top of page

Como usar inteligência artificial para escrever textos de blog

Atualizado: 28 de mai.


Capa do artigo sobre como usar inteligencia artificial para escrever textos de blog.

Atualizado em: Janeiro 2024


Administrar um blog pode ser cansativo. Digo isso como alguém que passou quase uma década escrevendo em blogs e perdeu muito tempo olhando para páginas em branco, esperando que as palavras viessem.


Embora a ideia de ceder o controle à IA não seja uma das mais atraentes para redatores, a IA continua sendo uma ferramenta poderosa para blogs. Seja para redigir postagens inteiras ou apenas aprimorar sua escrita, a IA pode ser útil para praticamente qualquer pessoa interessada em criar um blog grátis.





Dito isso, é preciso entender algumas coisas sobre a inteligência artificial para criar textos. Não estou de forma alguma sugerindo que você deixe a IA administrar seu blog no seu lugar. Em vez disso, a IA pode atuar como um bom parceiro criativo, dando uma mãozinha aqui e ali, e servindo como um par de olhos extra.


Leitura bônus: Como criar um blog.



Quando usar inteligência artificial para escrever textos?


Independentemente do tipo de site ou blog que você esteja criando, as ferramentas de IA têm o potencial de economizar bastante tempo quando o assunto é brainstorming, digitação, edição e otimização do seu conteúdo. 


A IA é especialmente útil se você precisa produzir um grande volume de conteúdo de forma consistente. Novamente, você não deve confiar na IA para executar toda a sua estratégia de marketing de conteúdo sem supervisão, mas pode usar diferentes tipos de ferramentas para ajudar na pesquisa ou para escrever conteúdos longos.


Por exemplo, se você tiver vários tópicos alinhados e uma visão clara de onde quer chegar, a IA pode colocar suas ideias no papel, transformando-as em artigos completos, ou cuidar de ao menos 75% do processo. Em vez de começar um blog do zero, você pode usar o rascunho da IA como ponto de partida. Isso permite que você concentre seus esforços no processo de edição e na adição de informações adicionais às quais a IA não tem acesso.


O objetivo é aumentar a eficiência sem comprometer a qualidade e a autenticidade do conteúdo. Faça da IA sua aliada, mas use a edição para manter suas mãos no volante e alcançar melhores resultados.


No entanto, essa tecnologia é muito mais que apenas um tipo de inteligência artificial que escreve textos. Ela pode ajudar em vários outros aspectos do seu blog. Neste artigo, vamos explorar todas as formas de usar a IA para aprimorar seus blogs.



Como usar a IA para escrever suas postagens de blog


Uma das melhores qualidades da IA é sua versatilidade. Você pode usá-la para automatizar ou aprimorar várias etapas do processo de produção de conteúdo, incluindo as seguintes etapas (entre outras).



1. Gerar ideias de temas para postagens


Se você estiver começando sua carreira de blogger – ou mesmo se for experiente na área –, a IA pode ajudar a pensar em temas quando você estiver com pressa. Porém, é importante evitar atalhos e ter um olhar atento nessa etapa. Você ainda precisará fazer uma pesquisa completa de palavras-chave, mesmo depois de ter consultado sua ferramenta de IA favorita para se inspirar.


Na minha experiência, ferramentas como ChatGPT e Bard oferecem ótimas ideias iniciais. Para fazer isso, você pode usar comandos (também chamados de “prompts”) como estes:

  • Liste 10 ideias para postagens de blog sobre [tópico].

  • Me dê algumas ideias para postagens de blog sobre [palavra-chave].

  • Quais tendências de [tópico] estão em alta neste verão?.

  • Quais tendências estão fazendo sucesso entre [público-alvo]?


Utilizando o ChatGPT, um exemplo de inteligencia artificial para escrever textos.


Você deve verificar se os títulos que recebe em troca correspondem à intenção e ao interesse reais do público do seu blog. Ferramentas de pesquisa de SEO, como a Semrush, podem ajudar nesse sentido. Você pode usar essas ferramentas de blog para identificar palavras-chave relacionadas e verificar a concorrência orgânica nas páginas de resultados dos mecanismos de busca.



2. Pesquisar seus temas


Sua pesquisa pode demorar bastante. E, apesar de advertirmos fortemente contra confiar cegamente em pesquisas geradas por IA (muitas ferramentas extraem dados desatualizados ou já foram flagradas criando fake news), elas podem servir para dar o pontapé inicial. 


Nos nossos testes, o Bard é melhor que o ChatGPT 3.5 nesse aspecto. Você pode perguntar ao Bard coisas como: "Pode listar estatísticas recentes de blogs e citar a fonte?" para receber uma lista rápida e útil de estatísticas. No entanto, nunca é demais enfatizar que é preciso verificar a veracidade e relevância de cada fonte e estatística.


