Guia Completo: Como Criar um Logo do Início ao Fim


Exemplo de logo de marca fictícia chamada "four" em criação

Quase como um rito de passagem para quem está começando seu próprio negócio online, o ato de criar um logo é um passo essencial para o sucesso de uma marca. Um logo claro, direto e criativo, ajuda a construir o reconhecimento de uma empresa e a dominar o mercado em qualquer setor.


Quando você embarca em seu processo de criação do design de um logo, é preciso entender que esse é um empreendimento que exige tempo, reflexão, criatividade e colaboração, mas que no fim, vale 100% a pena. Ao contrário do que você possa imaginar, não é necessário ter experiência em design ou um grande orçamento para designers gráficos fazerem um logo de qualidade para você.


Desde encontrar inspiração até escolher as cores e fontes certas, este guia irá mapear o processo de criação de um logo do início ao fim, para que você possa fazê-lo por conta própria. Sua missão - caso você decida aceitá-la - é usar essas diretrizes e criar um logo que seu público não esquecerá.



O que é um logo?


Um logo é um design de marca que funciona como um símbolo para uma determinada empresa, representando a essência de seu propósito e personalidade. Assim como o onipresente "swoosh" da Nike ou os arcos dourados do McDonald's, seu logo se tornará a cara da sua marca, atuando como um fator de identificação que o público reconhecerá ao longo do tempo e, por fim, associará à confiança em seus serviços, conteúdo ou produtos.


Logos vêm em diferentes formas, variando de texto a imagens e símbolos. Depois de concluído, ele é estampado nos ativos de marketing de uma empresa, como seu site, cartões de visita e materiais de embalagem.



Por que você precisa de um logo?


Por menor que seja, seu logo desempenha um grande papel na estratégia de marketing de sua empresa. Seu logo comunicará a missão única de sua marca para diferenciá-la de outras em seu nicho de mercado. Esse pequeno e importante ativo de marca torna isso possível ao atuar como uma referência visual para novos e potenciais clientes, criando uma conexão com públicos que levará ao engajamento, fidelidade e crescimento da sua empresa.


Exemplo de aplicação de logo da marca fictícia "Sophia Moore" em cartão de visitas, camiseta, eco bag, adesivo e visualização digital


Qual o segredo de um logo de sucesso?


Embora a maioria dos aspectos do design do seu logo se desdobrem ao longo do processo de criação, definitivamente existem algumas dicas essenciais que você deve ter em mente desde o início. Portanto, antes de se tornar seu próprio designer gráfico, observe as qualidades que fazem um bom logo:


  • Simplicidade: a frase “menos é mais” nunca foi tão adequada. Na maioria dos casos, os logos menos complicados são os mais fáceis de reconhecer, então tente criar um logo com uma mensagem simples que seja fácil para as pessoas se conectarem.

  • Representatividade: seu logo deve atrair seu público-alvo e retratar os valores de sua empresa. Certifique-se de que os elementos que você usa em seu design são relevantes para seu nicho e representam sua marca com precisão.

  • Atemporalidade: você pode querer aprimorar o design do seu logo com o tempo, mas ao começar, deve ter como objetivo criar este logo como se fosse o primeiro e último. Concentrando-se na qualidade e evitando designs que seguem tendências momentâneas, você criará um logo que ficará com você ao longo dos anos.

  • Versatilidade: você vai querer um design que tenha uma boa aparência, não importa onde seja colocado. Um logo que pode ser redimensionado e exibido em diferentes mídias, aumentará a visibilidade da sua marca e evitará limitações inconvenientes.



Como criar um logo em 10 passos


Ao criar seu próprio logo, comece encontrando o melhor criador de logos para ajudá-lo. O Criador de Logo Wix permite criar um logo da maneira que você quiser e personalizar os detalhes do seu design de uma forma simplificada.


