• 23k
  • 13
Promova Seu Site \ 2 de maio de 2018

SEO para Blogs: 8 Dicas para Atrair Mais Leitores

Se você está lendo este artigo, isto significa que você faz parte de um seleto grupo de pessoas que sabem que a melhor forma para compartilhar pensamentos, dicas e conselhos com seu público online é começar um blog. Mas e se ninguém chegar a ver esses posts do blog que você tanto se esforçou para escrever? E como as pessoas conseguem encontrar seu blog na internet? Hoje em dia, uma busca rápida no Google é o que basta para a maioria dos casos. No entanto, para constar nos almejados primeiros resultados, você precisa começar por conhecer estas letrinhas cruciais: SEO ou “search engine optimization” (ou, como diria Machado de Assis, otimização para motores de busca). De modo bem simples, isto significa tornar seu site mais acessível e legível para os robôs dos motores de busca, de tal forma que suas páginas possam constar nos resultados de uma consulta pertinente.

Você está com sorte já que, na realidade, escrever um blog é excelente para seu SEO. Pesquisas sugerem que empresas que têm um blog conseguem de 3 a 3,5 vezes mais tráfego do que aquelas que não têm. Mas para subir a escada do Google com seus artigos, é necessário bem mais do que apenas ter um blog. Um dos fundamentos para ter um bom posicionamento é oferecer conteúdo informativo e útil para o leitor, atualizado com frequência e exclusivo – em poucas palavras: seu objetivo deve ser escrever o que não será encontrado em nenhum outro lugar. Entretanto, isto é apenas o começo para quem está realmente levando a sério este assunto de subir no ranking do Google. Estamos aqui para te mostrar aquelas dicas adicionais que vão dar a alavancada no SEO que seu blog merece. Quer você tenha começado um blog ou adicionado um ao seu site, veja a seguir as 8 dicas mais recentes para os blogueiros:

01. Encontre os tópicos certos

Não será nenhuma surpresa se os tópicos sobre seu mercado de trabalho já tiverem sido cobertos por muitos autores de blogs renomados. Então como ter certeza de que seus artigos vão se destacar no Google? Elementar meu caro blogueiro: pesquise.

Pesquisa de palavra-chave:

O objetivo da primeira parte da sua pesquisa é encontrar os melhores tópicos sobre os quais escrever e, para isso, você deve buscar as palavras-chave pertinentes ao seu mercado. Só um pequeno lembrete: palavras-chave são frases de 2 a 5 palavras que são digitadas na barra de buscas pelas pessoas quando estão procurando alguma coisa no Google. Inserindo estas palavras-chave no seu conteúdo, você poderá constar dos resultados para esta consulta específica. O ideal seria escolher termos mais conhecidos de forma a alcançar um público maior e trazer mais olhares para seus posts. Acontece que usar um termo bem popular e abrangente é extremamente competitivo e vai produzir uma grande variedade de resultados.

Por exemplo, imagine que você é uma pessoa que está procurando “bolo”. Não está muito clara a sua intenção ao fazer a busca, e os resultados vão refletir esta ambiguidade. Neste caso, você estaria competindo com páginas poderosas como a Wikipedia, blogs sobre receitas já bem estabelecidos e a marca “Bolo”. É por isso que quando se trata da quantidade de palavras que formam sua palavra-chave, mais é sempre melhor, pois tendem a ser mais precisas e muito menos competitivas.

Por exemplo, “receita de bolo de laranja sem glúten”. Usar estas palavras-chave chamadas de “cauda longa” te permite abordar uma intenção muito específica que responde diretamente à consulta do seu público. A chave de tudo é encontrar essas palavras-chave de “intenção específica” que conseguem ter um bom volume de buscas (média mensal de buscas por uma palavra-chave). Qualquer valor entre 30 a 1.000 buscas é o recomendado, mais do que isso já começa a ficar excessivamente competitivo.

