Guia Completo: Como se Tornar um Freelancer de Sucesso



De forma geral, a ideia de trabalhar como freelancer remete a liberdade e flexibilidade. No entanto, para obter sucesso nessa modalidade de trabalho, é preciso ter foco, planejamento e eficiência.


É essencial que um freelancer saiba como buscar ativamente sua próxima oportunidade. Para isso, uma boa tática é criar um site de portfolio para mostrar suas ofertas da melhor maneira possível. Além disso, graças ao avanço dos mercados online para escritores, educadores, artistas e designers - para citar apenas alguns tipos de profissionais - nunca foi tão fácil fazer conexões com clientes em potencial e ser contratado. As ferramentas a seguir ajudarão a impulsionar o seu sucesso e mostrar ao mundo que você é um freelancer referência em sua área.



Afinal, o que é freelancer?


O termo "freelancer" refere-se a qualquer pessoa que trabalhe de forma independente, em vez de comprometida com um empregador específico que lhe paga um salário fixo. Na maioria das vezes, um freelancer opta por trabalhar para vários clientes ao mesmo tempo.


Uma das principais questões enfrentadas por pessoas que desejam migrar do trabalho fixo para o mundo do freelancing, é se esse modelo de trabalho pode oferecer uma carreira viável. A resposta é um sonoro sim.


A maneira mais eficaz de se tornar um freelancer é transformar uma paixão ou experiência bem definida em um serviço que você pode fornecer a um cliente em troca de pagamento. Isso significa que ao colocar em bom uso seus talentos/especialidades, acaba ficando mais fácil de se destacar no nicho de mercado relevante.



Vantagens de ser um freelancer


Dados do IBGE sobre o desemprego no ano de 2020 mostram que a pandemia do novo coronavírus e a recessão levaram a um novo recorde nos números do desemprego no país: cerca de 14 milhões de brasileiros estão sem trabalho. Diante de uma estatística tão cruel como essa, muitas pessoas optaram por, em vez de retornar ao mercado de trabalho formal, apostar em uma carreira de freelancer.


Essa inserção de profissionais na área, e a reformulação de processos internos de muitas empresas, acabou por aquecer o mercado e mostrou para muitos que com o planejamento certo, uma carreira de freelancer pode resultar em melhor gestão de tempo, maior nível de produtividade e a possibilidade de passar mais tempo com a família


Dito isso, aqui estão os principais benefícios da carreira de freelancer:


  • Horário flexível: ao contrário dos dias úteis normais, com o horário padrão de 09:00h às 17:00h, você pode escolher e definir seu próprio horário. Aproveite as vantagens de trabalhar em um momento em que você é a versão mais produtiva de si mesmo. Talvez você seja uma coruja de hábitos noturnos ou tenha mais disposição com o raiar do dia - de qualquer forma, você vai escolher a melhor opção baseando-se em sua personalidade, disponibilidade e necessidades.

  • Maior compensação: essa até pode não ser uma regra, mas com toda a flexibilidade que a carreira de freelancer oferece, é possível levar para casa mais dinheiro do que se faria em um trabalho fixo. Dependendo da localidade, o piso salarial para certas áreas pode ser relativamente baixo, o que muda completamente no universo do trabalho online, onde você pode oferecer seus serviços para pessoas físicas ou jurídicas em todo território Brasileiro, e até fora do país.

  • Baixo investimento inicial: para muitas das carreiras que permitem o trabalho freelancer, você só precisa de um computador e uma conexão estável com a Internet para começar (ok, não é o caso dos nossos amigos fotógrafos, mas também preparamos dicas imperdíveis para se tornar um fotógrafo de sucesso). O que é ótimo porque, para que o risco do seu empreendimento seja baixo, você vai querer iniciar um negócio que precise de custos iniciais mínimos.

  • Trabalhe onde quiser: como reflexo dos tempos modernos, a capacidade de trabalhar em qualquer lugar é algo que trouxe uma liberdade sem igual para muitos profissionais. A boa notícia é que à medida que o trabalho remoto continua a se provar viável e produtivo, as pessoas buscarão mais oportunidades como nômades digitais, e isso faz com que muitas pessoas possam fugir de grandes centros e custos de vida caros, para regiões onde a qualidade de vida é bem maior.

