YouTube Analytics: Guia Completo e 10 Métricas Essenciais



Para um criador de conteúdo do YouTube, o quê ser mais importante que seus próprios vídeos? A resposta errada é nada! A resposta correta é a capacidade de mensurar o sucesso dos seus vídeos para que possa continuar a criar o que funciona e desistir do que não funciona. Claro que não há nenhuma seção mágica nos bastidores do YouTube que coloca uma faixa em todos os seus vídeos dizendo "este funcionou" e "este não funcionou", mas não é difícil você mesmo descobrir com um pouco de conhecimento do YouTube Analytics.


Disponível para todos os canais, o YouTube Analytics mostra com detalhes o desempenho dos seus vídeos em tempo real ou durante um determinado período. Isso dá uma visão mais ampla, desde uma dimensão geral do canal até uma dimensão mais detalhada de cada vídeo. Dito isso, as pessoas menos informadas quase sempre olham só as métricas mais básicas como “Visualizações” ou “Tempo de exibição” e só. Apesar de ser verdade que estas estatísticas específicas são uma forma importante para se ter uma ideia de como está o desempenho de um determinado vídeo, dificilmente são a única forma de saber isso. Para ter uma ideia mais completa do desempenho do seu canal do YouTube, nós selecionamos uma lista de métricas nas quais você deve prestar atenção.



O que é o YouTube Analytics?


O YouTube Analytics é composto por uma série de métricas que proporcionam uma ideia indispensável sobre o desempenho do seu canal como um todo, e de cada um dos seus vídeos individualmente. Desde algo direto como quantas visualizações você teve, até informações mais específicas como o perfil demográfico das pessoas que assistem ao seu conteúdo, esta é uma ferramenta que, depois que você se habitua a usá-la, vai se perguntar como conseguiu viver sem ela até agora.



Por que usar o YouTube Analytics?


Com certeza, você investe muito tempo na criação dos seus vídeos. Essa preparação é importantíssima, para definir o conteúdo, editar o material, e fazer os ajustes finais antes da publicação. Mas após o vídeo ir ao ar, há muito a ser aprendido para entender melhor seu público e poder moldar sua estratégia para futuros vídeos em função desse feedback.


YouTube Analytics é a resposta para muitas questões, como:


  • Como está o desempenho do meu canal? Uma excelente compreensão sobre o desempenho do seu vídeo e do seu canal.

  • Quanto estou faturando? Relatórios simples sobre a sua receita mostram quanto você lucrou.

  • Quem está assistindo ao meu canal? As Estatísticas dão um “insight” do perfil demográfico das pessoas que assistem ao seu canal, permitindo segmentar e atender a esse público de forma mais adequada.





Como Acessar o YouTube Analytics


Há múltiplas formas, melhores ou piores, para acessar o YouTube Analytics. Como o Google ou qualquer produto que pertence ao Google (e que estão a um passo de te deixar louco com tantos testes A/B), você vai encontrar diferentes opções dependendo da versão que você está usando.



YouTube Studio (Beta) vs. Estúdio de Criação Clássico


O Google está empurrando sua mais recente versão do YouTube Studio (Beta) para praticamente todo mundo e é isso que provavelmente você vai ver ao seguir as instruções abaixo. Mesmo assim, a versão mais antiga, o Estúdio de Criação “Clássico”, tem alguns benefícios e está disponível para todos que quiserem continuar usando. Apesar da maioria dos detalhes mencionados serem relativos à nova versão do YouTube Studio (Beta), as diferenças onde encontrar as métricas em cada versão estarão detalhadas.


Como acessar o YouTube Analytics a partir do computador:


Acesse o YouTube e clique no ícone da sua conta no canto superior direito.

Clique em YouTube Studio (Beta). (A versão mais antiga é indicada como "Estúdio de Criação")

No menu à esquerda da tela, selecione Analytics (Estatísticas).


Outra possibilidade é entrar direto em youtube.com/analytics.


Se você quiser acessar o YouTube Analytics a partir do seu celular, tanto os usuários do iOS como os usuários de Android podem fazer o download do aplicativo do YouTube.



Visão geral do YouTube Analytics


Após acessar o YouTube Studio e selecionar Estatísticas (Analytics) no menu, você vai ser apresentado à página geral do YouTube Analytics, que é uma fotografia do desempenho do seu canal visto através das métricas chave. Esta área é basicamente o ponto para você mergulhar profundamente neste assunto.