E como fazer? Comece por fazer uma lista de todos os tópicos em geral sobre os quais gostaria de escrever, depois vá desmembrando-os em assuntos mais especializados. Para um blogueiro de comida, estes assuntos específicos (“seed topics”), em tese, poderiam ser: bolos, sopas, saladas, etc. Analise cada tópico em separado, e pense sobre ideias naus específicas para cada um, por exemplo, sopa de champignons, sopa de cenoura com gengibre, etc. Para descobrir o volume de buscas e ter mais ideias, há algumas ferramentas grátis de SEO que podem guiar sua busca por palavras-chave para tópicos de artigos.

A seguir, algumas das nossas ferramentas favoritas para encontrar tópicos para blog:

  • Ubersuggest – uma ferramenta que traz um monte de sugestões de palavras-chave quando você inserir sua ideia de “seed keyword”. É baseado no Planejador de Palavras-chave do Google e na função do Google de preenchimento automático.
  • Answer the public – uma ferramenta que gera uma lista imensa de questões e frases relacionadas ao assunto escolhido para o tópico.
  • Keywords Everywhere – uma extensão do Chrome que mostra o volume de busca para várias palavras-chave. Excelente para ser usada junto com a ferramenta anterior.

Pesquisa da concorrência:

Qual a melhor forma para sacar sua concorrência? Fácil, é só usar o Google. A segunda parte da sua pesquisa consiste em descobrir como você pode fazer seu conteúdo ser melhor que aqueles cujo ranking já é muito bom ou, como diz o termo criado pelos caras do Moz, “10x content”. Esse conceito significa criar conteúdo que seja 10 vezes melhor que aqueles que estão na primeira página de resultados.

Primeiro, você deve investigar o espaço onde vai tentar competir fazendo uma busca pelas palavras-chave que você escolheu e analisando os primeiros 5 a 10 resultados. Fazendo isso, você vai compreender melhor o que as pessoas estão buscando em termos de conteúdo e isso também vai te dar uma indicação sobre o que o Google acredita ser o melhor resultado para essa consulta específica. Você também pode se inspirar no que outras pessoas escreveram para verificar que tem todo o básico coberto e que está escrevendo um artigo o mais completo possível. Em seguida, pense qual o valor agregado que só você pode acrescentar ao seu texto. Quem sabe você experimentou diversas receitas para um bolo de chocolate sem farinha de trigo e descobriu um ingrediente mágico. Talvez suas imagens sejam muito mais atraentes que as que você viu nos resultados no topo do ranking. Ou você gravou um vídeo que inclui todos os passos da receita?

Todos estes elementos que você toma em conta levarão seu conteúdo para outro nível, e você sentirá que o esforço valeu a pena quando o Google decidir o destino da sua página. Por fim, certifique-se de usar os passos que vamos mencionar em seguida em todos os artigos que você escrever, uma vez que estes já se provaram como valiosos para qualquer tipo de negócio ou de tópico.

02. Otimize seus posts

Agora que você já encontrou suas palavras-chave e fez toda a pesquisa sobre seus concorrentes, está na hora de mergulhar no SEO do seu artigo. Se você está procurando dicas de otimização para seu blog como um todo, veja estas 12 dicas de SEO para impulsionar o SEO do seu site. Para ter uma otimização nivelada em todo o seu artigo, há diversas tarefas que você deve cumprir para ter certeza de que seu post está totalmente otimizado. Que bom que nós temos uma lista à mão para você não esquecer de nada. A principal palavra-chave do seu artigo deve estar incluída nos seguintes locais:

  • No título do seu post (H1)
  • No primeiro parágrafo do seu post
  • Na primeira parte do seu título de SEO
  • Na sua descrição de SEO
  • Na URL da página do seu blog post
  • Algumas vezes no próprio post ou até variações da mesma

Naturalmente, se você está escrevendo sobre um tópico específico é bastante provável que inclua os termos relacionados. Não se preocupe, você pode usar alguns sinônimos e variações de sua palavra-chave para não parecer demasiado repetitivo. O Google e os outros motores de busca estão melhorando muito a compreensão dessas variações. Lembre-se que você está escrevendo para pessoas e não para motores de busca. Todos estes elementos são muito fáceis de implementar no novo Wix Blog como você pode ver na imagem abaixo.