Claro, você sempre pode contratar um designer gráfico, mas isso pode ser um empreendimento caro para o qual você pode não ter os recursos ainda. De qualquer forma, os passos a seguir garantem um processo de construção de logo tranquilo e satisfatório:


  1. Defina a identidade visual da sua marca

  2. Inspire-se

  3. Determine o estilo do seu logo

  4. Escolha uma categoria de logo

  5. Escolha uma paleta de cores

  6. Escolha uma fonte

  7. Crie seu logo

  8. Faça um filtro dos seus resultados

  9. Tome a decisão final

  10. Mostre seu logo para o mundo



01. Defina a identidade visual da sua marca


Como já destacamos anteriormente, um logo é um ativo de marca extremamente importante, mas é preciso dizer que ele é, na verdade, uma peça de um quebra cabeça bem mais complexo. Sua marca consiste em muitos componentes: um site profissional, conteúdo escrito e material de marketing - apenas para citar alguns. Todas essas partes têm um objetivo em comum: formam a identidade visual e de estilo de uma marca para representar e comercializar com sucesso seus produtos e/ou serviços, bem como o possível lifestyle proposto pela empresa.


Em suma, uma identidade de marca é o tom de voz e a aparência visual de sua marca, usados para transmitir sua missão ao resto do mundo. Você pode dizer que a identidade da sua marca é a alma do seu negócio e, como tal, precisa ser refletida através de seus elementos visuais e escritos. Com isso em mente, seu logo deve ser consistente com o resto da personalidade que você escolheu para sua marca.



02. Inspire-se


Todos sabem que a inspiração pode vir de qualquer lugar e a qualquer momento, mas para simplificar essa etapa, vamos dividi-la em duas partes, já que, em suma, a inspiração pode vir:


  1. De meios externos

  2. De dentro de nós mesmos e nossas vivências.


Primeiro, explore o universo dos logos ao seu redor. Preste atenção aos logos que você encontra diariamente e seja proativo ao fazer pesquisas online. Você pode descobrir tendências relevantes e encontrar ideias interessantes navegando em diferentes blogs de design ou nos painéis do Pinterest e contas do Behance de designers bem estabelecidos no mercado. Aqui, vale lembrar que o ato de se inspirar em algo passa longe da cópia. Anote e guarde suas percepções sobre elementos, cores, fontes e estilos para, mais à frente, mixá-los e chegar a um design só seu.


A pesquisa da concorrência também ajudará a inspirar o design do seu logo. Dessa forma, você pode ver o que as pessoas em seu setor estão fazendo, anotar o que funciona e o que não funciona e, o mais importante, garantir que seu logo não seja muito semelhante ao de outra pessoa.


Em seguida, procure inspiração dentro de você. Não estamos falando sobre sentar-se na posição de lótus e meditar para os deuses do branding (a menos que essa seja sua praia). Em vez disso, passe algum tempo refletindo sobre sua visão para o logo perfeito - crie moodboards, colagens, revise suas notas e busque elementos provenientes de viagens, da história da sua marca, do quadro de fundadores (caso você não seja o único) e muito mais.


Leve esse processo a sério, mas torne-o divertido criando listas de adjetivos para descrever sua marca ou espalhando fotos e souvenirs pelo chão. Além disso, considere reunir seus colegas e amigos para ajudar a fazer a bola rolar.


Esses momentos criativos com você e sua equipe são importantes para aprimorar e aprofundar a mensagem e o propósito de sua marca.



03. Determine o estilo do seu logo


A combinação de elementos em qualquer logo deve formar um estilo coeso. E assim como nas belas-artes - há uma variedade de estilos estéticos que um logo pode incorporar.


Embora determinar a direção estilística de seu logo possa parecer uma etapa intuitiva, você deve fazer isso enquanto contempla e agrupa os elementos de identidade da marca e a inspiração que você coletou durante o seu processo criativo.


A sua marca é clássica? Então você pode ir para um design de logo com fontes sofisticadas e esquemas de cores básicos. A sua marca é minimalista? Nesse caso, você evitará incluir imagens complexas e poderá optar por um design de logo moderno. A sua marca está na moda, sempre alinhada com as últimas tendências? Você pode optar por designs abstratos ousados.


Seja qual for o estilo que você decidir, determinar isso antes de iniciar o processo de criação real o ajudará a estar atento aos elementos que podem torná-lo realidade.


Exemplo de diferentes versões de um logo para a marca fictícia "Outland Pinnacles", com exemplos laterais de paleta de cores e fontes


04. Escolha um tipo de logo


Ao pensar em como criar esse importante elemento da sua identidade visual, lembre-se de que existem diferentes categorias de logo. Do texto simples à inclusão de símbolos, ou mesmo uma imagem única - as várias formas que os logos assumem devem ser consideradas antes de você criar sua pequena obra-prima. Cada um deles mudará o resultado do seu design, então pense: qual deles se encaixa melhor com a identidade da sua marca e com o público que o verá?


