top of page

20 logos famosos com 20 curiosidades


20 logos famosos com 20 curiosidades

Alguns logos chamam muita atenção, mas há um bom motivo para isso. Os logos mais famosos da atualidade são o resultado de grandes histórias, sonhos ambiciosos e das mentes criativas por trás das marcas.


Claro, há muito pensamento estratégico envolvido na criação de um logo impactante. As empresas que apresentamos neste artigo levaram muitos aspectos em consideração ao buscar inspiração para o logotipo perfeito, como a psicologia de seu público-alvo, os valores centrais da sua marca e a mensagem que queriam transmitir aos clientes.


Ao pesquisar para criar o seu logotipo, não deixe de conferir estes 20 logos famosos, com 20 curiosidades que irão surpreender você. A propósito, observe que muitos desses logos não ficaram famosos na primeira tentativa. Eles, no entanto, foram constantemente redesenhados até chegarem ao design influente que têm atualmente.



01. Amazon


Jeff Bezos, fundador da Amazon, esteve envolvido em cada iteração do famoso do logo da marca, recorrendo ao designer Turner Duckworth para executar o trabalho. O versátil logo atual da Amazon entrou em cena no ano 2000. Ele apresenta um wordmark do nome da marca com um elemento simples, mas distinto: um sorriso formado por uma seta laranja.


Curiosidade: o sorriso tem dois significados interessantes. Primeiro, a linha começa na letra “A” e termina na letra “Z” para representar o fato de que a Amazon entregará qualquer produto do ponto A ao ponto Z. A ilustração do sorriso foi usada para evocar o rosto sorridente dos clientes quando eles recebem um pacote da Amazon em suas casas.



Logo da Amazon


02. Disney


Em uma ode à infância, à diversão e ao entretenimento, o logo da Disney nos lembra a magia idealizada pelo fundador Walt Disney. O icônico castelo da Disney foi introduzido no logo em 1995 e, em 2006, o emblema recebeu, com a ajuda da Pixar, uma incrível pitada de tecnologia que o transformou em 3D.


Curiosidade: é a assinatura verdadeira de Walt Disney? Não exatamente. Embora essa caligrafia seja uma versão estilizada da do fundador, ele mudou sua assinatura tantas vezes que se tornou impossível para os designers acompanhar todas elas.


Nas palavras do especialista em artigos colecionáveis ​​da Walt Disney, Phil Sears, "Walt conscientemente alterou sua assinatura com o passar dos anos, da mesma forma que mudou a aparência do Mickey Mouse ao longo do tempo. A assinatura de Walt era diferente a cada década, com pequenas alterações mesmo a cada par de anos".

Logo da Disney


03. Nike


O swoosh da Nike é provavelmente o símbolo mais famoso do mundo dos esportes. Quando foi criado, Phil Knight, proprietário da marca, tinha um objetivo em mente: um logo simples que transmitisse movimento e velocidade. Uma parte importante da criação de logos é conseguir se diferenciar dos concorrentes. No caso da Nike, eles queriam se diferenciar da Adidas, um de seus maiores concorrentes na época.


Carolyn Davidson foi a designer que executou o projeto, fazendo história com o swoosh que todos conhecemos hoje. O swoosh é um poderoso símbolo de logo, e foi inspirado na asa de Nike, a deusa grega que representa a vitória.


Curiosidade: quando a equipe de branding original da Nike escolheu o swoosh, Knight disse “não amei, mas vou acabar gostando”.



Logo da Nike


04. McDonald’s


O par de "arcos dourados" do McDonald's é um logo de restaurante tão bem-sucedido que se tornou um ícone cultural.


Desde o seu lançamento oficial, o logo do McDonald's passou por várias reformulações, sendo a mais recente feita pela Heye & Partner em 2003. Hoje, o logo moderno é simples, amarelo (ocasionalmente acompanhado de um vermelho vibrante) e muitas vezes combinado com o slogan “Amo muito tudo isso.”


O logo do McDonald's é reconhecido em todo o mundo e se tornou um símbolo de fast food. O que começou como uma pequena hamburgueria em San Bernardino, Califórnia, conseguiu uma das maiores façanhas de design de logo e branding.


Curiosidade: de onde vêm os arcos? O primeiro restaurante McDonald's foi aberto por Richard e Maurice McDonald em 1937. Mas foi apenas em 1952 que os arcos foram apresentados pela primeira vez à marca.


No imóvel da primeira loja franqueada foram instalados semicírculos estilizados pelo fabricante de placas George Dexter. Os arcos foram adicionados à estrutura para formar a letra “M”, e Ray Kroc os incorporou ao novo logo da lanchonete quando comprou o McDonald’s em 1961.



