Como se Tornar Fotógrafo Profissional: Guia em 15 Passos



As barreiras de entrada para o mundo da fotografia nunca foram tão pequenas. Os avanços tecnológicos tornaram a fotografia um dos hobbies mais acessíveis do mundo. Tanto é que se tornou incomum que qualquer pessoa que tenha entre 8 e 80 anos ande sem uma câmera no bolso o tempo inteiro. Muitos têm até seu próprio portfólio de fotografia onde compartilham suas criações com o mundo todo.


De certa forma, nunca foi tão fácil ser fotógrafo, mas ao mesmo tempo é uma empreitada realmente difícil. Você pode começar a fotografar a qualquer momento, e até tirar excelentes fotos depois de praticar bastante. Mas tornar-se um fotógrafo profissional requer muito mais do que apenas tirar ótimas fotos.


Você precisa aprender a técnica que está por trás de cada foto, desenvolver uma perspectiva única do mundo, lutar para conseguir entrar nesse mundo altamente competitivo e continuar desenvolvendo-se pessoal e profissionalmente. De uma forma geral, isso significa que você tem muitos anos pela frente de intenso trabalho, dedicação e treino.


Para te ajudar a navegar nesse território desconhecido e tornar sua jornada menos desgastante, organizamos um guia sobre como se tornar um fotógrafo profissional que te acompanhará passo-a-passo através de todo o processo:


  1. Defina seu propósito

  2. Domine suas habilidades

  3. Faça algumas aulas

  4. Pratique o tempo todo

  5. Explore todas as possibilidades

  6. Encontre seu nicho

  7. Escolha o equipamento correto

  8. Dedique tempo à edição

  9. Crie seu próprio estilo

  10. Construa um portfólio de fotografia robusto

  11. Crie um site lindo

  12. Estabeleça uma rede de contatos

  13. Desenvolva uma estratégia de marketing

  14. Monte um plano de negócios

  15. Invista no seu crescimento



01. Defina seu propósito


Há muitas coisas que devem ser levadas em consideração ao começar essa jornada para se tornar um fotógrafo profissional. Comece criando uma lista de perguntas que você mesmo terá de responder antes de embarcar nessa nova aventura.


Veja a seguir alguns dos pontos que definitivamente devem ser incluídos nessa lista:


  • Por que eu quero ser um fotógrafo profissional?

  • O que vai me motivar quando a minha paixão esmorecer?

  • Estou preparado para investir o tempo e o esforço necessários?

  • O que posso oferecer ao mercado local?

  • Será que consigo me tornar tão bom quanto é preciso?

  • Como posso realmente ganhar dinheiro como fotógrafo?

  • Quanto estou disposto a me dedicar a este propósito?


A resposta para algumas dessas questões requer horas de auto-reflexão, enquanto para outras vai ser necessário pesquisar um pouco, tanto online como offline. Pode até ser que nesse momento você não possa responder a todas essas questões, pois muitas respostas estão intimamente ligadas ao tempo e à experiência.


Conversar com fotógrafos que já estão atuando profissionalmente é uma das melhores formas de começar a aventura da fotografia profissional. Eles podem contar sobre as suas próprias trajetórias, além de ajudar com macetes de fotografia e orientações para você começar a sua própria história.



02. Domine suas habilidades


Isto não deve ser nenhuma surpresa, mas o investimento mais importante da sua empreitada para se tornar um fotógrafo profissional é desenvolver suas habilidades como fotógrafo. Afinal, como Ansel Adams sabiamente mencionou, “a peça mais importante da câmera fica 30 centímetros atrás dela”.


Pode ser que você já fotografa há alguns anos, ou que nunca segurou uma câmera que não seja o seu telefone. Em ambos os casos, tenha em mente que você tem um longo processo de aprendizado pela frente.


Apesar do ritmo e passos deste processo dependerem exclusivamente do seu conhecimento atual e das suas preferências, o ideal é começar revisando o vocabulário de fotografia. Pode ser uma pesquisa no Google ou alguns vídeos no YouTube. Aprenda os termos mais comuns para poder falar com propriedade. Ter a capacidade de compreender o jargão do assunto ajuda a navegar as oportunidades educacionais e profissionais.


Quando já se sentir à vontade com a teoria, coloque em prática cada um dos conceitos. Comece com as técnicas básicas, e deixa para abordar as mais complexas quando já estiver mais familiarizado. Há dois principais objetivos para os quais você deve dar especial atenção: (1) saber identificar as necessidades técnicas de cada cena e (2) saber como abordá-las com a sua câmera.



