• 43k
  • 10
Redes Sociais \ 22 de novembro de 2018

O Mais Completo Guia Sobre Marketing nas Redes Sociais

Quer saber de um fato que vai te surpreender? Em 2019, as redes sociais vão ter aproximadamente 2,77 bilhões de usuários ao redor do mundo – isso significa uma em cada três pessoas no planeta Terra!

E o que significa para seu negócio esta população de obcecados pelas redes sociais? É importante que sua empresa e você também estejam presentes ali junto com todas essas pessoas. Criar seu site é uma parte importante do seu sucesso online, mas saber como usar as redes sociais para promover mais ainda seu negócio, é essencial. Este guia completo sobre marketing nas redes sociais analisa todos os principais aspectos de Facebook, Twitter, Instagram e Linkedin, incluindo dicas valiosas sobre quem usa cada uma e como você pode usá-las para promover seu negócio.

O que é marketing em rede social?

Antes de darmos uma olhada nas plataformas, aqui vai uma explicação rápida. Marketing em rede social é o processo de criar e compartilhar conteúdo feito sob medida para cada plataforma, tendo em mente um objetivo específico. Estas metas vão desde ganhar mais exposição através de “curtidas” e “compartilhamentos”, até aumentar o tráfego do seu site. Também é uma forma excelente de manter uma conversa ativa sobre o seu negócio ou de usar a plataforma como uma maneira de dar um suporte de qualidade aos seus clientes.

Por que as redes sociais são relevantes para o seu negócio?

Hoje em dia, as empresas precisam respirar e sobreviver no espaço das redes sociais. Além de apenas existir, há inúmeros benefícios nesse universo virtual dos quais as empresas podem tirar o máximo proveito. Além de representarem verdadeiras comunidades, as redes sociais também permitem implementar uma estratégia de marketing flexível e personalizar seu perfil para se adequar à imagem da sua marca. Mais ainda, você pode fazer publicidade para seus potenciais clientes a um custo zero ou mínimo para a sua empresa.

Uma outra grande vantagem das redes sociais é o fato da sua empresa poder ganhar exposição para diferentes públicos, alcançando-os através de diversas maneiras. Para ser visualizado por grupos de diversas faixas etárias, personalidades e localizações geográficas, comece com as redes sociais mais populares e com o maior número de usuários: Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn. A partir daí, você pode focar naquelas plataformas que mais atendem às necessidades da sua empresa e do seu público e, dessa forma, evitar de se estender demasiadamente. Apesar das redes sociais serem benéficas para seu marketing como um todo, neste artigo vamos analisar as particularidades individuais de cada plataforma.

Facebook

Estatísticas do Facebook

Visão geral:

Para a maioria das pessoas, hoje em dia, Facebook é essencialmente sinônimo de “rede social” e tem sido assim desde que tomou o lugar do Orkut ainda nos anos 2000. A comunidade online dá aos usuários a capacidade de se conectar facilmente e de compartilhar notícias e fotos com a família e amigos. As empresas usam esta plataforma para engajar esses usuários, compartilhando informações relevantes na esperança de que se convertam em consumidores. Uma das muitas vantagens do Facebook é o fato de oferecer uma imensidão de dados com os quais as empresas podem trabalhar. Mais ainda, as contas comerciais também podem visar os consumidores através de anúncios. Se você quer ter uma noção da ordem de grandeza dos números dos quais estamos falando aqui, pense no seguinte: Com essa imensidão de usuários ativos mensalmente, o Facebook poderia teoricamente ser considerado o maior país do mundo, ultrapassando até a China. Apesar de não ser mais a rede social mais queridinha, a plataforma de Mark Zuckerberg está trabalhando muito para se manter relevante, lançando novos recursos quase todos os meses. Será que é o suficiente para conseguir vencer seus concorrentes da moda, como o Instagram? Só o futuro dirá.

Formas de conteúdo dominantes:

O Facebook não tem uma característica dominante. Muitas pessoas usam esta plataforma por uma enormidade de necessidades, desde dar uma olhada num novo restaurante, procurar um apartamento, pedir dicas em grupos fechados, publicar fotos de suas últimas férias, atualizar seu status de relacionamento, enviar mensagens particulares para um velho amigo ou simplesmente ficar horas a fio vendo vídeos de receitas de comida.