Outra maneira de usar a IA para pesquisa é solicitar que ela resuma um artigo longo ou faça a transcrição de uma entrevista. A IA pode ajudar a extrair informações importantes ou descrever em termos leigos um artigo altamente técnico. Apenas certifique-se de sempre atribuir o nome do autor original e de verificar se o resumo está correto.



3. Criar esboços


Com um único comando, você pode solicitar a uma ferramenta como o ChatGPT ou o Bard que produza um esboço da postagem para seu blog. Além de usar a inteligência artificial para escrever textos iniciais, você pode gerar insights para embasar seu próprio roteiro, solicitando temas comuns ou perguntas frequentes sobre o tópico principal.


Dito isso, lembre-se de que esse esboço geralmente não é o produto final. Ao revisá-lo, pode ser que você encontre seções irrelevantes que não agregarão muito valor ao público-alvo. Você é o especialista na sua área, portanto, tenha um olhar crítico ao analisar os esboços de blog gerados por IA.



4. Escrever seu conteúdo


A inteligência artificial merece destaque principalmente pela quantidade de tempo que ela pode economizar para você na hora de criar conteúdo. Ela pode ser o primeiro passo na redação dos seus rascunhos, poupando um tempo precioso. Nesta etapa, a chave é fornecer o máximo de informações possível, incluindo suas instruções sobre como escrever o post de blog perfeito, as especificações de formatação do blog, a voz e o tom da postagem, e outras diretrizes de escrita da marca. 


Você também pode compartilhar várias amostras do seu trabalho anterior para treinar as ferramentas de geração de conteúdo com base no seu estilo de escrita. No entanto, é sempre recomendável revisar o conteúdo; por mais que o conteúdo gerado por IA possa parecer bom, às vezes ele pode soar redundante, excessivamente detalhado ou incluir declarações imprecisas ou que não combinam com sua marca.


Dica dos especialistas: no Wix, você pode baixar um aplicativo do Wix App Market, como o Bettertext, para ajudar a criar um conteúdo longo e personalizado de acordo com suas necessidades.



5. Ser seu revisor


Quando chegar a hora de editar seu conteúdo, plugins como o Grammarly e a Clarice.ai podem analisar seu conteúdo e destacar problemas gramaticais, erros ortográficos ou oportunidades para melhorar sua escrita em português ou em inglês. Lembre-se de que essas ferramentas podem ser um pouco rígidas na sua avaliação e entender incorretamente ou de forma literal o contexto da sua escrita.


Certos trechos onde você foi mais criativo podem ser sinalizados como errados porque não seguem as regras gramaticais. Nesse sentido, leve as sugestões com uma pitada de ceticismo e avalie cada uma caso a caso.


No Wix, você também pode usar o Assistente de SEO para verificar se o seu post atende aos padrões básicos de SEO — ou seja, verificar se ele inclui texto alternativo (alt text), a palavra-chave principal e uma meta descrição — e até mesmo usar a IA para criar sua tag de título e meta descrições (confira nosso artigo sobre como escrever um título para blog). Você também pode usar ferramentas como o SEO Writing Assistant da Semrush para ter acesso a mais sugestões sobre a legibilidade e originalidade do seu conteúdo.



Assistente de SEO do Wix, ferramenta que utiliza inteligencia artificial para verificar se o seu texto atende aos padroes basicos de SEO.


Se encontrar trechos que não soam naturais ou são difíceis de ler, você sempre pode usar a inteligência artificial para escrever o texto novamente e oferecer outras maneiras de formular seu conteúdo, como palavras diferentes ou uma mudança de tom. Se estiver apenas começando na sua jornada para entender como criar um site, você precisará dedicar um tempo para aprimorar sua abordagem ao usar a inteligência artificial para escrever textos de blog, já que ela não é muito boa para gerar conteúdo que demonstre conhecimento prático e experiência sobre indústrias e setores específicos.


Para algumas áreas mais complexas e especializadas, será necessário guiar a IA, pois ela não é capaz de compreender esses tópicos tão a fundo quanto você. Isso significa que a resposta dela não será muito útil para seu público-alvo. Devido a essas limitações, aqui estão algumas coisas nas quais você deve ficar olho em relação ao conteúdo produzido por uma inteligência artificial que escreve textos:


  • Plágio: É possível que a IA escreva uma postagem inteira que se assemelhe muito ao conteúdo dos seus concorrentes ou mesmo utilize trechos iguais, palavra por palavra. É importante diferenciar ao máximo seu artigo dos demais, incluindo pesquisas e conteúdos originais. Você também deve tomar cuidado para não assumir acidentalmente o crédito por pesquisas ou ideias de outro autor, o que não é muito difícil de acontecer se você não dedicar um tempo para revisar cuidadosamente o conteúdo gerado pela IA.


