Como começar um Blog em 2022: Um guia completo


Como começar um Blog: Um guia completo

Se você está se perguntando como criar um blog, chegou ao lugar certo. Como blogueiro, posso dizer que é uma maneira gratificante de aprimorar suas habilidades de escrita, explorar novas ideias e construir uma presença online em torno de suas paixões e de sua experiência. Você terá a oportunidade de inspirar, orientar e entreter seus leitores — e com o crescimento, poderá até começar a ganhar dinheiro com seu blog e transformá-lo num trabalho em tempo integral.


Em outras palavras, o blog é o primeiro passo para finalmente conquistar seu emprego dos sonhos ou praticar seu hobby favorito, por isso não há o que dar errado. Embora começar um blog possa parecer assustador, vou orientá-lo sobre todas as etapas para tornar o processo o mais simples possível. A verdade é que é realmente muito fácil e você terá seu blog pronto e no ar antes que perceba.


Neste guia passo a passo, você encontrará todas as orientações e ferramentas necessárias para criar um blog. Aprenderá como lançar seu site, como escrever seu primeiro post e como atrair leitores fiéis. Animado? Então vamos lá.



Como criar um blog


  1. Escolha uma plataforma de blog. Dê preferência a uma que ofereça templates customizáveis.

  2. Selecione uma plataforma de hospedagem. Considere uma com boa largura de banda, tempo de atividade e suporte ao cliente.

  3. Encontre o nicho certo. Restrinja seu tema e tenha um público específico em mente.

  4. Defina um nome e um domínio para o blog. Escolha um nome descritivo que desperte o interesse dos leitores.

  5. Configure e crie seu blog. Adicione imagens e efeitos que reflitam seu tema.

  6. Faça um brainstorming de assuntos para o blog. Anote todas as suas ideias antes de restringir a seleção.

  7. Escreva seu primeiro post. Engaje seu público com um título arrebatador e use headers (cabeçalhos) para tornar o conteúdo adequado para uma leitura rápida.

  8. Crie um calendário editorial. Prepare um calendário para ajudá-lo a publicar de forma consistente.

  9. Promova seu blog. Use estratégias de marketing para expandir seu alcance.

  10. Ganhe dinheiro com o blog. Aproveite as oportunidades de monetizá-lo.


Neste tutorial completo, abordaremos tudo, desde a escolha da plataforma de blog ideal até como ganhar dinheiro com sua escrita. Com um pouco de orientação, você poderá colocar seu blog no ar em 30 minutos — ou menos.


Esta será a orientação mais abrangente que você encontrará sobre como criar um blog grátis do zero. Se a sua intenção é criar um blog rapidamente, use as etapas listadas acima como um guia de consulta rápida. Você pode ir diretamente para a etapa em que mais precisa de ajuda ou preparar uma xícara de café e ler até o fim.



O que é um blog?


Embora um blog possa ser um site inteiro ou apenas uma seção de um site, ele é o local ideal para compartilhar conteúdo sobre um tema pelo qual você é apaixonado. Um blog normalmente inclui elementos escritos e visuais publicados como artigos de fácil leitura para que os visitantes possam navegar rapidamente e encontrar o que procuram. Você pode encontrar blogs sobre todos os assuntos, desde reforma de casas até panificação e estratégias de marketing para pequenos negócios. Depois de estabelecer uma comunidade de leitores, as possibilidades são realmente infinitas.



Por que criar um blog?


As pessoas criam blogs por vários motivos, entre os quais:


  • Compartilhar suas ideias com o mundo. Às vezes, você só quer ser ouvido e divulgar suas ideias. É aqui que um blog pode ajudar — trata-se de uma forma de comunicação inteiramente sua. Você pode usar sua criatividade e dedicação para criar um espaço personalizado, do jeito que quiser, onde terá a possibilidade de compartilhar suas ideias, conhecimentos e experiências.

  • Promover um produto ou serviço. Os proprietários de pequenas empresas costumam usar um blog como uma forma de marketing de conteúdo. O conteúdo escrito pode ser uma maneira estratégica de engajar clientes em potencial para que eles se sintam mais conectados ao produto ou serviço que você oferece.

  • Obter receita. Os blogs podem se tornar lucrativos com o tempo e com esforço contínuo. A melhor maneira de colher frutos monetários do seu trabalho é postar regularmente conteúdo de qualidade que atraia novos leitores e traga mais tráfego para o seu site. Isso ajudará seu blog a ganhar anunciantes, além de aumentar seu status como influenciador online, o que pode abrir as portas para o marketing de afiliados.

  • Construir uma comunidade online. Graças à internet, não precisamos mais morar na mesma cidade, estado ou mesmo país para nos sentirmos conectados uns aos outros. O blog cria um espaço para compartilhar sua história, ideias e iniciar conversas com pessoas de todo o mundo que tenham interesses mútuos. Um blog normalmente tem uma seção de comentários onde seus leitores podem falar diretamente com você, permitindo a construção de relacionamentos.


Agora que você tem uma melhor compreensão das razões por trás da criação de um blog, vamos explorar as etapas que você precisa seguir para criar o seu, desde a idealização até a publicação.



