Como vender online

Tudo o que você precisa saber para criar a sua loja online e vender em qualquer plataforma.

Páginas de artigos e dados analíticos de uma loja online que mostram como vender online com o Wix.
Páginas de artigos e dados analíticos de uma loja online que mostram como vender online com o Wix.

O que você precisa saber antes de começar a vender online

O mercado

O mundo do eCommerce é extremamente dinâmico e atraente para empreendedores que estão interessados em vender os seus produtos online. Esse mercado tem crescido a uma taxa surpreendente de 20% a cada ano, sem mencionar que o impacto da pandemia do coronavírus impulsionou o crescimento do mercado de eCommerce ainda mais.

Cadeia de suprimentos e público-alvo

Os empreendedores sabem que podem vender quase tudo online, pois a demanda por compras online está sempre em crescimento. Ainda assim, para criar um negócio de eCommerce que seja viável, é necessário entender tanto a sua cadeia de suprimentos quanto seu público-alvo. Após pesquisar e avaliar o mercado, é importante estimar os potenciais riscos e também definir quanto tempo e o valor que você irá investir.

 

A oportunidade

Uma boa maneira de começar a avaliar o seu potencial no mercado de eCommerce é identificando uma oportunidade de negócio. Em outras palavras, esse é o potencial do seu sucesso em um determinado mercado. Esse valor não precisa necessariamente ser calculado em dinheiro, mas ele pode incluir oportunidades para criar algo novo, criar fontes de receita adicionais ou concretizar um objetivo pessoal.

Potenciais riscos

É necessário também entender e pesquisar os potenciais riscos para o seu negócio. Uma das formas de realizar essa pesquisa é buscando o que os outros competidores do mercado estão fazendo, pois, dessa maneira, é possível entender melhor seus competidores e obter uma visão geral do seu potencial.

Loja de roupas online com produtos na versão desktop e mobile
Loja de roupas online com produtos na versão desktop e mobile

Como vender online em 7 etapas

Pode parecer um grande desafio, mas este guia passo a passo está aqui para te ajudar. Veja como começar:

  1. Encontre produtos para vender online

  2. Crie a sua marca de eCommerce

  3. Cria a sua loja virtual

  4. Divulgue sua loja e seus produtos

  5. Configure pagamentos seguros e aceite pagamentos

  6. Configure as opções de envio

  7. Expanda o seu negócio

 
Produtos de dropshipping incluindo acessórios para celular e uma calculadora de margem de lucro

1.  Encontre produtos para vender online

Como vender seus produtos online? Se você está começando uma loja online do zero, escolha produtos com base no seu público-alvo. Se o seu objetivo é vender seus próprios produtos, pense em produtos que você pode produzir e que tenham uma boa relação custo-benefício. Para economizar espaço e custos iniciais, comece seu negócio de eCommerce com o serviço de dropshipping. Em seguida, escolha uma plataforma de eCommerce que ofereça ferramentas profissionais de negócio e personalização completa do design.

Produtos de dropshipping incluindo acessórios para celular e uma calculadora de margem de lucro

O que é dropshipping?

Dropshipping é um serviço em que os comerciantes não precisam manter um estoque de produtos, eles compram de terceiros, que enviam diretamente aos clientes. Uma das maiores vantagens desse processo é que ao contrário do modelo de varejo padrão, o vendedor não precisa manter o inventário do estoque, lidar diretamente com produtos e com o atendimento de pedidos. Essa abordagem facilita aos vendedores entrarem no mundo do eCommerce, sem precisar se preocupar com a produção dos itens à venda.

 

Se você decidir usar o serviço de dropshipping, existem alguns aspectos importantes a serem considerados. Em primeiro lugar, pesquise e selecione produtos para vender, sempre considerando as tendências e pesquisas de mercado para determinar a demanda de cada produto. Em seguida, procure por fornecedores com uma boa reputação, que possam fornecer produtos de alta qualidade. Para simular a experiência de compra que seus clientes terão, faça um pedido de produtos você mesmo e repare em todos os aspectos do serviço, incluindo o tempo de envio, embalagem e o processo de atendimento. Se a experiência de compra atender às suas expectativas, entre em contato com o fornecedor. Por último, considere a possibilidade de solicitar as etiquetas em branco. Solicitar a etiqueta em branco é o processo de colocar o seu próprio logo em produtos produzidos por terceiros, para que eles pareçam terem sido produzidos por você.

Conte uma história

Agora que você tem produtos à venda, sejam próprios ou do serviço de dropshipping, é o momento de planejar uma estratégia de vendas. Se você tem uma loja física, é provável que os clientes locais já conheçam a sua marca. No entanto, agora que você está começando a vender online, é necessário repensar e expandir a oferta de produtos da sua loja para atrair um público online.