SEO para Blogs: 8 Dicas para Atrair Mais Leitores

03. Estruture seu conteúdo

Esta dica pode até parecer bem óbvia, mas imagine um mundo onde os artigos não têm parágrafos, subtítulos ou títulos, e o texto é escrito exatamente como vem à mente do autor. Que horror! Um artigo de blog mal-estruturado não é algo bonito de se ver. E os motores de busca também não são muito fãs!

Portanto, para oferecer aos seus leitores a melhor experiência possível, é possível usar alguns formatos simples. Essencialmente, quando você decide usar diferentes formatos para o seu texto, você está usando diferentes “tags” nas linhas de programação, que são os bastidores do seu artigo. E na realidade é dessa forma que os motores de busca conseguem distinguir os diferentes formatos do texto e sua hierarquia na página.

Os pequenos pedacinhos de HTML são chamados de cabeçalhos H e vão de H1 a H6 em ordem decrescente de importância. Isto significa que o H1 é seu título mais importante (o título do seu artigo), H2 é um nível abaixo (que os jornalistas chamam de lide) e assim por diante. Pense nisso como se você estivesse lendo um jornal onde você tem a manchete, subtítulos e o corpo do texto. E é “tão simples” de fazer no novo Wix Blog. Uma vez selecionado seu texto, surge de imediato a barra de ferramentas onde você pode selecionar T1 (que é o H2) ou T2 (que é o H3).

04. Publique frequentemente

Começar um blog requer muita dedicação. Você não pode achar que é só escrever um artigo e ficar esperando choverem visitantes. Blogar é um pouco como ir à academia: às vezes é difícil ir regularmente, mas os benefícios são imensos. Não estamos dizendo que você precisa escrever um artigo de 3000 palavras todos os dias, mas você pode começar publicando semanalmente, ou a cada duas semanas. De acordo com pesquisas, publicar no blog frequentemente pode ter um grande impacto no seu SEO. E por quê? Por que quando você dá conteúdo novo e atualizado aos robôs famintos do Google, eles vão continuar voltando querendo mais. E você ainda está dando mais oportunidades para os motores de busca classificarem as suas páginas.

A chave para postar com mais frequência é muito simples: seja organizado. Um cronograma de publicação pode ajudar a fazer do plano do seu blog uma realidade. Numa planilha, crie uma tabela que inclua as datas de publicação de cada post, o prazo para terminar de escrever cada um deles, algumas referências e as palavras-chave nas quais você vai querer focar. Ter uma visão geral do seu plano vai fazer você sentir que está com tudo sob controle e vai te encorajar a respeitar seu cronograma.

05. Pense nos dispositivos mobile

Sejamos sinceros, você provavelmente está lendo este artigo agora mesmo no seu celular ou tablet, certo? Como o uso destes dispositivos está tão difundido, isso não é nenhuma surpresa para nós. O Google também já se deu conta disso e começou a verificar a versão mobile do seu site com o propósito de indexação. De fato, desde março, quando começou a ser implementada a indexação com prioridade para o mobile, esta é a versão que será considerada principal para classificar o ranking do site. Este novo processo se chama mobile-first e é uma grande virada. Ambas as versões, desktop e mobile, ainda são usadas na indexação, mas aqueles que têm um site otimizado para mobile vão ganhar uma alavancada a mais no SEO. É por isso que é tão crucial que seu site esteja preparado para ser visualizado em smartphones.

Não entre em pânico (se você é um usuário Wix), já que seu Wix Blog é completamente adaptado em termos de design e de navegação. Quanto à parte técnica, nós também cuidamos de tudo por você. E aqui vai mais uma boa novidade: no novo Wix Blog você pode escrever, editar e publicar posts do blog diretamente do seu dispositivo mobile.

SEO para Blogs: 8 Dicas para Atrair Mais Leitores

06. Adicione alt text às imagens

O famoso ditado “uma imagem vale mais do que mil palavras” é verdadeiro para a maioria das pessoas, mas infelizmente para os motores de busca a história é outra. O Google e os outros não enxergam imagens como nós. É por este motivo que você precisa adicionar algum contexto (na forma de texto) para ajudá-los a compreender o que está nas suas fotos, gráficos e outras imagens. Adicionar alt text às suas imagens ajuda os motores de busca a compreendê-las melhor e, dessa forma, eles podem indexá-las de modo mais eficiente.

