Como ser um Nômade Digital e Explorar o Mundo



Você já deve ter notado essas pessoas bronzeadas que publicam fotos nas redes sociais trabalhando diretamente das mais exóticas ilhas. É assim que ao menos aparenta ser a vida de quem trabalha viajando, quando analisada por quem navega pela internet sentado em uma mesa de escritório.


Apesar de que ser um nômade digital possa parecer algo muito glamouroso, também pode ser repleto de desafios como encontrar um bom wifi, ter estabilidade financeira e equilibrar seu tempo entre trabalho e diversão. Certamente, isso não é para todo mundo, mas para alguns é a realização de uma aventura.


Se tudo o que você deseja é ter essa vida itinerante, vamos mostrar como começar neste guia para se tornar um nômade digital. Vamos começar do zero, mas mesmo se você já tem o seu caminho ou base de clientes, certamente vai se beneficiar desse checklist completo.



O que é nômade digital?


Nômade digital é alguém que trabalha à distância, enquanto passa uma grande parte do ano viajando e mudando de lugar.


Algumas pessoas são funcionárias de empresas, enquanto outras são freelancers que conseguem ter diferentes clientes e criar projetos através dos seus sites ou de outras iniciativas de networking.


Esse tipo de estilo de vida normalmente dura um curto período de tempo, mas em alguns casos pode se estender por mais de uma década. O motivo para essa duração temporária deve-se ao fato da maioria dos nômades digitais não ganharem um salário razoável, apenas o mínimo necessário para custear essa vida de viagens.



Como ser um nômade digital:


  1. Encontre um trabalho que não dependa da localização

  2. Aprenda as habilidades necessárias

  3. Crie um site para divulgar seu trabalho

  4. Conecte-se a outros nômades digitais

  5. Defina um orçamento realista

  6. Encare a burocracia e prepare a papelada

  7. Escolha seu primeiro destino

  8. Trace um plano para suas condições de moradia e de trabalho



01. Encontre um trabalho que não depende da localização


Como nômade digital, você vai viver sua paixão viajando pelo mundo. Portanto, seu trabalho também precisa ser uma fonte de alegria durante esse tempo de experiências e de uma vontade desenfreada de explorar o mundo. Com uma pesquisa extensiva e adequada, é possível encontrar o trabalho certo. Comece perguntando-se no que é que você é bom, e o que te interessa. Pode ser o que você estudou na faculdade, ou alguma aptidão que você adquiriu em um emprego anterior ou no atual, que possa ser usada novamente.


Em seguida, pode começar a pesquisar baseando-se nesses talentos e habilidades, e tendo uma ideia geral de para onde você quer direcionar sua carreira. No mundo do nômade digital, você pode encontrar trabalho em um largo espectro de atividades na área da tecnologia, desde marketing e design gráfico, até ser assistente virtual, pesquisador e muitas outras funções. Dê uma olhada nessas ideias de negócios para trabalhar de casa para mais inspiração.


Após decidir o campo no qual você quer trabalhar viajando, há diversas direções que você pode tomar para começar essa sua jornada como nômade digital:


  • Ser um freelancer: Esse plano permite aceitar a quantidade de projetos que seu tempo permitir, o que proporciona muita flexibilidade, mas pouca estabilidade. Você pode conseguir trabalhos como freelancer através de seus contatos profissionais, ou apresentando seu portfólio diretamente às empresas, ou ainda cadastrando-se em sites para trabalho de freelance como Upwork, Freelancer.com e a Arena Wix, onde web designers oferecem seus serviços para pessoas e empresas que precisam de um site.

  • Encontre um emprego de tempo integral à distância: Uma opção com mais estabilidade é ser contratado em tempo integral, com a condição de trabalhar à distância. No entanto, essa opção tem restrições de flexibilidade. É importante cumprir seus prazos e saber que talvez tenha que trabalhar mais horas do que gostaria quando decidiu ser nômade digital. Além de encontrar um trabalho que permita esse esquema, você pode perguntar na empresa onde trabalha atualmente se é possível continuar trabalhando à distância enquanto viaja.

  • Comece seu próprio negócio: Em última análise, essa é a decisão mais autônoma - se você tem o espírito empreendedor. Você terá total controle sobre os seus horários, sua receita e qualquer decisão que tenha que tomar. Não será fácil, e talvez você tenha que conseguir fazer o negócio decolar antes de comprar sua primeira passagem, mas vale totalmente a pena para muitas pessoas. Se isso te interessa, dê uma olhada neste guia sobre como abrir seu próprio negócio.



02. Aprenda as habilidades necessárias


Dando um passo atrás para enxergar a situação com maior clareza, talvez perceba que o mercado de trabalho estará mais aberto se você tiver diversas aptidões. Por exemplo, você pode decidir que jornalismo ou redação são trabalhos realmente interessantes, fáceis de administrar mesmo estando fora do país, mas você nunca passou pelo processo de criar conteúdo de formato longo.


Para construir sua credibilidade, você precisa tomar uma atitude. Isso pode significar que você precisa primeiro ter um emprego em um escritório por algum tempo, entre alguns meses a um ano, para ganhar experiência e conseguir alcançar a capacidade para fazer sozinho. Uma outra opção é fazer cursos para desenvolver essas aptidões. Há muitos caminhos diferentes para isso, desde os online até cursos específicos em universidades.