Os casos de nicho são situações em que seus produtos podem resolver um único problema. Você também pode considerar a possibilidade de agrupar alguns de seus produtos e vendê-los por um valor de pedido mais alto. Por exemplo, se você estiver vendendo eletrodomésticos, agrupe os produtos existentes para oferecer uma solução única, como por exemplo um "Kit para Mudanças", contendo caixas de embalagem, martelo, pregos e um cortador de caixa. Agora você pode atingir um novo público de pessoas que estão em processo de mudança e precisam de uma solução econômica e conveniente.
 

Para agregar valor à sua marca, conte toda a história por trás dela e como ela se aplica a tudo que você vende. Isso te ajudará a estabelecer um mercado bem definido, como, por exemplo, uma marca de moda sustentável não vende apenas roupas - seus valores fundamentais de proteção ao meio ambiente atendem a todos os tipos de compradores com consciência ecológica. Em vez de focar em um nicho de mercado, essa estratégia adiciona uma camada emocional à experiência de compra, ajudando a expandir seu público-alvo.

Escutar o que os seus clientes querem é o fator mais importante para escolher quais tipos de produtos você deve incluir no seu site eCommerce. Entenda as motivações de compra, sexo, idade e interesses do seu público-alvo.

 

Depois de se colocar no lugar dos seus consumidores, é hora de encontrar produtos populares com potencial de vendas. Nesse momento, a chave é fazer a sua pesquisa, para que você possa antecipar as próximas tendências do seu mercado. Escolha produtos que se destaquem e continuem sendo rentáveis, ao invés de tendências passageiras que não oferecem rentabilidade a longo prazo.

 

Outro elemento-chave na venda de produtos populares é ser dinâmico e aprender sobre as tendências à medida que elas vão aparecendo. Fique de olho nas redes sociais e verifique o Google Trends para ver o que as pessoas estão buscando. Para obter mais informações, explore os grandes sites de eCommerce, como Amazon e eBay. Não se esqueça de navegar em suas listas de produtos mais vendidos, essa pesquisa te ajudará a encontrar produtos populares com grande potencial de lucro.

Confira também a lista dos produtos mais populares online, para ter ideias do que você pode oferecer no seu site de vendas:

 

1. Moda, vestuário e acessórios

2. Restaurantes e alimentos

3. Produtos para animais de estimação

4. Jogos e recreação

 

Se você já está vendendo produtos populares, agora é a sua hora de brilhar, já que você tem a experiência necessária para aumentar a sua demanda. Seja dinâmico e aja rapidamente, pois o nível de competição tende a aumentar significativamente. Aumente seu catálogo e ofertas rapidamente usando dropshipping ou impressão sob demanda para criar e vender produtos personalizados online com a sua marca.

 

Conheça a sua concorrência e cadeia de suprimentos

Seus competidores estão no mercado, e por isso é muito importante ficar atendo às estratégias e atividades da sua concorrência, para que você possa estar sempre a frente.

Procure por ideias no Google, Amazon, eBay, Etsy ou outros marketplaces e comece a seguir hashtags relacionadas no Instagram e LinkedIn. Analise as avaliações dos produtos e das lojas e monitore o que os compradores comentam nas redes sociais. Você também pode procurar comentários positivos ou negativos de seus clientes para ver em que aspecto você pode melhorar a experiência deles com seu produto. O segredo é acompanhar de perto a concorrência - faça o pedido dos produtos e veja o que eles oferecem. Observe todos os aspectos, desde o tempo de entrega até a qualidade da embalagem.
 

Além disso, fale com as pessoas da cadeia de suprimentos do seu concorrente, aquelas que fabricam, armazenam e enviam seus produtos. Eles terão informações relevantes sobre a qualidade da empresa, seus clientes, a taxa de devolução de pedidos e qualquer outro elemento-chave referente ao eCommerce.

Depois de aprender mais sobre sua concorrência e a cadeia de suprimentos, você pode começar a escolher as melhores opções para vender seus produtos.

Um diagrama explicando a cadeia de suprimentos e o entendimento do público-alvo

Venda por meio de dropshipping

Vender por meio de dropshipping envolve o envio da mercadoria diretamente do fabricante para o comprador. Este método é ideal para começar sem correr muitos riscos, já que você não terá que lidar com a produção, fornecimento ou entrega dos produtos. É importante notar que a sua margem de lucro será consideravelmente reduzida.

Vender em martketplaces como Amazon, Etsy ou eBay te dá acesso a uma grande quantidade de tráfego, mas essas empresas também retém uma alta porcentagem do seu faturamento.

Vender marcas próprias significa que outro fabricante produz os produtos para você, mas colocam a etiqueta da sua marca nesses produtos. Esse método pode gerar uma margem de lucro maior, mas os riscos também aumentam, pois, tudo o que acontece no fabricante pode impactar diretamente a sua marca.

 

Vender através do seu site de eCommerce é a opção mais lucrativa para o seu negócio, mas você precisará atrair clientes potenciais ao seu site.