Marca nominativa (Wordmark)


Uma marca nominativa consiste apenas em letras exibidas em uma fonte específica. Esse tipo de logotipo inclui o nome da sua marca e pode ser ótimo se você já tiver um nome de marca cativante e/ou diferente.


Exemplo de logo no estilo marca nominativa (Wordmark) para a marca fictícia "Gentlemen's barber shop"

Monograma


Semelhante a uma marca nominativa, o design de um monograma é baseado em tipografia. No entanto, os monogramas incluem apenas as iniciais da sua empresa.


Exemplo de logo no estilo de monograma para a marca fictícia "Capp"

Marcas Pictóricas (Símbolos)


Também conhecidos como marcas pictóricas, os logos de símbolos usam um único ícone para representar sua marca (sem texto). Marcas de pictóricas bem feitas têm potencial para se tornarem virais, mas lembre-se de que é um desafio conseguir reconhecimento sem incluir o nome da empresa, principalmente se você está começando agora.


Exemplo de logo no estilo de Marca Pictória

Logo abstrato


Afastando-se da representação pictórica, um logo abstrato recorre a formas geométricas para criar uma imagem verdadeiramente única.


Além de ser único, um logo abstrato abre as portas para empresas globais, cujo público não terá que se preocupar em pegar referências locais ou ler textos em idioma estrangeiro.


Exemplo de logo geométrico abstrato

Emblemas


O logotipo do emblema representa um estilo mais clássico e geralmente é projetado para incluir imagens ou ícones com um texto dentro. Embora incorpore um ar tradicional, os logos de emblema foram modernizados com sucesso e usados em marcas ao longo do final do século 20 até agora.


exemplo de logo no estilo "Emblema" para a marca fictícia The Classic Vintage Car Festival (marca em preto e branco)

Combination mark


Como o nome indica, um logo de combinação incluirá texto e imagens. Isso pode significar uma marca com um mascote, uma marca com um símbolo ou desenho abstrato, ou qualquer combinação entre os dois. Para iniciantes, a marca de combinação é um bom lugar para começar, dado que as imagens e o texto trabalharão juntos para reforçar o reconhecimento da sua marca.


Exemplo de logo no estilo "Combination mark" para a marca fictícia "Shake"


05. Escolha uma paleta de cores


As cores têm um enorme poder. A psicologia da cor nos diz que diferentes matizes e tons podem provocar emoção no público, impactando seu comportamento. A intenção ao escolher uma paleta de cores para seu logo serve a dois propósitos: primeiro, para obter a reação que você deseja de seus clientes e, segundo, para aumentar a capacidade de reconhecimento de sua marca.


Quando se trata de opções de cores, podemos dividir os logos em três categorias: logos em preto e branco, monocromáticos ou logos de combinação de cores. Um tema em preto e branco pode se adequar ao seu logo se você estiver optando por um estilo minimalista e elegante ou um design clássico. Logos monocromáticos funcionam bem com marcas nominativas ou de monogramas, e podem causar um forte impacto ao associar ainda mais uma cor individual à sua marca. Exemplos de sucesso são o vermelho exclusivo associado à Coca-Cola ou o turqueza chamado de Robin Egg Blue da Tiffany.


As combinações de cores também têm um efeito forte. A mistura certa complementará perfeitamente um design de logo abstrato e criará variação e profundidade ao trabalhar com uma categoria de logo de combinação. Se você for nessa direção, é recomendável manter apenas de 2 a 3 tons. Decida se você deseja que sua combinação de cores seja complementar (usando cores que ficam diretamente em frente uma da outra na roda de cores) ou análoga (usando cores que ficam próximas umas das outras na roda de cores).


Não se esqueça, as cores do seu logo devem ser guiadas pela identidade da sua marca para manter a consistência.



06. Escolha uma fonte


Se você planeja criar um logo nominativo, de monograma ou uma combinação, você precisará contemplar quais são as melhores fontes para o seu logo. Semelhante à sua escolha quanto à paleta de cores, sua escolha de tipografia deve ampliar a personalidade e a visibilidade do seu logo. Embora existam infinitas variedades de fontes, você pode começar descartando algumas das famílias de fontes básicas: serif, sans-serif, escrita ou fontes altamente estilizadas.