Esta área proporciona rápido acesso a métricas como total de visualizações, tempo de exibição em minutos, inscritos e estimativa da receita. Próximo ao canto superior direito desta seção encontra-se um prazo que pode ser ajustado para mostrar o gráfico com base no intervslo de tempo selecionado.


Abaixo do gráfico você encontra duas seções importantes que mostram seus melhores vídeos e as visualizações em tempo real do seu canal nas últimas 48 horas. Um link “Veja mais” direciona a informações adicionais para ambas essas seções.



Como Usar o YouTube Analytics: passo-a-passo completo


Como mencionado acima há diversas métricas no YouTube Analytics que te fornecem uma percepção valiosa. Abaixo, reunimos aquelas que é imprescindível que você conheça para garantir que tenha um bom domínio da plataforma. Elas ajudam a fazer os acertos finais no seu canal ou conteúdo, caso necessário.



01. Tempo de exibição


Tempo de exibição é uma métrica auto-explicativa, pois mostra o tempo total em minutos que o seu canal, ou um vídeo específico, são assistidos comparativamente ao período anterior. Esse período de tempo pode ser ajustado da mesma forma que faria na Visão Geral, próximo ao topo à direita da página.


Você não precisa ser um guru da estatística para avaliar esta métrica. Se o seu canal ou vídeo está tendo um alto tempo de exibição, você está fazendo alguma coisa certa. Tenha em mente que, dependendo do tipo de vídeo ou de canal, o tempo de exibição pode ser mais transitório em uns do que em outros. Se você tem um canal do tipo “faça você mesmo” ou “como fazer”, que requer que as pessoas acompanhem para realizar uma tarefa específica, talvez você tenha um tempo de exibição alto em um vídeo em particular, mas também precisa levar em consideração como as pessoas assistem ou usam o YouTube. Já o outro lado desse exemplo, alguém pode estar na metade do caminho de seja lá qual for o tutorial e só precisa assistir a uma parte específica para terminar o que se propôs a fazer. Repetindo: esse é só um exemplo de como a forma como termina de assistir pode afetar o tempo de exibição.


Onde se encontra? Esta métrica pode ser encontrada para o seu canal como um todo na página de Visão Geral. Mostra o total de minutos assistidos em todos os vídeos do seu canal, sejam particulares, públicos, não listados ou deletados. Clicando no título de um vídeo, você encontra o tempo total de exibição para o prazo determinado.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Comentários”.



02. Visualizações


Essa é uma outra métrica praticamente auto-explicativa, mas a forma como as visualizações são contadas não é tão bem definida como você poderia pensar. Para ser considerada uma visualização, o vídeo precisa ser assistido por pelo menos 30 segundos.


Esta é uma estatística que pode ser facilmente manipulada - ou comprada, se você quiser seguir pelo caminho dúbio e nada recomendado de pagar a alguém ou a um serviço para conseguir visualizações para seu canal ou vídeo. Dependendo do seu conteúdo e estratégia de publicação, esta pode ser portanto uma estatística pouco confiável se comparada a algumas outras disponíveis.





Ainda assim, esta é uma das estatísticas mais facilmente compreendidas e, por consequência, uma que é bastante procurada para mensurar o sucesso. Por quê? Simplesmente porque quanto mais alta a contagem de visualizações, maiores as chances de alguém estar disposto a assistir seu vídeo. Pense assim: se você está querendo aprender como fazer um ovo pochê perfeito, você procura no YouTube. Há diversos vídeos que pode escolher, mas você olha os 5 vídeos que aparecem no topo da lista. Enquanto um vídeo tem 100.000 visualizações, os outros podem variar de 100 a 2.000 visualizações. Provavelmente você vai optar pelo vídeo com o maior número de visualizações, já que isso transmite uma sensação de confiabilidade.


Aviso: O número de visualizações depende do seu mercado e do tipo de conteúdo. Não há estatísticas absolutas, mas serve para identificar seus melhores e mais próximos concorrentes e ter como objetivo conseguir números melhores que os deles.


Onde se encontra? Você encontra as visualizações junto com o tempo de exibição na página de Visão Geral tanto para o seu canal como um todo quanto para cada vídeo individualmente.


No Estúdio de Criação Clássico, você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo, e em seguida selecione “Tempo de exibição”. A partir daí simplesmente clique na aba “Visualizações”.