03. Crie um site para divulgar seu trabalho


Quando se trata de divulgar seu trabalho e destacar-se no meio dos concorrentes, é imprescindível ter uma presença online. É aqui que entra a construção do seu site, que é o ponto central da sua imagem online. Um bom site também pode ter uma posição elevada nos resultados de busca para palavras-chave específicas, ajudar a espalhar seu nome por aí, e até gerar “leads” para o seu negócio.


De uma forma geral, um site possibilita promover seus serviços, compartilhar depoimentos e projetos anteriores, e estar mais acessível para potenciais clientes. E deixe suas preocupações de lado, você não precisa ser um programador para criar seu próprio site. O Wix oferece um Editor profissional com a tecnologia arrasta-e-solta, além de inúmeros templates para sites personalizáveis para você escolher. Além disso, se você é autônomo, este guia intuitivo ajuda a criar um site para sua carreira de freelancer.





04. Conecte-se a outros nômades digitais


Trabalhar viajando pode ser muito glamouroso, mas também muito solitário. Conectar-se com outras pessoas que estão na mesma situação que você não apenas representa companhia, mas também alguma ajuda com o seu trabalho, desde colaboração até compartilhar talentos e conselhos.


Há muitas redes disponíveis para encontrar outros nômades digitais. Você pode descobrir grupos locais através de eventos do Meetup que abordam uma vasta gama de categorias (tecnologia, carreira & negócios, etc.). Uma outra opção é ficar nos mesmos lugares onde os outros estão, desde albergues a Couchsurfing e cafés locais. Como você pode ver, as opções são infinitas, desde que você seja razoavelmente social e criativo quando para procurar.



05. Defina um orçamento realista


Sua vida como nômade digital pode ou não proporcionar os maiores salários - mas não é por esse motivo que você escolheu viver dessa forma. O propósito essencial da sua vida de nômade é explorar o mundo e simultaneamente ganhar dinheiro para poder ter esse estilo de vida. Para ter certeza de que está no caminho certo, você deve criar um orçamento para a suas receitas e suas despesas.


Para as despesas, certifique-se de incluir um valor determinado para moradia, alimentação e para sustentar tudo o que você quer explorar, e um valor razoável para eventuais emergências. Decida também quais despesas você pode cortar, procurado manter uma mentalidade minimalista para sobreviver com muito menos pertences. Depois veja se a sua receita é suficiente para cobrir essas despesas. Se não for suficiente, você precisa reavaliar a sua decisão de se tornar um nômade digital, ou encontrar formas alternativas para ganhar um salário maior, como conseguir mais trabalho como freelancer, por exemplo.


Aconteça o que acontecer, você precisa se ater às suas diretrizes orçamentárias. Sendo realistas, a maioria dos viajantes e nômades digitais encontram-se no Sudeste Asiático, onde pode ser bem barato para viver, mesmo ganhando um salário pequeno para padrões ocidentais.



06. Encare a burocracia e prepare a papelada


Viajar pode ser muito prazeroso e divertido, mas você também deve cumprir os requisitos necessários para que tudo isso aconteça. De uma forma geral, estamos falando de vistos para cada um dos destinos, seguro de viagem e todas as vacinas e exames médicos necessários antes de entrar no avião. Dependendo dos locais que estão na sua lista de interesses, você precisa verificar diferentes requisitos com as embaixadas e com o seu médico.


Além do checklist básico de qualquer viajante, trabalhar viajando pelo exterior inclui alguns outros itens. Por exemplo, planeje como cuidar de suas finanças e impostos, já que as coisas são diferentes de país para país. Se o seu plano é administrar seu próprio negócio mesmo do exterior, você precisa pesquisar e adquirir um nível básico de conhecimento sobre contabilidade para pequenas empresas. Você também deve ter um endereço físico para poder receber correspondências que possam ser enviadas pelos correios. O endereço de um membro da família ou de um amigo que não planejam se mudar enquanto você viaja funciona perfeitamente.


Por fim, você deve pensar em vender itens grandes que possa ter, ou colocar todos os seus pertences em um “storage” ou guarda móveis antes de partir.



07. Escolha seu primeiro destino


Este é o momento que você tanto esperava. Chegou a hora de marcar sua primeira viagem. Levando em consideração seus requisitos mais necessários (dinheiro, acesso à internet, etc.), escolha o local que mais te interessa explorar. Nesta altura do campeonato, você já tem tudo o que precisa, portanto as possibilidades agora só dependem de você. Boa viagem!





08. Trace um plano para suas condições de moradia e de trabalho


Isso vai mudar de acordo com as cidades que estiver visitando. No entanto, enquanto você estiver em um lugar, precisa encontrar uma moradia temporária, um local destinado especificamente a trabalhar (tanto do ponto de vista de concentração como de acesso à internet) e descobrir todo o resto que você necessita para se sentir confortável. Além disso, você precisa estabelecer um cronograma: quais os dias e as horas que você vai trabalhar, o período que vai ficar em cada região e o que é necessário para viver nessa localidade específica.


Uma vez que tiver tudo isso resolvido, você vai poder começar a trabalhar e a explorar a região - e claro, viver a melhor fase da sua vida.


Pronto para começar essa carreira de nômade digital? Promova seus serviços e compartilhe a sua viagem criando um site Wix ainda hoje!

pt03.png