Logo do Mc Donald's


05. Gucci


Acessível ou não, o logo da Gucci incorporou seu famoso esplendor em nossas mentes como consumidores. E isso também foi feito com classe.


Guccio Gucci lançou a marca de moda em 1921, com foco no mercado de luxo, mas foi somente em 1933 a casa de moda tomou a decisão de criar um logo. O logo da marca, que apresenta um lettermark com dois "Gs" entrelaçados, também acabou sofrendo alterações em seu design ao longo do tempo.


Em 1951, o emblema de fita vermelha, branca e verde da Gucci foi incorporado no design. Em homenagem ao país natal do fundador, a Itália, a combinação de cores é frequentemente utilizada ao lado do logo em vários produtos da marca, como roupas e bolsas. Em 2015, uma ligeira reformulação foi introduzida no logo icônico, posicionando os dois G's voltados para a mesma direção.


Curiosidade: o famoso logo da marca foi criado pelo filho de Gucci, Aldo, para representar as iniciais de seu pai. Enfatizando ainda mais a extravagância, ele também simboliza os elos de uma pulseira.



Logo da Gucci


06. Chupa Chups


O logo da empresa espanhola de pirulitos é particularmente singular, pois foi desenhado pelo famoso artista surrealista Salvador Dalí em 1969. Ele escolheu criar um design de margarida em cores vivas para chamar a atenção, mas também porque, desta forma, a embalagem se encaixaria perfeitamente em uma pirulito. Dalí sugeriu este design para deixar a marca sempre em destaque.


Curiosidade: o nome da empresa vem do verbo espanhol “chupar”, que tem o mesmo significado em português.



Logo Chupa Chups


07. Coca Cola


Este logo dispensa apresentações. A Coca Cola tem mantido uma versão similar de seu logo original desde a abertura da empresa, em 1886. A fonte Spenceriana é elegante e representa a caligrafia clássica da época.


Embora tenha sido ligeiramente reformulada desde então, a Coca-Cola permaneceu fiel ao seu estilo clássico. O tom vermelho vivo e a assinatura são tão marcantes que um consumidor pode reconhecer o logo mesmo quando traduzido para diferentes idiomas.


Curiosidade: este famoso logo foi criado pelo contador do fundador, Frank Mason Robinson, que sugeriu que os dois “C” ficariam fantásticos nos anúncios.



Logo da Coca-Cola


08. Google


O logo do Google é relativamente simples, considerando que trata-se de uma das marcas mais conhecidas do mundo. Tão conhecida que se tornou sinônimo do verbo “pesquisar”. A designer Ruth Kedar criou o logo com a fonte Baskerville Bold, mas desde então ele foi adaptado para um design mais minimalista, usando uma fonte sem serifa criada pela própria empresa.


Como este é um logo ligado à inovação e informação, ele é periodicamente transformado em um "Google Doodle" para comemorar feriados, eventos, personalidades notáveis ​​e muito mais.


Curiosidade: a paleta de cores do logo — primárias com um L verde "penetra" — foi escolhida com a participação dos fundadores Larry Page e Sergey Brin, que queriam transmitir a mensagem de que a empresa não segue regras, preferindo quebrá-las.



Logo do Google


09. Instagram


O Instagram não existe há muito tempo, por isso é mais fácil lembrar do logo original da marca, criado em 2010. Tratava-se da imagem de uma câmera com cores lisas em tons de marrom, que visava atrair um público formado principalmente por fotógrafos. No entanto, em 2016, o Instagram decidiu fazer uma mudança quando percebeu que seu público se diversificou rapidamente.


Os usuários não eram apenas fotógrafos, mas incluíam Millennials, Geração Z e algumas marcas e influenciadores poderosos. O intuito das cores vibrantes em estilo ombre do logo atual é refletir o espírito do público amplo e diversificado do aplicativo.


Curiosidade: o logo original foi criado pelo próprio CEO do Instagram, Kevin Systrom.


Logo do Instagram


10. Dove


A Dove é uma empresa que se preocupa tanto com o seu nome quanto com os produtos de higiene pessoal clássicos que fabrica. O logo, criado por Ian Brignell, combina uma fonte elegante com o símbolo delicado de uma pomba ("dove", em inglês, significa "pomba"). Desde seu lançamento em 1955, sempre manteve uma apresentação sofisticada que incentiva o autocuidado acessível.


Não precisamos prestar muita atenção no logo para perceber que o formato do símbolo reflete o pássaro associado ao nome da marca. Além dele, o logo apresenta um wordmark utilizando uma interpretação modificada da fonte original da marca.


Curiosidade: as cores da marca — branco, azul e dourado intenso — pretendem evocar sentimentos de ternura, clareza e luxo. Essas são associações que fazem sentido para uma empresa que foi pioneira na apresentação de “mulheres reais” em seus anúncios.

