• 28k
  • 9
Promova Seu Site \ 10 de julho de 2018

O Que São Palavras-Chave de Cauda Longa e Como Encontrá-las

Como aprendemos com As Patricinhas de Beverly Hills, ser os mais populares na escola não significa tudo nessa vida. Especialmente quando se trata de palavras-chave. De uma forma geral, a diretriz do SEO (Search Engine Optimization ou, como diria Machado de Assis, Otimização para Motores de Busca) é de sempre almejar as palavras-chave mais populares, com algo volume de busca. Realmente, um grande volume tende a resultar em maior exposição, mais visitantes em seu site, e quem sabe você fecha umas vendas ou recebe alguns emails pedindo mais informações. Faz sentido, não é? No entanto… [pausa dramática] Você já pensou no tipo de acessos que está atraindo ao usar palavras-chaves tão amplas?

Na maioria das vezes, a intenção é incerta, e os visitantes acabam voltando para a página dos resultados da busca e procurando uma opção mais adequada. Esse comportamento pode prejudicar seu posicionamento. Sem contar que a concorrência pelas palavras-chave de maior volume é imensa, e as respectivas páginas de resultados de busca estão sempre cheia das marcas mais conhecidos. Não é o melhor cenário para uma nova empresa tentando estabelecer-se no mercado.

É por isso que a melhor opção pode ser implementar as chamadas “palavras-chave de cauda longa” em sua estratégia de SEO. Além de terem uma concorrência bem menor, elas permitem que você acerte em cheio com boas ideias de conteúdo para seu site e artigos para seu blog. Essas palavras-chave bastante específicas ajudarão a trazer mais acessos às suas páginas, e agora estamos falando de acessos de melhor qualidade. Com o tempo, a taxa de conversão do seu site vai decolar!

Vamos descobrir o que são palavras-chave de cauda longa, como encontrá-las e como elas ajudarão a aumentar os acessos ao seu site.

O que são palavras-chave de cauda longa?

A gente sabe que você provavelmente está imaginando um animal com o rabo muito longo nesse momento. Mas para que fique claro: palavras-chave de cauda longa são, em poucas palavras, palavras-chave mais longas e descritivas. Qualquer coisa a partir de três palavras já pode ser considerada uma palavra-chave de cauda longa. Entretanto, o título “cauda longa” não vem do fato de tratar-se de uma frase mais comprida. O gráfico abaixo explicará com maior clareza o conceito.

O gráfico representa todas as palavras-chave que existem. Como você pode ver, a quantidade de frases compostas por uma única palavra é menor, porém seu alto volume de buscas resulta em maior competitividade. Olhando para o lado direito do gráfico (o segmento laranja desta linha que parece o rabo de um dinossauro), vemos as frases mais descritivas. É sabido que as palavras-chave de cauda longa representam 70% de todas as pesquisas realizadas na internet. Isso significa que você pode encontrar uma quantidade muito maior de palavras-chave que são muito menos competitivas. Por isso, ainda que as chances de suas páginas serem vistas seja menor (devido à menor quantidade de buscas mensais), a probabilidade de conversão de um visitante é altíssima, devido à natureza específica da busca.

Por exemplo, uma pessoa usando uma única palavra, como “pizza”, provavelmente encontrará um amplo leque de resultados, desde a definição e a história da pizza até grandes marcas, como Pizza Hut. Mas alguém com um claro desejo de pizza nas altas horas, procurando “entrega de pizza vegana de madrugada”, sabe exatamente o que quer. Por isso, os resultados recebidos têm mais chances de serem muito específicos, e a pessoa que os buscou tem uma maior tendência a clicar naqueles resultados e pedir uma deliciosa pizza sem queijo.

O que são palavras-chave de cauda longa?

6 motivos para focar em palavras-chave de cauda longa

Baixa concorrência
A maioria das pessoas que pesquisam palavras-chave para suas páginas tenta pescar os peixes grandes, que é a melhor forma de conseguir mais visualizações nos resultados de busca de uma maneira geral. Se seu nome e sua marca são bastante conhecidos, esse pode ser o melhor caminho para você. Mas um pequeno empresário com um site novo pode encontrar dificuldades diante de um desafio tão grande. Em linhas gerais, o SEO é um campeonato de pontos corridos, onde todos jogam contra todos. Mas a dinâmica do jogo muda quando há menos competidores envolvidos. Uma vez que as palavras-chave de cauda longa possuem uma quantidade menor de buscas mensais (às vezes não passam de zero), é muito mais fácil obter um bom posicionamento. É por isso que são um achado, e uma grande oportunidade.

