• 39k
  • 30
Curiosidades \ 22 de janeiro de 2018

Como preparar um currículo e conseguir o emprego dos seus sonhos

Preparar um currículo digital oferece uma flexibilidade de design e conveniência, mas o mundo ainda não acompanha totalmente a era digital. Não recomendamos substituir completamente  a versão tradicional pela versão online – as duas se complementam e, pelo menos por enquanto, sugerimos ficar com as duas versões.

Pesquisas indicam que a maioria dos empregadores verifica um currículo em 6 segundos, por isso é importante mostrar num relance porque você é o melhor candidato. Com este guia, você vai se assegurar de estar preparado para a jornada que deve seguir e aprender como redigir um currículo que vai te ajudar a conseguir a entrevista que merece e arrasar!

Um currículo é basicamente um documento de marketing que enaltece um produto que você conhece melhor que qualquer outro: você mesmo! Há muitas maneiras diferentes para organizar as informações que você escolher incluir. Sugerimos pesquisar exemplos de CVs e templates de currículo para saber como as pessoas que estão procurando emprego no seu meio estão se “vendendo”.

Nota importante: um CV é um documento mais detalhado sobre tudo o que você já fez e um currículo básico é uma versão mais concisa. Normalmente, o currículo básico é o que é pedido para se candidatar a um emprego.

Não importa o formato que você escolher, os bons CVs ou os currículos básicos incluem os seguintes itens principais:

  • Informação de contato
  • Declaração pessoal
  • Histórico acadêmico
  • Histórico profissional
  • Experiências adicionais e outras qualificações

Agora vamos analisar cada um destes itens e saber como redigir um currículo.

Como preparar um currículo e conseguir o emprego dos seus sonhos

01.  Mostrar suas informações de contato

Sabemos que incluir um item para informações de contato pode parecer óbvio, no entanto é surpreendente como tantas pessoas conseguem bagunçar esta parte e até esquecer detalhes importantes como o nome ou o número de telefone. Para evitar ter que passar por este momento crítico, certifique-se de incluir claramente suas informações de contato no topo do documento.

Joana Andrade

Tel: 55 (12) 34567890

E-mail: joana_a@porfavormecontrate.com.br

Av. Bernardino de Campos 98, São Paulo, SP

CEP 12345-678

Ao invés de deixar o pessoal da equipe de contratação enlouquecido tentando encontrar você, diminua a confusão tendo apenas um número de telefone e um endereço de e-mail. Sugerimos criar um novo endereço de e-mail especificamente para sua busca de emprego e inclua apenas o número do seu celular; isso te dá o controle total de todas as mensagens que são passadas e de quem atende o telefone quando a equipe de contratação começar a ligar.

02. Apresente sua visão profissional

E qual o próximo item que você deve incluir? Sua Declaração pessoal. Este é um parágrafo que vai atrair a atenção do leitor de imediato e já vai cativá-lo para saber mais sobre você. Basicamente, você vai tentar vender seu produto, que é você mesmo, num pedaço de papel e portanto deve se assegurar de que a informação reflete o que seu potencial empregador está procurando num candidato. Nem precisa dizer que sua declaração pessoal precisa ser ajustada para se adequar a cada emprego para o qual você vai se candidatar.

Se você está tendo problemas para encontrar as palavras certas que deve usar, verifique o site da empresa para ver palavras, frases e slogans usados com frequência, além de dicas sobre a filosofia da empresa. Depois inclua alguma coisa dessa linguagem no seu currículo.

Como preparar um currículo e conseguir o emprego dos seus sonhos

03. Compartilhe sua formação acadêmica

Normalmente seu histórico acadêmico é o item mais direto a ser redigido, mas isso não significa que você pode jogar tudo de qualquer maneira. Se acabou de se formar, coloque o item sobre a sua escolaridade antes do item sobre a sua experiência profissional já que é bem provável que você tenha uma experiência educacional maior que a profissional. Agora, para um profissional experiente, seu histórico profissional deve vir antes do educacional. Sua experiência de trabalho é mais relevante para gerentes de contratação neste ponto de sua carreira.

O padrão é incluir primeiro seu nível educacional mais elevado e depois ir andando para trás. Se você tem graduação universitária ou superior, não há necessidade de incluir informações sobre o ensino médio e ensino fundamental.

2007 Mestrado em Tecnologia da Informação, USP, São Paulo, SP

2005 Bacharelado em Ciências da Computação, USP, São Paulo, SP   

04. Destaque sua experiência

Há uma boa chance de candidatos a um emprego, do que está procurando já há bastante tempo ao que está apenas começando, terem tido um ou outro trabalho temporário. Não recomendamos incluir todos os trabalhos temporários que teve em lanchonetes ou como vendedor de loja a não ser que sejam absolutamente relacionados com o trabalho para o qual está se candidatando. Neste item você deve incluir toda a sua experiência profissional numa lista em ordem cronológica inversa.

Para cada emprego inclua as seguintes informações:

  • Nome da empresa e endereço do respectivo site.
  • Nome do seu cargo. Se na startup anterior os títulos eram engraçadinhos e o nome do seu cargo era Rei da Alegria, você pode incluir uma “tradução” entre parênteses para esclarecê-lo.
  • Datas de começo e de saída: inclua o mês e o ano para cada uma destas datas.
  • Descrição do cargo: mostre como você contribuiu com a empresa – você economizou tempo e recursos, resolveu problemas, melhorou processos ou atraiu novos clientes?
  • Objetivos alcançados: onde for possível, mostre com números, porcentagens ou até com valores concretos (reais, euros, dólares) o valor que foi agregado. Aqui também é o local para incluir um prêmio ou reconhecimento recebidos.

05. Inclua detalhes adicionais

Como um funcionário em potencial, você deve mostrar que é uma pessoa versátil cujas principais realizações não se limitam estritamente ao seu trabalho. Se você tem alguns talentos únicos que te ajudam a se destacar, não deixe de falar sobre isso e com muito orgulho! Você deve incluir:

  • Talentos específicos: Dominar um programa como o Photoshop ou ser fluente em um idioma.
  • Hobbies: Administrar um blog que está arrasando, ser faixa preta, ser pianista de música clássica, etc.
  • Trabalho comunitário: Ser voluntário na sua comunidade ou na sua atividade.

06. Mergulhe no mundo digital

De acordo com pesquisas, 93% dos recrutadores vão te procurar no Google antes de decidir se querem ou não te entrevistar. Que tal incluir URLs pertinentes, como o seu perfil no LinkedIn e poupar o tempo dos recrutadores? Além de sua conta no LinkedIn, você deve incluir no seu currículo qualquer outro link que possa ajudar a contar sua história, como seu site Wix, portfólio ou blog. E já que estamos falando sobre o mundo digital, por que não criar um currículo online para que os empregadores possam ver como você é uma pessoa incrível com apenas um clique?

Como preparar um currículo e conseguir o emprego dos seus sonhos

Quer adicionar “criador de site” ao seu currículo? Comece construindo seu incrível site ainda hoje!

Por Equipe Wix

Receba o Blog do Wix
no conforto da sua casa!

Assine o Wix Blog e não perca nenhuma novidade!

Opa, esse não é um email válido.

e-mail já existe

Opa, esse não é um email válido.

Aproveite! \ 

Receba em primeira mão dicas atualizadas sobre como
promover seu negócio, Web Design, SEO e o Wix!

Opa, esse não é um email válido.

e-mail já existe

Opa, esse não é um email válido.