14 Dicas para Aumentar as Vendas em Sua Loja Virtual

Atualizado: 23 de Nov de 2020

Atualizado: Nov 2020

Como meu negócio online pode vender mais produtos? Esta é a pergunta de ouro para as empresas que atuam na Internet — o problema é que muitas das respostas envolvem serviços caros que levam bastante tempo para gerar resultados. Bem, essa não é a resposta que você vai ter aqui. Na verdade, existem diversas coisas absolutamente gratuitas que você pode fazer para aumentar o engajamento e as vendas da sua loja virtual.


Sem mais delongas, veja a seguir como aumentar suas vendas internet:


  1. Selecione os produtos certos

  2. Crie uma página dedicada para cada produto

  3. Exiba os depoimentos dos seus clientes sobre seus produtos/serviços

  4. Faça promoções e ofereça cupons imperdíveis

  5. Proporcione um processo de checkout seguro, organizado e intuitivo ao seu cliente

  6. Tire fotos fantásticas dos seus produtos

  7. Monte kits e ofereça produtos relacionados

  8. Valorize o pós-venda

  9. Otimize suas páginas de produto para uma melhor conversão

  10. Crie um blog

  11. Tenha uma presença impecável nas redes sociais

  12. Invista em suporte e se faça presente para seus clientes

  13. Seja transparente acima de tudo

  14. Prepare a experiência mobile do seu site

01. Selecione os produtos certos


Uma boa seleção de produtos é chave para manter seus clientes satisfeitos. Em um universo tão vasto como o do eCommerce, é importante estar ligado nas novidades e tendências do seu setor e aos hábitos de compras dos seus clientes.


Use ferramentas como o Google Trends e listas de mais vendidos do mercado para pesquisar os interesses do seu público-alvo. Faça pesquisas para encontrar produtos promissores e ofereça um mix de itens que garantam a segurança das vendas do seu negócio, e outros que, mesmo com o risco de serem tendências passageiras, possam gerar barulho nas suas redes sociais e um pico de vendas em um determinado momento.


O mesmo também serve para quem trabalha com produtos artesanais ou personalizados. Mesmo vendendo algo único, você ainda vai encontrar concorrência. A dica aqui é pesquisar sobre matérias-primas inovadoras e técnicas de personalização que estão em alta, além de, claro, estar sempre em dia com as últimas tendências do universo artesanal e DIY.


Note que você não precisa vender toda e qualquer mercadoria que estiver em alta, mas é importante oferecer o que seu cliente procura. Para mais praticidade e flexibilidade nessa seleção, você pode aderir ao sistema de dropshipping, o que garante menos preocupação com estocagem e menos riscos de acabar com produtos de baixa circulação parados em seu estoque.


02. Crie uma página dedicada para cada produto

Criar uma página dedicada a cada produto para que os visitantes possam ver informações detalhadas sobre o que desejam comprar não é apenas uma excelente prática — é essencial. Para que você consiga visualizar a diferença, pense em uma página completa e bem apresentada com diversas fotos, variações do produto e uma descrição clara. Agora compare-a a uma página com uma única foto e um botão “Compre agora” do PayPal imediatamente abaixo. É uma diferença gritante que com certeza vai fazer com o que o cliente compre em quem oferece mais informações sobre o que ele deseja adquirir.

Se olharmos para o exemplo da nossa loja virtual, a Wix Stores, cada vez que um produto é adicionado ao gerenciador da loja, este vai automaticamente ganhar sua própria página de produto individual, tirando todo o trabalho pesado de criação de páginas e mais páginas dos seus ombros. Você pode então usar esta página para mostrar as diferentes variações (como cor, tamanho, material, etc.) do mesmo produto com por meio de fotos e de uma descrição de produto detalhada.



03. Exiba os depoimentos dos seus clientes sobre seus produtos/serviços


Segundo dados da KPMG, 30% dos clientes deixa algum tipo de análise ou comentário sobre os produtos que compram online. Use isso ao seu favor e crie uma rede de clientes que não só confiam no seu negócio, como espalham esse sentimento para potenciais clientes.


