O Que é Crowdfunding: um Guia Com os Principais Sites de Financiamento Coletivo do Brasil


Imagem de capa do artigo "O Que é Crowdfunding: um Guia Com os Principais Sites de Financiamento Coletivo do Brasil"

Não é incomum ver pessoas adotando plataformas de financiamento coletivo ou criando um site profissional dedicado a arrecadar fundos para um novo empreendimento. Às vezes, os fundos são destinados ao lançamento de um novo produto, utras vezes, o objetivo é angariar dinheiro para uma instituição de caridade, a viabilização de um app, ou mesmo uma viagem para dar vida a um programa ou livro.


Independentemente do motivo da busca por financiamento, a tendência de crowdfunding cresceu e se tornou acessível a qualquer pessoa, desde seu amigo com uma boa ideia até empreendedores experientes. Mas, o que é crowdfunding e como a sua empresa ou projeto podem usá-lo para arrecadar dinheiro? O financiamento coletivo é uma tática complexa e, se você está apenas começando, é melhor aprender os detalhes antes de lançar sua campanha.



O que é crowdfunding?


Crowdfunding, ou em bom português, financiamento coletivo, é a prática de arrecadar dinheiro de vários indivíduos ou fontes para financiar um novo projeto. Frequentemente, empreendedores recorrem às redes sociais para compartilhar sua plataforma ou ideia visando inspirar outras pessoas a contribuir para uma campanha de crowdfunding.


O que o financiamento coletivo faz essencialmente é eliminar o vaivém entre empreendedores e investidores. Em vez de esperar por uma oportunidade de lançar uma ideia de produto para uma equipe de investidores, os empreendedores podem levar suas ofertas diretamente ao público para buscar apoio financeiro de pessoas, empresas e organizações interessadas. Em outras palavras, o tempo de espera entre ter uma ideia e captar recursos para torná-la realidade pode ser significativamente reduzido.



Como funciona o financiamento coletivo?


Com as diversas plataformas de financiamento coletivo disponíveis no mercado, o processo de lançar uma campanha se tornou mais fácil com o tempo, mas como se dá exatamente o financiamento coletivo, na prática? Bem, às vezes as campanhas de crowdfunding buscam financiamento na forma de doações ou investimentos, mas nem sempre é o caso. Algumas campanhas de financiamento coletivo oferecem um incentivo, como acesso especial ou descontos significativos no lançamento de um produto.


Ao configurar uma campanha de crowdfunding, você precisa definir uma meta de arrecadação de fundos, que geralmente é a quantia necessária para fazer seu projeto decolar. Você também precisará criar um senso de urgência definindo um limite de tempo para sua campanha, variando de algumas semanas a alguns meses. Depois que uma campanha está em andamento, os patrocinadores podem contribuir com apenas alguns dólares ou até com quantias maiores. Você deve definir diferentes níveis de contribuição ou abri-la.



Qual a diferença entre financiamento coletivo (crowdfunding) e vaquinha online?


A chamada "vaquinha" é uma velha conhecida dos brasileiros, e consiste em movimentar e engajar um grupo de pessoas para viabilizar um projeto financeiramente. A vaquinha online é a "prima moderna" dessa modalidade de angariamento de fundos, e assim como a "vaquinha offline", visa levantar determinadas quantias para uma causa — nesse caso, sem haver algo em troca ou que alguma recompensa esteja envolvida. Em suma, a vaquinha se resume a um apoio meramente financeiro, sem que existam muitas interações entre o anunciante e o apoiador.


Já o crowdfunding é um modelo mais complexo e completo de financiamento coletivo, envolvendo diferentes modalidades e formatos de viabilização. Os projetos de financiamento coletivo muitas vezes são encarados como um grande evento, por isso, é comum ver campanhas com uma estratégia de marketing digital bem elaborada, apostando em criar uma landing page de divulgação, postar nas redes sociais e enviar campanhas de email marketing, tudo para fomentar a interação e o engajamento dos apoiadores e fazer com que mais gente chegue até o projeto.



Os 4 principais tipos de financiamento coletivo


Existem alguns métodos diferentes de financiamento coletivo. O que funciona para arrecadar fundos para iniciar um negócio pode não funcionar para quem deseja arrecadar dinheiro para caridade. Por isso, é importante compreender as vantagens dos diferentes tipos de financiamento coletivo para encontrar aquele que se adapta aos seus objetivos e campanha.


