• 54k
  • 17
Web Design \ 4 de junho de 2018

Como Criar um Site de Currículo Profissional em Tempo Recorde

Devido às constantes mudanças no mundo da tecnologia, muitos processos com os quais já estávamos acostumados passaram por mudanças drásticas ou se tornaram obsoletos. Um destes processos é a forma como se candidatar a um emprego. Ficou lá atrás (lá longe mesmo) a época em que você entregava pessoalmente seu currículo impresso na empresa onde gostaria de trabalhar. Tentar encaixar em uma só página tudo sobre sua escolaridade, capacidade e experiência também está indo pelo mesmo caminho.

Levando em consideração que você está constantemente adquirindo novas habilidades e qualificações, é necessário ter um currículo que possa ser atualizado e compartilhado a qualquer momento. Além disso, empregadores em potencial também devem poder te encontrar online com uma busca rápida do seu nome. Ter um site para seu CV com um belo design que mostre sua personalidade transmite uma mensagem clara aos recrutadores sobre a sua seriedade a respeito da sua carreira.

Para te ajudar a seguir nesse caminho rumo ao sucesso profissional, nós destrinchamos passo-a-passo o que fazer para criar um site para seu curriculum:

01. Escolha seu template para um site de currículo

Independentemente da sua profissão, é imprescindível ter um site de currículo que seja funcional e que tenha uma aparência bonita. Claro que nós sabemos que nem todo mundo tem talento para o design ou a noção do que seja um nome de domínio, e isso não tem o menor problema. Felizmente, você pode encontrar na internet diversos templates incríveis para site de CV que já vêm com todos os elementos que você precisa para ter um site com uma ótima presença online. Então, tudo o que você tem a fazer é escolher seu template favorito e personalizá-lo até ficar feliz com o resultado.

Dependendo do seu estilo e necessidade, há dois tipos de sites disponíveis. Você pode partir para um estilo longo com rolagem de uma só página se o único propósito do seu site é dar às pessoas uma visão geral sobre você. A outra alternativa é optar pela opção clássica, onde você tem uma página para cada seção do seu CV. Este tipo é recomendado para pessoas que têm diversos elementos para mostrar como: projetos para os clientes (se você é um designer), um portfólio fotográfico, artigos de pesquisa, etc.

02. Adicione sua foto profissional

Não precisa nem dizer que você deve incluir uma foto sua no site do seu currículo – afinal, se os visitantes estão na sua página é porque querem saber mais sobre você e te conhecer. Além disso, as pessoas são naturalmente atraídas por fotos mais do que por palavras. Mas espere um pouco, antes de você fazer upload daquela foto de família das suas últimas férias, pense que impressão você quer causar com sua foto e seu site de currículo como um todo. Enquanto para algumas profissões pode haver uma liberdade criativa (por exemplo, designers, artistas, músicos, etc.), para outros ramos é sempre melhor ir pelo caminho seguro e incluir uma foto sua de rosto, neutra e com aparência profissional. Certifique-se de escolher uma foto recente e que possa refletir verdadeiramente como você é no dia a dia. Encontrar o equilíbrio certo entre o amigável e o sério é a chave de tudo – “sorria com os olhos”, como sugere Tyra Banks. Você deve parecer (e se sentir) o mais natural possível para poder transmitir uma sensação de acessibilidade. Contrate um fotógrafo profissional para fazer excelentes fotos suas de rosto sem pensar duas vezes. É um investimento que a longo prazo você vai agradecer por ter feito.

Quanto ao local onde colocar sua foto no site – ela deve ficar sempre acima da dobra (a parte superior da página, como num jornal). Por quê? Porque as pessoas precisam compreender onde chegaram em questão de segundos. Isto dito, as dimensões e localização exata da sua foto é você quem decide. Diferente de antigamente, sua foto 3×4 não precisa necessariamente ficar localizada no canto superior esquerdo do seu CV impresso em papel.

03. Inclua as seções adequadas

Quando se trata de organizar seu conteúdo, você tem a liberdade de decidir como configurá-lo e o que incluir. No entanto, assim como na receita de um bolo, há alguns ingredientes que são necessários para você alcançar o resultado perfeito. Isto significa incluir as páginas certas para que o site do seu CV como um todo seja sua fiel representação. Lembre-se que aqui é crucial ser legível. Um currículo excelente e completo deve incluir sempre as seções a seguir:

Uma homepage convidativa: Este é o primeiro trecho sobre você que um futuro empregador vai ver. Por isso, é essencial que sua homepage seja atraente, além de informativa. Ela precisa ser um resumo perfeito de quem você é e do que você faz. Deve atrair as pessoas para que cliquem adiante e saibam mais sobre você. Use esta página para mostrar aquela sua foto escolhida com todo o cuidado, além do seu nome, detalhes de contato e seu campo de trabalho ou cargo atual. Você também pode incluir um parágrafo explicando toda a sua experiência. Este deve ser curto e amável – você não vai querer sobrecarregar os recrutadores com toneladas de texto logo de cara. Eles irão conhecer o restante das informações nas próximas seções.