Adicionando o app Comentários à sua página de produto, o site vai dar aos seus clientes a possibilidade de deixarem comentários ou análises sobre cada produto que a sua loja tem a oferecer. As análises dos consumidores não apenas incentivam e passam confiança a outros clientes que estão olhando esses mesmos produtos, mas também servem como uma plataforma para você mostrar que valoriza o feedback dos consumidores. Pedir e escutar o feedback também é uma excelente forma para realmente aprimorar seus produtos e implementar novas atualizações — incentive seus clientes a deixarem depoimentos em sua loja no processo de atendimento do pedido e no pós-venda.



04. Faça promoções e ofereça cupons imperdíveis

Todo mundo gosta de fazer um excelente negócio, e ninguém gosta de perder dinheiro: essas são duas verdades absolutas no mundo em que vivemos. Seja uma porcentagem, o abatimento de um valor fixo, ou algo do tipo “compre 2, receba 1 grátis”, um brinde ou mesmo gratuidade no frete, faz toda a diferença para um potencial consumidor receber um desconto.


A maneira como os cupons serão distribuídos é com você. O código do cupom pode ser colocado com destaque na primeira página ou no cabeçalho do seu site para que todos possam usar, pode ser enviado em uma newsletter ou até criado manualmente para um cliente fiel que peça especificamente um cupom. Seja criativo e use essas ferramentas para fidelizar seus clientes, queimar o estoque de um determinado produto de baixa saída, abrir espaço no seu armazém de estocagem antes de receber uma nova coleção e muito mais. Seu cliente faz um bom negócio e você também sai ganhando!


05. Proporcione um processo de checkout seguro, organizado e intuitivo ao seu cliente

Imagine essa cena: você fica um bom tempo olhando um produto que quer comprar em um site de eCommerce, adiciona-o ao carrinho e depois abandona a compra por completo. Qualquer que seja o motivo, todos nós já fizemos isso, e cá entre nós, acontece com frequência. Para o proprietário da loja virtual, isto é uma experiência negativa, mas simplificar ao máximo o processo de checkout é uma coisa que você pode fazer para ajudar clientes hesitantes.


Por exemplo, peça aos clientes apenas as informações estritamente necessárias. Isto também vai te ajudar a manter o design e o layout mais simples e claros. Ofereça um certo nível de flexibilidade em seu checkout, como diversas opções de pagamento, compra sem cadastro, ou compra em um clique. Dessa forma, mesmo abrindo mão de captar mais dados de seus clientes, ou de ter que lidar com mais de um provedor de pagamento, você ainda garante a venda e ganha um cliente satisfeito.


06. Tire fotos fantásticas dos produtos

Estamos em 2020 e ninguém tem tempo para fotos de produtos de baixa qualidade, sabendo que é tão fácil deixá-las bonitas e executá-las em alta qualidade. Durante este processo, não se satisfaça com apenas uma foto, fotografe diversas vezes para ter mais opções com as quais trabalhar mais tarde. Certifique-se de fotografar sempre em alta resolução. Repetindo: estamos em 2020. As pessoas querem fotos nítidas dos seus produtos e querem a opção de zoom. Lembre-se que sem a opção do tato que a loja física oferece, ótimas fotos são suas melhores aliadas.

Pensando bem, seria uma boa ideia escrever um guia completo de fotografia de produto. Ah, espera, nós já escrevemos!


07. Monte kits e ofereça produtos relacionados


Montar kits e exibir uma galeria de produtos relacionados são ótimas formas de aumentar o ticket médio da sua loja virtual. Pense em kits temáticos para diferentes datas comemorativas e boas combinações que podem vender bem o ano todo e então faça a precificação de forma que esse agrupamento saia mais em conta do que todos os itens adicionados ao carrinho separadamente. Ao adicionar kits em sua loja online, você poupa o tempo de procura do seu cliente, faz com que ele possivelmente tome uma decisão de compra mais rápida e aumenta sua percepção de valor quanto ao seu produto.