Opções de conteúdo:

Há centenas de lugares para compartilhar conteúdo nesta plataforma gigantesca. Vamos analisar aqui os mais relevantes e populares:

  • Posts no feed normal: Aqui você pode compartilhar textos, links para artigos, vídeos e GIFs. Uma vez postado, o conteúdo fica visível tanto na sua página de perfil como no feed de notícias (o lugar onde você pode compartilhar seus próprios posts e visualizar os posts dos seus seguidores, além de muitas outras experiências) dos seus amigos.
  • Posts em grupos: Exatamente como o conceito acima sobre posts habituais na página, você também pode compartilhar o mesmo tipo de conteúdo com um grupo específico do Facebook, ao invés de publicamente na sua própria página. Recentemente, os posts em grupos têm conseguido uma maior exposição do algoritmo do Facebook (o fator que determina por quem e quando seus posts são vistos no feed).
  • Facebook Stories: Esta é uma forma de conteúdo temporário. Você pode fazer upload de fotos e vídeos, mas só ficarão no ar por 24 horas.
  • Facebook Live: Esta é a melhor forma de atrair a atenção do público. De fato, hoje em dia, o Facebook Live assumiu uma forma própria de transmissão. É um local para compartilhar o conteúdo de vídeos ao vivo com seus seguidores, proporcionando-lhes a experiência de estar ali no mesmo momento que a empresa.
  • Facebook Messenger: Se você quer enviar uma mensagem fora do espaço público, o  Messenger é o lugar ideal. Aqui você pode bater papo com os clientes de diversas maneiras, do atendimento ao cliente ao marketing via Messenger.    
  • Facebook events: Se você está planejando promover um evento específico, o Facebook events é o lugar para fazer a promoção do seu evento. Aqui você pode compartilhar o horário, a localização, detalhes e ainda pode convidar todo mundo de seu círculo social online. Além disso é o local mais conveniente para enviar lembretes e também para promover seu evento.

Página Comercial do Facebook

São as Páginas Amarelas da internet. Quase todas as empresas de médio a grande porte, novos projetos e grandes ideias têm uma Página Comercial no Facebook, onde podem ser encontradas todas as suas informações essenciais. Aqui os clientes conseguem descobrir o que sua empresa faz, encontrar sua localização física (se você tiver), horário de funcionamento e entrar em contato através de posts ou mensagens particulares. É importante notar que você precisa criar uma conta de usuário primeiro se quiser ter uma Página Comercial do Facebook.

Como aplicar à estratégia da sua empresa para as redes sociais:

Primeiramente, crie uma Página Comercial do Facebook. Em seguida, faça o upload de todas as informações da sua empresa: horário comercial, endereço, número de telefone, descrição, logo, foto de capa e o mais importante, um link para seu site. Agora que já preparou e lançou sua presença no Facebook, vamos te guiar para você tirar o máximo proveito da página para a sua empresa:

  • O que postar: São infinitas as possibilidades do que postar! Você pode fazer de tudo, desde compartilhar seu conhecimento em grupos, até promover seus eventos, passando pela divulgação dos artigos do seu blog, por vendas, e pelo conteúdo dos bastidores e outras atualizações da sua empresa. O mais importante é ter conteúdo que seja sempre interessante e engajador, para criar uma conexão emocional com a sua comunidade. Para isso, foque principalmente em conteúdo informativo e interessante. Você deve ser bem rigoroso em relação a publicar conteúdo promocional. Guarde esse conteúdo para quando tiver um aviso importante para dar sobre seus produtos ou serviços.
  • Com que frequência postar: A regra de ouro que recomendamos é criar um cronograma de seu conteúdo para a mídia social de aproximadamente três posts semanais com conteúdo que deve ser original e criado por você mesmo. Para os outros quatro dias da semana você deve compartilhar pelo menos um artigo ou um post interessante de um seguidor. Seguindo essa receita, você vai facilmente compartilhar algum conteúdo todos os dias da semana. No entanto, você pode ajustar esta frequência dependendo dos objetivos e recursos da sua empresa.
  • Como e porque anunciar: Devido às alterações no algoritmo do Facebook ao longo do tempo, uma grande porcentagem do seu conteúdo orgânico (não promocional), compartilhado na sua página do Facebook, nunca vai chegar ao feed dos seus seguidores. Isso significa que vídeos, artigos, eventos e muito mais podem simplesmente “evaporar”. Isso é uma realidade a não ser que você comece a promover seu conteúdo usando o Anúncios no Facebook. Falando em termos bem simples, este é o local para expandir o alcance dos posts normais da sua página e outros tipos de conteúdo através de anúncios direcionados a um público específico. A razão de ser tão incrível é alcançar um público-alvo de forma mais direta que em qualquer outra plataforma de propaganda paga. Isso se deve ao fato do Facebook hospedar a maior quantidade de dados e oportunidades de anúncios segmentados de acordo com seu orçamento, permitindo definir faixa etária, localização, perfil demográfico e características dos potenciais clientes para os quais você quer promover seus produtos ou serviços.
  • Exemplo de conteúdo: Este tipo de post do Facebook é uma ideia de conteúdo leve e acessível, que faz uma pergunta ao usuário e estimula sua participação através dos comentários.