 

Quando você aprender a trabalhar com a sua cadeia de suprimentos e conhecer bem o seu público-alvo, o seu negócio se tornará mais que um lugar para vender, e o atendimento de pedidos se tornará uma meta diária. É aqui que as plataformas de eCommerce oferecem a maior vantagem: com essas plataformas você vende em qualquer lugar, mas gerencia tudo em um lugar só.

 
 
Marca de uma loja virtual de cosméticos com um logo, domínio e email marketing

2. Crie a sua marca de eCommerce

Ao criar uma marca consistente, você dá alma ao seu negócio e faz com que os consumidores reconheçam a sua marca. Ao desenvolver uma estratégia de branding, você influenciará a imagem que os clientes têm do seu negócio. A criação de uma marca é um processo contínuo que evolui ao longo do crescimento da sua empresa, e aqui você pode encontrar as informações necessárias para começar.

Marca de uma loja virtual de cosméticos com um logo, domínio e email marketing

Escolha o nome do seu negócio

Encontrar um nome para o seu negócio é o primeiro passo, pois este nome aparecerá em todos os lugares - no seu logo, domínio do seu site, materiais de marketing, redes sociais, e mais. Se o seu negócio já tem um nome, você está pronto para começar.

Compre um domínio

O nome de domínio do seu site desempenha um papel muito importante na credibilidade e conceito da sua marca. Ele não afeta apenas a classificação da sua loja nos resultados em motores de busca, mas também pode atrair ou não compradores potenciais, já que o domínio funciona como o endereço online da sua loja. Ao escolher um nome de domínio, lembre-se de que um domínio claro e personalizado ajudará a tornar sua loja mais atraente e profissional.

Crie um logo

Seu logo é a imagem da sua marca e ele representa a essência da sua loja. Criar seu logo sozinho ou contratar um profissional para fazer isso pode ser demorado e caro. A boa notícia é que você não precisa ser um designer gráfico ou investir muito dinheiro para criar um logo atraente, marcante e original. Descubra como criar um logo ou, se preferir, use um criador de logo grátis. Tudo o que você precisa fazer é responder a algumas perguntas sobre o seu negócio e o estilo de logo que você procura, e você terá o logo perfeito para a sua marca.

Configure um email profissional

Um email profissional deve conter o nome de domínio do seu site (juliana@julianamoda.com), diferentemente do email gerado na plataforma utilizada (julianamoda@gmail.com). Como proprietário de uma loja virtual, você enviará muitos emails aos seus clientes sobre promoções, atualizações de envio e muito mais. Um email profissional é essencial para que os clientes possam identificar de onde vem esses emails. Após registrar seu domínio, você pode criar seu email profissional.

 

3.  Crie um site de eCommerce

A loja online é o centro de qualquer eCommerce de sucesso. Se você está apenas começando, sua loja online é uma ótima maneira de testar itens e obter feedback rapidamente. Se você já está vendendo em um ou mais marketplaces, experimente este outro canal que pode ser ainda mais lucrativo. Se você já tem uma loja física, experimente vender em qualquer lugar a qualquer momento.
 

Se você está se perguntando qual é a melhor plataforma para vender online, considere o seguinte: um criador de sites como o Wix oferece planos acessíveis, recursos de design flexíveis e ferramentas profissionais para gerenciar sua loja, tudo em uma só plataforma. Configure seu site de vendas com o Wix ou explore outras opções para seu negócio.

 
 
 

Como criar o seu site de vendas:

O maior obstáculo quando falamos sobre vendas online, é vender produtos para clientes que você nunca conheceu pessoalmente. Para que isso funcione, você precisará estabelecer uma relação de confiança com esses consumidores. Isso é muito mais fácil em uma loja física, já que somos programados para processar muita informação rapidamente.
 

Quando você está em uma loja física, você pode tocar nos produtos, experimentá-los, vê-los em diferentes ângulos e consultar com o proprietário ou funcionários da loja. Hoje em dia as plataformas de eCommerce oferecem ótimas soluções e alternativas para essas interações com o produto.

Loja de bolsas online e gerenciamento de pedidos no aplicativo móvel do Wix.
Página de contato e chat online de uma loja de plantas online
Página de FAQ para uma loja de lâmpadas online na versão desktop e mobile
Loja de jóias online com uma página "Sobre" e um post de blog
Página inicial e avaliação de uma loja virtual de delivery de vegetais.
Loja online profissional criada com os templates do Wix.

Adicione credibilidade à sua loja virtual com um design profissional

  • Lembre-se de que os compradores prestam mais atenção nos aspectos visuais de uma loja do que no seu conteúdo.

  • Escolha um template de loja virtual: busque inspiração em sua plataforma e escolha um template que seja compatível com a imagem que você deseja para a sua marca.

  • Hierarquia e estrutura: crie um conceito para sua loja que seja bem claro, para ajudar os clientes a entender imediatamente o que você está oferecendo e vendendo.

