Como criar um currículo online

Atualizado: 9 de jun.


Atualizado: Junho 2022

Como criar um currículo online

A procura por um emprego pode ser uma tarefa super estressante. Existem muitos candidatos para poucas vagas, então você precisa encontrar uma maneira de se colocar a frente dos concorrentes. Um currículo ou CV é essencialmente um documento de marketing que enaltece um produto sobre o qual você sabe mais do que qualquer outro: você mesmo. Atualizar o currículo, em geral, é a primeira coisa a ser feita quando se vai procurar um emprego.


Você não só precisa ter um arquivo pessoal à mão, como também precisará fazer um currículo online para que possa ser facilmente encontrado na web por outros profissionais.


Estas são as principais dicas de como fazer um currículo:


  1. Escolha o formato correto

  2. Adicione suas informações de contato

  3. Redija uma seção convincente sobre a sua experiência profissional

  4. Compartilhe sua formação educacional

  5. Inclua detalhes adicionais

  6. Faça revisão e edição


01. Escolha o formato certo


Quando for escrever o currículo, tenha em mente que a primeira impressão é fundamental. Pesquisas sugerem que em 6 segundos a maioria dos recrutadores consegue examinar um currículo antes de decidir rejeitá-lo ou ir adiante com um candidato específico.


Recursos visuais são as primeiras coisas que os recrutadores veem. Geralmente um currículo com uma aparência horrível é como um sinal de alerta que vai desencorajar os recrutadores a continuar lendo.


Pense qual o formato que você quer usar para o seu currículo antes de começar a adicionar os detalhes. Alguns tipos de profissões tendem a se beneficiar de diferentes formatos para o currículo. O formato que você escolher deve ser claro e bem legível e deve destacar os elementos mais importantes.


Mais algumas dicas sobre currículo que você deve levar em consideração no que diz respeito ao formato e ao layout:


Organize as seções. Organize as seções pela sua relevância. O padrão é começar pela sua experiência profissional e colocar a seção sobre a sua escolaridade imediatamente abaixo. Em cada uma das seções coloque os pontos principais em ordem cronológica inversa. Finalize com informações adicionais tais como idiomas e capacidades.


Crie de forma que seja fácil de ver. O seu currículo deve ser fácil ao olhar. Evite deixar a página superlotada e, para isso, escolha um tamanho de fonte de 11 ou 12 px com espaçamento adequado entre as linhas.


Enfatize as seções importantes. Utilize fonte em negrito para desmembrar o seu currículo em seções claramente definidas ou para destacar pontos-chave. Considere colocar os títulos das seções, seus cargos e nomes das empresas em negrito, num tamanho de fonte maior ou em um tipo de fonte diferente.


Deve ser curto. Seu objetivo deve ser ajustar seu currículo para que possa caber em uma só página. Muita informação nem sempre é bom; na realidade um currículo muito longo pode passar a impressão aos recrutadores que seu CV não foi editado e não tem foco.



02. Adicione suas informações de contato


Certifique-se que suas informações de contato estão bem visíveis no topo do documento. Semelhante a um cartão de visita, esta seção deve incluir seu nome, número de telefone, endereço de email, endereço de correspondência, como mostrado abaixo:


Jenny Candidata

Tel: 55 21 1234 5678

Email: jenny_c@favormecontratar.com.br

Endereço: Av. Nossa Senhora de Copacabana 500, Rio de Janeiro, RJ 22020-001


Inclua apenas um número de telefone e um endereço de email. Sugerimos criar um novo endereço de email especificamente para a sua procura por emprego, de preferência um endereço de email personalizado de forma a ter uma aparência mais profissional e também incluir só o número do seu telefone celular.



03. Redija uma seção convincente sobre a sua experiência profissional


O passo mais importante de escrever um currículo é criar uma seção sobre a sua experiência profissional. Lembre-se que a sua experiência vai ser sempre maior do que pode comportar o seu currículo. Não dá para incluir tudo no papel. Escolha quais os aspectos você quer enfatizar com base na sua relevância para o emprego que busca e com os seus objetivos para a sua carreira.


Tenha em mente as seguintes dicas para o currículo à medida que for criando essa seção:


Atenha-se a um formato consistente. Certifique-se de incluir o seu cargo e o nome da empresa, os anos trabalhados na empresa e a descrição da sua função.


Fale a linguagem deles. Quando for descrever suas funções anteriores, pense quais as capacidades específicas que seus recrutadores estão buscando. Frequentemente essas capacidades refletem certos jargões ou termos e frases associadas ao seu mercado ou posição. Você pode encontrar esses termos simplesmente verificando a descrição do cargo ou da função para a qual você está se candidatando. Por exemplo, se você é um profissional da área do marketing digital você deve incluir termos relevantes do marketing online como “testes A/B”, “marketing de conteúdo” ou “SEO local”.


Comece com um verbo. Os recrutadores sinalizam que preferem ver suas realizações escritas numa linguagem ativa ao invés de passiva. Em vez de escrever “Para este trabalho era necessário pensamento criativo e solução de problemas”, escreva “Encontrei soluções criativas para problemas tais como [...]”. Você - e não seu local de trabalho - é quem deve direcionar a ação. Isso mostra que você tem uma abordagem proativa em relação ao seu trabalho e que pode contribuir com habilidades valiosas para a sua equipe.