Outra boa opção é adicionar uma galeria de produtos relacionados à sua loja. Mostre ao seu cliente boas combinações para o produto que ele já está pensando em adquirir. Por exemplo: se o seu cliente está visualizando a página de produto de um tênis para a prática de esportes, mostre a ele que você também oferece meias, camisetas, calças e suportes a prova de suor para smartphones.



08. Valorize o pós-venda


Uma venda não acaba quando termina. Perdoem a piadinha infame, mas é a mais pura verdade! O pós-venda é uma das muitas formas de estreitar seus laços e fidelizar seus clientes. Para o bem (no caso de uma venda bem sucedida) ou para o mal (no caso de você ter falhado com seu cliente em algum ponto do processo de atendimento do pedido), o pós-venda é a sua chance de agradecer pela preferência e pedir um feedback ou análise do produto comprado e também de agir e tentar reverter uma possível frustração de seu cliente.


Você também pode usar esse momento para perguntar se o cliente deseja se inscrever na sua newsletter para receber descontos e novidades no futuro. Outra opção é oferecer conteúdos relevantes para quem acabou de comprar em sua loja. Se você tem uma loja de cosméticos naturais, por exemplo, envie um email automatizado com drops de conteúdo em texto, vídeo ou uma sequência de belas imagens sobre como utilizar seus produtos da melhor forma para obter uma pele iluminada e saudável.


Por fim, se você quiser dar um agrado final aos seus clientes, inclua na comunicação de pós-venda um cupom de desconto para a próxima compra. Não se esqueça de configurar uma data limite para que isso crie um senso de urgência que pode gerar outra venda logo mais a frente.



09. Otimize suas páginas de produto para uma melhor conversão

Sim, estamos falando de venda de produtos e como maximizá-las de forma prática. Porém, às vezes, dar um passo atrás é essencial para depois dar um passo adiante. O ponto central é que seu site, e por consequência seus produtos, precisam ser facilmente encontrados online. Felizmente, isto pode ser alcançado trabalhando o SEO (Search Engine Optimization, ou em bom português, Otimização dos Motores de Busca) das suas páginas de produto.

Não só para as páginas de produto, como para todo o seu site, você pode tirar proveito da facilidade do Wix SEO Wiz. Mas vale destacar que os produtos da sua loja requerem um cuidado extra. Veja a seguir alguns elementos aos quais você deve dar uma atenção especial para que seus produtos sejam encontrados no Google:

Depois de otimizar com sucesso as configurações de SEO dos seus produtos, você vai ser encontrado com bem mais facilidade por seus clientes país afora!


10. Crie um blog

Ainda falando de SEO, criar um blog proporciona muitas oportunidades nesse sentido. Um blog atualizado constantemente com conteúdo de qualidade realmente consegue atrair a atenção dos motores de busca e, dessa forma, você não apenas terá mais links distribuídos na Internet, mas também pode dar uma boa alavancada no seu posicionamento nas páginas de resultado.

Quer saber outra coisa excelente sobre ter um blog? Basicamente, você tem um megafone e um palco para falar sobre seu negócio. É sua chance de ser divertido e escrever mais sobre seus produtos, indo além das descrições na sua loja virtual. Um artigo do tipo “Como montar um jardim urbano em sua casa”, com lindas fotos obviamente, pode levar os visitantes do seu site a outro estado de espírito, imaginando como cada vaso de planta se encaixaria em suas casas. Isso vai afastá-los um pouco da pressão e das dúvidas do processo de decisão (comprar ou não comprar, eis a questão), e, ao mesmo tempo lhe proporciona algo de mais valor, como suas dicas embasadas, ideias e perspectiva — o que eles certamente vão valorizar.


11. Tenha uma presença impecável nas redes sociais

Ter uma presença ativa nas redes sociais abre um horizonte de inúmeros públicos inexplorados, além de oferecer aos seus clientes mais canais de comunicação com a sua marca. Os mandamentos aqui são: conheça bem sua audiência, seja ágil ao responder seus clientes, ofereça soluções práticas, acate feedbacks de forma aberta e respeitosa e tente não usar uma linguagem formal e difícil em suas redes.