1. Escolha uma plataforma de blog


O primeiro passo da criação de um blog é selecionar uma plataforma para publicar seu conteúdo. Uma rápida pesquisa no Google indicará que existem vários sites disponíveis para blogueiros de todos os setores. Eu recomendo o Wix porque é uma boa plataforma de blog que atende à maioria das necessidades.


A plataforma de blogs do Wix é bem simples de entender e oferece uma variedade de opções de design, bem como templates atraentes para se trabalhar. Além disso, ela vem com recursos para analisar o desempenho do blog e monetizar seu conteúdo, o que será útil à medida que você aumenta sua base de leitores.



Escolha uma plataforma de blog


Quanto custa criar um blog?


Ao pesquisar como criar um blog, uma das principais dúvidas das pessoas é sobre o custo. Em muitas plataformas, há a possibilidade de criar um blog grátis.


Você pode decidir a qualquer momento fazer upgrade para uma variedade de planos, dependendo do seu orçamento e das suas necessidades.



2. Selecione uma plataforma de hospedagem


Depois de selecionar a plataforma do blog, você precisará escolher uma plataforma de hospedagem. Um blog, como outros tipos de sites, requer um host. A hospedagem consiste basicamente no armazenamento de sites em um servidor com um endereço exclusivo para que os visitantes possam acessá-los facilmente.



Como funciona a hospedagem na web


Em algumas plataformas de blog, a hospedagem já está incluída, o que significa que você não precisará encontrar um host separado. Nesse caso, você pode pular esta etapa e passar para a 3.


Em outros criadores de sites, como o WordPress, você precisará encontrar e pagar por uma plataforma de hospedagem separada. Algumas opções populares incluem:


  • BlueHost

  • HostGator

  • GoDaddy

  • DreamHost

Se você estiver em dúvida sobre qual plataforma de hospedagem escolher, considere estes fatores:


Uptime: também conhecido como tempo de atividade, representa o tempo que o servidor que hospeda o seu site está disponível. Uma taxa de 99,95% ou mais é uma boa indicação de que os servidores do host funcionam bem.


Largura de banda: a quantidade de dados que seu site pode transferir para os visitantes durante um determinado período de tempo. Esse fator é baseado no tamanho das páginas do seu site e no volume de tráfego esperado. Esta calculadora rápida pode ajudá-lo a determinar a largura de banda necessária para o seu site.


Atendimento ao cliente: com quem você pode entrar em contato caso algo dê errado. Idealmente, seu provedor de hospedagem deve oferecer uma central de ajuda online, callbacks e responder a perguntas e reclamações nas redes sociais.


Depois de escolher sua plataforma de blog e provedor de hospedagem, é hora de começar a pensar no seu blog.


Não se preocupe em escolher e registrar seu nome de domínio ainda — vamos percorrer esse processo juntos na etapa 4. Depois de escolher sua plataforma de blog e provedor de hospedagem, é hora de começar a pensar no seu blog.


Não se preocupe em escolher e registrar seu nome de domínio ainda — vamos percorrer esse processo juntos na etapa 4.



3. Encontre o nicho certo


Vamos deixar a parte técnica um pouco de lado e mergulhar no aspecto mais teórico. Pare e pense no elemento principal do seu blog, aquele que servirá como base para o URL, o nome de domínio, o conteúdo e o design: o nicho do seu blog. Sobre o que, exatamente, você quer que seja o seu blog?


Praticamente não há limites quando se trata da escolha do nicho. O mais importante é que você selecione um tema específico que será o foco de todo o blog.


As possibilidades vão de moda a marketing e culinária. Como existirão muitos outros blogs com foco no mesmo assunto, você precisará encontrar uma maneira de se destacar ao escrever sobre o que ama.


Aqui estão três etapas simples para escolher o nicho perfeito — um que não somente esteja alinhado com suas paixões, mas que você também possa monetizar e expandir:


  1. Restrinja seus interesses

  2. Pesquise seu público

  3. Verifique se é lucrativo



Encontre o nicho certo

Restrinja seus interesses


Ao criar um blog, pense a longo prazo. Se quiser ter motivação para atualizar o blog regularmente, você precisará escrever sobre algo em que esteja genuinamente interessado. Se escolher um tema apenas por ser popular ou lucrativo, seu entusiasmo acabará rapidamente.


Se você não está certo sobre o que escrever, não se preocupe. Comece com uma simples sessão de brainstorming sobre os temas que te atraem. O que te emociona? O que te instiga a aprender mais?


Agora, anote os primeiros 5-10 interesses que vêm à sua mente. Vamos supor:

  • Viajar

  • Culinária

  • Família

  • Música

  • Trilhas

Em seguida, pense em seus interesses mais específicos dentro desses temas e adicione-os à sua lista. Por exemplo:

  • Mochilão no sudeste asiático

  • Receitas veganas

  • Educando gêmeos

  • Bossa nova

  • Trilhas em montanhas rochosas

Nesta etapa, o nicho ainda não precisa estar completamente definido. Você vai pesquisá-lo mais detalhadamente adiante.