  • Precisão: Sam Altman, CEO da OpenAI, já disse: "Eu confio menos nas respostas geradas pelo ChatGPT do que em qualquer outra pessoa na Terra". A IA foi recentemente pega "inventando" fatos sobre empresas, sites e tópicos específicos. Por isso, a verificação dos fatos é absolutamente essencial para evitar propagar informações falsas.


  • Autenticidade questionável: Ao usar a inteligência artificial para escrever textos, uma pergunta paira no ar: o conteúdo gerado é realmente seu? A preocupação com a ética na inteligência artificial aqui está relacionada à possível erosão da sua voz e do seu estilo pessoal. É essencial manter seu toque único para garantir que seus leitores possam se conectar com seu conteúdo.


  • Falta de inovação: O uso da inteligência artificial para escrever textos e criar conteúdo é visto como pioneiro ou reflete uma falta de originalidade? Nesse sentido, é melhor evitar depender demais da IA ou contar com ela para formar uma opinião única no seu lugar. A IA pode reproduzir opiniões já compartilhadas por outro criador, mas não substitui o pensamento original (ou, muitas vezes, o bom senso), especialmente em relação a tópicos sensíveis ou polêmicos.


  • Viés: À medida que os modelos de linguagem são treinados com base nos seus bancos de dados, eles podem herdar dos dados vieses que podem levar a perspectivas distorcidas, injustas ou até mesmo preconceituosas. Portanto, é preciso tomar muito cuidado com esses vieses, já que eles podem resultar em afirmações ou suposições injustas, por mais sutis que sejam. Editar seu trabalho ajudará a manter seu conteúdo inclusivo.





5 dicas essenciais para editar textos gerados por IA


Reforçamos mais uma vez: todo conteúdo gerado por uma inteligência artificial que escreve textos deve passar por revisão humana para garantir sua qualidade. Reunimos algumas dicas para ajudar você durante o processo de revisão.



Verificacoes necessarias ao editar artigos escritos por inteligencia artificial.


Mantenha a voz e identidade da marca


Às vezes, independentemente do comando que você der à ferramenta, o resultado ainda soará robótico. Embora o conteúdo possa estar livre de erros gramaticais e ortográficos, a escrita ainda pode sair truncada e não conseguir transmitir a voz da sua marca.


Durante a edição, ajuste a linguagem para que ela se pareça mais com a sua. Não sacrifique a voz da sua marca por um texto gerado por IA que soe inteligente ou "bom o suficiente". Certifique-se de que sua mensagem seja clara e corresponda ao que você costuma dizer e da maneira como costuma dizer.


Assim, seu público continuará conectado à sua marca, o que é essencial não apenas para reter leitores, mas também para entender como ganhar dinheiro com blog no futuro. Seu blog deve manter seu estilo único e a identidade da marca.



Revise para ter certeza


A IA é ótima para criar pontos convincentes e, por vezes, respaldá-los com fatos fictícios. Se você solicitar à IA que ela gere conteúdo com pesquisa ou fatos, certifique-se de verificar cada afirmação para confirmar sua veracidade.


Valide todos os links e referências que sustentam os argumentos do seu conteúdo e verifique se tudo pode ser compreendido no contexto certo.



Remova afirmações redundantes ou supérfluas


Analise o conteúdo para garantir que não haja palavras vazias, expressões desnecessárias ou afirmações redundantes. Além disso, pode ser que o conteúdo não flua da maneira que você prefere.


Nesse caso, será necessário intervir em cada frase e parágrafo, assegurando que eles sigam uma ordem lógica e sejam claros. À medida que você refinar seus comandos, a expectativa é que leve menos tempo para editar seu trabalho no futuro.



Identifique e elimine vieses e estereótipos


Como mencionamos anteriormente, os modelos de linguagem são treinados com base em conjuntos de dados, podendo herdar vieses que levem à inclusão de perspectivas distorcidas e injustas no conteúdo. Atente ao modo de fala e a suposições injustas ou preconceituosas, e edite seu trabalho conforme necessário.


Se você notar os mesmos tipos de vieses surgindo nos seus posts de blog gerados por IA, talvez seja preciso repensar seus comandos para evitar uma escrita tendenciosa.