  • Evite muitos elementos visuais: ter muitos elementos visuais na sua página faz com que os clientes fiquem confusos e pode causar altas taxas de abandono.

Loja online profissional criada com os templates do Wix.
Loja de bolsas online e gerenciamento de pedidos no app Wix Owner

Transmita confiança aos seus clientes com imagens de qualidade e descrições de produtos

  • Use imagens de produtos de alta qualidade e vídeos filmados de vários ângulos para que os clientes consigam ter uma boa ideia do produto. Os clientes são mais propensos a comprar um produto quando as imagens são de alta qualidade. Para dominar a arte da fotografia de produtos, não são necessários muitos recursos e é possível fazê-lo com alguns equipamentos simples, como smartphones, câmeras digitais, tripés e caixas de iluminação. Você pode dar o toque final com ferramentas de edição como o Estúdio Fotográfico Wix.

  • Mostre a escala de tamanho do produto fotografando-o ao lado de outros itens como referência, como, por exemplo, mãos, árvores, carros, etc.

  • Use imagens de momentos cotidianos para que os clientes possam visualizar como é usar este produto no dia a dia. Por exemplo, para vender uma bota de trilha, ela pode ser fotograda ou filmada enquanto é usada por alguém em um terreno montanhoso.

  • Os detalhes do produto costumam ser a última coisa que seus clientes leem antes de comprar. Dê a seus clientes todos os detalhes e especificações que eles precisam saber, escrevendo as especificações do produto da forma mais clara possível. Inclua todas as informações relevantes, como as dimensões do produto, de que material ele é feito e se requer instalação ou montagem.

 

Escreva uma página "Sobre" com os detalhes da empresa e posts de blog

Seu produto ou negócio não é o único que você vende no seu site de eCommerce - você também vende a si mesmo. Uma seção "Sobre" é o melhor lugar para mostrar aos seus clientes quem você é e o que você oferece, e também é um ótimo lugar para contar a história da sua marca. Uma página "Sobre" bem escrita é uma ótima maneira de ajudar os clientes a se conectarem com você, seu negócio e seus produtos.

 

Ao elaborar sua página "Sobre", mostre sua personalidade e evite conteúdos genéricos. Esta é a melhor oportunidade para se diferenciar da concorrência e mostrar as pessoas por trás de sua empresa. Seja visual sempre que puder, adicionando imagens à sua página Sobre. Permita que os compradores se conectem com as pessoas que criam o que eles estão prestes a comprar.

 
Loja de jóias online com uma página "Sobre" e um post de blog
Página de contato e chat online de uma loja de plantas online

Conquiste a confiança dos seus consumidores fornecendo seus dados de contato

Uma página de informações de contato é uma das primeiras coisas que os novos clientes procuram ao visitar uma loja online. Eles querem ter certeza de que, caso surjam problemas com sua compra, eles possam entrar em contato com alguém facilmente. Fornecer essas informações e torná-las acessíveis é fundamental para ganhar a confiança dos seus clientes. Ao adicionar uma seção de contato, certifique-se de incluir todas as informações necessárias, como seu número de telefone comercial, endereço de email e endereço físico. Os visitantes gostam de saber que há uma pessoa real por trás do seu site, então adicione um chat online para interagir instantaneamente com eles e aumentar as vendas. Além disso, certifique-se de criar um link para suas páginas nas redes sociais e use imagens e ícones para ajudar os clientes a encontrarem suas informações de contato.

 

Responda a perguntas com uma página de FAQ

Uma das melhores maneiras de lidar com as perguntas repetidas que os clientes fazem é criando uma página de FAQ (perguntas frequentes) detalhada. Ao organizar seu site, certifique-se de deixar espaço para esta seção, pois ela pode fornecer respostas automatizadas para perguntas recorrentes. Além disso, ela também pode ajudar na visibilidade do seu site no Google quando os clientes procuram lojas e produtos como os seus. Torne sua seção de FAQ clara e fácil de navegar escrevendo respostas em uma linguagem simples e evitando jargões técnicos ou detalhes desnecessários.

Certifique-se de que as informações sejam precisas e atualizadas. Revise a página mensalmente, sempre que adicionar novos produtos ou quando começar a atender um público novo.

Página de FAQ para uma loja de lâmpadas online na versão desktop e mobile
Página inicial e avaliação de uma loja virtual de delivery de vegetais.

Inclua provas sociais e depoimentos de clientes

A prova social é um conceito muito poderoso de marketing. Ele permite que seus clientes potenciais saibam o que outros clientes estão dizendo sobre seus produtos e serviços. Esse recurso também é uma ótima maneira de aumentar sua influência e credibilidade e, assim, aumentar as vendas. Tudo o que você precisa fazer é adicionar um feed social ou um aplicativo de avaliações. Outra maneira de usar o conceito de prova social é divulgar imagens de compradores usando seus produtos.