Pesquise seu público


O próximo passo para criar um blog é entender sobre quais temas as pessoas querem ler. Se o seu blog ganhar força, você poderá eventualmente começar a ganhar dinheiro com ele e se tornar um blogueiro em tempo integral.


É possível determinar a demanda para qualquer nicho com um pouco de pesquisa de mercado. Comece dando uma olhada no Google Trends, que mostra quantas pessoas estão pesquisando um assunto específico. Quanto mais pesquisas um assunto recebe, mais demanda do público ele tem.


Por exemplo, vamos digitar “receitas veganas” no Google Trends. Na imagem abaixo, você verá que há um nível de interesse relativamente estável neste tópico, então é uma boa opção para um nicho de blog.



Pesquise o público do seu blog


As “receitas paleo”, por outro lado, têm um grau de interesse muito menor. Isso não significa que seja uma má ideia — alguns blogueiros preferem escrever para um público-alvo mais específico se tiverem uma especialidade em particular — mas significa que há menos pessoas interessadas nessa área específica.


Se o Google Trends revelar que o interesse em um assunto é muito baixo ou está em declínio, é improvável que o mesmo ganhe força.



Verifique se é lucrativo


Se você administra um blog pessoal ou profissional, é uma boa ideia verificar se o seu nicho é lucrativo. Mesmo se estiver criando um blog por hobby, é interessante pensar em futuras opções de monetização caso seus esforços evoluam para uma carreira.


Existem várias maneiras de ganhar dinheiro como blogueiro, mas um dos métodos mais comuns é o marketing de afiliados. Como afiliado, você trabalhará em conjunto com uma empresa específica, fornecendo um link para os produtos dela em seu blog e ganhando uma comissão por qualquer venda realizada como resultado do direcionamento do seu site.


Considerar se você pode blogar como afiliado é uma boa maneira de descobrir se seu nicho é lucrativo. Pense nos tipos de posts “Os melhores” ou “Como fazer” que você pode escrever — por exemplo, “Os melhores utensílios para a sua cozinha” ou “Como fazer bolo de cenoura em 10 minutos”. Em ambos os casos, você pode incluir um link de afiliado para o seu processador de alimentos ou mixer favorito e ganhar dinheiro por cada venda que tenha sido originada do seu blog.


Você não precisa planejar sua estratégia para ganhar dinheiro ainda, mas pensar sobre oportunidades lucrativas pode ajudá-lo a escolher um nicho. Por enquanto, concentre-se em começar a criar o seu blog — abordaremos com mais detalhes como ganhar dinheiro com um blog na etapa 10.



4. Defina um nome e um domínio para o blog


Quando você decide criar um blog, pode perder noites de sono pensando em um nome para ele.


Existem três caminhos principais que podem ser seguidos em relação ao nome. São eles:

  • Seu nome e sobrenome

  • O nome do seu negócio (se você tiver um)

  • Um novo nome criativo

Ao escolher o nome do seu blog, você também deve levar em consideração a personalidade que deseja que ele reflita. Deve ser formal e profissional? Delicado e romântico? Arrojado e criativo? Se você está emperrado na decisão do nome, este gerador de nomes de blog pode servir como uma excelente fonte de inspiração.



Escolha um nome para o blog


Depois de decidir, é hora de ir em frente e escolher seu nome de domínio. Também conhecido como URL, um domínio é o endereço de um site na web (o nome de domínio deste site, por exemplo, é www.wix.com). Normalmente, o nome do domínio será o mesmo nome do seu blog — ou pelo menos influenciado por ele.



5. Configure e crie seu blog


  • Escolha um template de blog

  • Decida quais páginas incluir

  • Seja indexado nos motores de busca

  • Crie um logo para o blog

Até aqui, você já escolheu a plataforma do blog, o provedor de hospedagem, o nome de domínio e o nicho e, portanto, já tem todo o básico para configurar seu blog. Veja, então, como elaborar o design:



Escolha um template de blog


A primeira etapa é selecionar um template. Assim como o nome do blog, o visual é uma parte importante de sua personalidade.


A maneira mais eficiente de criar seu blog é escolher um template de blog já pronto. Depois, você pode personalizá-lo de acordo com as suas preferências.


Escolha um que tenha relação com o assunto do seu blog. Existem templates de sites para blogs de qualquer gênero, seja culinária, fotografia ou negócios. Enquanto navega, pense na sensação que você quer que seu site transmita, por exemplo, clássico, moderno, robusto ou minimalista.


Você também deve levar isso em consideração ao personalizar o template com suas cores preferidas. A psicologia das cores desempenha um papel importante na impressão que o público terá sobre o seu blog. Ao escolher uma paleta de cores, tenha em mente os sentimentos e atitudes que as diferentes cores evocam. O azul, por exemplo, tende a transmitir confiabilidade, enquanto o amarelo desperta energia e alegria.


Se estiver em dúvida sobre qual template escolher, esses exemplos de blog podem servir como fonte de inspiração para o design.



Escolha um template de blog


Decida quais páginas incluir


Depois de escolher um template, pense em quais páginas incluir. A maioria dos blogs contém mais do que apenas uma seção para exibir seus posts. Ele também pode incluir uma loja virtual, como na imagem abaixo, ou uma página de contato.