Otimize para SEO e legibilidade


Verifique se seu conteúdo utiliza suas palavras-chave de maneira natural ao longo do texto e está estruturado de maneira fácil de acompanhar para seus leitores. Use listas, divida parágrafos longos e resuma o conteúdo conforme o necessário para proporcionar uma boa experiência de leitura. O texto não deve ser superficial, mas sim fornecer informações relevantes para responder completamente às perguntas dos seus leitores.



Vantagens de utilizar inteligência artificial para escrever textos de blog


Eficiência de tempo


Um dos principais benefícios de usar IA para escrever postagens em blogs é a economia significativa de tempo que ela oferece. As ferramentas alimentadas por IA podem gerar conteúdo em um ritmo muito mais rápido do que os escritores humanos, permitindo que as empresas publiquem postagens de blog mais frequentes e consistentes.



Consistência de conteúdo


A IA garante um alto nível de consistência no estilo e tom de escrita em todas as postagens do blog. Isto é particularmente útil para manter uma voz de marca coesa, garantindo que os leitores tenham uma experiência uniforme e reconhecível com o conteúdo.



Capacidades multilíngues


A IA pode traduzir conteúdo em vários idiomas sem esforço, ampliando o alcance das postagens do blog para um público global. Isto é especialmente valioso para empresas que visam diversos mercados e procuram interagir com uma gama mais ampla de leitores.



Expansão de conteúdo

A IA pode ajudar na expansão de ideias e conceitos, sugerindo informações adicionais ou perspectivas alternativas. Isso ajuda os redatores a criar conteúdo mais abrangente e aprofundado, agregando maior valor ao público.



Disponibilidade 24 horas por dia, 7 dias por semana


A IA não precisa de pausas ou sono, permitindo a geração contínua de conteúdo. Isso garante que as postagens do blog possam ser produzidas e publicadas a qualquer momento, facilitando o cumprimento de prazos apertados ou o aproveitamento de tópicos urgentes.



Desafios de utilizar inteligência artificial para escrever textos de blog


Falta de criatividade e originalidade

A IA pode ter dificuldade para produzir conteúdo verdadeiramente criativo e original que repercuta emocionalmente nos leitores. Ela consegue gerar conteúdo baseado em padrões e dados existentes, mas criar ideias únicas e inovadoras ainda pode ser um desafio.


Compreensão de nuances e contexto

Os sistemas de IA podem enfrentar dificuldades na compreensão das sutilezas da linguagem, do humor ou das referências culturais. Isto pode levar à geração de conteúdos que carecem das nuances e do contexto necessários para uma comunicação eficaz, especialmente em domínios onde estes elementos são cruciais.



Considerações éticas 


Por mais empolgados que estejamos com o avanço da IA na blogosfera, você provavelmente percebeu nosso apelo à cautela. O motivo é simples: embora a IA possa acelerar o processo de criação de conteúdo, cuidando de grande parte do trabalho “braçal”, não é algo a ser aplicado indiscriminadamente. Os principais problemas com o conteúdo gerado por IA são: a resposta depende dos dados utilizados, e o conteúdo entregue pode não atender às suas diretrizes editoriais.


Ferramentas como o ChatGPT se baseiam no que já está disponível, portanto, você perceberá que elas reúnem respostas do seu banco de dados. Isso pode resultar em conteúdo que parece reciclado, sem sal ou um tanto desatualizado.


Por isso, ao usar a inteligência artificial para escrever textos, você deve editar qualquer conteúdo gerado para proteger seu blog, além de evitar penalizações do Google. As diretrizes do Google afirmam que o conteúdo deve ser útil, não importa a forma como foi criado.


Se o Google perceber que seu trabalho foi gerado por IA sem nenhuma perspectiva única, seu site pode ser marcado como spam. Isso pode ser catastrófico, especialmente para pequenos negócios que tentam estabelecer sua presença online usando blogs.



Controle de qualidade


Apesar dos avanços, a IA ainda pode produzir conteúdo com erros gramaticais, imprecisões ou inconsistências. Garantir a qualidade das postagens de blog geradas por IA requer supervisão humana adicional, o que pode anular parcialmente os benefícios da economia de tempo.



Dependência de dados de treinamento


A eficácia dos modelos de IA depende fortemente da qualidade e diversidade dos dados de formação. Se os dados de treinamento forem tendenciosos ou carecerem de diversidade, a IA poderá gerar conteúdo que reflita esses preconceitos ou não consiga capturar uma ampla gama de perspectivas.



É possível substituir o trabalho humano com IA?