Melhor taxa de conversão
Como pequeno empresário ou prestador de serviço, você sabe que cada conversão faz diferença. Imaginemos que seu site atrai 100 pessoas por dia a partir dos resultados de buscas ao digitar uma palavra-chave ampla. Dessas 100, umas três acabam finalizando uma compra ou enviando um email com um pedido de orçamento (a depender do objetivo do seu site). Sua taxa de conversão é 3%.
Cenário 2: digitando uma palavra-chave bastante específica, 20 pessoas encontram seu site. Dessas 20, três se convertem em consumidores. Rapidamente, sua taxa de conversão passa a ser 15%. É um baita impacto em seu negócio! Sem falar que, quanto mais pessoas realizarem a ação que você deseja que realizem em seu site, mais o Google notará na hora de dar um empurrãozinho no seu SEO. Mais uma razão pela qual as palavras-chave de cauda longa são tão valiosas.

Melhor taxa de cliques
Antes de chegarem ao seu site, as pessoas devem encontrá-lo nos resultados de busca e decidir clicar no link.
A taxa de cliques (ou CTR – click through rate) é outro forte sinal para o Google identificar se seu site corresponde às expectativas para determinados termos de busca. Devido ao Rank Brain, o mecanismo que permite ao Google entender melhor o comportamento dos usuários do motor de busca, a forma como as pessoas interagem com os resultados causa um impacto direto no seu posicionamento. Se alguém clica em um resultado, e retorna à página de resultados em poucos segundos, seu posicionamento pode ser prejudicado, abrindo espaço para a concorrência subir na classificação. Mas adivinha o que acontece quando ocorre o oposto? Pois é! #oSEOéolimite Além disso, se as pessoas perceberem pelos seus metadados (título de SEO e descrição) que você está abordando um tema muito específico, a probabilidade de clicarem aumentará naturalmente. Usar palavras-chave mais específicas em seu conteúdo e metadados permitirá que você alcance uma intenção de pesquisa mais precisa, consequentemente obtendo mais clique em seu link.

Buscas mais pessoais
Hoje em dia, as pessoas estão mais familiarizadas com os mecanismos de busca e como funcionam. Por exemplo, você sabe que se digitar apenas a palavra “site”, provavelmente não encontrará o que está procurando. Além disso, já nos acostumamos com a experiência da internet personalizada: das séries recomendadas para você no Netflix às estratégias personalizadas de email marketing – as pessoas já esperam receber algo feito sob medida. E as buscas não são diferentes. Há uma crescente tendência de pessoas que tratam os motores de busca como conselheiros pessoais, e esperam respostas moldadas para atender especificamente às suas necessidades. Por isso, em vez de procuras anônimas por informações, há um crescimento de mais de 60% no uso de palavras como “eu” e “mim”.

Por exemplo, buscas no formato “que tipo de cachorro é melhor pra mim” e “o que eu devo comer no almoço” são mais comuns do que nunca. Junto com essa maior personalização vem um claro aumento do tamanho das palavras-chave. As pessoas que buscam querem respostas o mais rápido possível, com o menor esforço. Por isso, basta usar um termo de busca mais longo e sabem que encontrarão a melhor resposta, com maior relevância para seu caso. Não há razão melhor para você focar seus esforços nas palavras-chave de cauda longa.

A resposta para buscas por voz
Com a ascensão dos dispositivos ativados por voz, veio uma importante mudança na maneira como as pessoas fazer buscas. Não é mais necessário digitar as palavras para obter respostas e resultados de buscas. A busca por voz permite que você simplesmente faça uma pergunta em voz alta – enquanto dirige, cozinha ou quando bate aquela preguiça de pegar o telefone – e tenha a resposta enunciada logo em seguida. Como geralmente falamos mais rápido do que digitamos, as buscas por voz costumam ser mais longas e mais precisas. Percebe onde queremos chegar? Você já deve ter entendido o recado. Adotar palavras-chave de cauda longa em sua estratégia de SEO ajudará a abordar os termos mais populares nas buscas por voz.