Aqui estão algumas das opções:


01. Página de contato: é aqui que você deve exibir seu endereço de email para que os seguidores e potenciais parceiros de negócios possam entrar em contato. Você também pode incluir um formulário para que as pessoas enviem uma mensagem diretamente do seu site.





02. Página "Sobre": ela informa aos visitantes quem você é, o que faz e porque o faz, fornecendo contexto para o seu blog e humanizando o conteúdo.





03. Loja virtual: se estiver pensando em vender itens relacionados ao seu blog, você também vai querer adicionar uma página de loja virtual, cujo título pode ser “Produtos” ou “Loja”.


Se quiser enriquecer seu blog com ainda mais páginas, as de Tutoriais, Destaques ou Seleções do autor são opções populares.


Além disso, alguns blogs optam por exibir seus posts diretamente na página inicial, enquanto outros mantêm as páginas iniciais e as páginas de blog separadas. Se fizer isso, inclua um menu de navegação para que os visitantes possam acessar seu blog facilmente, bem como quaisquer outras páginas.


Não há um jeito certo ou errado de criar um blog, então brinque com diferentes opções para ver a que melhor se adapta ao seu estilo e personalidade. Lembre-se de que você pode adicionar ou remover páginas adiante, à medida que seu blog evolui.



Seja indexado nos motores de busca


Outro aspecto importante da criação de um blog é garantir que ele seja visível no Google e em outros motores de busca. Isso é fundamental para exibir seu conteúdo nos resultados de pesquisas e, portanto, você deve cuidar dessa etapa imediatamente.


Primeiro, verifique se seu site está indexado no Google. Essencialmente, isso significa avisar ao Google que seu blog existe. Você pode fazer isso enviando seu sitemap para o Google Search Console.


Dica profissional: o Google Search Console não é importante apenas para indexar seu site — é uma plataforma valiosa que será usada em toda a sua jornada como blogueiro. Ele informa dados importantes sobre os visitantes e cliques do blog que podem ser usados para melhorar seu conteúdo.



Google Search Console


Para descobrir se o seu site já está incluído no índice de pesquisa do Google, faça uma pesquisa rápida do site (uma pesquisa do site usa o URL da sua página inicial no formato: nomedoseusite.com). Se o seu blog aparecer nos resultados da pesquisa, significa que ele já está indexado.



Crie um logo para o blog


Por fim, aprimore seu blog com um logo atraente. Essa é outra maneira de adicionar personalidade ao seu site e é uma etapa essencial se você deseja iniciar um blog que se transforme em uma marca reconhecível.


Você pode criar o seu próprio ou terceirizar a tarefa, mas também é possível usar um criador de logo online. Essas ferramentas oferecem muitas possibilidades de personalização do logo com suas cores, fontes e ícones preferidos, e tendem a ser mais rápidas e acessíveis do que contratar um designer profissional.


Depois de criar seu logo, posicione-o no canto superior esquerdo do seu site e vincule-o à página inicial. Isso ajudará a identificar seu conteúdo com a sua marca e melhorar a experiência de navegação para os leitores.



Crie um logo para o blog


6. Faça um brainstorming de assuntos para o blog


Do ponto de vista técnico, seu blog está pronto para ser lançado. É hora de começar a pensar nos assuntos que você abordará.


Comece pensando em suas experiências, sucessos, fracassos ou descobertas relacionadas ao seu nicho. Que insights você pode compartilhar? Quais ideias você está procurando explorar em detalhes?


Ao pensar nos assuntos, tente entrar na cabeça de seus leitores. Aqui estão algumas perguntas para guiar seu processo de brainstorming:

  • Quais são as características do meu público-alvo?

  • Quais assuntos entusiasmam meu público-alvo?

  • Quais desafios meu público-alvo enfrenta?

Você também pode ter ideias usando o modelo de cluster. Trata-se de um sistema bem organizado que reúne posts relacionados usando uma série de links internos. Embora esse processo seja geralmente considerado parte do SEO, você também pode pensar nele como um mapa mental para ajudá-lo a ter novas ideias.


Para usar esse modelo, pense em um assunto amplo — digamos, receitas — e então divida-o em subtópicos, como receitas para o jantar ou receitas para um brunch. Em seguida, divida-os em tópicos ainda mais específicos, como receitas de jantar em 20 minutos, ideias para panquecas e ideias de decoração de bolos. Qualquer um desses assuntos pode ser um post do seu blog.



Faça um brainstorming de  assuntos para o blog


Se as ideias ainda não tiverem surgido, esta lista de ideias para blogs pode ajudar a impulsionar o processo de brainstorming:


  • 30 "assunto do seu blog" para fazer antes dos 30 (ou 40 antes de 40, 50 antes de 50)

  • Suas fontes de inspiração

  • Guias para iniciantes

  • Hacks para economizar tempo

  • Um desafio que você enfrentou

Use essas ideias para guiá-lo, mas adicione seu toque criativo de acordo com o seu nicho.