Exemplo de Post para Facebook

Instagram

Estatísticas do Instagram

Visão geral:

O Instagram é predominantemente um aplicativo para compartilhamento de fotos e vídeos que aos poucos vem tomando conta da internet. É uma referência central para fotógrafos, influenciadores, viajantes, millennials e o mais importante: marcas. Se está pensando em termos de marketing visual dos seus produtos e serviços, é aqui que você deve estar. Isso se deve ao fato de sua taxa de engajamento ser, em média, 23% maior do que no Facebook. Tenha em mente que esta plataforma funciona melhor nos smartphones, e nem todos os recursos estão disponíveis em sua versão para desktop.

Formas de conteúdo dominantes:

Os posts e stories são as formas de conteúdo mais frequentes. No entanto, cada uma delas atende a diferentes objetivos de marketing, desde CTAs a promoção de produtos e outros.

Opções de conteúdo:

O Instagram cresceu exponencialmente nesses últimos anos e lançou muitos novos recursos. Consideramos que vale a pena criar conteúdo para as modalidades a seguir:

  • Posts no Instagram: Estes são publicações normais de conteúdo que aparecem tanto no seu perfil como também nos feeds dos seus seguidores (apesar disso depender de muitos fatores que serão abordados na seção do algoritmo mais adiante). O conteúdo compartilhado aqui pode ser na forma de fotografias e vídeos, além de texto e hashtags. Nas fotos, você tem diversas opções: postar uma foto em diversos tamanhos, combinar múltiplas fotos num só layout (num só post de foto) ou posts em forma de carrossel (slideshow de múltiplas imagens). Basta clicar no sinal de “mais” ao final da sua tela de perfil ou da tela de feed e começar a fazer upload de conteúdo do seu celular.
  • Instagram Stories: Cada story é uma coleção de fotos verticais e vídeos que você publica por um período de apenas 24 horas. É visualizado no topo do seu feed, no ícone da foto do perfil. Você pode criar seu próprio Story clicando no ícone da câmera no canto superior esquerdo da tela principal, tirando fotos ou gravando vídeos ao vivo, ou ainda usando o recurso “swipe up” para adicionar suas próprias fotos ou vídeos do seu celular. Stories são indiscutivelmente mais populares que posts normais com mais de 300 milhões de pessoas e empresas tirando proveito deste recurso atualmente. Quando você começar a explorar, vai reparar que frequentemente as marcas seguem cada uma o seu padrão. Em outras palavras, Stories são efetivamente criados na forma de uma história (por isso o nome em inglês). O story é criado de forma a alcançar um ponto máximo, conhecido como Chamada de Ação, onde as pessoas esperam fisgar seus seguidores para se engajarem de uma forma que segue um comportamento específico: comprar um produto, agendar um serviço, curtir um post, etc. Para sua empresa conseguir obter sucesso com um Story, nós sugerimos estas diretrizes para o Instagram Stories.
  • Destaques do Stories: Tem um conceito semelhante ao Instagram Stories, só que este não desaparece num dia. Se você quiser manter seus Stories vivos para a posteridade – ou até resolver deletá-los – então o recurso Destaques do Stories é para você. Em seu perfil, clique no círculo com sinal de mais (+) na sua bio. Você pode fazer upload de conteúdo de seus stories compartilhados anteriormente. Muitas marcas rotulam seus Destaques do Stories com suas fotos de capa de forma a manter sempre o mesmo padrão através da plataforma.
  • Hashtags: Se não nos falha a memória, desde a criação do Instagram que as hashtags estão por aí. Cada hashtag é uma palavra-chave ou frase precedida pela marca # que permite que possa ser buscada no aplicativo. Você pode fazer diversas coisas com as hashtags no Instagram, seja adicionado-as a posts, stories, à sua bio ou seguindo-as para permitir que posts relacionados apareçam no seu feed. Uma estratégia comum entre as empresas é incluir uma combinação de hashtags populares no Instagram e as que são específicas da marca.
  • Instagram live: Se você quer interagir com seu público e compartilhar alguma coisa acontecendo em tempo real, esta é uma grande solução. Além disso, permite atrair a atenção para a sua marca, pois o aplicativo notifica seus seguidores assim que você entrar ao vivo. Se a sua empresa está patrocinando um evento ou lançando um produto, considere seriamente esta forma de conteúdo. Depois que sua sessão ao vivo terminar, você pode salvá-la no seu Story por 24 horas. Para começar, vá à mesma seção onde você faz upload de stories, clique no botão ‘live” que se encontra no lado direito.
  • Comentário e curtidas: Para se engajar com seus seguidores, você pode comentar e curtir seus posts com a frequência que desejar. Ao final de cada post, você vai encontrar um ícone em forma de coração para as curtidas e um em forma de balão de diálogo para os comentários. Não tenha receio de também usar hashtags e emojis. É uma chance de mostrar sua marca de forma divertida.
  • Mensagens diretas: Também há no aplicativo uma forma de conteúdo particular, conhecida como “DMs” ou “direct messages” (em português, mensagens diretas). Exceto as “DMs”, todos os outros tipos de conteúdo estão disponíveis publicamente (a não ser que você altere as configurações de privacidade). Por outro lado, as mensagens diretas são visíveis apenas para você e para a pessoa com quem você está conversando. Por isso, você pode estar seguro que sua conversa é particular, esteja você compartilhando um post, comentando seu Story ou simplesmente batendo papo. Você pode acessar as mensagens diretas no canto superior direito do aplicativo na tela do feed, clicando no ícone em forma de avião de papel.
  • Filtros, pesquisas, GIFs & mais: Dos posts normais aos Stories, há centenas de formas divertidas para apimentar o seu conteúdo. Por exemplo, você pode usar mais de 25 filtros para alterar a atmosfera das fotos nos seus posts. Para o Stories, há mais de dez filtros à escolha e mais alguns recursos interativos, como adicionar sua localização, criar pesquisas, GIFs, perguntas e outros. Com tantas formas para se engajar, estas não são apenas divertidas, mas também cruciais, e você deve tirar proveito disso.