 

Onde posso vender meus produtos online?

Agora que sua loja virtual está configurada, você pode vender em vários lugares e atrair clientes em diversos canais. Seus produtos podem ser vendidos na sua loja, no seu site ou em canais como eBay, Instagram, Facebook, Google e Amazon - tudo de forma gratuita.

Loja online de cadeiras na plataforma Wix, em diversos canais de venda como Facebook e Instagram
Loja online de cadeiras na plataforma Wix, em diversos canais de venda como Facebook e Instagram

Facebook

O Facebook é a maior rede social do mundo, com ele você pode se conectar com compradores locais e globais e vender produtos diretamente da sua página comercial do Facebook. O Wix facilita o upload de todo o seu catálogo de produtos nas Lojas do Facebook, incluindo imagens dos produtos, informações, preços e muito mais.

A Amazon é o maior mercado do mundo ocidental e define o padrão em termos de experiência de compra. Tornar-se um vendedor de sucesso na Amazon pode ajudá-lo a expandir seus negócios. Com o Wix, você pode fazer upload de seu catálogo de produtos completo ou apenas de produtos selecionados, usando um processo de configuração simples. Isso significa que você lida com todas as suas vendas na Amazon a partir do seu painel de controle integrado Wix, mantendo o seu inventário sincronizado.

O Instagram faz parte do Facebook, por isso é necessário ter uma Loja do Facebook ativada para vender pelo Instagram (você pode configurar esse recurso com a Integração Wix para Facebook). Após conectar sua página comercial do Facebook ao seu perfil comercial do Instagram, configure seu perfil para compras, assim você pode começar a exibir seus produtos. Com esse recurso, você pode destacar seus produtos em cada postagem sua do Instagram. O Instagram está repleto de outros recursos visuais para ajudá-lo a destacar seus produtos e promover sua marca.

eBay

Milhões de compradores visitam este marketplace diariamente em busca de ótimas ofertas em uma seleção variada de produtos. O Wix se conecta ao eBay por meio de um assistente de configuração, que te ajuda a contornar o longo e rígido processo do eBay de integração de novos fornecedores. Desta forma, você pode fazer upload de produtos diretamente no eBay, enquanto gerencia as vendas do seu painel Wix. Você também pode personalizar a aparência e o preço de seus produtos no eBay, além de ter seu estoque sincronizado o tempo todo.

 
Loja de roupas online com email de carrinho abandonado, página inicial e chat online com um cupom
Anúncios do Facebook de uma loja online de fitness Wix
Anúncios do Facebook de uma loja online de fitness Wix

4.  Promova sua loja virtual e seus produtos

Depois que seu site de vendas for criado, é hora de comercializar seus produtos. No entanto, esperar que os compradores certos encontrem sua loja simplesmente porque seu site está no ar não é suficiente. Os clientes precisam saber sobre sua loja e entender seus produtos. Para que isso aconteça, você precisa saber quem são seus clientes e como entrar em contato com eles. Aqui listamos alguns esforços de marketing que te ajudarão a direcionar tráfego para sua loja online.

 

1º Passo: Encontre novos compradores

Estes recursos de marketing te ajudarão a direcionar tráfego para sua loja online.

Anúncios do Facebook de uma loja online de fitness Wix

Otimização para motores de busca (SEO)

Quando os compradores usam motores de buscar, como o Google, para buscar produtos como o seu, ter uma classificação alta nas páginas de resultados é muito importante. Os compradores estão interessados e procuram soluções e produtos para atender às suas necessidades, por isso aparecer nos resultados de busca é fundamental.

 

Otimizar a visibilidade do seu site nos resultados de pesquisa através de estratégias de  SEO ajuda a promover seus produtos. Aqui estão algumas formas de otimizar a sua loja para SEO.

 

  • Otimize as meta tags (trechos de código que exibem informações sobre seus produtos) para melhorar a classificação da página do produto nos motores de busca e atrair compradores online para sua loja.

  • Crie padrões de SEO para atualizar instantaneamente as páginas de produtos da sua loja.

  • Adicione dados estruturados para que seu negócio eCommerce possa aparecer como um rich snippet, um resultado de pesquisa visualmente atraente com informações adicionais exibidas ao lado do título, da descrição e da URL.

  • Personalize as informações das páginas da sua loja para compartilhar nas redes sociais, incluindo Facebook, Instagram e muito mais.

Publicidade online

A publicidade online permite que você direcione o tráfego diretamente para as páginas dos seus produtos. O marketing online oferece as melhores oportunidades de expandir seu negócio e muitas plataformas de eCommerce oferecem ferramentas automatizadas e de fácil configuração.
 