Além disso, adicionar estas pequenas descrições textuais vai permitir que suas imagens sejam encontradas nas buscas feitas dentro do Google Imagens. Dessa forma, você vai conseguir ainda mais tráfego para seu site e, por fim, um melhor SEO. Para adicionar alt text às imagens no seu Wix Blog, dê um duplo clique na imagem para editar e preencher o campo que diz “Descreva essa imagem” na seção “Alt Text”. Uma excelente primeira dica que podemos dar para que você escreva um bom alt text é descrever a imagem para uma pessoa que não a esteja vendo.

07. Links internos

Você já tentou imaginar como um robô do Google vai de uma página para a outra? Não, né? Mas nós vamos te contar esse segredo: através dos links. De fato, os links são como um tipo de teia que fica por trás das páginas do seu site. Quando você adiciona um link de um artigo do seu blog para uma outra página no mesmo domínio (nomedosite.com) isso facilita muito para os robôs dos motores de busca (também conhecidos como “spiders”) descobrirem todas as páginas do seu site e verificarem seu conteúdo do princípio ao fim. Este processo se chama “crawling” (rastrear). Uma vez rastreadas, as páginas são indexadas, o que significa serem salvas numa imensa biblioteca. Sabe-se que sites com blogs têm 434% mais páginas indexadas do que sites sem blogs. Quanto mais artigos você tiver nessa “biblioteca”, maiores são as chances de suas páginas constarem nos resultados de busca para uma consulta pertinente.

Mais ainda, adicionando mais links internos, você possibilita cliques em mais páginas e permite que seus visitantes naveguem à vontade. Este é um excelente sinal para o Google e mostra que seu público está satisfeito com seu site e com o conteúdo que ele proporciona. Como recompensa, você vai receber uma boa alavancada no SEO.

Dica dos profissionais: Ao invés de usar “clique aqui” ou “leia mais”, use texto descritivo quando fizer um link interno para um post do seu blog. Isso vai dar mais contexto e vai facilitar para o Google compreender o que está na próxima página.

08. Engajamento nas redes sociais

Achou que as redes sociais são apenas um local onde seus pais podem te envergonhar publicamente? Achou errado! Apesar de não serem normalmente conhecidas pelo seu poder perante o SEO, redes sociais são uma forma excelente para espalhar seu nome (e seus links) pelo mundo virtual. Compartilhar os posts do seu blog no Facebook, no Twitter, no Pinterest e em quaisquer outros canais aumenta muito a chance de alguém automaticamente ampliar o alcance do seu conteúdo. Isto é especialmente verdadeiro se os leitores acharem que seu conteúdo é de grande valor, original e bem escrito. E você sabe o que vem junto com mais visualizações, certo? Mais cliques para seu site! O Google percebe esta quantidade a mais de tráfego como um sinal de que as pessoas gostam do seu blog e isso pode fazer maravilhas pelo seu SEO. Precisa de mais para se convencer? Enfim, isso não requer tanto esforço assim, especialmente se você usa o Wix. Adicione um botão para compartilhamento ao final de seus posts e não esqueça de compartilhar os posts já publicados nas suas redes sociais.

SEO para Blogs: 8 Dicas para Atrair Mais Leitores

Quer continuar escrevendo blog posts até chegar ao topo do ranking? Comece um blog ainda hoje!

Por Equipe Wix

Receba o Blog do Wix
no conforto da sua casa!

Assine o Wix Blog e não perca nenhuma novidade!

Opa, esse não é um email válido.

Opa, esse não é um email válido. Email already exists

Opa, esse não é um email válido. Invalid email

Aproveite! \ 

Receba em primeira mão dicas atualizadas sobre como
promover seu negócio, Web Design, SEO e o Wix!

Opa, esse não é um email válido.

Opa, esse não é um email válido. Email already exists

Opa, esse não é um email válido. Invalid email