Sua experiência: Esta é a parte suculenta do seu currículo. Selecione apenas sua experiência mais relevante para o tipo de trabalho para o qual você está se candidatando. Isto pode incluir empregos anteriores, estágios ou algum trabalho voluntário. Para cada trabalho faça uma lista das principais funções, tarefas e realizações. Por que não representar sua experiência visualmente mostrando-a numa linha do tempo? Este estilo de design dá uma aparência clara e organizada à sua valiosa experiência.

Sua escolaridade: Dependendo do seu nível de escolaridade você também pode mostrá-la numa linha do tempo ou então simplesmente fazer uma lista de suas certificações. Certifique-se de incluir o nome e a localização de cada universidade ou instituição, e a data em que você se formou. Inclua também seus campos de atuação principais e também os menos importantes, além de prêmios recebidos, publicações ou projetos conceituados nos quais você esteve envolvido.

Competências: Tenha uma seção dedicada às suas competências onde você pode destacar seus diversos talentos. Você deve listar aqui os programas de computador que domina (Photoshop, Microsoft Office, PowerPoint, ferramentas de gerenciamento de conteúdo, etc), os idiomas estrangeiros que você fala e quaisquer outras habilidades que possam ser necessárias para o cargo para o qual está se candidatando e que não tenham sido mencionadas em qualquer outro local no seu currículo online.

Projetos pessoais: Esta seção é incluída principalmente para o que você possa ter em mente em relação a qualquer campo criativo. Pense nisto como um portfólio online de projetos que você participou e que podem mostrar melhor seu estilo de trabalho e sua criatividade. Se você é um fotógrafo amador e quer mostrar uma coleção mais pessoal do seu trabalho, você pode mostrar suas imagens usando o Wix Pro Gallery. Da mesma forma, esta seção também pode servir para diversos outros tipos de projeto que você possa ter diariamente – por exemplo, se você escreve um blog sobre um projeto que é sua paixão ou tem uma conta no Instagram sobre comida. Para qualquer projeto selecionado, dê uma descrição detalhada e algum contexto sobre como você chegou nele. Há um grande valor em incluir qualquer tipo de atividade extracurricular (mesmo se não é necessariamente relacionado à sua profissão) pelo fato de mostrar que você é uma pessoa dinâmica.

Contato: Já que você é uma pessoa querendo ser encontrada, nunca é demais reforçar: confira se suas informações de contato são facilmente encontradas. Não há nada que afaste mais os visitantes de um site do que ter que procurar pelo contato. É considerada uma boa prática incluir no rodapé todos os seus detalhes essenciais de contato.

Depoimentos e recomendações: Depoimentos e recomendações são tudo hoje em dia. Pense qual é a primeira coisa que você faz quando quer ir a um novo restaurante – vai ver as opiniões sobre o restaurante, certo? Ao incluir em seu site depoimentos e recomendações de chefes e colegas com quem já trabalhou, você pode dar aos futuros empregadores o mesmo tipo de opinião imparcial sobre você mesmo.

Inclua links para suas redes sociais relevantes: Aqui enfatizamos propositalmente a palavra relevante. Para os que procuram empregos tradicionais, a única rede social que você deve usar para sua promoção é sua conta no LinkedIn. Para os artistas ou outro tipo de profissional da área da criatividade que usam as plataformas sociais para mostrar seu trabalho, é útil incluir links para suas páginas no Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, etc.

04. Adicione os pequenos detalhes

Voltando à analogia do bolo que usamos anteriormente, depois que seu bolo estiver assado e com uma cara deliciosa, é o momento de decorá-lo. Há alguns elementos essenciais de branding que você precisa incluir para consolidar a apresentação do seu site. Veja a seguir:

Selecionar as cores e fontes corretas: Para completar este passo, pense como se você fosse uma marca. Você precisa manter uma aparência concisa através de todo o seu currículo. O esquema de cores e fontes selecionado é uma das formas para alcançar essa aparência coerente em seu site. Verifique nossos guias sobre como selecionar uma paleta de cores e as melhores fontes para seu site.