7. Escreva seu primeiro post


  1. Comece com a pesquisa de palavras-chave

  2. Defina seus pontos principais

  3. Crie um título para o post

  4. Escreva um conteúdo envolvente

  5. Insira imagens

  6. Otimize para SEO

  7. Edite e publique

Agora que você tem algumas ideias, está pronto para mergulhar na escrita. Vamos conferir todos os passos para escrever um post no blog:



Comece com a pesquisa de palavras-chave


Encontrar as palavras-chave certas é fundamental para que as pessoas leiam seus posts. Ao segmentar determinadas frases em seu artigo, você aumenta as chances do seu blog aparecer nas páginas de resultados para essas consultas.

  • Bolo de cenoura

  • Receita de bolo de cenoura

  • Melhor receita de bolo de cenoura

  • Como fazer bolo de cenoura

Dependendo do assunto, algumas palavras-chave podem ser mais óbvias do que outras. É possível refiná-las usando ferramentas gratuitas de pesquisa de palavras-chave, como o Google Keyword Planner ou o Answer The Public, ou ainda com opções pagas mais robustas, como o SEMrush ou Ahrefs.



Comece com a pesquisa de palavras-chave


Em seguida, você precisará posicionar estrategicamente as palavras-chave selecionadas em seu artigo. Isso significa duas coisas: primeiro, você precisará espalhar essas frases por todo o post (mas tente fazê-lo da forma mais orgânica possível — ninguém gosta de palavras-chave não naturais). Em segundo lugar, você deve estruturar seu artigo com base nos 10 principais resultados de pesquisa para essas palavras-chave.


Digamos, por exemplo, que você queira escrever um artigo sobre sua receita favorita de bolo de cenoura. Comece verificando seus concorrentes, ou seja, os 10 principais resultados da pesquisa no Google para a palavra-chave "receita de bolo de cenoura".


Ao digitar essa frase no motor de busca, você notará que os principais resultados são escritos como etapas numeradas, e não como uma história. Você pode, portanto, supor que a maioria dos leitores prefere o formato de lista para esse tipo de post. A fim de fornecer conteúdo valioso para seus leitores — e, consequentemente, garantir uma classificação alta no Google —, formate o seu post de maneira semelhante.


Da mesma forma, você deve explorar todos os principais pontos abordados por seus concorrentes. Isso não significa que você não possa ser criativo, mas é importante, além de compartilhar seus próprios insights, escrever sobre todas as questões relevantes.


Seguindo o nosso exemplo, vamos supor que, quando você procura “receita de bolo de cenoura”, os principais resultados da pesquisa incluam uma seção sobre como fazer cobertura de brigadeiro. Este é um indicador de que muitos leitores acham este conteúdo útil. Além disso, mostra que o Google tem preferência por artigos que contemplem esse detalhe. Seria interessante, portanto, explorar essa ideia em seu post.



Defina seus pontos principais


A pesquisa de palavras-chave fornece uma ideia do melhor formato para o seu post, bem como quais seções incluir. O próximo estágio do processo de escrita é a criação de um esboço.


Primeiro, escolha que tipo de post você gostaria de escrever. Um guia prático? Uma recomendação de produto? Um editorial? Seja qual for o modelo escolhido, você deve ter uma ideia clara em mente antes de estruturar o esboço.


Em seguida, use headers e subheaders (hierarquia de cabeçalhos) para dividir seu conteúdo em partes organizadas e curtas. Abaixo de cada header, crie marcadores com anotações sobre os principais pontos que você abordará em cada seção. Este será o esqueleto do seu primeiro post no blog.


Você pode usar este template de post de blog para download se precisar de ajuda com o seu esboço. Tudo que você precisa fazer é preencher os espaços em branco:



Crie um título para o post


O próximo passo é criar um título forte. Você pode criar os títulos dos seus posts em qualquer estágio do processo de planejamento, mas as melhores ideias geralmente surgem à medida que você cria o seu esboço.


O título de um post é um conteúdo curto, mas poderoso. Muitas vezes, ele é fundamental para as pessoas clicarem — ou não — no seu artigo.


Para tornar os títulos do seu blog atraentes e convincentes, coloque-se no lugar dos seus leitores. Pense no que pode interessá-los e tente as seguintes estratégias:

  • Seja claro e direto

  • Prometa valor

  • Apele para as emoções de seus leitores

  • Desperte a curiosidade deles

  • Use humor, aliteração ou jogo de palavras

Aqui estão algumas ideias de título de blog para ajudar você:



Crie um título para o post



Escreva um conteúdo envolvente


Agora, é hora de começar a digitar. Lembre-se de que você precisará de uma introdução, do corpo do texto dividido em headers e subheaders e de uma conclusão (opcional).


Na introdução, chame a atenção do seu público com uma curiosidade, citação, estatística convincente ou um fato interessante. Em seguida, compartilhe um breve resumo do assunto do artigo de uma forma que atraia o interesse de seus leitores.