Um por todos e todos por um
Uma característica interessante das palavras-chave de cauda longa (e seu maior ponto forte) é que há diversas variações de cada termo de busca: “como encontrar palavras-chave de cauda longa”, ou “como eu encontro palavras-chave de cauda longa”, “onde posso encontrar palavras-chave de cauda longa”, e assim por diante. O Google já consegue entender muito bem a relevância de um determinado assunto, então focar-se em apenas uma dessas opções já é suficiente para alcançar várias de suas alternativas. A soma dos pequenos volumes pode resultar em um volume grande para seu tema. Então até que a popularidade é importante, hein?!

6 maneiras simples de encontrar palavras-chave de cauda longa

Agora que entendemos por que precisamos das palavras-chave de cauda longa em nossas vidas, vamos conhecer algumas formas de encontrar as melhores:

“Pesquisas relacionadas” do Google
Fato: o Google tem todas as respostas. Mesmo para as perguntas menos óbvias, como onde encontrar palavras-chave de cauda longa. É assim que se faz: digite uma palavra-chave de duas ou três palavras no Google e role para baixo até o final da página de resultados, onde encontrará uma seção chamada “Pesquisas relacionadas”. Estes são os termos que as pessoas provavelmente estão procurando, mas o Google não possui o conteúdo mais incrível para exibir nos resultados. É aqui que você entra. Pegue as palavras-chave que aparecem e tente desenvolver um artigo, um vídeo ou qualquer tipo de conteúdo que você consiga imaginar sobre o assunto.

"Pesquisas relacionadas" do Google

Auto-completar do Google
Olha o Google aí de novo! Em resumo, quando você começa a digitar uma palavra, o Google automaticamente oferece palavras-chave de cauda longa baseadas em sua busca. Sem sequer perceber, você ganhou na mega-sena do conteúdo. Uma infinidade de sugestões de palavras-chave de cauda longa surge diante de seus olhos.

Auto-completar do Google

Google Search Console
O Google Search Console é uma ferramenta gratuita do Google que funciona como a central de comando dos donos de sites. Na plataforma, você acessa diferentes recursos que podem ajudar a otimizar seu site. No entanto, o que estamos procurando fica na seção que trata de tráfego de buscas. Na análise de buscas, você pode encontrar as palavras-chave que estão atraindo mais cliques para seu site. Nesta lista, você já deve ter encontrado algumas opções de cauda longa que podem ser usadas. O fato interessante a ser observado aqui é que o Google já entende a relevância do seu site, mesmo que você (ainda) não esteja criando o conteúdo ideal.

Answer the public
Esta ferramenta é muito útil para descobrir as perguntas que as pessoas estão fazendo sobre determinado tema. Você digita qualquer assunto que vier à mente, e a ferramenta traz uma lista imensa de perguntas e frases relacionadas. Esta lista pode passar a ser uma fonte de inspiração para achar excelentes palavras-chave de cauda longa que as pessoas realmente estejam procurando.

Answer the public

Keywords everywhere
Essa maravilhosa extensão para o Google Chrome vai fazer com que os volumes de buscas das palavras-chave apareçam em literalmente todos os lugares. Normalmente usada para encontrar o volume de palavras-chave que são maiores, é hora de inverter a tendência e encontrar palavras-chave com volume menor. Essa ferramenta, usada em conjunto com as demais mencionadas no artigo, pode ajudar a encontrar algumas jóias raras de baixo volume.

Ubersuggest
Outra ferramenta bacana de palavras-chave é o Ubersuggest, que agrega as informações do Planejador de Palavras-Chave do Google e das “pesquisas relacionadas”. Aqui você também pode encontrar ideias e inspiração para posts de seu blog e outros conteúdos para seu site, além dos volumes de pesquisas.