03. Local da reprodução


Um local de reprodução refere-se ao local onde o vídeo do YouTube foi assistido. Isso parece bem óbvio, mas talvez você não tenha levado em consideração todas as formas que podem ser usadas para assistir um vídeo na plataforma. Entre elas, a própria página de visualização do vídeo no YouTube, lista de vídeos sugeridos ou um vídeo incorporado a um site - vamos detalhar essa informação a seguir.


Onde se encontra?


Para o seu canal:


  • Clique em “ver mais” abaixo do gráfico na página Visão Geral.

  • Selecione a aba “Mais” à direita das abas de opções.

  • Selecione Locais de reprodução.


Para um vídeo individual é essencialmente o mesmo caminho:


  • Clique no título do vídeo para o qual quer ver estatísticas.

  • Clique em “ver mais” abaixo do gráfico na página YouTube Analytics Visão Geral.

  • Selecione a aba “Mais” bem à direita das abas de opções.

  • Selecione Local da reprodução.


No Estúdio de Criação Clássico, você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Local da reprodução”.



04. Origem do tráfego


A Origem do tráfego é uma métrica importante a ser monitorada pois proporciona um insight de qual método funciona melhor para seu canal e seus vídeos. Esta seção vai mostrar se as pessoas que assistem a seus vídeos vêm de fontes como Publicidade no YouTube, fontes externas (pesquisas no Google, por exemplo), Busca do YouTube, playlists, recursos de navegação e diversas outras fontes. Você pode se aprofundar mais ainda clicando em cada fonte de tráfego para mais informação.


De uma perspectiva do SEO, esta seção é “uma mina de ouro”. Se você clicar em “Busca no YouTube” na seção das fontes de tráfego, vai ver exatamente o que as pessoas estavam buscando no YouTube quando clicaram no seu vídeo. Isso pode te ajudar a otimizar mais ainda a sua estratégia de SEO para seus vídeos.


Onde se encontra? Para encontrar a origem do tráfego tanto para o seu canal como para cada vídeo individualmente, clique na opção “Ver mais” abaixo do gráfico na página Visão Geral e clique na aba “Origem do Tráfego” no topo. Para um acesso rápido, clique em “Origem do Tráfego” na aba “Alcance” da página Visão Geral.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Origem do tráfego”.



05. Perfil demográfico do público


Ter qualquer indicativo sobre quem é o seu público é bastante valioso e permite saber se está no caminho certo ou se há alterações a serem feitas de forma a atrair a um outro público. O YouTube Analytics te dá uma percepção de localização geográfica, idade e sexo do seu público.


Onde se encontra? Diferente da maioria das métricas no Google Analytics, localização geográfica, idade e sexo são seções individuais que se encontram uma ao lado da outra. Você pode facilmente encontrar essas estatísticas clicando na opção “Ver mais” abaixo do gráfico para seu canal ou vídeo na página “Visão Geral” e em seguida clicando na aba adequada.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-las na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Informações Demográficas”.



06. Inscritos


Esta é uma excelente métrica para ver como seus vídeos estão fazendo crescer o número de inscritos no seu canal do YouTube. Esta seção vai te mostrar o número de inscrições obtidas ou perdidas no período de tempo selecionado.


Abaixo do gráfico de visão geral, as coisas começam a ficar um pouco mais interessantes ao mostrar seus 50 melhores vídeos, e o números de inscrições obtidas ou perdidas dentro desse período de tempo. Se você perceber o aumento do número de inscritos para um vídeo específico, pode ser que o vídeo tem uma boa repercussão com seu público e portanto você pode tentar continuar produzindo esse tipo de conteúdo para repetir o sucesso. Por outro lado, se você perceber que está acontecendo o contrário - uma perda de inscritos - talvez você não deva voltar a criar esse tipo de conteúdo daqui em diante.


Onde se encontra? Você pode acessar seus inscritos clicando na aba “Desenvolvimento do público” na página visão geral. Em seguida clique na estatística “Inscritos” acima do gráfico e, por fim, em “ver mais” abaixo do gráfico para ter uma melhor percepção.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Inscritos”.