Sua fonte pode ser aplicada ao design do seu logo de diferentes maneiras. Um design minimalista pode exigir que você inclua uma fonte serif ou sans serif simples - algo limpo, legível e direto. Ao trabalhar com um logo de combinação, a mesma necessidade de uma fonte limpa e legível pode se aplicar, mas você também precisará considerar o alinhamento e o equilíbrio das imagens com o seu texto.


Às vezes, a tipografia pode ser usada de maneiras interessantes para se tornar um elemento de design intrigante por si só. Ultimamente, muitas marcas vêm tentando criar logos de palavras ou letras com texto sobreposto, ou fontes embelezadas que se destacam.



07. Crie seu logo


Agora que você delineou seus elementos, é hora de abrir o Criador de Logo Wix, incorporar seu próprio designer e montar tudo até que sua visão do logo ideal se torne realidade.


A plataforma usa inteligência artificial para guiá-lo passo a passo. O processo começa com perguntas semelhantes às que abordamos acima, solicitando que você insira o nome da sua empresa, descreva a identidade da sua marca e defina seu estilo e personalidade. Depois disso, ele irá gerar um grupo de resultados que você pode escolher e editar para personalizar posteriormente.


Se você estiver trabalhando com um designer gráfico, este será o ponto em que você comunicará sua visão, deixando-os com a tarefa de criar uma amostra de opções de logo para começar.



08. Faça um filtro dos seus resultados


Talvez você acerte o design do seu logo de primeira - mas é mais provável que você queira voltar às opções geradas pelo Criador de Logo ou pelo designer gráfico para refinar e personalizar ainda mais seus resultados.


Este é o estágio em que você editará e aperfeiçoará suas opções de logo. Use as ferramentas disponíveis para ajustar o layout, as cores, a fonte, o estilo e as imagens de seu logo até obter os resultados desejados.


Dica profissional: É recomendável produzir alguns logos acabados e variações diferentes de que você goste antes de bater o martelo na decisão final.



09. Tome a decisão final


Agora que você está satisfeito com as opções de logo, é hora de tomar a decisão final sobre seu design. Embora se trate do seu logo, e você tenha a palavra final, é uma boa ideia apresentar suas opções para colegas de confiança, amigos ou familiares para ver a reação deles.


Se você é ativo nas redes sociais, pode obter ainda mais feedback pesquisando seu público. Poste opções em seu feed ou nos stories e peça aos seguidores que votem nos resultados. Essa não é apenas uma ótima maneira de ver como o público reage, mas também uma tática de marketing inteligente que definitivamente criará entusiasmo em torno de sua nova identidade visual.


Após receber todos esses comentários, você pode pegar ou largar. Apenas tenha em mente que essas pessoas representam seu público ideal, então será interessante (para não dizer valioso) ouvir seus comentários antes de chegar a um consenso.


Por último, mas não menos importante, avalie seus resultados e escolha o design do logo que conversa com seu público e satisfaz sua visão. Não se contente com nada menos do que o logo dos seus sonhos.


Diversas opçõe de logo para a mesma marca fictícia de plantas e arranjos florais "Plenty Plants"


10. Mostre seu logo para o mundo


Você tem um logo incrível em suas mãos - agora é hora de implementá-lo e mostrá-lo para o mundo. Comece criando arquivos de imagens de alta qualidade do seu logo. Os arquivos PNG e JPG funcionarão bem no seu site e nas redes sociais. Um arquivo vetorial (SVG ou PDF) permitirá maior escalabilidade - garantindo a qualidade da imagem do seu logo em qualquer tamanho e em todos os materiais impressos. Certifique-se de fazer o download de todas essas versões e sempre tê-las organizadas em mais de um local.


Depois que seus arquivos de logo forem baixados, é hora de estampá-los em todos os ativos de marketing de sua marca. Isso inclui seu site, cartões de visita, material de embalagem e tudo o mais que você deseja que seja personalizado. Se o seu logo for complexo para alguns desses locais, você pode criar um logo variável mais simples para acompanhá-lo. Isso é especialmente útil para o favicon do seu site ou para embalagens em que o tamanho do logo exibido é menor.


Finalmente, inclua seu logo e especificações para uso futuro no manual de identidade visual de sua marca. Isso garantirá que a aparência de sua empresa permaneça consistente à medida que continua a crescer e evoluir.



Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png