Como Atualizar Seu Site: Melhores Práticas, Dicas e Truques



Hoje em dia, qualquer elementos do mundo digital está em constante mudança e intenso desenvolvido. Seu site não pode ser a exceção. Para manter seu público engajado e seu conteúdo atraente, você precisa estar antenado, e certificar-se de estar por dentro das mais recentes tendências do web design. Se seu site permanecer igual durante muito tempo, e não for atualizado de vez em quando com conteúdo novo e empolgante, correrá o risco de parecer velho e irrelevante.


Felizmente, você pode criar seu site usando uma plataforma profissional como o Wix, que permite ajustá-lo a qualquer momento e trazer o novo frescor de que ele necessita. Antes de embarcar em uma repaginada completa do seu site (um projeto grande que pode levar meses), considere se alguns simples ajustes podem ajudar a levar seu site para outro patamar.


Não tem a certeza se seu site necessita ser atualizado?

Faça as seguintes perguntas a você mesmo:


  • Pode ser que meu design esteja ligeiramente desatualizado?

  • Minhas vendas começaram a cair recentemente? Ou se não - será que eu poderia aumentar minhas vendas com melhores fotos dos produtos ou uma melhor experiência de usuário?

  • Será que minha marca poderia beneficiar-se de páginas adicionais, como um blog ou uma loja virtual?


Se você respondeu “sim” a ao menos uma das questões acima, ou se elas te levaram a refletir sobre seu site, pode ser que uma pequena “plástica” seja muito bem vinda. Estamos aqui para ajudar com nosso completíssimo guia sobre como atualizar seu site de forma fácil eficiente:


  1. Faça uma revisão de todo o conteúdo e o design

  2. Verifique os dados do seu site

  3. Avalie os sites dos concorrentes

  4. Procure inspiração

  5. Adicione elementos multimídia impactantes

  6. Alinhe seu design às tendências atuais

  7. Realize testes A/B simples

  8. Otimize seu SEO



01. Faça uma revisão do seu conteúdo e design atuais


Primeiramente, faça uma avaliação minuciosa do estado atual do seu site. Nesta etapa, você não deve criar nenhum conteúdo novo, apenas identificar o que funciona e o que não funciona. Dessa forma, você poderá fazer uma lista completa de todos os detalhes que necessitam de ajustes.


Conteúdo visual: Verifique a qualidade e a relevância dos seus recursos visuais (imagens e vídeos). Identifique qualquer elemento que pareça embaçado ou desfocado, pixelado ou desatualizado de maneira geral. Você pode encontrar imagens que não são mais relevantes ou que não estão mais alinhadas ao seu branding. Nestes casos não é obrigatoriamente necessário deletar as imagens. Ao invés disso, você pode usar uma ferramenta de edição de mídia online para dar-lhes nova vida. Repare também na velocidade de carregamento do seu site. Arquivos de vídeo antigos podem ser muito pesados, impactando negativamente na experiência do usuário em seu site.


Conteúdo escrito: Além do seu conteúdo visual, verifique também todos os textos de seu site. Procure links quebrados, informações incorretas ou dados que estejam faltando. Por exemplo, você pode ter artigos de blog antigos que não sirvam mais aos seus objetivos, ou declarações de missão que não falem mais a linguagem da sua marca. Talvez você possa dar mais detalhes sobre um certo produto ou serviço que está vendendo, ou escrever com outras palavras seu botão de chamada de ação para gerar mais cliques.


Antes:



Depois:




02. Verifique os dados do seu site


Além de analisar minuciosamente seu site pela frente (ou seja, seu frontend - a parte do site que é visível para os usuários), também vale a pena dar uma olhada em suas estatísticas. Isso permite compreender o comportamento do seu público, e como ajustar seu site para melhor atender às necessidades dos seus visitantes.


A integração de ferramentas de monitoramento e análise ao seu site Wix permite o monitoramento do tráfego do seu site. Você pode verificar informações importantes, como quais páginas são mais populares, quanto tempo os visitantes ficam em cada página e as suas bounce rates (ou "taxas de rejeição", ou seja: quantos visitantes deixaram seu site sem qualquer interação). Para mais informações veja um guia completo sobre como usar o Google Analytics.


Tendo uma melhor compreensão do comportamento dos seus clientes, você pode ir além e analisar os motivos por trás de suas atitudes. Se muitos visitantes saem de determinada página sem interagir com seu conteúdo, procure ver o que essa página tem de diferente das outras. Tem mais texto? Ela leva mais tempo para carregar? Esses conhecimentos ajudam a tomar decisões mais bem informadas ao atualizar seu site.



03. Avalie os sites dos concorrentes


Enquanto se ocupa de seu site, não se esqueça de verificar o que seus concorrentes estão fazendo. Após verificar alguns dos sites da concorrência, compare tudo o que encontrou com o seu próprio site. Procure ver se você não está deixando escapar alguma informação ou certas páginas ou ainda conteúdo que sejam cruciais. Ou talvez você tenha se deparado com algumas ideias legais que possa implementar ou adaptar, para dar uma alavancada no seu site.


Para uma avaliação mais completa, dê uma olhada nos dados da concorrência. Compare o tráfego do seu site com o dos outros sites usando métricas específicas. Esse procedimento pode parecer um pouco complexo, mas há ferramentas muito úteis criadas exclusivamente para isso. Por exemplo:


  • SimilarWeb: Permite digitar um endereço (seja seu site ou o do seu concorrente) na barra de busca e receber um relatório completo das estimativas de tráfego, em uma interface de simples compreensão.

  • SEMRush: Uma ferramenta de SEO (otimização dos motores de busca) grátis altamente recomendada, fornece detalhes do tráfego de qualquer site, independente de ser orgânico ou pago.