Logo da Dove


11. Lego


O logo da Lego, marca lançada em 1932, sofreu uma série de modificações até a introdução da famosa versão conhecida atualmente, criada em 1973. Nessa época, a empresa começou a distribuir seus produtos, originários da Dinamarca, para os EUA. Eles queriam reformular a marca e incorporaram características modernas do design de logo, como as cores vermelho e amarelo vibrantes, e tipografia clean. Esses elementos levaram a um wordmark mais universal, altamente acessível para clientes de todas as idades.


Em 1998, o logo foi ligeiramente atualizado, comprimindo o texto expandido e saturando as cores. As letras mais "cheias" da marca Lego remetem à estrutura do próprio produto, lembrando a simplicidade lúdica desses brinquedos adorados. Não é à toa que foi escolhido como o brinquedo do século 20.


Curiosidade: você sabia que o nome Lego é derivado de uma abreviação das palavras dinamarquesas “leg godt”, que significa “brincar bem”. As associações apresentadas pelos logos começam a se formar em nossos cérebros desde a infância.



Logo da Lego


12. National Geographic


Quando um logo é eficiente, os clientes associam até mesmo os elementos de design mais básicos à sua marca. É o caso da National Geographic, cujo nome vem à mente quase imediatamente com a visão de seu conhecido símbolo. Criado por Chermayeff & Geismar, o famoso logo apresenta uma caixa retangular em tom amarelo ao lado de um wordmark disposto em dois níveis com letras em caixa alta.


A marca construiu sua identidade como revista e o retângulo faz alusão não somente à estrutura do impresso, como também às fotografias maravilhosas publicadas nas diversas edições.


Curiosidade: a cor amarela representa o sol, que brilha em todo o mundo, assim como o alcance global deste canal.

Logo da National Geographic


13. Audi

Quatro anéis interconectados formam o símbolo do logo da montadora alemã Audi. Cada anel representa uma das quatro marcas que se uniram para a formação da Auto Union: Audi, DKW, August Horsch e Wanderer.


Como às vezes é necessário ao pesquisar a melhor fonte para o seu logo, esse famoso exemplo exigia uma tipografia personalizada. A fonte da Audi (Audi sans) foi elaborada especialmente e atualizada em 1997, quando foi criada a "Audi type", que aparece nos materiais de marketing da marca até hoje.


Curiosidade: por causa da semelhança com os anéis olímpicos, a Audi foi processada pelo Comitê Olímpico Internacional em 1995 (o Comitê Olímpico perdeu a batalha).



Logo da Audi


14. Facebook


Considerando que o Facebook é uma empresa relativamente nova, seu logo não sofreu alterações consideráveis desde sua criação por Mike Buzzard, em 2005. Mas, afinal, por que mudar um logo que está dando tão certo? Especialmente quando ele é visto por cerca de 2 bilhões de usuários diariamente.


A simplicidade do logo é caracterizada por uma tipografia em caixa baixa, que deixa clara a intenção descontraída do site: conectar-se com amigos e familiares e se divertir. O uso dos clássicos azul e branco em todos os ativos da marca foi uma ótima decisão: na psicologia das cores, o azul desperta otimismo e é frequentemente associado a empresas de alta tecnologia. Ao adicionar o branco, a composição torna-se leve e dinâmica.


Curiosidade: a revista New Yorker afirmou que o esquema de cores azul e branco do logo do Facebook foi originalmente escolhido por causa da deuteranopia de Mark Zuckerberg, uma forma de daltonismo em que a única cor que a pessoa consegue identificar facilmente é o azul.



Logo do Facebook


15. Guinness


A Guinness tem um dos logos mais nobres do mercado de cervejas. O emblema da harpa, uma marca instantaneamente reconhecível, é inspirado em uma harpa irlandesa do século XIV conhecida como “O’Neil”.


Acompanhado do wordmark "Guinness" e, ocasionalmente, da assinatura do fundador Arthur Guinness, este logo ostenta orgulhosamente a tradição de cerveja de qualidade e celebra o seu legado. Mesmo a mais recente versão do logo, criada em 2016, revisita as técnicas do século XIX, homenageando a longa história da marca.


Curiosidade: a mesma harpa que pode ser vista no famoso logo é também o emblema nacional da República da Irlanda. Como a Guinness registrou o símbolo primeiro, o governo teve que inverter a posição de sua harpa oficial.



Logo da Guiness


16. Starbucks


O logo original da Starbucks, criado em 1971, apresentava um desenho à mão de uma sereia de cauda dupla. Baseado em uma gravura nórdica do século XVI, o emblema foi escolhido para representar a atmosfera de cidade marítima da loja

principal da rede de cafeterias, localizada em Portland.