Contas Comerciais no Instagram:

Perfis comerciais aumentam a sua credibilidade como empresa ou marca. Uma vez criada a sua conta inicial no Instagram, não vai te custar nada criar um perfil comercial. Vá nas configurações no aplicativo e clique em “Trocar para Conta Comercial”. Assim você saberá mais sobre o desempenho dos seus posts e seus seguidores através das estatísticas, poderá criar promoções para alcançar mais clientes e habilitar novas opções de contato no seu perfil.

Nota: Se sua conta comercial alcançar mais de 10.000 seguidores, você pode usar o link “swipe-up” em seu Stories para permitir que seus visitantes acessem um site de sua escolha diretamente de seu “slide”, através de um link.

Como aplicar isso à estratégia da sua empresa para as redes sociais:

Depois de criar inicialmente sua Conta Comercial, você deve começar a personalizá-la de imediato. Para começar, crie uma biografia para o Instagram incluindo tudo: o logo da sua empresa, um link para seu site, alguma piada ou trocadilho e quaisquer hashtags específicas da marca. Uma vez criado seu perfil, você pode fazer upload de conteúdo preparado anteriormente para que sua conta fique repleta de lindas imagens e vídeos. Só depois disso você deve começar a promover sua conta e seguir outras marcas e usuários relevantes em seu mercado. Depois de estar tudo mais estabelecido, recomendamos focar no seguinte:

  • O que postar: O conteúdo que você posta precisa ser relevante para os objetivos da sua marca. Obviamente, você pode optar entre um tom divertido e brincalhão ou um tom sério, mas mantenha sempre um nível de profissionalismo. Recomendamos começar com o stories e posts. Se está procurando incrementar e criar um conteúdo de nível mais profissional, veja neste artigo algumas ferramentas do Instagram que você pode aproveitar.
  • Com que frequência postar: Muitas marcas publicam entre uma e três vezes por dia, além de um Story completo num prazo de 24 horas de forma a estar constantemente ativo no Instagram. Isso vai alavancar seu engajamento e dar à sua empresa uma chance melhor de aparecer nos feeds dos seus seguidores.
  • Como e porque anunciar: Para começar a anunciar no Instagram, você precisa ter uma página correspondente no Facebook. Criar anúncios no Instagram precisa ser feito através do Gerenciador de Anúncios do Facebook (já que o Facebook comprou o Instagram). Esta é uma fantástica oportunidade para tirar proveito de todas as opções de segmentação de público e de dados de usuários do Facebook, tenha você escolhido um público-alvo semelhante aos seus seguidores ou queira focar manualmente em usuários específicos com base em seus interesses ou perfil demográfico. Anunciar no Instagram é extremamente eficiente, uma vez que os anúncios se incorporam naturalmente aos feeds dos usuários. As formas de anunciar incluem fotos, vídeos, posts em formato carrossel e coleções (combinar múltiplas fotos num formato de layout pré-concebido)
  • IGTV (Instagram TV): No ano passado, o Instagram lançou este novo aplicativo independente, focado em vídeos. Como o YouTube, o IGTV é uma plataforma para compartilhar e visualizar vídeos. Você pode fazer upload de vídeos de até uma hora e, diferente do Stories, eles não desaparecem depois de 24 horas. Você também pode fazer download do aplicativo IGTV separadamente e focar apenas nesta forma de conteúdo. Para facilitar o compartilhamento de conteúdo a partir do seu computador, também é possível fazer upload de vídeos da versão desktop do Instagram. Para mais informações sobre os segredos desta forma de conteúdo, veja aqui tudo sobre IGTV.
  • Exemplo de conteúdo: Este tipo de post do Instagram é, ao mesmo tempo, relevante e divertido para seu público-alvo. Também faz perguntas para provocar comentários e inclui diversas hashtags (tanto específicas como populares) para aumentar seu alcance.

Exemplo de Post para Instagram

 

O algoritmo:

Não podíamos terminar esta seção sem cobrir o misterioso algoritmo do Instagram. O algoritmo é o fator determinante de quais usuários vão ver seus posts, o que por sua vez vai afetar o desempenho dos posts no seu feed. As taxas de engajamento caíram no Instagram e muitas empresas estão e preocupadas com isso. No entanto há alguns passos que você pode dar para mitigar essa questão, conheça-os lendo estas dicas sobre o algoritmo do Instagram. De uma forma geral, para seu conteúdo, foque em criar itens relevantes, compartilhar com frequência, usar hashtags e promover anúncios. Também é importante estar sempre ativo e ser simpático (responder e iniciar conversas) de uma forma oportuna e verificar constantemente os resultados do seu desempenho. Monitorar suas estatísticas permite descobrir quais tipos de posts e os horários de postar que funcionam melhor para você e seu público-alvo. Levar estes pontos em consideração e apresentar exclusivamente seu melhor conteúdo vai te ajudar a ter sucesso nesta plataforma dinâmica e tão popular.

Twitter

Estatísticas do Twitter

Visão geral:

Se você perguntar às pessoas onde acompanham as notícias hoje em dia, muitos responderão que é pelo Twitter. É uma plataforma para consumir e compartilhar notícias e suas atualizações, além de poder fazer fazer contatos profissionais e socializar. O ícone do pássaro azul é bem famoso pela sua simplicidade e franqueza. Diferente das outras redes sociais, o Twitter oferece muito menos recursos. Nossas vidas hoje em dia são orientadas para termos, na palma da mão, o que queremos e necessitamos, dessa forma faz todo o sentido que a maioria dos usuários acessem o Twitter a partir dos seus smartphones, onde podem receber em questão de segundos notificações rápidas e fáceis sobre o mundo ao seu redor.

As formas de conteúdo dominantes:

Aproximadamente 500 milhões de tweets são enviados diariamente no mundo todo.