Um nome de domínio exclusivo: Selecione um nome de domínio que seja preferencialmente o seu próprio nome. Isto é o que é conhecido como “branding” pessoal. Se o nome de domínio já não estiver disponível, considere adicionar a sua profissão, localização ou qualquer outro critério distinto. Fazer isso cria uma sensação de confiabilidade e de credibilidade. Isso sem dizer que fica muito legal você distribuir cartões de visita profissionais onde consta seu próprio domínio.

Uma versão do seu currículo em PDF: Apesar de seu currículo online causar uma ótima impressão, algumas pessoas vão querer uma versão impressa do seu CV. Para isso, inclua um botão com um link para uma versão em PDF para download.

05. Otimize para SEO

Antes que você fuja deste tópico, aparentemente complicado, deixe-nos explicar. SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização dos Motores de Busca, no idioma de Gilberto Gil) é a prática de otimizar seu site para que suas páginas tenham um posicionamento mais elevado nos resultados dos motores de busca. Isto significa que quanto mais exposição você conseguir nas páginas dos resultados de busca, maior a probabilidade de potenciais contratadores encontrarem seu site. Há algumas coisas fáceis que você pode fazer de imediato de forma a melhorar seu ranking; certifique-se de escolher o nome de domínio certo e de incluir em todo o seu currículo as palavras-chave corretas. Felizmente, o Wix desenvolveu uma solução intuitiva, compreensiva e grátis, que vai te guiar através de todos estes passos de otimização. Apresentamos o Wix SEO WIz, também conhecido como a ferramenta mais recente para te ajudar a ser encontrado online. O mágico Wiz gera automaticamente um plano personalizado que vai te dizer exatamente o que você precisa para configurar seu SEO. Muito legal, não acha?

06. Certifique-se de que seu site seja corretamente visualizado nos smartphones

Smartphones e tablets estão por toda a parte! De fato, o número de usuários de celular em 2018 é de mais de 5,1 bilhões de pessoas, um crescimento de 4% ano após ano. Então é bastante óbvio o motivo para se assegurar que seu site esteja otimizado para visualização em dispositivos mobile. Esta é essencialmente uma versão de seu site normal reduzida a um tamanho suficientemente pequeno para poder ser visualizada em uma tela mobile. O Editor Wix gera automaticamente esta versão para você, não precisa se preocupar com nada. O site do seu currículo vai ter uma aparência atraente e organizada em qualquer tela e em qualquer dispositivo (de desktops a smartphones e tablets). Se você quer dar mais um passo adiante, temos tudo o que você necessita: ao final do artigo sobre indexação de mobile pelo Google, você vai encontrar as 7 melhores práticas (incluindo incríveis ferramentas e dicas de profissionais) para melhorar a versão mobile do seu site.

07. Peça uma segunda opinião

Todo o propósito de ter um site para seu currículo é te dar um empurrão na sua busca por emprego. Nada é mais prejudicial a este árduo trabalho que um erro bobo de digitação. Para evitar esse constrangimento peça a um amigo ou a qualquer pessoa em quem você confia para revisar o seu texto e testar a navegação do seu site. Todos os links funcionam? O site do seu currículo te representa fielmente em termos de estilo e tom? Estas são perguntas valiosas que uma segunda opinião confiável pode responder.

08. Publicar e monitorar

Depois de todo esse tempo, chegou o momento de clicar no botão “publicar” e esperar as ofertas de emprego começarem a chegar! Só que publicar é apenas o primeiro passo. Agora você precisa manter e monitorar tudo o que acontece em relação ao site do seu currículo. Isto inclui compreender quem visita e quanto tráfego seu site está gerando. Você pode fazer download do novo aplicativo Wix Mobile para monitorar todas estas estatísticas e também poder ter um bate-papo ao vivo com os visitantes do seu site. Em relação à manutenção do seu currículo, sempre que você alcançar uma nova posição ou um novo cargo não deixe de atualizar o CV no site – não há nada pior que um currículo desatualizado.

Pronto para conseguir aquele emprego dos sonhos? Crie seu site de currículo com Wix!

Por Equipe Wix

Receba o Blog do Wix
no conforto da sua casa!

Assine o Wix Blog e não perca nenhuma novidade!

Opa, esse não é um email válido.

Opa, esse não é um email válido. Email already exists

Opa, esse não é um email válido. Invalid email

Aproveite! \ 

Receba em primeira mão dicas atualizadas sobre como
promover seu negócio, Web Design, SEO e o Wix!

Opa, esse não é um email válido.

Opa, esse não é um email válido. Email already exists

Opa, esse não é um email válido. Invalid email