03. Faça algumas aulas


Diploma não é um requisito para se tornar um fotógrafo profissional. Como você já deve saber, há inúmeros especialistas que são totalmente autodidatas. No entanto, trabalhar com um mentor pode agregar muito valor à sua carreira, e acelerar significativamente o seu aprendizado.


Com base nas suas preferências e na sua disponibilidade, você pode se inscrever em cursos universitários avulsos, participar de aulas ou workshops na sua região, ou ter aulas de fotografia online. Apesar de nem sempre ser possível encontrar o nível de dificuldade e a profundidade que você está procurando, esse tipo de estudo fornece uma base sólida sobre a qual você pode ir construindo sua carreira de fotógrafo profissional.


Mais importante ainda, você poderá aprender com pessoas que já trilharam o caminho que você está começando agora. Você não apenas descobrirá o que eles fizeram para chegar ao sucesso, mas também quais os obstáculos que tiveram que enfrentar e como conseguiram superá-los. Este conhecimento é uma ferramenta incrivelmente valiosa que provavelmente você não teria se escolhesse seguir o caminho como autodidata.





04. Pratique o tempo todo


Dizem que são necessárias 10 mil horas para dominar uma habilidade. Isso dá mais ou menos 417 dias, por isso prepare-se para estar a maior parte do seu tempo com uma câmera na mão. Antes de marcar seu primeiro trabalho pago, você deve ter a capacidade de determinar de imediato qual o equipamento e quais as configurações da câmera necessárias para cada situação, e saber como alterá-los de olhos fechados.


Você deve aliar a experiência com uma sólida base teórica. Comece por aprender uma técnica ou configuração específicas e coloque-a em prática imediatamente. Quando sentir que já dominou esse, passe para o próximo item da sua lista de técnicas a serem aprendidas. À medida que seu conhecimento for crescendo, você ganhará mais confiança e notará uma melhora na qualidade das imagens que captura.


Leve sua câmera com você para todo lado, como se fosse seu celular ou sua carteira, e teste suas habilidades com diferentes objetos, e sob diferentes condições de ambiente. A prática constante é a melhor forma de sentir-se mais confortável por trás da câmera. Além disso, você vai produzir uma abundante quantidade de conteúdo para compartilhar nas redes sociais e no seu portfólio.



05. Explore todas as possibilidades


Um erro muito comum entre os novatos é focar de imediato toda a energia em um tipo específico de fotografia. Mesmo se você começar sua jornada para se tornar um fotógrafo profissional com uma ideia muito clara do que você quer para a sua vida, é importante começar a sua carreira experimentando diversos tipos de fotografia.


Tenha em mente que cada gênero fotográfico tem diferentes requisitos, e experimente cada um deles para aumentar mais ainda seu conhecimento e sua capacidade. Por exemplo, se você só fotografar paisagens, não vai aprender nada sobre fotografia de estúdio, e entenderá muito pouco de iluminação artificial.


Além disso, ter a capacidade de capturar imagens incríveis de diversos gêneros vai te abrir diversas portas desde cedo. Dê uma olhada nas ofertas de trabalho para fotógrafo anunciadas na internet para ver com quais deles você se identifica. Em seguida, dê uma olhada em todos os trabalhos que ficaram de fora da sua lista e dedique um bom tempo aprendendo as habilidades exigidas para esses trabalhos. A longo prazo, ter capacidade para dominar diversos gêneros te levará muito mais longe do que um crescimento rápido em um tipo muito específico.



06. Encontre seu nicho


Esclarecer qual o seu nicho é o primeiro passo para construir seu estilo pessoal, moldando uma imagem que faça você se destacar no meio da concorrência. Também vai te ajudar a evitar mercados que já estão super saturados, e definir mais ainda o tipo de fotógrafo profissional que você deseja ser.


Depois de ficar bastante tempo fazendo fotos nas diferentes áreas da fotografia você vai encontrar o gênero que verdadeiramente te agrada, e o propósito que você determinou lá atrás no passo número um. Este passo é crucial para a sua carreira como fotógrafo profissional, por isso não tenha pressa e não se satisfaça com nada a não ser aquilo que realmente te agrada.


Tenha em mente que você deve encontrar um equilíbrio entre o que você ama fazer e o que o mercado necessita. Faça uma boa pesquisa, prestando bastante atenção às mais recentes tendências da fotografia e à trajetória dos diferentes gêneros ao longo dos últimos anos. Para você se tornar um fotógrafo profissional focado no que gosta, precisa ter certeza de que realmente pode sustentar uma carreira nesse campo.


Agora, encontrar o gênero no qual você quer focar sua carreira não significa que você nunca mais poderá aventurar-se por outros tipos de fotografia. De fato, você muito provavelmente acabará por fazer isso de vez em quando. A especialização escolhida vai ser simplesmente o tipo de trabalho pelo qual você é conhecido, o que por sua vez vai ajudar potenciais clientes a te encontrarem muito mais facilmente.