Embora possa parecer um pouco intimidante no começo, não tenha medo - você não precisa gastar muito para começar a anunciar em plataformas como Google e Facebook, e essas duas plataformas oferecem benefícios exclusivos. O Google é focado na intenção do comprador, já que as pessoas usam os motores de busca para reunir informações e comprar instantaneamente os produtos que desejam. O Facebook é mais sobre como despertar o interesse deles através de anúncios visuais. Felizmente, você não precisa ser um designer para criar um anúncio de alto desempenho ou gastar muito dinheiro para chegar lá. Simplesmente use o que for oferecido por meio da sua plataforma eCommerce ou através de aplicativos como Facebook Ads ou Google Shopping.

 

Influenciadores Digitais

Os influenciadores desempenham um papel importante no mercado de eCommerce atual. Eles podem te ajudar a vender muito com uma única foto no Instagram e isso é especialmente positivo nos estágios iniciais do seu negócio, já que realizar suas primeiras vendas é normalmente a parte mais difícil e demorada. Depois de trabalhar com um influenciador, é mais fácil trabalhar com outros e divulgar seus produtos por meio destas parcerias. Você não precisa contratar a Beyoncé como influenciadora para o seu negócio atrair compradores, já que contratar influenciadores locais é mais efetivo e eles podem divulgar seus produtos por um valor mais baixo. Use ferramentas como o Influency.me ou Airfluencers para pesquisar e encontrar influenciadores locais que correspondam ao seu produto. Entre em contato com uma mensagem direta e envie seu produto. Não peça nada em troca - os influenciadores precisam produzir muito conteúdo, então se eles gostarem é muito provável que postem algo sobre isso.
 

Alguns influenciadores podem aceitar postar e divulgar o seu produto por meio do recebimento de amostras grátis, mas a maioria deles prefere ser remunerado. É importante formular um contrato padrão e planejar uma colaboração a longo prazo, já que eles podem postar mais produtos no futuro, ajudando a posicionar sua marca como confiável para seus seguidores.

 

Se os resultados forem positivos, invista mais neste tipo de parceira. Conforme a sua marca cresce, você terá mais orçamento e mais responsabilidades e contratar uma agência para lidar com esse tipo de parceria é uma opção que você pode considerar para economizar tempo.

2ª Etapa: aumente suas vendas

Essas táticas te ajudarão a vender mais para clientes que visitam seu site de eCommerce.

Loja de roupas online com email de carrinho abandonado, página inicial e chat online com um cupom

Ofereça cupons

Os cupons são uma forma muito comum de oferecer descontos aos seus clientes e eles podem ser usados na finalização da compra. A maioria das lojas usa essa estratégia regularmente, mas especialmente para fazer com que os clientes comprem pela primeira vez. Em troca de um desconto de 10% - 20%, as empresas pedem seu email para no futuro enviarem mais ofertas.

 

Existem diferentes tipos de cupons:

1.  Cupom de porcentagem de desconto: por exemplo oferecer 15% de desconto

2.  Cupom de desconto no preço final: oferecer R$10,00 de desconto

3.  Cupom de envio grátis: um cupom oferecendo frete grátis

4.  Cupom de preço promocional: ofereça um produto com desconto
(exemplo: R$5,00 ao invés de R$10,00)

5.  Cupom para compras com valor mínimo: Cupons que podem ser usados ​​quando o subtotal de um comprador excede um determinado valor.

Ao criar códigos de cupom, certifique-se de que eles não diferenciam letras maiúsculas de minúsculas. É importante que o código esteja correto, para que os compradores não abandonem seus carrinhos antes de finalizar a compra.

 

Converse com seus clientes

Os compradores adoram saber que são escutados. Na verdade, as empresas de eCommerce que vendem produtos por meio do chat online geram 71% mais vendas, e responder às mensagens do chat de usuários melhora a taxa de conversão em 65%.

 

Lembre-se de que você pode usar chatbots para ações básicas, no entanto, como os clientes preferem falar com uma pessoa, certifique-se de ter alguém disponível para responder durante o horário de funcionamento.

Recupere os carrinhos abandonados

Mais de 70% de compradores abandonam o carrinho no checkout e é possível recuperar até 10% desses clientes oferecendo ofertas de carrinho abandonado. A forma mais comum de recuperar um carrinho abandonado é por meio de um email acionado. Emails acionados são enviados automaticamente após um evento específico, como a não conclusão do processo de checkout. A maioria das plataformas de eCommerce oferecem soluções para isso, por isso aprenda como configurar emails de recuperação automática de carrinho abandonado. Certifique-se de revisar este email e checar se os links funcionam corretamente, além de checar a versão mobile, já que a maioria dos compradores abrirá o email em seus celulares.

3ª Etapa: Fidelize seus clientes

Essas dicas ajudarão você a vender mais para clientes que já compraram em sua loja anteriormente.

Loja de roupas online, página de produtos com produtos sugeridos
Loja de roupas online, página de produtos com produtos sugeridos

Se comunique com os seus clientes por meio do email marketing

O email continua sendo uma forma fundamental de construir relacionamentos com seus clientes. Muitas plataformas de eCommerce oferecem soluções de email que incluem templates e criadores de email marketing, para que suas newsletters sejam profissionais.
 