Como toda boa pergunta, a resposta é: depende. Em 1997, o Deep Blue, supercomputador da IBM, derrotou em uma partida Garry Kasparov, então campeão mundial de xadrez. Desde então, conforme o poder dos processadores e transistores continua a aumentar, não é exagero dizer que um jogador humano jamais vencerá uma inteligência artificial no xadrez. Tarefas que requerem sistemas fechados, determinísticos e repetitivos são as mais fáceis de serem automatizadas. 


Atividades que envolvem múltiplas variáveis que não podem ser controladas, criatividade e toque humano são quase impossíveis de ser automatizadas. Ao menos era esse o paradigma no começo dos anos 2020. Os chamados grandes modelos de linguagem (Large Language Models, LLMs), como os usados no ChatGPT, Google Bard e Microsoft Bing, são atualmente capazes de programar, gerar arte, escrever textos complexos, traduzir informações entre dezenas de idiomas e até mesmo compor música. Por mais que os resultados ainda deixem a desejar, a tendência é clara. 


Considerando esses fatores, é difícil dizer que uma atividade humana não possa ser realizada de forma melhor e mais rápida por um robô ou inteligência artificial especializado. No entanto, essas máquinas continuam sendo apenas ferramentas, ferramentas que nós humanos podemos utilizar para nossos fins.


Dessa forma, seria mais correto dizer que a IA substituirá o trabalho braçal, maçante e repetitivo, deixando nas mãos dos humanos as metas e objetivos que eles devem alcançar. Com essa terceirização do trabalho cotidiano, novas oportunidades são criadas, e os meios para aproveitá-las ficam cada vez mais acessíveis para qualquer pessoa a qualquer momento.



Perguntas frequentes sobre o uso de inteligência artifical para escrever textos de blog


Quais são os benefícios de usar IA para escrever em blogs?

A IA pode servir como um ótimo complemento à escrita, pois pode ajudar a:


  • Superar o bloqueio criativo: Não consegue pensar em nada? A IA pode servir de inspiração, ajudando a superar o bloqueio criativo e colocar a mão na massa.

  • Criar conteúdo rapidamente: Usar uma inteligência artificial que escreve textos agiliza todas as áreas do seu processo de escrita, desde a pesquisa inicial até a edição, permitindo que você produza conteúdo de maneira eficiente.

  • Pensar em palavras-chave e tópicos: A IA pode sugerir palavras-chave relevantes para SEO, oferecendo sugestões personalizadas para a criação de tópicos.

  • Analisar fatores de SEO: Certas ferramentas podem ajudar a examinar a quantidade, legibilidade e densidade de palavras-chave, até mesmo sugerindo algumas, o que garante a otimização do SEO.

  • Sugerir melhorias no conteúdo: A IA é capaz de verificar automaticamente erros gramaticais e de digitação, elevando seu conteúdo por meio de insights sobre legibilidade e demais fatores.



Quais são as desvantagens do conteúdo gerado por IA?


Por mais útil que a IA seja, você precisará ter cuidado para não publicar acidentalmente conteúdo que seja tendencioso, robótico ou danifique a reputação da sua marca. Embora alguns desses desafios possam ser resolvidos com comandos mais precisos, muitos ainda exigirão edição humana para serem corrigidos.


Lembre-se de que o conteúdo gerado por IA não é original, pois os modelos de linguagem se baseiam em dados preexistentes para gerar respostas. Você não deve depender da IA para formar opiniões por você, portanto, tome cuidado para não assumir acidentalmente o crédito pelo trabalho de outra pessoa.



O conteúdo gerado por IA é ruim para o SEO?


Não necessariamente. Quando usado com responsabilidade, a IA pode melhorar significativamente a qualidade do seu conteúdo, enquanto otimiza aspectos de SEO.


Até o momento desta redação, o Google não se posicionou contra o conteúdo gerado por IA. No entanto, as mesmas expectativas em relação à qualidade, originalidade e especialidade ainda se aplicam, independentemente de como o conteúdo é criado.



É possível usar IA para escrever postagens de blog?


A resposta simples: sim. A resposta mais longa: você deverá revisar todo o conteúdo gerado por ela. A IA é um complemento, não um substituto completo para um redator humano.


Por mais útil que seja a IA, ela tem suas falhas. Você corre o risco de se tornar excessivamente dependente ou confiante no conteúdo gerado por IA se não tiver um processo para revisar o conteúdo. Invista tempo para se familiarizar com as ferramentas de inteligência artificial para escrever textos. Crie sua própria lista de verificação para ficar de olho nos fatores mais importantes. Por fim, sempre certifique-se de verificar o trabalho da IA.


Inspire-se também com nossos exemplos de blogs.





Por Hanna Kimelblat

Blogger & Growth Marketing Expert - Português

pt03.png
bottom of page