Opções de conteúdo:

Não estávamos brincando quando dissemos que esta plataforma é simples. No Twitter há apenas algumas formas de conteúdo à escolha:

  • Tweets: Como dissemos anteriormente, os tweets são certamente a forma mais popular de conteúdo no Twitter. Mas com apenas 280 caracteres, você precisa escolher suas palavras com sabedoria. Além disso, incluir um link para um artigo ou site consome exatos 23 caracteres, independente de seu tamanho. No entanto, essa regra não vale para GIFs ou fotos, e você pode adicioná-los a seus tweets à vontade, pois não ocupam espaço de texto. Também é possível adicionar pesquisas, marcar pessoas em fotos ou através de menções e marcar localizações nos seus tweets. Para criar um tweet no aplicativo, clique no ícone em formato de pena no canto superior direito da sua tela. Os tweets vão aparecer tanto no seu perfil como news feed dos seus seguidores.
  • Mensagens Diretas: Você pode iniciar e retomar conversas particulares usando o ícone em formato de envelope que se encontra ao final da tela do aplicativo do lado direito. Nas configurações, você pode decidir se qualquer pessoa pode te enviar uma “DM” ou apenas as pessoas que você segue. Para empresas sugerimos manter aberto para todo o público.
  • Hashtags: Basicamente são definidas da mesma forma que as hashtags do Instagram. Porém, a utilização das hashtags do Twitter é excepcionalmente significativa. Você também pode pensar nelas como conversas em torno de alguns assuntos em particular, onde usuários curiosos sobre determinado assunto podem consultar um verdadeiro catálogo e tweets. Mais importante ainda, o Twitter decide e comunica aos usuários quais tópicos são tendência relevante à sua localização e atividade, os famosos trending topics, baseado nas hashtags usadas com mais frequência. Sem uma hashtag (ou promoção), seus tweets raramente serão vistos por outros usuários que não os seus seguidores. Com hashtags, seus tweets têm potencial para viralizar.
  • Curtidas, respostas e retweets: Estas são as três principais formas de engajamento no Twitter (a outra é Mensagem Direta). Após criar uma conta, comece a seguir outros perfis, depois role através da sua timeline onde você vai encontrar três opções disponíveis ao final de cada tweet. Primeiro você pode “responder” no ícone em formato de balão de diálogo – este é o mesmo conceito de comentário no Facebook, só que também aparece no seu perfil. Segundo, no ícone em formato de seta, você pode retuitar, ou seja, compartilhar um tweet de um usuário. Por fim, você pode “curtir” tweets individuais.

Perfil para empresa no Twitter

Criar um perfil para empresa no Twitter não é muito diferente de um perfil normal. O Twitter recomenda focar em cinco elementos: o nome da sua empresa como seu nome de usuário ou “Twitter Handle” (@nomedasuaempresa), a imagem do seu perfil (seu logo deve entrar aqui), uma biografia curta de 160 caracteres descrevendo a sua empresa, a imagem do seu cabeçalho e um “tweet fixado” que vai ser o primeiro tweet que seus seguidores vão ver quando forem verificar o perfil da sua empresa. Por isso, escolha um tweet com potencial para muito engajamento e que seja um tópico atemporal ou um tópico específico para uma ocasião. Não esqueça de incluir o link para seu site no seu perfil para direcionar mais tráfego.

Como aplicar isso à estratégia da sua empresa para as redes sociais:

Como proprietário de uma empresa, você deve focar em tuitar frequentemente e em se engajar com mais frequência ainda. É super importante para o crescimento da sua conta interagir com os usuários comentando suas respostas e começando conversas quando isso for razoável. À medida que sua empresa cresce, as redes sociais naturalmente passam a ser um ponto central para o atendimento ao cliente, e os consumidores vão usá-las como uma forma para contactar você (mesmo se você não pedir isso). Dessa forma, faça um esforço para estar disponível e responda frequentemente ao longo do dia.