Então, escreva o texto usando seu esboço como guia. É aqui que você compartilha seu conhecimento e experiência como blogueiro. Não "encha linguiça": escrever por escrever é um dos maiores erros dos blogs. Em vez disso, garanta que cada frase seja significativa e compartilhe insights originais e dicas acionáveis. Você também deve usar um tom de voz que ressoe com seu público, seja engraçado e casual ou sério e formal.


Por fim, finalize o post com uma conclusão. Embora nem todos os blogs incluam essa parte, é uma boa maneira de amarrar suas ideias e compartilhar seus pensamentos finais.


Lembre-se de que escrever um post pode levar várias horas e é um processo que não deve ser feito com pressa. Reserve pelo menos meio dia para escrever seu primeiro rascunho.



Insira imagens


Ao criar seu blog, lembre-se de que as imagens que você escolher podem melhorar a impressão geral dos leitores sobre o seu artigo. Se adicionar fotos, capturas de tela ou ilustrações, elas devem ser funcionais e bonitas. É importante também que transmitam seus pontos principais e destaquem exemplos importantes do post.


Se você não tiver suas próprias imagens, navegue por bancos de imagens gratuitos na web, como o Pexels e o Unsplash, que são sites populares para encontrar materiais visuais. Embora você possa querer usar fotos de sua autoria, as fotos de banco de imagens são uma maneira rápida de começar.



Otimize para SEO


Depois de criar seu conteúdo, há alguns detalhes nos quais você precisa prestar atenção antes de clicar em Publicar. Eles focam principalmente na estratégia, desde a melhoria do SEO do seu blog até a geração de conversões por meio do seu artigo. Aqui está um checklist rápido para orientá-lo:


  • Verifique suas palavras-chave: pesquise rapidamente seu conteúdo (CTRL+F) para revisar o uso das palavras-chave. Você incluiu todas as palavras-chave que pretendia? Caso contrário, verifique se existem outras oportunidades de incorporá-las em seu artigo. (Lembre-se de que simplesmente colocá-las em qualquer lugar é considerado uma prática ruim, e os motores de busca podem penalizá-lo por isso. Incorpore-as naturalmente ao texto).

  • Adicione links internos: um truque de todos os blogueiros é criar links entre seus posts, prática também conhecida como "links internos". Eles ajudam a melhorar o SEO e incentivam os leitores a navegar por outros artigos do seu blog. Em vez de vincular aleatoriamente, crie links para posts relacionados — além de ser melhor para o SEO, isso também torna os links mais valiosos para seus leitores. Se você estiver começando um blog e ainda não tiver muito conteúdo, lembre-se de voltar aos seus posts adiante para adicionar os links.

  • Incorpore CTAs: a próxima dica é incluir chamadas para ação (CTAs) em todo o artigo. Esses pequenos conteúdos geralmente assumem a forma de frases como "Compre agora", "Assine" ou "Leia mais". Ao inserir botões de chamadas para ação em seu artigo, você pode direcionar os leitores para comprar seus produtos, assinar sua newsletter ou clicar para ler mais.

  • Use alt text: como o Google não consegue ler fotos, os blogueiros geralmente adicionam uma breve descrição a cada imagem (de preferência usando palavras-chave) para ajudar os motores de busca a entender o que está sendo exibido. Essa descrição, chamada de alt text, ajuda suas imagens a aparecerem na pesquisa de imagens do Google.

  • Escreva os metadados do seu post: metadados são trechos de texto usados para exibir uma página da web nos resultados de pesquisa do Google. Isso inclui o meta title (também conhecido como tag de título) e a meta descrição. Às vezes, o meta title é o mesmo que o título do post, enquanto outras vezes, poderá ser ligeiramente diferente — se você quiser apresentar seu post de outra forma. Não há certo ou errado aqui, desde que seu título seja atraente e inclua a palavra-chave mais importante. A meta descrição, que é o pequeno trecho de texto abaixo do meta title, também deve incluir suas principais palavras-chave e abranger os pontos essenciais do artigo.



Metadados do blog


  • Escolha seu URL: cada página da web tem um URL exclusivo, e não é diferente para os posts do seu blog. Um bom URL pode ajudar seus artigos a ter uma classificação alta nas páginas de resultados dos motores de busca e geralmente contém uma palavra-chave. URLs de posts de blogs geralmente têm o formato www.seudominio.com/post-do-blog-palavrachave ou www.seudominio.com/blog/post-do-blog-palavrachave. Se você ainda tiver dúvidas, reserve um tempo para navegar neste guia sobre como estruturar URLs corretamente. A maioria dos posts gerará um URL para você automaticamente, mas é bom você saber que pode entrar e personalizar o URL para cada post, se necessário.


Edite e publique


Agora você tem tudo o que precisa para criar seu primeiro post no blog. Leia algumas vezes e compartilhe com familiares ou amigos para revisar. É sempre útil ter um segundo, terceiro ou quarto olhar.


Quando você achar que seu artigo está pronto, faça o upload para o blog. Sua plataforma de blog também terá um local para você digitar os metadados e o URL. Feito isso, clique em Publicar e pode começar a comemorar.



8. Crie um calendário editorial


Uau! Você acabou de escrever seu primeiro post no blog. Faça uma pausa e, quando estiver pronto, planeje os demais posts do mês.


