluir palavras-chave relevantes, informação, chamadas de ação, etc.
  • Estrutura da URL: Inclua URLs amigáveis aos motores de busca para cada uma das suas páginas. Devem ser descritivas e diretas ao ponto.
  • Header tags (H1, H2, H3, etc.): Em português são chamadas de tags de cabeçalho. O H1 é um pedaço de texto que consta do seu site e que você define como “Título de Página” no Editor de texto. Google & parceiros usam isto para determinar o contexto ou o principal tópico da página. Lembre-se de usar apenas um H1 por página, e que ele deve ser representativo do conteúdo da sua página.

Agora que você já tem uma melhor compreensão do assunto, vamos analisar dois casos a fundo!

Age of Beard

Uns meses atrás, o Wix lançou uma campanha fantástica. Donos de lojas virtuais foram convidados para concorrer a uma chance de ganhar seu próprio comercial estrelado por Shaquille O’Neal. Alfredo, vencedor da campanha, é um profundo conhecedor de óleo para barba e foi quem criou a “Age of Beard”. O site está no topo do ranking para a frase de busca “Organic Beard Products” (produtos orgânicos para barba) e outros termos relevantes como “Organic Beard Oil” (óleo para barba orgânico). A “Age of Beard” também consegui ter um excelente ranking no topo dos resultados de busca com “Handmade Beard Brush” (escova para barba feita à mão).

Como ele fez isso?

Além de dominar os 4 pontos principais que mencionamos acima (se fez apenas uma leitura dinâmica, volta lá para dar uma olhada!) ele fez um trabalho fantástico com os nomes de seus produtos, conteúdo e a estrutura do site.

Nomes de Produtos – Os nomes de produtos da “Age of Beard” são descritivos. Por exemplo, o “The Lumberjack Premium Beard Oil (1oz.|30ml)” poderia ter sido chamado só de “Lumberjack” (lenhador), mas uma vez que ele incluiu o tipo de produto (premium beard oil – óleo para barba premium) e o tamanho (1oz.|30ml), a palavra-chave (beard oil – óleo para barba) está sendo usada e ajuda a explicar aos motores de busca exatamente o tipo de produto que ele está vendendo.

Conteúdo – A página de categoria onde seus produtos estão listados tem um conteúdo relevante e descritivo. Um potencial cliente pode encontrar tudo o que precisa ou que quer saber sobre o produto como as diferentes fragrâncias, qualidade, tipo, tamanho, ingredientes, etc. Alfredo também incluiu depoimentos de clientes ao final das páginas de categoria, aumentando assim a credibilidade do site e dos produtos e, ao mesmo tempo, fornecendo mais uma fonte de conteúdo exclusivo.

Estrutura do Site

Para os sites de eCommerce, é essencial criar a estrutura do site, uma vez que isso afeta a usabilidade, a conversão e os rankings.

  • Cada categoria tem sua própria página
  • Loja (Shop) é facilmente acessível e visível no menu ao topo da página
  • URL com estrutura clara
  • Links internos (links entre as páginas)

O que são links internos? Links internos ajudam os motores de busca a compreender seu site por inteiro. É por este motivo que é importante ancorar estes links nos termos ou expressões corretos. Está interessado neste assunto? Aqui nos aprofundamos sobre links internos – e sim, este é um exemplo de link interno.

Imagens

  • A “Age of Beard” tem imagens de alta qualidade com o Alt Text pertinente, mostrando o produto de diferentes perspectivas. No WixStores, o Alt Text pode ser ajustado manualmente, por isso certifique-se de ter um Alt Text descritivo incluindo sua palavra-chave.

Se você tem nomes relevantes para as suas imagens, o Google vai compreender para quais questões seu produto deve ser considerado. Se as imagens da “Age of Beard” não tivessem Alt Text, o Google não saberia mostrá-las para esta busca específica.

Você também consegue!

Se você quer dominar o SEO exatamente como a “Age of Beard” lembre-se:

  • Crie páginas específicas para cada categoria de seus produtos
  • Faça links internos dentro do seu site onde for possível
  • Tenha nomes de produto descritivos
  • Inclua descrições de produto detalhadas
  • Publique depoimentos dos seus clientes
  • Otimize suas imagens com Alt Text descritivo!

YAMA Jewelry

Qualquer um que estiver fazendo uma busca no Google por “YAMA Jewelry” vai encontrar seis links para o site ou “subheadings” (subtítulos) do seu site diretamente no resultado da busca no Google – veja a imagem abaixo. Isto aparece assim porque o Google achou mais estes resultados, que são úteis para quem está realizando esta busca. E está absolutamente correto! Se você está procurando por esta joalheria é bem provável que você queira ir direto para sua loja virtual e suas coleções.

Os benefícios de adicionar “subheadings” ou sitelinks

Há diversos benefícios em adicionar os “subheadings”, também conhecidos como sitelinks. Primeiramente, quem está procurando especificamente pela sua empresa tem a possibilidade de um acesso rápido às suas páginas internas. As pessoas que estão fazendo a busca só vão ver estes resultados se fizerem uma busca pela marca, o que vai proporcionar uma alta taxa de cliques para seu site. Outros resultados relacionados que você não deseja ver, como artigos, sites dos concorrentes ou até distribuidores terceirizados vão ser empurrados mais para baixo na lista dos resultados da busca.

Além disso, ter um link “Comprar” (Shop) clicável aparecendo no Google vai muito provavelmente fazer o consumidor que está fazendo a busca se direcionar diretamente para sua loja.

Você também consegue!

Agora que você já viu os sitelinks que a Yama Jewelry criou, provavelmente vai querer saber como conseguir isso para a sua própria loja virtual. Veja aqui o que você precisa saber para personalizar os subtítulos ou sitelinks:

  • Primeira colocação para busca por marca. Neste caso, a Yama Jewelry tem o primeiro lugar no ranking para o seu nome.
  • Construa seu site tendo seu consumidor em mente. Você deve ter um caminho de navegação claro com apenas algumas categorias bem claras também ou páginas como Comprar, Coleções (para todas as coleções!), Sobre e Contato.
  • Para ajudar o Google a compreender melhor, submeta um Sitemap XML ao Google Search Console seguindo estes passos:

– Vá para sua conta no Google Search Console

– Selecione seu site

– Clique em “Indexar” na barra lateral à esquerda

– Selecione Sitemaps

– Clique em Adicionar/Testar Sitemap (botão vermelho no topo à direita)

– Complete a URL sugerida com sitemap.xml para que fique no formato http://www.seusite.com/sitemap.xml

– Clique em Enviar Sitemap

  • Inclua links internos
    – A página mais importante deve ter o maior número de links internos.
    – A segunda página mais importante deve ter o segundo número em quantidade de links e assim por diante.

Não se esqueça!

Antes de você se tornar o rei dos links, é importante lembrar de algumas coisas. Primeiro, é o Google quem decide quais subtítulos (ou nenhum) vale a pena mostrar e só vai mostrar aqueles que considera que serão úteis para quem está fazendo a busca. Também é importante construir seu site tendo em mente o usuário final. Lembrete! No caso de lojas virtuais, você deve ter um link / subtítulo “Comprar” (Shop) e submeter seu sitemap ao Google Search Console.

Quer uma ajudinha?

Lançamos recentemente o Wix SEO Wiz, que analisa o SEO de seu site, indica seus pontos fortes e fracos, e cria um plano de ação para você melhorar à medida que vai cumprindo todas as metas. E o melhor de tudo é de graça! Conheça o Wix SEO Wiz aqui.

Pronto para conseguir que seu site de eCommerce seja encontrado? Crie sua loja virtual com Wix!