  • O que postar: Você pode tuitar sobre novidades da sua empresa, criar e compartilhar artigos relevantes do seu blog e mais conteúdo interessante que promova o engajamento, como pesquisas, citações inspiradoras, dicas e até GIFs. Para atrair a atenção, mantenha tudo breve e use as hashtags relevantes. Também é uma excelente ideia adicionar fotos ou vídeos. De acordo com o Twitter, é três vezes mais provável que as pessoas se engajem com tweets que envolvam elementos visuais. Você pode adicionar até quatro fotos por tweet. Se você está procurando ter algum feedback dos seus seguidores, vai conseguir um grande engajamento através de pesquisas.
  • Com que frequência postar: A opinião dos pesquisadores varia em relação à frequência com que você deve postar. Alguns dizem 15 vezes por dia e outros de 1 a 5 vezes por dia. Mas como cada empresa tem sua própria abordagem, para encontrar sua própria rotina, você deve começar a postar pelo menos uma vez por dia (um artigo do blog, uma atualização ou uma promoção) e a partir daí trilhar o caminho mais adequado para você. À medida que ficar mais confortável na plataforma e souber o que funciona para a sua empresa, você pode expandir a frequência dos seus tweets.
  • Como e porque anunciar: Exatamente como nas outras plataformas, também há um algoritmo para a timeline do Twitter. Isso significa que não é fácil seu conteúdo ser visto simplesmente postando-o de forma orgânica (sem anúncios pagos). Para alcançar seus clientes em potencial e aumentar seu engajamento, incluindo aí aumentar o número de seus seguidores, talvez seja bom considerar pagar para anunciar no Twitter. Aqui você pode segmentar seu público para que seus tweets sejam vistos pelas pessoas certas que espera que comprem seus produtos ou serviços, além de também poder escolher quanto quer gastar. Em seguida você pode verificar seu desempenho para ver o que funcionou bem e o que teve um desempenho pior do que o esperado. Para começar, crie uma conta e depois verifique a página Anuncie no Twitter.
  • Exemplo de conteúdo: Este exemplo de tweet usa uma foto colorida, que chama atenção, junto com uma legenda divertida para refletir a personalidade da nossa empresa.

Exemplo de Post para Twitter

LinkedIn

Estatísticas do LinkedIn

Visão geral:

O LinkedIn é considerado a principal rede social para a vida profissional e 80% dos membros consideram que estar ativo nesta plataforma é um fator vital para o sucesso de suas carreiras. O LinkedIn serve a muitos propósitos, desde a procura por emprego e recrutamento até o networking com outros profissionais. Nesta plataforma profissional-social, você pode mostrar seu talento, suas realizações, sua equipe e muito mais. E no mundo dos negócios tudo gira em torno de conexões e contatos, o que significa que o LinkedIn deve receber prioridade.

Formas de conteúdo dominantes:

Há aqui um empate entre publicar seus próprios artigos e postar uma atualização de status no LinkedIn. Artigos individuais normalmente são uma forma de conteúdo curto (5-6 parágrafos) enquanto as atualizações de status são semelhantes aos formatos de posts existentes nas outras redes sociais, e podem incluir texto, fotos, vídeos e links. Atualizações de status provavelmente são mais relevantes para a sua carreira, mas depende do conteúdo que você tem intenção de compartilhar.  A seguir vamos especificar melhor.

Opções de conteúdo:

Exatamente como nas outras plataformas, você pode criar um perfil e se engajar com os usuários através de um feed geral de notícias, compartilhar conteúdo, enviar mensagens, conectar-se com as pessoas e muito mais. Com mais de três milhões de usuários compartilhando conteúdo no LinkedIn diariamente, provavelmente está na hora da sua empresa aderir a essa onda. Mas primeiro vamos te guiar através das formas de conteúdo que você, como proprietário da empresa, pode compartilhar a partir da sua conta pessoal.

  • Posts: Este é o local para atualizar suas conexões de uma forma geral, através de textos, artigos, fotos ou vídeos. Você pode fazer isso da sua tela inicial ao topo do seu feed de notícias. Você também pode escolher com quem quer compartilhar seus posts: o público, apenas as suas conexões ou dentro de um grupo. Isso vai aparecer tanto no seu perfil como no feed de notícias dos seus contatos. Já que postar no LinkedIn acontece com menos frequência que em outras redes sociais, seus contatos são notificados imediatamente, assim que você compartilhar algo. Por isso, certifique-se que o conteúdo que criou seja valioso e que atraia a atenção.
  • Poste em grupos do LinkedIn: Estes grupos são um excelente local para se engajar com outros usuários do LinkedIn e expandir mais ainda seus contatos profissionais para além daquelas pessoas com as quais você já se conecta. Os grupos podem girar em torno de um mercado, de “hobbies”, colegas de trabalho, campo de especialização, eventos e outros. Para se juntar a um grupo, digite os termos relevantes na barra de buscas que se encontra no topo da sua tela e depois filtre especificamente para grupos. Em seguida, escolha os grupos e envie um pedido para participar. Para publicar um status ou compartilhar um artigo em um grupo, tudo o que precisa fazer é selecionar o grupo antes de publicar um post normal.
  • Artigos: Compartilhar seu conhecimento sobre um assunto específico é especialmente vantajoso no LinkedIn. Por ser uma rede profissional, você com certeza vai conseguir alinhar seu conteúdo aos interesses do seu público. No mesmo local em que você criaria um post na sua tela inicial (no topo), clique em “Escrever um artigo”. Você vai ser direcionado para uma outra tela onde pode criar artigos em formato longo ou curto, anexar uma foto de capa e incorporar links. Os artigos vão aparecer no topo da sua página de perfil. Mas lembre-se que isto funciona apenas para usuários individuais e não para páginas de empresas.