  • Escolha seus próprios clientes: o trabalho de freelancer oferece a oportunidade de combinar seu conjunto de habilidades com a clientela certa para você. Assim, você será capaz de se destacar ao dar aos seus clientes o que desejam, e estabelecendo assim uma presença sólida em sua área.

  • Maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional: por ter a liberdade de administrar seu próprio horário de trabalho, você terá mais chances de melhorar o equilíbrio entre sua vida profissional e privada. Isso significa que você encontrará mais tempo para dar prioridade à sua família, amigos, hobbies e qualquer outra área de sua vida privada.


Assim como o ying e o yang, há uma questão de dualismo na vida de freelancer. Como trabalhador autônomo, você terá que assumir responsabilidades adicionais, como cuidar de seus impostos e configurar seu próprio plano de aposentadoria e seguro médico. Também existe o medo de não encontrar trabalho suficiente para se sustentar. Dito isso, estar ciente desses diferentes desafios e realidades que muitos freelancers enfrentam irá ajudá-lo a se preparar e superar quaisquer obstáculos.



Como se tornar um freelancer de sucesso


Desde a construção de um site até a promoção do seu negócio, aqui está nosso guia sobre tudo o que você precisa saber para iniciar uma carreira de freelancer de sucesso:


  1. Decida quais serviços oferecer

  2. Crie um site

  3. Escolha um nicho de mercado

  4. Defina o seu público-alvo

  5. Afie suas habilidades

  6. Construa sua marca

  7. Escolha uma estratégia de precificação

  8. Cuide de suas finanças

  9. Encontre oportunidades de trabalho

  10. Se promova



01. Decida quais serviços oferecer


Deixe sua paixão ou experiência moldar sua oferta de serviços. Dessa forma, você terá mais confiança em suas habilidades para produzir um trabalho de alta qualidade, além de possuir o ímpeto e a determinação para melhorar no que faz cada vez mais. Isso criará novas oportunidades e ajudará a impulsionar sua operação.


Aqui estão alguns dos trabalhos freelance mais procurados a serem considerados:


  • Copywriters (redatores): esses profissionais do bom texto criam uma enorma variedade de texto para agências, publicações ou sites.

  • Analistas de dados: reúnem e interpretam informações que ajudam empresas e organizações a tomar decisões críticas e identificar oportunidades ou mesmo quaisquer ineficiências.

  • Especialistas em eCommerce: se concentram em ajudar empresas e empreendedores a otimizar sua loja virtual e aumentar o desempenho geral do site.

  • Designers: sejam eles designers gráficos, de UX ou de interiores, esses profissionais traduzem os conceitos de seus clientes em formas visuais e físicas, como ambientes, ilustrações, interfaces, imagens e logotipos.

  • Estrategistas de marketing: coletam dados quantitativos ou qualitativos para determinar a melhor forma de apoiar melhores estratégias promocionais e buscar novas oportunidades de negócios.

  • Estrategista de SEO: é especializado em melhorar a classificação de sites em mecanismos de pesquisa, empregando táticas de otimização, como links internos, tags e palavras-chave.

  • Desenvolvedores e programadores: executam todos os aspectos técnicos de um site. Eles criam e analisam o desempenho da web para atender às metas do site de seus negócios.




02. Crie um site


A criação de um site de portfolio pode ser comparada a uma representação profissional online da sua capacidade e versatilidade profissional. Ele também fornece uma vitrine digital para seu negócio, onde você pode enviar clientes em potencial para conferir seu trabalho e atrair novos conforme você cresce. Além disso, um site profissional permite que você receba pagamentos imediatamente.

A primeira etapa é escolher um template de site totalmente personalizável que atenda às suas necessidades. Considere o que você deseja alcançar com seu site. Por exemplo, se sua empresa depende muito de conteúdo visualmente descritivo, você deve priorizar o espaço para fotos em vez de texto.


A segunda etapa é adicionar um software de agendamento online que permita aos seus clientes agendar serviços ou reuniões para discutir projetos potenciais. Usar uma ferramenta de agendamento também ajuda a gerenciar e dimensionar seus negócios com uma variedade de recursos que incluem configuração de horário comercial, ajuste automático para reservas em diferentes fusos horários e várias opções de pagamento, como PayPal, cartão de crédito ou dinheiro.