07. Escolha o equipamento correto


Um dos mitos da fotografia mais propagados afirma que, para tirar excelentes fotos, é necessário ter equipamento caro. Apesar disso não ser verdade, não podemos negar que o equipamento é um elemento muito importante que tem que ser levado em consideração se você quer se tornar um fotógrafo profissional. Você até pode tirar fotos fantásticas com seu smartphone, mas a maioria dos clientes não vão se sentir muito seguros de pagar a alguém para fazer suas fotos com o mesmo celular que eles têm no bolso.


Comece sua carreira com o equipamento que você já tem. Se está começando do zero, compre o que pode pagar no momento. O equipamento que você precisará para o seu trabalho dependerá do nicho no qual quer focar, portanto evite gastar dinheiro em acessórios que talvez só vá precisar dentro de alguns meses.


Como muitas outras coisas, a qualidade do equipamento é muito mais importante que a quantidade. É muito melhor investir em uma lente excelente ao invés de comprar quatro lentes medianas. Claro que isso significa que o preço a pagar por cada novo acessório da sua coleção pode ser bem alto.


A melhor opção quando tiver que trabalhar com equipamento de ponta é alugar. Dessa forma, você pode sentir como se sente com esse equipamento e perceber os resultados antes de investir na compra. Alugar também é uma excelente opção se o trabalho que você tem a fazer requer mais equipamento do que você possui, especialmente se não for exatamente o que você necessita constantemente.



08. Dedique tempo à edição


Não se deixe enganar pelo peso da palavra “photoshop” e pela a popularidade da hashtag "semfiltro". Até as fotos mais fantásticas requerem um pouco de edição. Não importa se as suas configurações estão perfeitas, o sensor da câmera simplesmente não consegue ver e interpretar a cena exatamente da mesma forma que você.


O pós-processamento faz suas fotos passarem de “boas” para “excelentes”, e permite que sua personalidade e estilo brilhem. Por esse motivo, você deve dedicar à edição a mesma energia que dedica ao desenvolvimento do seu talento com a câmera. Comece a trabalhar com as ferramentas básicas, e vá progredindo para os tutoriais mais avançados à medida que sua habilidade com edição melhore.


As duas escolhas mais populares do mercado são Photoshop e Lightroom, ambas desenvolvidas pela Adobe. Mas há uma longa lista de programas gratuitos de edição de foto que você pode experimentar na internet antes de escolher uma opção.



09. Crie seu próprio estilo


O ideal é que qualquer pessoa que procura o seu trabalho possa identificar imediatamente que é você quem está por trás das fotos. Esse é o objetivo final de qualquer artista, pois significa que sua visão do mundo é diferente de qualquer outra. Para tentar alcançar essa honra você precisa encontrar seu estilo fotográfico.


Comece fazendo uma seleção das suas melhores fotos, aquelas das quais você mais se orgulha. Veja o que elas têm em comum, e resuma isso em não mais do que três palavras, que cubram qualquer coisa, da composição às emoções.


Em seguida, determine algumas diretrizes básicas para implementar esses conceitos em qualquer assunto ou cena. Certifique-se de estar confortável com diretrizes para diversas configurações, já que você não vai querer limitar a sua criatividade em trabalhos futuros.



10. Construa um portfólio de fotografia robusto


A grande maioria das pessoas contratará seus serviços porque gosta do seu trabalho. O restante inclui membros da família, amigos e os amigos dos membros da família. A coleção de imagens que você mostra a potenciais clientes é conhecida como portfólio.


Esta provavelmente é a ferramenta mais poderosa em sua busca para se tornar um fotógrafo profissional, basicamente a chave para uma carreira de sucesso. Foque no seu nicho e inclua apenas o tipo de trabalho para o qual você gostaria de ser contratado. Selecione só as suas fotos mais fantásticas e atualize regularmente o portfólio.


Você pode conseguir inspiração verificando os portfólios de fotografia de outros profissionais da área, tanto online como offline. Dessa forma, você pode ver como eles decidem mostrar seus trabalhos, além do número médio de fotos incluídas.



11. Crie um site lindo


Um fotógrafo sem site é como um navio sem motor. Claro que você consegue sobreviver sem ele, mas nunca conseguirá alcançar todo o seu potencial. Em poucas palavras, é quase infinita a lista de motivos para criar um site de fotografia profissional. O primeiro deles é o fato de estarmos no século XXI - se você não está na internet, você não existe.