  • Ahrefs: Use a seção “Site Explore” para ver como o tráfego dos seus concorrentes vem mudando com o tempo, e compare com o seu.



04. Procure inspiração


Agora é a hora de conhecer seu mercado melhor do que nunca. Busque inspiração em sites que atraiam o seu olhar, tanto do seu meio como de outros mercados. Talvez você também cruze com algo que dispare a sua criatividade em campos completamente distintos, como uma paleta de cores que você viu em uma vitrine de loja ou num pôster de um show.


Após explorar os mundos online e offline para encontrar inspiração, chega o momento de aplicar o que você encontrou ao seu site. Entretanto, tome cuidado para não se empolgar e alterar muitos detalhes. Afinal, você só está procurando aqueles pequenos toques que farão a diferença em seu site.



05. Adicione elementos multimídia impactantes


Seu site pode ter o mais fascinante conteúdo, da mais alta qualidade, mas nada disso adiantará se não tiver o aspecto adequado. As pesquisas mostram que, quando se trata de web design, a primeira impressão é a que fica. Mesmo que os visitantes tenham dificuldade para encontrar a informação que buscam, eles tendem a interagir mais se o site for esteticamente atraente.


Um bom começo é verificar se seu site está em harmonia com os 7 princípios do design. Além disso, integrar ao seu site elementos visuais impactantes ajuda a criar um design memorável que vai te distanciar da concorrência e envolver seu público instantaneamente. Pense como você pode atualizar, editar ou adicionar novos recursos de mídia ao seu site incluindo tudo, de vídeos a som, imagens, animações e mais.


Felizmente, você não precisa criar todo esse conteúdo do zero e, se no momento não tem tempo nem orçamento para uma nova sessão completa de fotos, há muitas alternativas que possam ser usadas. Em vez disso, procure no seu site e veja se há algumas imagens atuais que possam ser reaproveitadas com apenas uns retoques finais.


Faça alguns experimentos com ferramentas de edição, como o Wix Photo Studio para editar suas imagens. Basta um clique para remover o fundo das suas fotos, além de poder aplicar filtros e outros efeitos fascinantes. Você também pode navegar através desta fototeca de imagens de alta qualidade que pode ser usada de acordo com as suas necessidades ou explorar a divertida e versátil coleção Arte Vetorial do Wix.


Antes & Depois




Se deseja adicionar um sensação de maior dinamismo ao seu site, transforme seus vídeos ou imagens em vídeos profissionais com o Video Maker do Wix. Adicione texto, música e efeitos especiais para criar um conteúdo engajador que vai atrair seu público.





06. Alinhe seu design às tendências atuais


Entender a fundo as mais recentes tendências do web design pode ser complicado se você não se mantém constantemente atualizado. Não estamos dizendo é necessário tornar-se um expert em web design em tempo integral. Entretanto, como dono de um site, você deve manter os olhos bem abertos, ficar esperto e estar sempre interessado.


Verifique regularmente os sites dos seus concorrentes para ver o que eles estão fazendo. Você vai conseguir monitorar e identificar quaisquer alterações e atualizações que eles estejam fazendo no seu site, como, por exemplo, o foco no vídeo, novas páginas relevantes e muito mais.


Outra forma de se manter atualizado é ler revistas e blogs sobre as tendências do web design. Você também deve investir um tempo para verificar as redes sociais especificamente orientadas para o design, como Dribble e Behance. Elas têm uma forte ênfase no design gráfico, da ilustração à tipografia, passando pela animação e por muitas outras formas. Dessa forma, você consegue ter uma boa ideia do que está acontecendo de uma forma geral no mundo do design gráfico, e possivelmente usar certos elementos em seu próprio site.


Antes:



Depois:




07. Realize testes A/B simples


Após fazer algumas atualizações em seu site, é um boa ideia testá-lo usando a técnica de testes A/B. Essa forma de testes envolve a criação de duas versões do seu site e verificar as estatísticas sobre tráfego e engajamento do usuário em cada uma. Desta maneira, você pode basear suas decisões em dados reais, e fazer as alterações no seu site de acordo com os resultados.


Por exemplo, você pode experimentar com dois designs diferentes para um mesmo botão, e ver qual atrai mais cliques dos visitantes. Ou então substitua um slideshow de imagens por um vídeo ocupando a tela inteira em uma das suas páginas. Em seguida, você testa as duas opções e vê qual delas tem o melhor desempenho.


Para mais informações veja este guia sobre como executar testes A/B no seu site, com a ajuda de duas ferramentas recomendadas.



08. Otimize seu SEO


Por fim, mas certamente não menos importante, lembre-se de que você quer que seu público-alvo encontre seu site com facilidade em motores de busca como o Google. Talvez você até já tenha trabalhado anteriormente para melhorar seu SEO mas definitivamente vale a pena revisá-lo quando der uma repaginada no seu site. Apenas para relembrar, SEO significa Search Engine Optimization, ou Otimização para Motores de Busca no idioma de Jorge Amado. Para aumentar as suas chances de conseguir um posicionamento mais elevado nos resultados de busca, dê uma olhada nestas ferramentas profissionais de SEO.


Um bom começo é fazer uma busca por palavras-chave. Estamos falando de frases com duas a cinco palavras que seus potenciais clientes digitariam na barra de busca para procurar uma empresa como a sua. Você pode usar o Planejador de Palavras-chave do Google para te ajudar nisso, jogando com diferentes termos e frases em torno do seu mercado.


Pronto para impressionar seu público? O primeiro passo é criar um site profissional usando Wix!

pt03.png