Ubersuggest

Como usar as palavras-chave de cauda longa

Agora que você já encontrou as palavras-chave de cauda longa para focar, o que fazer com ela? A ideia é criar conteúdo para seu site, servindo de resposta para esses termos de pesquisa. Essa resposta pode vir em diferentes formas, que detalharemos abaixo. Para todos esses tipos de páginas que podem ser criadas, há alguns elementos essenciais a serem lembrados para assegurar-se de que o conteúdo está otimizado para a respectiva palavra-chave de cauda longa. É importante inserir a palavra-chave em alguns lugares estratégicos, por exemplo:

  • Título de SEO: Pode ser que ocupe todo o título de SEO, pois há um limite de 60 caracteres. Se sobrar algum espaço, você pode acrescentar uns adjetivos para atrair mais cliques. Por exemplo: 10 Maneiras Efetivas de Promover Seu Site Grátis
  • Descrição de SEO: Para ter certeza de que as pessoas sabem exatamente o que encontrarão em sua página, inclua sua palavra-chave de cauda longa aqui também.
  • Endereço (URL): A essência da palavra-chave de cauda longa deve aparecer no endereço da página, mas artigos, preposições e outras palavras desnecessárias devem ser excluídas. Por exemplo: https://pt.wix.com/blog/2018/06/como-criar-blog-moda/
  • Ao longo do texto: A palavra-chave de cauda longa deve aparecer no primeiro parágrafo do texto, e suas respectivas variações devem surgir ao menos duas ou três vezes por todo o conteúdo.

Agora que já revisamos a checklist, vejamos que tipo de conteúdo pode ser criado usando as palavras-chave de cauda longa para agregar valor ao seu site.

Blog
Criar um blog é a forma mais natural e sutil de usar as palavras-chave de cauda longa em benefício de SEO, e é aqui que se concentrarão a maioria desses termos e frases. Digamos que você possui um salão de beleza em Copacabana. Seu blog pode conter uma ampla gama de temas: desde os produtos que você recomenda até tutoriais de penteado. Comece fazendo uma lista de todos as áreas de conhecimento que imagina poder abordar. Para um salão de beleza, algumas ideias são: penteados, tutoriais de maquiagem, limpeza de pele, etc. Em seguida, use os métodos detalhados acima para encontrar ideias, por exemplo: “tutorial de maquiagem para peles sardentas”. E pronto: já encontrou assunto para um artigo! Agora é o momento de deixar a criatividade fluir. Não se preocupe, não deixaremos você sozinho. Preparamos esse guia sobre como criar um blog para ajudar no seu pontapé inicial.

Página de FAQ e guias de produtos
Nem todo mundo sabe como aproveitar ao máximo seu produto ou seu serviço. E é bem provável que estejam recorram à internet para encontrar dicas e conselhos. O Google Search Console tem essa informação e serve para encontrar todas as questões relacionadas ao seu produto. Grandes são as chances de que os visitantes estejam chegando à sua página inicial. Nesse caso, pode ser que não estejam encontrando as informações mais aprofundadas sobre cada produto ou serviço. A melhor solução nesse caso é uma página de FAQ ou um guia do produto.

Digamos que você tem um estúdio de pilates, e oferece turmas especiais para idosos ou grávidas. Pode ser que existem pessoas perguntas “posso fazer pilates depois dos 65 anos de idade?” ou “pilates é seguro durante a gravidez?”.Todas essas questões podem ser transformadas em uma riquíssima página de FAQ que aborde todos esses temas.

Ou talvez você venda um produto específico cujo processo de instalação é bastante delicado, e todo mundo acabe recorrendo à internet para entendê-lo melhor. Criar um guia específico para este produto traz aos usuários exatamente a informação que precisam, na hora certa e no lugar certo.

Landing pages específicas
Voltando ao nosso exemplo inicial da pizza, você pode ter realmente descoberto ao vasculhar o Google Search Console, que as pessoas chegam ao seu site quando procuram “entrega de pizza vegana de madrugada”. Você pode usar isso a seu favor e quem sabe criar uma promoção exclusiva para quem pede pizza depois da meia-noite, usando uma palavra-chave de cauda longa, por exemplo: “50% de desconto para pedidos de pizza após a meia-noite”. Parece uma ótima pedida!

Precisa de um lugar para abrigar todo esse conteúdo específico que você está criando? Crie um site!

Por Equipe Wix

Receba o Blog do Wix
no conforto da sua casa!

Assine o Wix Blog e não perca nenhuma novidade!

Opa, esse não é um email válido.

Opa, esse não é um email válido. Email already exists

Opa, esse não é um email válido. Invalid email

Aproveite! \ 

Receba em primeira mão dicas atualizadas sobre como
promover seu negócio, Web Design, SEO e o Wix!

Opa, esse não é um email válido.

Opa, esse não é um email válido. Email already exists

Opa, esse não é um email válido. Invalid email