Criar um calendário editorial é importante no início de um blog. É uma maneira eficaz de garantir que você publique conteúdo de forma consistente, se responsabilize como escritor e não se desvie de seus objetivos com o blog. Seus leitores querem novo conteúdo e você precisa entregar. Além disso, os motores de busca levam em consideração a frequência com que você publica ao determinar a classificação geral do seu site.


Você provavelmente já tem alguns assuntos resultantes do brainstorming da etapa 6. Se não, use o mesmo processo para ter novas ideias. Quando tiver pelo menos 10, comece a criar um calendário de conteúdo.


Seu calendário não precisa ter custo algum e certamente não requer o uso de novas ferramentas ou plataformas. Abra o Excel ou o Planilhas Google e comece a criar um cronograma. As colunas ficam a seu critério, mas é interessante criar seções diferentes para a data de publicação, título do post, palavras-chave principais, status do artigo e comentários.



Crie um calendário editorial do blog


Dica profissional: se você sabe que é propenso à procrastinação (quem não é, afinal?), abra um Google Agenda e preencha seus prazos lá. Você pode até reservar blocos de tempo para a escrita.



Com que frequência você deve postar?


Ao aprender como criar um blog, uma pergunta que as pessoas fazem é com que frequência devem publicar novos conteúdos. Como regra geral, quanto mais você postar, mais tráfego terá. Não há uma resposta única para esta pergunta, mas estudos apontam algumas estatísticas importantes:

  • 11 ou mais posts por mês geram um aumento notável no tráfego. Entre as pequenas empresas de 10 ou menos funcionários, aquelas que publicaram pelo menos 11 posts por mês tiveram o dobro de tráfego do que as que publicaram de 2 a 5 artigos por mês.

  • Pequenas empresas também descobriram que publicar pelo menos 11 posts por mês gera duas vezes mais leads do que publicar de 6 a 10 artigos mensais. Isso é importante se seu objetivo for obter assinantes, vender produtos ou trabalhar como afiliado (falaremos mais sobre este assunto na etapa 10).



Com que frequência você deve postar


A frequência com que você posta também depende de seus objetivos. Se o seu for gerar reconhecimento de marca, comece com 1 ou 2 novos posts por semana. Por outro lado, se for aumentar o tráfego do site, o ideal é escrever de 3 a 4 novos posts por semana.


Tenha tudo isso em mente ao criar seu calendário editorial, mas faça com que suas metas sejam alcançáveis. Se você definir prazos irreais, perderá o rumo e acabará ficando desanimado.


Você poderá intensificar o ritmo quando se acostumar a publicar e criar o hábito de cumprir seu cronograma. Além disso, lembre-se de que pode trazer colaboradores convidados para aumentar a quantidade de conteúdo semanal publicado.



09. Promova seu blog


  1. Compartilhe nas redes sociais

  2. Crie uma newsletter do blog

  3. Escreva para outros sites

  4. Entre em contato com uma comunidade

  5. Participe de sites de perguntas e discussões

  6. Invista em anúncios pagos

  7. Experimente novos formatos de conteúdo

Nesta fase, você tem tudo o que precisa para criar seu blog. Essas últimas etapas se concentrarão em como divulgar seu blog e transformá-lo em uma ferramenta séria de monetização.


Para conseguir leitores, você precisará encontrar maneiras criativas de direcionar tráfego para o seu site. Embora melhorar o SEO seja um passo importante, os métodos a seguir também podem ajudá-lo a promover seu blog. Observe que a maioria deles é totalmente gratuita, enquanto alguns (como publicidade) são pagos.

  • Compartilhe nas redes sociais: as redes sociais são um excelente lugar para postar conteúdo e chamar a atenção para o seu blog. Promover seu blog no Facebook, Instagram, Twitter ou LinkedIn é uma ótima maneira de alcançar novos leitores,

  • Crie uma newsletter do blog: envie uma newsletter semanal por email para engajar seus leitores e trazê-los de volta para o seu blog em busca de mais informações. Isso ajudará você a manter uma base de seguidores leais. Para conseguir assinantes, inclua um botão "Assinar a newsletter" chamativo na barra de navegação do site, no rodapé e nos posts do blog.


Crie uma newsletter do blog


  • Escreva para outros sites: fortaleça sua reputação como escritor e especialista em seu nicho publicando conteúdo em outros locais. Considere abrir uma conta no Medium ou publicar artigos no LinkedIn. Você também deve ficar de olho nas oportunidades de guest blogging (post de convidado), que são oferecidas por algumas publicações.

  • Entre em contato com uma comunidade: grupos do Facebook, fóruns e grupos do LinkedIn são pontos de encontro de pessoas interessadas em um tema específico. Se você encontrar uma comunidade online relevante para o nicho do seu blog, compartilhe seu site e faça networking com os membros do grupo.

  • Participe de sites de perguntas e discussões: sites como Quora e Reddit dão a você a oportunidade de divulgar seu blog em tópicos de discussão. Use um dos posts do seu blog para responder a uma pergunta ou dar seguimento a um comentário — mas lembre-se de manter um tom útil e informativo, não promocional.