Company Page do LinkedIn

É importante criar uma “Company Page” (mais ou menos como a sua Página Comercial no Facebook), pois ela permite alcançar os clientes através de engajamento, promoção e aumenta a consciência da sua marca. Se você está contratando, recomendamos usar o LinkedIn mais do que qualquer outra rede social para divulgar suas vagas.

No entanto, antes mesmo de começar a criar sua “Company Page”, você precisa inicialmente criar um perfil pessoal no LinkedIn. Para esclarecer, isto não é a página da sua empresa, mas é a sua como proprietário, comerciante ou o guru do LinkedIn da sua equipe. Você vai incluir aqui suas experiências de trabalho e de vida, habilidades, interesses e uma versão completa do seu currículo – até sua história de vida (a vida profissional, claro). Só aí você pode criar sua Company Page do LinkedIn adicionando o nome da sua empresa e URL personalizado.

Como aplicar isso à estratégia da sua empresa para as redes sociais

Sua empresa deve tirar o máximo proveito da sua Company Page como uma oportunidade para exibir todo o seu trabalho, promover as vagas disponíveis, reconhecer o mérito dos seus funcionários e compartilhar conteúdo de qualidade sobre o seu mercado.

  • O que postar: O público do LinkedIn é mais sofisticado e tem objetivos diferentes do pessoal que usa as demais redes sociais. Usuários procuram aqui por ideias dos especialistas do mercado e também procuram avançar em suas carreiras. Portanto, você pode usar esta oportunidade para ser útil para a sua comunidade, postando assuntos relacionados a liderança, produtividade e notícias relevantes. Há muitas opções de conteúdo à escolha nesta plataforma. Você pode compartilhar artigos de blog criados por você, artigos dos especialistas do mercado, dicas rápidas e novidades sobre a companhia. Imagens são sempre um diferencial para atrair mais atenção para seus posts, desde que sejam relevantes. Posts de texto grandes também funcionam muito bem, mas os vídeos são menos eficientes. Por fim, conteúdo específico relativo à sua empresa funciona melhor aqui que em qualquer outra plataforma.
  • Com que frequência postar: Você deve postar no máximo uma vez por dia, ou mesmo em dias intercalados. Nesta plataforma, postar com muita frequência pode parecer spam ou dar uma pinta de falta de autenticidade. Pense no LinkedIn como um local para conteúdo de qualidade em detrimento da quantidade.
  • Como e porque anunciar: De acordo com o blog do LinkedIn, 50% dos seus usuários relatam que é mais provável comprarem de uma empresa com a qual interagem no LinkedIn. Mostrar-se presente nessa rede social é indispensável para uma estratégia de marketing bem sucedida. Para conseguir que seu conteúdo alcance esses consumidores de forma mais eficiente, talvez você deva considerar a ideia de criar anúncios. Criar um anúncio no LinkedIn Ads dura apenas alguns minutos usando uma destas opções: “Sponsored Content” (que atinge os usuários nos respectivos feeds de notícias), Text Ads (que aparece na barra lateral e são pagos por clique) e Sponsored InMail (mensagens personalizadas enviadas para caixas de entrada).
  • Exemplo de conteúdo: Criado especialmente para o LinkedIn, o post abaixo traz uma dica de negócios (“Ofereça aos seus consumidores algo que eles não podem recusar”) junto com elementos visuais que atraem a atenção. É leve e acessível, no entanto, muito profissional.

Exemplo de Post pro LinkedIn

Pronto para expandir sua presença online? Uma vez criadas suas contas sociais, crie um site profissional para sua empresa com Wix e faça o link para seus canais sociais.

Por Equipe Wix

Receba o Blog do Wix
no conforto da sua casa!

Assine o Wix Blog e não perca nenhuma novidade!

Opa, esse não é um email válido.

e-mail já existe

Opa, esse não é um email válido.

Aproveite! \ 

Receba em primeira mão dicas atualizadas sobre como
promover seu negócio, Web Design, SEO e o Wix!

Opa, esse não é um email válido.

e-mail já existe

Opa, esse não é um email válido.