Vamos dar uma olhada em 4 tipos de financiamento coletivo e como melhor usar cada um deles:


Tipos de financiamento coletivo:


  1. Recompensa

  2. Doação

  3. Imobiliário

  4. Equity/Investimento



01. Recompensa


Para o financiamento coletivo baseado em recompensa, as pessoas são incentivadas a apoiar um projeto com a contrapartida de que ganharão algo. Esse tipo de campanha é frequentemente usado para apoiar ideias como novos produtos de tecnologia ou outros empreendimentos criativos, como livros, séries ou exposições, que são normalmente lançados por pequenas empresas, artistas ou startups e funcionam muito bem para produtos B2C.


Normalmente, o financiamento coletivo baseado em recompensa oferecerá sugestões de doação em níveis, com cada nível de doação fornecendo ao apoiador um prêmio específico. Por exemplo, uma ilustradora e escritora que está procurando doações para sua próxima graphic novel pode oferecer adesivos dos personagens com uma doação de R$20, uma agenda para quem doar R$50 ou uma bolsa personalizada com todos os itens para doações de R$100.



02. Doação


As campanhas de financiamento coletivo com base em doações são geralmente realizadas por organizações sem fins lucrativos ou outras organizações de caridade para ajudar a angariar fundos e apoio. Normalmente, você verá organizações sem fins lucrativos menores ou organizações locais usando plataformas como a Benfeitoria para uma causa específica, como doações para comprar suprimentos para abrigos de animais. ONGs maiores ou organizações de caridade têm maior probabilidade de realizar campanhas diretamente através de suas próprias plataformas, ou mesmo buscar diferentes formatos de financiamento governamental, mas isso não significa que elas não possam usar o financiamento coletivo.


Além de instituições de caridade, você também pode ter indivíduos que buscam arrecadação de fundos com base em doações para ajudar a cobrir os custos de algo pontual. Podem ser doações para um procedimento médico ou reforma de uma casa após um desastre natural, ou até mesmo pessoas que desejam arrecadar fundos para uma competição esportiva ou participação em uma conferência.



03. Imobiliário


Antes de ficar muito animado, não, isso não significa que você pode fazer um financiamento coletivo para pagar sua primeira casa. O crowdfunding imobiliário é para pessoas que desejam investir em imóveis, mas querem evitar toda a burocracia que vem com isso, como lidar com contratos, agentes ou corretores.

Uma combinação de investimento e crowdfunding, o crowdfunding imobiliário permite que os contribuintes apoiem um projeto imobiliário específico em troca de participação na propriedade.


Devido à natureza deste tipo de financiamento coletivo, os projetos imobiliários são geralmente edifícios comerciais. A vantagem desse tipo de financiamento coletivo funciona bem para os apoiadores, pois fornece uma alternativa simples, flexível e de baixo custo para investir em imóveis.



04. Equity/Investimento


A modalidade de equity está presente em muitas plataformas de financiamento coletivo e permite que os apoiadores — ou nesse caso é melhor utilizado o termo "investidores" — se tornem sócios de empreendimentos específicos. O equity crowdfunding é centrado em investimento, tanto que já conta com o aval da CVM , a Comissão de Valores Mobiliários – regulador do mercado financeiro.


Em plataformas de investimento como a EqSeed, uma equipe de empreendedores (startup) que enxerga uma oportunidade no mercado, pode oferecer participação societária (equity) em troca de investimento dos outros usuários. O investimento, nesse caso, será utilizado para implementar seu plano de negócios. Assim, quando você aporta dinheiro através de uma rodada no equity crowdfunding, você recebe uma participação real na empresa, assegurando seu direito a uma parte de qualquer sucesso futuro da empresa.


É bom lembrar que investimento em empresas startups é de risco elevado e longo prazo, portanto, deve compor apenas uma parte de uma carteira diversificada de investimento (no máximo 10%). Apesar disso, investimentos feitos através de plataformas de equity crowdfunding oferecem a possibilidade de grandes retornos, caso a empresa obtenha sucesso.



Crie uma landing page para divulgar seu projeto


Uma landing page é uma página da web autônoma criada para atingir um objetivo: conversão. É um ótimo tipo de marketing e também pode ser usado como ferramenta de divulgação da sua campanha de financiamento coletivo.