  • Invista em anúncios pagos: além de compartilhar posts nas redes sociais, você pode potencializá-los com uma promoção paga para que alcancem mais pessoas. Da mesma forma, é possível pagar por um anúncio do Google e atingir novos usuários por meio do motor de busca.

  • Experimente novos formatos de conteúdo: expanda ainda mais seu alcance experimentando novos formatos que contenham as mesmas informações fornecidas em seus posts. Por exemplo, você pode transformar seus artigos do blog em vídeos e lançar um canal no YouTube, ou mesmo criar um podcast ou oferecer um webinar. O céu é o limite.



10. Ganhe dinheiro com o blog


  • Marketing de afiliados

  • Anuncie em seu blog

  • Ofereça assinaturas pagas

  • Escreva conteúdo patrocinado

  • Venda e-books e mercadorias

  • Preste serviços de consultoria

Se você pretende criar um blog que tenha um grande número de leitores, é provável que também pretenda ganhar dinheiro com sua popularidade. Citamos o marketing de afiliados no início do artigo, mas vamos falar mais sobre essa e outras estratégias de monetização.



Ganhe dinheiro com o blog


Se você quer saber como criar um blog e ganhar dinheiro com ele, aqui estão algumas maneiras:


  • Marketing de afiliados: essa é uma das maneiras mais comuns de ganhar dinheiro com blogs e é fácil começar. Afiliados intermediários podem ganhar entre US$ 300 e US$ 3.000 por dia, e esse número só aumenta com a experiência. Existem muitos programas de marketing de afiliados, mas o Amazon Associates é uma escolha popular para iniciantes.

  • Anuncie em seu blog: outra opção é exibir anúncios, o que significa basicamente vender o espaço do seu blog como espaço publicitário. Essa é uma maneira bastante eficaz de ganhar dinheiro, pois você obterá receita por cada clique. Se está pensando em seguir esse caminho, o Google AdSense é de longe um dos programas mais lucrativos e populares.

  • Ofereça assinaturas pagas: sabe como a Folha de São Paulo faz você pagar para ler seu conteúdo? Você pode fazer o mesmo em seu blog. Embora alguns de seus artigos devam ser gratuitos, você também pode criar conteúdo exclusivo e oferecer aos leitores acesso pago por meio de um plano de assinatura.

  • Escreva conteúdo patrocinado: entre em contato com empresas — ou, à medida que seu blog cresce, facilite o contato das marcas com você — sobre oportunidades de patrocínio. Você escreverá artigos promovendo os produtos dessas empresas, e esta, por sua vez, irá compensá-lo pelos posts.

  • Venda eBooks e mercadorias: você também pode vender produtos digitais ou físicos diretamente do seu site. Isso pode incluir produtos com a sua marca, produtos relacionados ao seu nicho ou eBooks e outros recursos online. Para tanto, adicione um botão "Pagar" à sua página inicial, onde seus leitores possam clicar para adquirir sua mercadoria.

  • Forneça serviços de consultoria: essa abordagem envolve o uso de sua expertise e o aproveitamento do conhecimento adquirido como blogueiro profissional. Com base em seus insights e experiência, pense nos tipos de serviços de consultoria que você pode oferecer aos seus clientes. Se está escrevendo um blog sobre nutrição, uma ideia é elaborar planos de dieta personalizados ou trabalhar como coach de nutrição para clientes.


Para mais detalhes, dê uma olhada neste artigo sobre como monetizar um blog ou confira este curso online do Wix Learn.



Recursos para blogs


Ao aprender como criar um blog, navegue por estes recursos para ajudá-lo no processo de escrita, SEO e muito mais:



Ferramentas para blogs


Por fim, as ferramentas online para blogs são muito importantes para, pois tornam o processo de escrita e gestão mais ágil e eficiente. Aqui está uma lista de algumas ferramentas úteis que você pode utilizar no seu blog:


  • Planejador de palavras-chave do Google: obtenha dados sobre quais palavras-chave usar nos posts do seu blog.

  • Google Analytics: obtenha insights sobre os dados do blog para melhorar seu desempenho.

  • Google Search Console: acompanhe o número de visitantes e a quantidade de cliques que seu blog recebe.

  • Analisador de títulos do ShareThrough: digite seu título e obtenha feedback sobre seus pontos fortes e fracos.

  • Pexels: encontre fotos gratuitas para os artigos do seu blog.

  • Grammarly: revise sua escrita com uma ferramenta de edição de IA.

  • BuzzSumo: fique por dentro das tendências de conteúdo para criar posts relevantes e direcionados.

  • Asana: gerencie sua agenda de redação com uma ferramenta de gestão de tarefas online.



Infográfico de como criar um blog


Isso é tudo. Vamos resumir o processo em infográfico:



Como criar um blog


Pronto! Apresentamos todas as ferramentas e recursos necessários para criar um blog. Você não poderia ter encontrado um projeto mais gratificante, e eu não poderia estar mais honrado em ajudá-lo a fazer seu blog decolar. Marque este blog para referência futura e... Boa sorte!




Por Bernardo Schanz

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português


pt03.png