03. Escolha um nicho de mercado


Encontrar um nicho permite que você construa uma reputação como um profissional de referência. Também permitirá que você cobre mais por seus serviços, já que os clientes o verão como uma fonte profissional incomparável e insubstituível.


Comece avaliando suas habilidades e interesses e faça uma lista de ideias de serviços. Ter opções é uma parte importante do processo de tomada de decisão. Por exemplo, um desenvolvedor da web pode entrar no nicho de comércio eletrônico. Isso significa que quando uma empresa está procurando abrir uma loja virtual, eles vão preferir você em relação a um desenvolvedor da web mais generalista.



04. Defina o seu público-alvo


É impossível vender e agradar a todos. Mas quando você sabe exatamente para quem está atendendo seus serviços, poderá ajustar e direcionar melhor seus esforços de marketing. Resumindo: você precisa conhecer muito bem seu cliente para fechar mais negócios.


Os benefícios de definir seu público-alvo são múltiplos. Para começar, considere criar personas para seus clientes. Então, você pode pesquisar sobre quais tipos de mensagens de marketing serão atraentes para eles. Isso facilitará os processos de lançamento, promoção e envio de campanhas eficazes por meio de seu conteúdo online, redes sociais ou email.



05. Aperfeiçoe suas habilidades


Freelancing é sobre desenvolver seu portfólio conforme você avança. A única maneira de ficar ainda melhor no que você faz é assumindo mais responsabilidades e mais projetos. Cada trabalho que você conclui é uma oportunidade de crescer em seu setor.


Como freelancer, você também dirige seu próprio negócio. Só você sabe quando escalar novos clientes e adicionar novos serviços ou ofertas que podem resolver os problemas quem o contratou. Isso significa manter-se atualizado com as últimas tendências em seu setor por meio de networking ou aprender novas habilidades. Você sempre pode conferir cursos online, como Udemy ou Coursera, para adquirir técnicas mais lucrativas que irão fortalecer seu status dentro de sua área.


Além disso, o aprendizado oferece uma vantagem competitiva. Ter certificações reconhecidas pode melhorar seu currículo para os empregos específicos pelos quais você está competindo. Reservar um tempo para enriquecimento pessoal também permite que você reúna novas ideias e se inspire.



06. Construa sua marca


Embora o mercado possa parecer feroz, você pode se destacar desenvolvendo uma imagem de marca. Com uma marca forte, você será capaz de atrair e potencialmente influenciar seu cliente ideal.


Existem várias maneiras de construir uma marca e se tornar uma autoridade reconhecida em sua área. Elementos como o seu logotipo, design e até mesmo o tom de voz que é exclusivo para você permite que as pessoas saibam quem você é e o que você representa.


Primeiro decida um nome para sua marca. Usar seu próprio nome pode ser a opção mais simples, mas também pode limitar sua imagem pessoal. Se você optar por se registrar, tudo com o seu nome estará vinculado à sua personalidade profissional. Certifique-se de que o design de seu logotipo e outros ativos de marca, como seu site e contas de mídia social, sejam consistentes com o nome de sua marca.


Finalmente, você desejará desenvolver a voz de sua marca. Ele reflete sua personalidade distinta e molda como você se comunica com seus clientes. Para encontrar a voz única de sua marca, comece contando sua própria história. Pode ser divertido, atrevido, decisivo ou filosófico e deve sempre permanecer fiel a você e aos seus valores.




07. Escolha uma estratégia de preços


Provavelmente, a pergunta mais importante a se perguntar neste momento é "Quanto devo cobrar?" Antes de começar a aceitar clientes, você precisa saber como precificar seus serviços de maneira inteligente.


Para ser franco, não se trata apenas de dinheiro, mas também da sua qualidade de vida. Você não quer trabalhar mais de 60 horas por semana para vários clientes apenas para se manter à tona. Seu objetivo é ganhar dinheiro e viver bem.


Existem diferentes estratégias de preços que permitem que você trabalhe menos horas e aumente sua renda. Considere estes e encontre um que se adapte ao seu estilo de vida:


  • Pagamento por hora: esta é a forma mais comum de cobrança. Cobrar seu cliente por hora permite que você aceite projetos e trabalhe dentro de um prazo flexível. Digamos que você seja um web designer e foi contratado para construir um site. Dependendo do tipo de trabalho, você precisará de mais tempo para criar um site de várias páginas do que precisaria para criar uma landing page.