Sua landing page pode aparecer em resultados otimizados de motores de busca, disparos de email marketing, posts nas redes sociais ou em publicidade online. Esse tipo de marketing é fundamental para gerar leads, atingir os clientes certos e informar a direção de sua estratégia de marketing como um todo.


As landing pages estimulam os usuários a clicar em uma frase de chamariz estratégica (CTA), como “Comece”, “Assine” ou, no caso do crowdfunding, "apoie"/"invista".



As 5 principais plataformas de crowdfunding no Brasil:


  1. Benfeitoria

  2. Catarse

  3. Kickante

  4. Vakinha

  5. Eqseed



01. Benfeitoria


A Benfeitoria é uma plataforma direcionada a mobilização de recursos para projetos com impacto social, cultural, econômico e ambiental, além de ter sido a primeira plataforma do mundo a não cobrar comissão e também a primeira do Brasil a oferecer novas modalidades de crowdfunding, como o financiamento coletivo Recorrente e o Match Funding.


A benfeitoria também oferece consultoria personalizada para todos os projetos, podendo acompanhar todas as fases de uma campanha. Mas para isso, o(a) idealizador(a) do projeto precisa colocar a mão na massa ao produzir todos os materiais de divulgação, promover a campanha, produzir e cumprir com a entrega de recompensas, e claro, realizar o projeto.


As principais plataformas de financiamento coletivo do Brasil: Benfeitoria

02. Catarse


O Catarse é um dos maiores sites de financiamento coletivo do país, e foi o primeiro a trazer o modelo de financiamento coletivo baseado em recompensas para o Brasil. Mais de meio milhão de pessoas já apoiaram pelo menos um projeto na plataforma, e mais de dez mil projetos já foram financiados por lá.


Em seu leque, a plataforma já viu passar projetos de arte, ativismo, ciência, de empreendedorismo e muito mais. O Catarse recebe campanhas bastante diversas e cobra uma comissão de 13% dos projetos na modalidade tudo-ou-nada bem sucedidos e das quantias arrecadadas por projetos que utilizam a modalidade flex.


O Catarse ainda possui a Escola do Financiamento Coletivo, que oferece apoio e conhecimento para quem quer começar seu projeto na plataforma. Lá você pode acessar conteúdos como e-books, vídeo-aulas, entrevistas com realizadores e guias ilustrados.


As principais plataformas de financiamento coletivo do Brasil: Catarse


03. Kickante


O Kickante é um site de crowdfunding bastante flexível. A plataforma recebe campanhas com metas variadas, possui possibilidades diversificadas de pagamento de contribuiçõeos, não tem taxas para o lançamento de campanha, e também não cobra tarifas de quem quer contribuir.


A plataforma abriga desde campanhas de grandes ONGs como Greenpeace e Médicos Sem Fronteiras, até projetos pessoais de arte, escrita, áudio-visual e mais. O Kickante aceita tanto campanhas do tipo “tudo ou nada”, em que você recebe o valor arrecadado apenas ao atingir a meta estipulada, quanto campanhas no modelo “flexível”, em que você recebe o valor arrecadado, mesmo que não atinja a meta. que


Uma ótima vantagem é que o Kickante também permite doações vindas de outros países via PayPal.


As principais plataformas de financiamento coletivo do Brasil: Kickante


04. Vakinha


O Vakinha existe desde 2009, sendo um dos pioneiros do financiamento coletivo no Brasil. O site foi lançado com uma proposta simples e poderosa de levar a prática de fazer uma vaquinha para o universo online. Hoje, o Vakinha é um dos maiores sites de doações online do Brasil e da América Latina, sendo utilizado para vaquinhas de casamento, ajuda para animais, solidariedade, vaquinhas para educação, e inúmeros outros objetivos.


As principais plataformas de financiamento coletivo do Brasil: Vakinha


05. Eqseed


A EqSeed é a líder do setor de equity crowdfunding no Brasil, com o maior volume captado. A empresa conta ainda com o maior número de exits para investidores Brasileiros, com quatro empresas do portfólio sendo adquiridas recentemente, o que gerou ótimos retornos em pouquíssimo tempo.


Para quem se interessa por esse investimento, a ideia é conseguir comprar participação cedo em start-ups e empresas promissoras, com a expectativa de que elas venham a abrir capital na bolsa, gerar dividendos ou serem vendidas para alguma grande companhia por um preço muito superior ao pago em alguns anos.


As principais plataformas de financiamento coletivo do Brasil: Eqseed


Hannah Beltrão - Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

Por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png