• 45k
  • 99
Redes Sociais \ 10 de outubro de 2017

3 Mensagens Para Evitar Enviar no LinkedIn e Como Melhorá-las

Passou a época em que o LinkedIn era uma extensão do nosso mapa de contatos profissionais, levada a sério apenas até certo ponto. Hoje em dia, a rede social é parte integral e indispensável de nossas carreiras, um ambiente onde encontramos e somos encontrados, e uma verdadeira mão na roda para fazer o famoso networking, adaptado à correria da vida contemporânea.

Todo profissional em busca de novas oportunidades sabe que, além de manter um CV atualizado – alguns até criam diferentes versões, enfatizando diferentes ângulos de suas carreiras e capacidades – e um site para exibir seu currículo, é necessário ter as mesmas informações em seu perfil no LinkedIn, e saber como interagir com seus pares, além de potenciais clientes e empregadores.

Entretanto, assim como nos relacionamentos românticos, o primeiro contato pode fazer toda a diferença! Abaixo, analisamos três erros comuns em mensagens enviadas através do LinkedIn, e sugerimos mudanças para melhorá-las e ter mais chances de receber uma resposta positiva!

A mensagem que não diz nada

Imagine que você é uma recrutadora e recebeu a seguinte mensagem:

Olá, Mariana

Como podemos colaborar em nossa área?

Atenciosamente,

Jorge

Porque é ruim?

Óbvio que é bom saber que tem alguém propondo colaborações profissionais, que sempre podem ser úteis para ambos os lados, mas essa mensagem não dá nenhuma pista das habilidades que o Jorge tem, nem porque ele acha que a colaboração com a Mariana seria frutífera. Será que algo no perfil da Mariana chamou a atenção do Jorge?

Como melhorar?

Olá, Mariana

Encontrei seu perfil e me interessei pela sua carreira como recrutadora e coach. Também percebi que você já trabalhou com o Paulo Santos, que se formou comigo na Federal.

Também estou em Curitiba, procurando recrutadores com experiência na área de hotelaria. Você gostaria de tomar um café e conversar sobre possibilidades de colaboração que podem ser frutíferas para nós dois?

Atenciosamente,

Jorge

Porque é melhor?

Não é necessário ser um hacker para identificar uma mensagem genérica a quilômetros de distância. Se você deseja se destacar, deve evitar passar a imagem de que apenas copiou e colou o mesmo texto para todo mundo. Incluindo uma ou duas linhas personalizadas, o Jorge indica à Mariana que deu uma olhada no perfil dela e encontrou coisas em comum, que podem ser o início de uma parceria profissional animadora! Esta é uma mensagem com muito mais chances de ser respondida.

A pergunta genérica

Outra mensagem que nossa personagem fictícia recebe bastante é a seguinte:

Oi, Mariana

Espero não estar incomodando com minha mensagem. Também trabalho com coaching aqui em Curitiba e estou procurando outros profissionais da área.

Como estão as coisas?

Susana

Porque é ruim?

Como estão as coisas? Esta pergunta é muito ampla para se ouvir de alguém que nunca conhecemos na vida real. Nem sabemos por onde começar a responder!

Como melhorar?

Oi, Mariana

Espero não estar incomodando com minha mensagem. Vi que você trabalha com coaching em Curitiba e gostei muito do artigo sobre negociação salarial no seu blog. Mesmo com 15 anos de carreira, sempre temos o que aprender!

Estou buscando constantemente expandir minha rede de contatos e gostaria de me comunicar com você, para saber se há espaço para interagirmos e ajudar uma à outra e crescer. Como certeza temos algo a ensinar! O que você acha?

Obrigado, Susana

Porque é melhor?

A sinceridade é um pilar dos bons negócios. É importante esclarecer suas intenções para estabelecer um contato com profissionalismo desde o início. Nada pior do que abrir espaço na agenda para uma reunião que acaba sendo uma tentativa de venda de um produto ou serviço – por isso as pessoas fogem das mensagens pouco específicas! Deixando claras as suas intenções desde o primeiro contato, você construirá uma rede profissional que conhece suas habilidades profissionais e saberá que pode entrar em contato quando necessário, ou indicar um conhecido que busca exatamente o que você tem para oferecer.

O pedido inesperado

Agora imagine que nossa heroína aproveitou uma mudança geográfica para também alterar o foco de sua carreira, deixando para trás os anos de recrutadora, e concentrando-se integralmente em suas habilidades de coaching. De repente, surge a seguinte mensagem:

Bom dia, Mariana

Estou procurando recolocação no mercado de software em Curitiba. Por favor, me apresente aos seus contatos na região, caso haja alguma compatibilidade.

Obrigado,

Mateus

Porque é ruim?

O Mateus deve investir um pouco mais em sua mensagem inicial para evitar que a Mariana ignore sua mensagem – ou, ainda pior, responda apenas “Oi, Mateus. Já atualizei meu perfil indicando que não estou trabalhando com recrutamento, e não tenho mais muitos contatos em Curitiba, pois moro em Belo Horizonte há cinco anos”.

Como melhorar?

Bom dia, Mariana

Notei que você já trabalhou como recrutadora no ramo de desenvolvimento de software. Não sei se ainda tem contactos nesta área em Curitiba para me ajudar, mas trabalho a cinco anos como programador nas Corporações Tyrell.

Entre meus principais projetos, destaco meu envolvimento na extensão da vida útil do modelo Nexus 6. Caso pense em algum contato que possa usufruir de minhas especialidades no ramo da automação, ficaria grato se você puder fazer esta apresentação.

Muito obrigado,

Mateus

Porque é melhor?

Se você está procurando um novo emprego e busca conexões que possam fazer essa intermediação, deixar claro suas habilidades faz toda a diferença – quem ler a mensagem saberá exatamente o que você tem a oferecer, e poderá encaminhar seu contato na mesma hora, sem necessidade de muitas perguntas.

Nesta hora, o mais importante é nunca se esquecer de que está pedindo a outra pessoa que faça algo por você, então torne essa tarefa o mais fácil possível. Forneça ao seu contato todas as informações de ele necessita para poder te ajudar!

Quer ser encontrado na internet para conseguir seu próximo emprego? Crie um site de currículo grátis no Wix!