  • Pagamento por dia: como freelancer, não se espera que você registre horas específicas trabalhadas, mas precisará aproveitar ao máximo o seu tempo de 6 a 8 horas normais de trabalho se escolher este caminho.

  • Pagamento semanal: aqui, você estará operando em um horário de trabalho em tempo integral de até 40 horas por semana. Essa opção é ótima para projetos de longo prazo.

  • Pagamento mensal: um cliente paga a você uma quantia fixa para reter seu tempo e serviços. Você pode ser contratado para participar de um projeto de 3 meses por uma agência e definir um pagamento de um valor x por mês.

  • Taxas fixas: o valor geralmente é baseado no tempo que você já espera que levará para concluir um trabalho. Aqui há um foco no resultado, e não no processo, e os clientes têm a garantia de um preço previamente estipulado para um asset, independentemente de quanto tempo o projeto pode demorar. Por sua vez, você está motivado para fazer o trabalho o mais rápido possível.



08. Cuide de suas finanças


O fato de você estar ganhando dinheiro em seus próprios termos significa que precisará trabalhar ainda mais duro para administrar suas finanças. É importante manter o controle de sua contabilidade e do seu faturamento. Seja organizado e encontre um sistema de planejamento e organização que funcione para você.


Nunca é muito cedo para falar sobre seu plano de aposentadoria, e um bom plano de saúde também é importantíssimo para a sua longevidade, por isso, não deixe de pesquisar as melhores opções para você.


Além disso, separar suas contas pessoais das comerciais tornará mais fácil rastrear seu dinheiro ao pagar impostos. É de extrema importância que você submeta seu Imposto de Renda da maneira correta para que não tenha problemas que seriam facilmente evitáveis.



09. Encontre oportunidades de emprego


Como um agente livre, você deve sempre trabalhar com olhar na direção do próximo projeto lucrativo. Hoje, existem ótimos canais onde você pode procurar aquela grande chance de ganhar dinheiro online e, talvez, bater nas portas certas dos principais clientes.


Você pode pesquisar em redes de empregos online gerais, como 99Freelas e o Workana. Ou você pode tentar sites que são projetados para combinar clientes com freelancers, como o Wix Marketplace. Você também pode se conectar com públicos em potencial por meio de plataformas de mídia social como o LinkedIn.


Ao se apresentar em grupos de empregos, redes sociais e plataformas especializadas, lembre-se de reservar um tempo para escrever uma introdução sobre você e seu trabalho. Mostre o melhor do seu trabalho adicionando um link para seu portfólio online e inclua comentários de clientes para construir credibilidade. Seja claro sobre suas taxas e preços e os tipos de serviços que você oferece. Por fim, personalize seu conteúdo adicionando uma ótima foto profissional e um fato divertido sobre você.



10. Promova-se


Existem muitas maneiras de expandir sua carreira de freelancer. Ter seu próprio site é uma ótima forma de se mostrar para o mercado de trabalho. A partir de sua plataforma online, você pode criar conteúdo de qualidade para falar sobre sua experiência.


Para realmente direcionar o tráfego e gerar leads para seu site, você precisará otimizar sua presença online por meio do seu SEO. Você pode começar fazendo uma pesquisa de palavras-chave para encontrar termos específicos que as pessoas usam ao pesquisar serviços em sua área de atuação em mecanismos de pesquisa como o Google.


Incorporar essas palavras-chave (que nos dizem muito sobre a intenção das pesquisas online) em seu conteúdo pode melhorar a posição do seu site nos resultados de pesquisa orgânica. Assim, você pode potencialmente expandir seu alcance entre seu público desejado.


Outra forma de se promover como freelancer é por meio do marketing nas redes sociais. Com cerca de 68% da população Brasileira utilizando as redes sociais, há um público enorme para diversas áreas de atuação que simplesmente não pode ser ignorado. Use sua presença nas redes sociais para acessar novas multidões de clientes em potencial. Experimente táticas diferentes para impulsionar o engajamento, como posts frequentes e histórias sobre o dia a dia de sua empresa.



Publicado por Hannah Beltrão Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png