Siga estas etapas simples para definir sua estratégia de email marketing:

  • Crie sua lista de emails oferecendo um cupom a todos os visitantes que se inscreverem em seu site, e dando-lhes a opção de se inscreverem na sua newsletter durante a finalização da compra.

  • Envie emails apenas quando tiver algo a oferecer. Foque em ofertas por temporada ou especiais e nunca perca de vista a intenção dos compradores.

  • Escolha um template de email com design profissional.

  • Analise seu desempenho e entenda o que funcionou e o que não funcionou.

  • Converse com os compradores e pergunte o que eles acham dos seus emails e peça sugestões de como torná-los mais relevantes e interessantes.

Redirecione seus clientes (retargeting)

Retargeting, também conhecido como remarketing, relembra seus usuários de seus produtos, exibindo anúncios personalizados depois que eles visitam seu site. Seu anúncio aparecerá onde quer que eles estejam na internet, lembrando-os de que seu site existe e incentivando-os a voltar. Em geral, esta funcionalidade é feita via Facebook ou Google e requer a adição de um pixel, ou seja, um snippet de código específico que permitirá rastrear seus visitantes assim que eles saírem da sua loja.

 

5.  Comece a receber pagamentos

Existem várias maneiras de começar a aceitar pagamentos online. Seja qual for o método que você escolher, certifique-se de que os métodos de pagamento sejam seguros e confiáveis.

Visão geral de pagamentos para uma loja online Wix com checkout, tabela de transações e saldo de pagamentos
Visão geral de pagamentos para uma loja online Wix com checkout, tabela de transações e saldo de pagamentos

Como começar a aceitar pagamentos:

A maneira mais rápida de receber pagamentos é abrir uma conta em um provedor de pagamento como PayPal, PagSeguro ou Mercado Pago. Eles podem ser configurados rapidamente e já estão integrados à maioria das plataformas de eCommerce. É recomendável que você também abra uma conta comercial e siga todos os requerimentos necessários.

Como os clientes podem te pagar?

A melhor e mais simples solução de pagamento para os seus clientes é também a melhor para você. Os cartões de crédito são o método de pagamento mais popular online, mas você também pode incluir soluções de carteira digital. Elas oferecem uma ótima experiência de compra para os clientes que não querem inserir o número do cartão de crédito na hora do pagamento.

 

Se você já tem uma loja física, é fundamental manter as vendas na sua loja física e online sincronizadas, para que você tenha um controle de estoque consistente. Isso requer trabalhar na mesma plataforma, e a boa notícia é que a maioria das plataformas de eCommerce também oferecem soluções de ponto de venda (PDV) e vice-versa. Certifique-se de que sua solução de pagamento oferece tudo o que você precisa para ambos os casos.

Dica importante: certifique-se de que pelo menos um de seus provedores de pagamento ofereça a opção de pagamento parcelado, pois isso aumenta o valor do pedido em até 20%, o que, por sua vez, permitirá que você gaste mais dinheiro em marketing online.

Como o seu dinheiro chegará na sua conta bancária?

Aceitar pagamentos e o recebimento do dinheiro na sua conta bancária são dois processos diferentes. Os pagamentos em sua conta precisarão ser configurados conforme você cria sua loja virtual. Para um negócio de eCommerce ser viável, é importante manter um fluxo de caixa estável, com pagamentos automáticos sendo enviados diretamente para sua conta bancária.

Gerenciando as finanças do seu negócio

É recomendável que você gerencie seu negócio de eCommerce de um único painel de pagamentos integrado. Isso significa que você pode lidar com todos os pedidos da loja, transações (incluindo reembolsos e chargebacks) faturas e pagamentos em um só lugar.

 

6.  Envio

O envio rápido e com preços razoáveis ​​é essencial para qualquer negócio de eCommerce. Vender online significa que não existe uma linha física entre você e seu cliente. No entanto, a experiência de compra só termina quando as mercadorias são entregues aos seus clientes, e para que isso aconteça é necessário um serviço de envio, como os Correios.

 

Entender o envio no mundo do eCommerce é essencial para a experiência do comprador e para a rentabilidade do seu negócio.

 
Envio do Wix eCommerce para uma loja online, incluindo etiquetas de envio e página de checkout
Envio do Wix eCommerce para uma loja online, incluindo etiquetas de envio e página de checkout

Devo oferecer envio grátis?

O frete grátis é muito popular e um excelente motivador para os compradores. No entanto, como proprietário do negócio, você precisará absorver os custos. Isso pode variar muito dependendo da distância até o comprador, o peso e o tamanho das mercadorias e o prazo de entrega. Você pode começar aplicando as tarifas em tempo real, que são calculadas automaticamente, e isso evita que você cobre um valor maior ao comprador ou perca dinheiro por não definir o preço do frete da maneira adequada.
 