Fale como um líder. Além de usar uma linguagem proativa, escolha palavras que mostrem a sua liderança e iniciativa. Sempre que for relevante, escreva “gerenciei” em vez de “participei de”. Ao invés de “”contribuí para” opte por “criei” ou “desenvolvi”.


Adicione números. Quantifique as suas realizações sempre que for possível. Isso dá destaque ao seu sucesso, dá uma credibilidade às suas descrições e mostra que você tem uma abordagem ao seu trabalho com base em metas e objetivos. Por exemplo, se você é gerente de eventos, especifique quantos eventos você organiza por ano, qual o nível de orçamento e o número de participantes (por exemplo: Organizei 6 conferências com mais de 5000 participantes, administrando um orçamento anual de mais de R$500.000,00).


Mostre uma progressão. Nem sempre você tem números para mostrar. Nesses casos dê ênfase ao seu desenvolvimento profissional. Dê exemplos das capacidades que você foi adquirindo e das responsabilidades que assumiu nas diversas funções que exerceu.


Deve ser conciso. Os recrutadores dizem que a última coisa que eles querem ver é uma lista completa de tudo o que você já fez. Organize a sua experiência profissional de tal forma que seja fácil ter uma ideia dos seus talentos e competências. Se seus primeiros empregos ou os que teve enquanto era estudante não são relevantes para o cargo para o qual está se candidatando agora, o melhor é excluí-los do seu CV.


04. Compartilhe sua formação educacional


Quando estiver pensando em escrever seu currículo, tenha em mente que os detalhes mais importantes devem estar mais próximos do topo da página. Apesar de algumas pessoas colocarem a seção sobre a sua educação antes da sua experiência profissional, nós recomendamos colocar depois, uma vez que a sua experiência de trabalho é mais relevante para os recrutadores.


Dito isso, sinta-se à vontade para colocar a seção sobre a sua educação antes da seção sobre a sua experiência profissional se você é recém formado ou se a sua formação educacional é "especial".


Se você tem graduação universitária ou pós-graduação, não há necessidade de incluir informações sobre o ensino médio. Se você tem múltiplas graduações universitárias, liste primeiramente seu nível de educação mais elevado - por exemplo, o seu Mestrado antes do Bacharelado ou Licenciatura.


Se você ganhou alguma premiação ou uma distinção acadêmica que indiquem sua excelência, mencione isso também.




Template de CV online


05. Inclua detalhes adicionais


Alguns candidatos a emprego querem destacar seus currículos com uma paleta de cores criativa, imagens ou descrições do seu tipo de personalidade. Essa decisão é válida?


Para responder a essa questão pergunte a si mesmo se esses detalhes adicionais aumentam as suas chances de ser aceito para esse emprego específico. Se a resposta for não, exclua tudo. Em geral, quanto mais limpo e mais conciso for seu currículo, mais profissional vai ser a sua aparência.


Veja as nossas recomendações:


Competências. É importante incluir quaisquer habilidades profissionais que sejam relevantes, quer seja seu talento para o design de sites ou especialização em codificação. Anote também os programas que você domina como Photoshop ou Excel. Se você fala fluentemente múltiplos idiomas, certifique-se de incluir isso também.


Imagens. Adicionar uma foto sua não é uma boa ideia. Isso não tem relevância para as suas qualificações para o cargo e um recrutador super ocupado de qualquer forma não vai prestar atenção a esse detalhe. Guarde essas imagens para o seu site pessoal.


Hobbies (Passatempo). Se você ama pintar, fazer bolos, correr maratona ou tocar guitarra, sinta-se à vontade para adicionar seus passatempos se eles fazem a sua personalidade brilhar.


Trabalho voluntário. Ser voluntário na sua comunidade ou em qualquer trabalho sem fins lucrativos do seu mercado tendem a causar uma boa impressão. Se você faz trabalho voluntário recomendamos mencionar isso de forma sucinta no seu currículo.


Declaração pessoal. Uma declaração de missão pessoal pode ser redigida em pequenas frases que descrevam seus interesses, competências e seus pontos fortes. Para a inclusão ou não dessa declaração no seu currículo não há uma resposta preto no branco. Se você está se candidatando a uma empresa grande, com muitos atrativos e que recebe centenas de currículos por dia, é muito pouco provável que os recrutadores vão ler sua declaração pessoal. No entanto, se você está se candidatando a uma empresa menor, uma declaração pessoal pode ser útil.


06. Faça revisão e edição


Quando acabar seu currículo, leia em voz alta para se certificar que as frases fluem com tranquilidade e que não tem erros de ortografia ou de gramática.


Além disso, leia mais de uma vez as suas descrições para verificar que cada linha agrega algum valor ao seu currículo de uma forma geral. As suas declarações são claras e têm voz ativa, sem compartilhar exageradamente detalhes pessoais? Cada um dos seus pontos é único? Procure sinônimos relevantes para evitar repetição e faça cada ponto ser convincente.


Por fim, certifique-se que sua formatação é consistente. Sua tipografia - incluindo o espaçamento, tamanho da fonte, negrito e títulos - deve ter um estilo consistente ao longo de toda a página.



Por Bernardo Schanz

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png