Ter um site de fotografia profissional é praticamente obrigatório. Não apenas para compartilhar facilmente seu trabalho com qualquer pessoa no mundo, mas também para ser encontrado por potenciais clientes que estão procurando os serviços que você oferece. Mesmo que seja possível compartilhar através de outras plataformas como as redes sociais, ser encontrado online requer ferramentas de SEO que só estão disponíveis em um site.


Com um site, você pode anunciar seus serviços, receber agendamentos para trabalhos, compartilhar álbuns digitais, contar sua história e até vender suas fotos online.


Sabemos que tudo isso pode parecer demais para você dar conta, portanto oferecemos uma longa lista de templates de portfólio de fotografia criados por designers profissionais para você ter um lindo site em pouquíssimo tempo.





12. Estabeleça uma rede de contatos e networking


Grande parte da construção da carreira de um fotógrafo profissional consiste em trabalhar com as pessoas, não apenas clientes, mas também com outros fotógrafos e empresas no seu campo de especialização. Isso significa que sua capacidade para lidar com as pessoas é tão importante quanto a sua habilidade por trás da câmera ou do computador.


Você precisa aprender a se conectar com qualquer pessoa que cruzar seu caminho. Isso inclui todo tipo de gente, desde mostrar seus serviços despretensiosamente enquanto bate papo com os amigos até participar de eventos locais com outros profissionais do mercado.


Uma outra opção é buscar ativamente oportunidades de trabalho através de colaborações. Por exemplo, você pode se associar a empresas relacionadas à sua linha de trabalho ou então procurar algumas marcas com o propósito de criar uma parceria.


Levando tudo em consideração, são maiores as chances da maioria dos seus clientes chegarem até você através de referências ao invés de buscas online ou publicidade. Dessa forma, você deve procurar criar um impacto positivo nas pessoas e garantir que elas se lembrem de você.



13. Desenvolva uma estratégia de marketing


Quando já tiver um bom portfólio para mostrar, e o caminho claro para seguir em sua carreira, chega a hora de fazer o seu marketing. Hoje em dia, a forma mais comum para os fotógrafos atraírem a atenção para o seu trabalho é através das plataformas das redes sociais. Veja quais redes sociais são mais populares para a sua especialidade e comece a construir uma forte presença nelas.


Além de expandir o alcance das suas imagens, as redes sociais também permitem conectar-se com pessoas ao redor do mundo. Dada a importância que o networking terá na sua carreira profissional, isso é algo que simplesmente você não pode ignorar.


Mas seus esforços não devem se limitar ao mundo das redes sociais. Há diversas estratégias de marketing para fotografia profissional que podem ajudar a destacar seu nome como escrever um blog, entrar em concursos de fotografia e imprimir cartões de visita.


Verifique o que fazem outros profissionais que atuam no mesmo campo que você e veja como as opções disponíveis podem se alinhar com seus objetivos e suas necessidades.Você provavelmente não vai conseguir criar toda a sua estratégia de marketing de primeira e, por isso não tenha receio de tentar diferentes coisas.



14. Monte um plano de negócios


A maioria dos fotógrafos profissionais tornando-se empreendedor. Isso é o resultado tanto do desejo de ter total controle sobre seus projetos como da falta de empregos em tempo integral para o mercado da fotografia profissional. Você precisa trabalhar sua capacidade para os negócios bem antes de pensar em criar sua empresa, chegando a essa etapa o mais preparado possível.


Mesmo como um profissional freelancer, você deve ter um plano de negócios no qual assinala quais serviços vai oferecer e quanto quer cobrar por eles. Quando chegar o momento de começar sua empreitada, nós estaremos aqui esperando com um guia completo para abrir um negócio. Quer empreender mais acha que ainda falta grana? Não se preocupe: também preparamos um guia sobre como abrir um negócio com pouco orçamento.





15. Invista no seu crescimento


Na realidade, o ser humano nunca para de aprender. Mesmo que você esteja no mercado há décadas, ainda assim deve continuar procurando formas para expandir seu conhecimento e melhorar os serviços que você oferece aos clientes. Invista o máximo de tempo, energia e dinheiro que você puder na consolidação do seu crescimento pessoal e profissional.


Assine blogs e newsletters para estar sempre atualizado em relação às novidades e aos mais recentes desenvolvimentos do mercado. Participe de workshops e assista a tutoriais online. Comece um projeto pessoal que te faça pegar a câmera mesmo quando não tem um trabalho agendado. Fotografe outros gêneros de imagens que não têm nada a ver com seu nicho de trabalho. Pense em ideias criativas para fotografia que possam desafiar sua capacidade. E o mais importante, mantenha viva a sua paixão pela fotografia.


Pronto para começar sua carreira profissional? Comece por criar um site de fotografia com Wix!

pt03.png