07. Gostei x Não gostei


Apesar de likes (Gostei) e dislikes (Não gostei) serem tecnicamente uma métrica que pode ser “manipulada” comprando curtidas de terceiros, ainda é uma métrica aceitável que muitos vão procurar para ter uma melhor percepção. Esta seção permite verificar se as pessoas curtiram ou não seus vídeos, e comparar esses resultados com outras métricas em múltiplos formatos de gráficos. Apesar dessa métrica proporcionar um insight muito interessante, é importante não ficar obcecado com ela.


Quando se trata de gostei ou não gostei para o seu canal e seus vídeos, é bom voltar à versão “Clássica”, que oferece mais detalhes. Felizmente, você pode voltar à versão Clássica a qualquer momento clicando no link Estúdio de Criação Clássico no menu lateral à esquerda.





Onde se encontra? Para o Estúdio beta do YouTube você pode clicar no título de um vídeo e descer até a seção “Gostei X Não gostei” e em seguida “Ver mais” para afunilar mais ainda.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-la na página Visão Geral clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Gostei e não gostei (Curtidas positivas vs. negativas)”.



08. Comentários


Vamos encarar essa de frente. As pessoas estão viciadas nos comentários do YouTube, por isso é importante não levar todo mundo a sério. Mesmo assim, os comentários são uma forma excelente de mensurar o engajamento do seu conteúdo e receber um valioso feedback do seu público. Essa é outra métrica que é melhor na versão Estúdio de Criação Clássico, onde você pode ver o número de comentários em um prazo determinado, e com diferentes gráficos. Você também pode incluir uma métrica adicional para comparar os comentários negativos com outros números, tais como os Gostei e Não gostei para ter uma melhor percepção.


Onde se encontra? Como mencionado acima, esta métrica é melhor mensurada na versão Estúdio de Criação Clássico. Você pode encontrá-la indo para a versão Estúdio de Criação Clássico e clicando na seta da expansão junto de “Analytics (Estatísticas)” e em seguida selecionar “Comentários”.


Na versão YouTube Studio (Beta) há pouco para mensurar os comentários. Há uma seção dedicada apenas a respostas aos comentários. O Estúdio de Criação Clássico também tem essa seção em separado, mas oferece uma métrica de comentários que pode ser mensurada nas estatísticas.



09. Compartilhamento


Compartilhamento pode ser uma métrica extremamente importante uma vez que é uma excelente medida do engajamento. Apesar de não ser dificil compartilhar um vídeo do YouTube, é necessário mais esforço do que um simples “Gostei”. Ter um número alto de compartilhamentos também é um sintoma da qualidade do seu conteúdo, por isso fique orgulhoso!


Aqui você vê o número de compartilhamentos do seu canal, ou de determinado vídeo, dentro do prazo específico que você determinou. Também pode ver quais métodos estão sendo usados para compartilhar seus vídeos, como o Messenger do Facebook, Copiar o Link, Whatsapp e outros.





Onde se encontra? A seção de compartilhamento do YouTube Analytics pode ser acessada indo para a página Visão Geral do seu canal ou de um vídeo específico, e então clicando na opção “Ver mais”, abaixo do gráfico. Em seguida clique em “Mais” e depois em “Serviço de Compartilhamento”.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Compartilhamento”.



10. Receita


Se você tem uma campanha de anúncios no YouTube pode descobrir como está o seu desempenho no YouTube Analytics.


A seção “Visão geral” detalha a receita total estimada (receita líquida), monetização estimada de reprodução e reprodução com base em CPM (custo por 1000 visualizações). Aqui há diversas sub-seções e cada uma pode ser aprofundada mais ainda para estimativas de receita mensal, os vídeos campeões de receita, fontes de receita, tipos de anúncio e receita de transação.


Se você está querendo ganhar dinheiro com seus vídeos no YouTube ou conta com os vídeos no YouTube para ganhar dinheiro, é bom saber que o Analytics proporciona uma enorme variedade de opções para monitorar seu progresso ao longo desse caminho.


Onde se encontra? Você pode acessar esta seção clicando na aba “Gerar receita” na página Visão Geral.


No Estúdio de Criação Clássico você pode encontrá-la na página Visão Geral, clicando na seta da expansão próximo a Analytics (Estatísticas) no menu lateral esquerdo e em seguida selecione “Receita”.


Dica bônus: O pessoal do YouTube preparou um curso sobre YouTube Analytics. O conteúdo dividido em seis vídeos e você pode assisti-lo aqui.


Pronto para levar seus vídeos para um outro patamar? Crie seu site com Wix ainda hoje!

pt03.png