Em 1987, Terry Heckler foi contratado para recriar o famoso logo. Ele transformou a antiga criatura aquática em uma deusa, trocou o marrom por verde e deu ao logotipo um aspecto mais nítido. Em 2011, a Starbucks entendeu que sua marca era tão amplamente reconhecida que poderia abandonar alguns elementos do design do logo. Um trabalho de rebranding os levou a eliminar o círculo, o próprio nome da marca e as estrelas, deixando que a sereia atraísse os clientes por conta própria.


Curiosidade: no redesign feito em 2011, uma pequena mudança foi feita no nariz da sereia para deixar seu rosto assimétrico. A empresa de design responsável, Lippincott, tomou essa decisão para dar ao rosto uma aparência mais “humana”.

Logo da Starbucks

17. Cirque du Soleil


O famoso logo do grupo circense canadense foi criado em 1984, e na época lembrava um desenho feito à mão relativamente detalhado, cheio de cores e camadas. Mas, como muitos exemplos que analisamos neste artigo, o sol do Cirque du Soleil foi modernizado ao longo dos anos.


Em 1991, surgiu a primeira nova versão, apresentando um design arrojado que permaneceria com a empresa por quase duas décadas. Muitos detalhes do pôr do sol foram eliminados, tornando o desenho mais simples. A simplicidade não era apenas uma tendência de design de logo da época, a adaptação também permitiu que a marca replicasse o logo em diferentes tamanhos e formatos — um sinal (e necessidade) dos tempos.


Por fim, a empresa introduziu um logo ainda mais refinado em 2017, usando menos detalhes e a cor dourada.


Curiosidade: o logo de sol colorido inicial e o nome da empresa tiveram como inspiração o momento em que o fundador, Guy Laliberté, viu seu primeiro pôr do sol havaiano.


Logo do Cirque du Soleil


18. O zoológico do Bronx


Desde sua abertura em 1899, o Zoológico do Bronx ("The Bronx Zoo") tornou-se uma marca por si só. O enorme parque abriga mais de 4.000 animais e é um dos zoológicos mais famosos do mundo. Faz sentido que seu logo faça referência à vida selvagem.


O logo apresenta duas girafas com pássaros voando ao fundo. O símbolo marrom é combinado com o texto laranja em uma fonte com serifa, apresentando o nome do zoológico. Embora algumas variações do logo usem texto em preto, esse esquema de cores quentes evoca a natureza e oa vida ao ar livre.


Curiosidade: um olhar mais atento revela que este logo reverencia a própria Manhattan. O espaço negativo é usado para criar uma visão alternativa da imagem: o famoso skyline da metrópole.


Logo do zoológico do Bronx


19. Apple


O logo da Apple é tão famoso que há um livro escrito sobre ele. Embora atualmente seja sinônimo de inovação e conhecimento, o designer Rob Janoff o criou prezando a simplicidade. Afinal, era isso que Steve Jobs tinha em mente quando criou a empresa. Ao ser questionado em uma entrevista coletiva em 1981 sobre o motivo de ter escolhido o nome Apple (que em português significa "maçã"), Jobs respondeu: “o fruto da criação, a maçã, que era simples, mas forte.”


Como a primeira versão do logo estava desatualizada, Jobs trouxe Janoff para dar à marca um novo design após um ano. Janoff ficou sentado em frente a uma tigela de maçãs por semanas, tentando reduzir a imagem ao seu formato mais simples. Com grande sucesso, ele apresentou a primeira maçã multicolorida, com uma assinatura “byte” (uma brincadeira entre as palavras "bite", que em português significa "morder" e "byte", que faz referência ao mundo digital). Hoje, o logo é incolor, elegante e minimalista— e um dos mais famosos do mundo.


Curiosidade: o símbolo que conhecemos hoje foi a única opção produzida por Janoff. Como a Apple era uma pequena startup na época, não havia um briefing claro para o design, nem tempo ou dinheiro para uma alternativa. Embora Janoff tenha admitido que não recomendaria isso como uma dica de design de logo, neste caso sua intuição teve um resultado favorável.


Logo da Apple


20. Ford


Este logo mudou drasticamente desde que foi criado pelo amigo e designer de Henry Ford, Childe Harold Wills. Lançado em 1903, o logo da Ford começou como um emblema ornamentado em preto e branco.


Hoje, a Ford ostenta uma versão modernizada da assinatura da empresa automobilística, introduzida em 1912. O formato oval foi redesenhado na década de 1970, quando recebeu alguns sombreados 3D, e passou a estampar o conhecido azul que associamos à marca.


Curiosidade: o famoso designer Paul Rand criou uma versão do logo na década de 1960. Henry Ford II, que o contratou, acabou rejeitando a proposta argumentando que era muito moderna para a marca americana.


Logo da Ford




Por Equipe Wix

pt03.png
bottom of page