Mais do que isso, pense no tom de voz que seu negócio vai utilizar nas redes sociais e mantenha sempre a coerência e consistência — ter um manual de identidade visual que detalha as nuances do tom de voz da sua marca ajuda bastante nesse momento. Trace diferentes estratégias para cada canal, como Facebook, Instagram ou Youtube, personalizando o conteúdo que você oferece em cada plataforma. E o mais importante: crie uma comunidade.


O marketing digital está em constante mutação, mas essas são algumas das diretrizes de base que permanecem as mesmas!


12. Invista em suporte e se faça presente para seus clientes

O atendimento ao cliente é a espinha dorsal do eCommerce. Clientes realizados trazem muita alegria, mas um só cliente insatisfeito que não consegue atendimento pode causar muitos problemas para um negócio online.


Calma, se você tem um pequeno negócio, não é preciso contratar uma super equipe de atendimento ao cliente 24h. Uma página FAQ bem completa já vai sanar a maioria das dúvidas e questões da sua clientela, e os consumidores não vão precisar falar com você diretamente na maior parte das vezes. Se a página FAQ não responder a todas as questões que um cliente possa ter, ou se eles quiserem resolver algum problema que enfrentaram no checkout com o produto adquirido, você deve proporcionar uma forma fácil para que eles entrem em contato com você.


Não basta ter as informações de contato no rodapé ou em uma página do seu site, se você quer realmente criar uma relação de confiança com seu cliente, é preciso estar disponível para seus clientes Nesse caso, o que você precisa é um chat online. O Wix Chat não apenas te permite saber quando visitantes estão navegando em seu site, como também permite enviar antecipadamente uma mensagem ao usuário para saber se precisa de alguma assistência. Usuários que instalaram em seu site este aplicativo grátis e intuitivo tiveram um aumento de 39% nos pedidos em suas lojas. Você já sabe o que fazer.


13. Transpareça confiança

Hoje em dia é até bom ser um pouco paranoico, especialmente quando se trata de segurança cibernética e compras pela Internet. Claro que isto também dificulta as vendas para uma loja virtual nova ou pequenos negócios que podem ter menos depoimentos e análises de produto, e talvez ainda não esteja ranqueando muito bem nas páginas de pesquisa, mas existem formas de garantir que você consiga mostrar que seu negócio é confiável e opera em conformidade com o código do consumidor. Algumas maneiras de estabelecer a confiabilidade já foram discutidas anteriormente como:

  • Adicionar ao seu site suas informações completas de contato (endereço, telefone, perfis nas redes sociais, etc.) para que você seja facilmente encontrado.

  • Fornecer as informações necessárias através de uma página FAQ completa.

  • Adicionar aos seus produtos os comentários e análises dos clientes.

  • Estar sempre disponível com um chat online.


Outra forma de conseguir que as pessoas confiem em você o suficiente para investirem dinheiro no seu negócio é humanizar ao máximo a sua marca. Você é, de fato, um ser humano que criou este negócio. Lembre aos visitantes que você é a pessoa por trás dessa empresa, para isso inclua no seu site uma página “Sobre” contendo a história do seu negócio, seus valores e compromissos como empreendedor e como marca.




Por fim, certifique-se de estar em conformidade com regulamentações locais de comércio, proteção de informações pessoais e dados financeiros e obedecer ao código do consumidor.



14. Prepare a experiência mobile do seu site

Com cada vez mais e mais acessos vindo dos dispositivos móveis, é de extrema importância que seu site esteja pronto para oferecer a melhor experiência mobile para seus visitantes. E já que a grande vantagem do eCommerce é ter seus produtos disponíveis em qualquer lugar, é preciso certificar-se de que eles estão perfeitamente acessíveis nas mais de 1 bilhão de telas de smartphone que potencialmente podem acessar seu site.


Felizmente, a loja virtual Wix Stores tem total suporte para mobile e todas as suas páginas de produto são automaticamente otimizadas para as telas de dispositivos móveis. Também é importante lembrar que com a revolução mobile-first do Google, um site otimizado para smartphones e tablets é imprescindível para o SEO.



Esperamos que essas dicas revolucionem as vendas do seu site e façam seu negócio ser o sucesso que você deseja.



Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português




pt03.png