É possível configurar o envio em tempo real pelos Correios, que fornece taxas aproximadas de envio que são calculadas de forma dinâmica com base no peso e nas dimensões do pedido, e no custo de envio de um endereço para o outro.

Como configurar seus envios:

Escolha as opções de envio

Escolha opções de envio que atendam exatamente às suas necessidades. Só trabalhe com serviços profissionais e de confiança, pois isso aumenta a satisfação do cliente.

Inclua os detalhes de envio no checkout

Forneça aos compradores todas as informações durante a finalização da compra, incluindo data de entrega e opções alternativas como coleta no local ou delivery.

Ofereça desconto nas taxas de envio

Vale a pena oferecer envio gratuito para seus clientes? Para fazer isso, você pode aumentar o preço dos seus produtos, como por exemplo um produto que custa R$70,00 e tem entrega gratuita, pode vender mais do que um produto que custa R$55,00, mas inclui R$15,00 de entrega. Você também pode oferecer envio gratuito ou envio rápido durante eventos específicos, como feriados ou Black Friday.

A embalagem é uma prioridade

A experiência de compra sempre inclui o tempo de desembalagem. Você pode facilmente melhorar o processo de desembalagem e adicionar seu toque pessoal, por exemplo com uma nota de agradecimento por escrito na embalagem principal. Evite embalagens genéricas e escolha uma cor especial para as suas mensagens para que os clientes lembrem da sua marca.

 
Dados de análise do Wix eCommerce de uma loja online de cerâmica

7.  Expanda o seu negócio

 

Um negócio viável está sempre em busca de novas estratégias de crescimento, seja vendendo mais em novos canais de vendas, ou tendo uma margem de lucro maior usando automações. Ao expandir para novos canais de vendas, você pode encontrar seu público-alvo nos lugares em que eles costumam comprar e navegar na internet.

Dados de análise do Wix eCommerce de uma loja online de cerâmica

Automatize seu fluxo de ação

O maior desafio, não importa o quão estável seja sua loja, é o gerenciamento de tempo - principalmente o seu e da sua equipe. Automações permitem que você agilize seu fluxo de ação, otimizando o seu tempo.
 

As automações mais usadas no eCommerce são os emails automáticos, que são enviados após um evento específico, como, por exemplo, após um carrinho ser abandonado ou com a confirmação de um pedido. Após configuradas, essas automações enviam mensagens de maneira autônoma, aumentam suas vendas e fazem com que você economize tempo.

Conecte seus aplicativos de produtividade

Existem diversos tipos de aplicativos de produtividade, desde ferramentas para gerenciar seu calendário ou tarefas como Trello ou Ascend, e também para automatizar tarefas repetitivas com Zapier. Certifique-se de escolher ferramentas que irão sincronizar perfeitamente com suas ferramentas profissionais e conecte-as à sua loja online.

Análise de dados

Os vendedores bem sucedidos no eCommerce gostam de analisar dados, pois eles ajudam a tomar decisões melhores. Ao analisar seus dados você conhecerá seus clientes e público-alvo, e saberá quais são seus produtos ou campanhas mais rentáveis. Com essas informações, você poderá estabelecer um plano de negócios com base nos seus dados.

Analise seus relatórios

Atribuição de vendas:

Uma informação muito importante: de onde vem as suas vendas? Dos emails que você envia, Instagram, pesquisas no Google, eBay, Anúncios do Facebook? Saiba exatamente os seus números e dados de venda, para que você possa focar seus esforços de marketing da maneira mais rentável e nos melhores canais.

Origem do tráfego:

Ferramentas como Google Analytics são muito boas para entender como as pessoas encontram o seu site de eCommerce. A maioria das plataformas de eCommerce oferece este relatório, que combina dados sobre o tráfego e vendas do seu site, e serve para direcionar suas ofertas para o público-alvo correto.

Clientes novos vs. clientes recorrentes:

Apenas 15% dos compradores online são clientes recorrentes, ou seja, clientes que retornaram e fizeram pedidos novamente. Isso significa que esses clientes são muito importantes, já que eles costumam gastar até 3 vezes mais do que clientes que compram apenas uma vez. Descubra quem eles são e foque seus esforços de marketing para atraí-los de volta para o seu site.

 

Visualize seus dados:

A visualização dos seus dados ajuda a identificar rapidamente as mudanças nas tendências. Escolha como visualizar suas estatísticas, criando um relatório personalizado do zero ou editando relatórios internos.

 

Estamos aqui para você

Encontre soluções rápidas

Assista a tutoriais e leia artigos detalhados na Central de Ajuda do Wix.

Entre em contato

Obtenha suporte por email ou agende uma ligação com um de nossos especialistas.

Contrate um profissional

Seja indicado para a agência ou freelancer perfeitos para as suas necessidades.

 

Crie seu site eCommerce com ferramentas inovadoras