Empreendedorismo no Brasil: o Que é e Quais as Vantagens


Imagem de capa do artigo "Empreendedorismo no Brasil: o Que é e Quais as Vantagens"

Quando se trata de mudar o mundo, sua voz pode ser uma ferramenta muito poderosa. Agora canalize isso para a prática do empreendedorismo e você estará no caminho para construir algo tangível que pode melhorar vidas, comunidades e até mesmo mudar o status quo.


Dito isso, o que significa se tornar um empreendedor no Brasil e como você pode causar impacto nessa função? Primeiro, é claro, você precisará fazer pesquisas e criar um site para compartilhar seu projeto com o mundo. Então, você precisará implementar essa ideia - usando um conjunto especial de habilidades, um bom plano de negócios e uma boa dose de coragem e determinação. Nosso guia abrangente explicará o que você precisa para ter sucesso e fornecerá o conhecimento para começar.



O que é empreendedorismo?


Empreendedorismo é o ato de abrir um negócio com o objetivo de obter lucro. No entanto, nossa percepção moderna de empreendedorismo evoluiu, e hoje um negócio pode muito bem ir além da simples venda de produtos ou seviços, e incluir elementos como a resolução de problemas de grande escala, mudança social e propósito.


O empreendedorismo também desempenha um papel importante no desenvolvimento econômico de nosso mercado nacional. Segundo o Global Entrepreneurship Monitor (GEM), 3 em cada 10 brasileiros adultos entre 18 e 64 anos possuem uma empresa ou estãono processo de abrir um negócio. Em 10 anos, essa taxa de empreendedorismo saltou de 23%, para 34,5%.


Com os avanços tecnológicos, a demanda do mercado por novas ideias de negócios e inovação, e as inúmeras mudanças que a pandemia trouxe, a prática do empreendedorismo está crescendo rapidamente. Hoje, cada vez mais indivíduos buscam se tornar totalmente independentes em suas vidas profissionais e aspiram a criar seu próprio negócio como fonte principal de renda.



Como funciona o empreendedorismo


Além de compreender os benefícios pessoais do empreendedorismo, é importante ver como o empreendedorismo funciona em maior escala, incluindo seu impacto na economia.


Os economistas normalmente categorizam o empreendedorismo como um fator de produção, dando-lhe assim um valor socioeconômico significativo ao longo das linhas de recursos naturais, trabalho e capital. Na verdade, uma parte fundamental de qualquer modelo de plano de negócios envolve a especificação da mão de obra, dos recursos e do capital necessários para produzir um bem ou serviço.


Na maioria dos casos, você não precisará apenas de recursos físicos, mas também precisará contratar uma força de trabalho qualificada para manter o negócio funcionando. Pensando nisso, os empreendedores são reconhecidos como uma fonte insubstituível de crescimento e desenvolvimento para o país.



Tipos de empreendedorismo


Até agora, aprendemos que o empreendedorismo é uma oportunidade para quem busca lucro. Assim como não existe um tipo de empreendedor que represente a todos, também não existe um só tipo de empreendedorismo.


Com uma variedade de opções, incluindo pequenas empresas, startups escaláveis, grandes empresas e empreendedorismo social, é importante focar nas diferenças que compõem cada uma, a fim de obter um entendimento mais profundo da empreendedora ou do empreendedor que você deseja se tornar.



4 tipos de empreendedorismo


  1. Empreendedorismo de pequenas empresas

  2. Empreendedorismo startup escalável

  3. Empreendedorismo de grande empresa

  4. Empreendedorismo Social



01. Empreendedorismo em pequenas empresas


O empreendedorismo de pequenas empresas é o processo em que alguém inicia um negócio, geralmente de baixo custo inicial, e não planeja franquia ou transformá-lo em uma grande corporação. No Brasil, esses pequenos negócios são formados pelas micro e pequenas empresas (MPE) e pelos microempreendedores individuais (MEI), e podem ser classificadas de acordo com o número de empregados e com o faturamento bruto anual.


O simples fato de olhar para a infraestrutura multifacetada desse tipo de empreendedorismo nos mostra que os pequenos negócios são uma extensão dos sonhos e desejos dos próprios empreendedores. Do dono de restaurante e do fotógrafo, até a vendedora de brindes personalizados e o instrutor de fitness, essas são pessoas cujas paixões e habilidades atendem plenamente aos clientes em pequena escala.


Um exemplo de pequena empresa de sucesso é a Moosse - Artigos Esportivos, uma marca brasileira criada através da paixão pelo surf e esportes com prancha. Você encontra em seu site criado com o Wix, um laboratório criativo com artistas, fotógrafos, artigos esportivos e de moda e tudo que vêm das novas experiências do ramo.


Exemplo de pequena empresa de sucesso: Moosse - Artigos Esportivos


02. Empreendedorismo startup escalável


As startups escaláveis se propõem a fazer mudanças no mundo em relação à inovação. Esse tipo de empreendedorismo pode ser definido como um modelo de negócio em que um grupo de indivíduos é orientado por uma ideia de negócio única.


Embora comecem pequenas, as startups de sucesso se expandem rapidamente e geram grandes lucros, incluindo Google, o próprio Wix e Airbnb. Esse tipo de empresa geralmente exige investidores externos e mais capital para se expandir e entrar em diferentes mercados globais.



03. Empreendedorismo de grandes empresas


O empreendedorismo de grandes empresas refere-se a empresas que têm um ciclo de vida finito. Eles podem crescer e se sustentar criando novos produtos ou oferecendo outros serviços em torno de seus principais mercados-alvo. Por exemplo, um fabricante de jeans pode decidir começar a vender mochilas de jeans, bonés e até tênis, pois já possui o processo de produção para isso.


Este tipo de empreendedorismo se baseia na criação de novas oportunidades que ajudam a expandir o alcance de uma empresa existente e a permanecer competitiva. Em outras palavras, eles são diferentes de todos os outros modelos de negócios desta lista porque não dependem da abertura de um empreendimento inteiramente novo. Em vez disso, sua motivação para se reinventar pode vir de pressões externas para evoluir ou de avanços tecnológicos que os tornaram obsoletos.



04. Empreendedorismo social


Os empreendedores sociais se concentram na criação de produtos ou serviços que beneficiem a sociedade. Eles trabalham para a melhoria do nosso mundo e mantêm essa missão em mente, mesmo enquanto mantêm um negócio lucrativo.


O empreendedorismo social veio para ficar. Assim como a maioria das empresas, o empreendedorismo social se tornou parte integrante de nossas vidas. “O que os empreendedores de negócios são para a economia, os empreendedores sociais são para a mudança social. Eles são os indivíduos motivados e criativos que questionam o status quo, exploram novas oportunidades, se recusam a desistir e refazem o mundo para melhor ”, escreve o jornalista David Bornstein.


Um exemplo de empreendedor social de sucesso é Brenno Faro, que durante a pandemia criou a Fashion Masks, startup de moda que visa a inclusão social e geração de renda para costureiras que sofreram com o impacto da pandemia. O empresário e CEO da Fashion Masks uniu propósito, mudança social e um sólido plano de negócios com uma premissa em mente: fazer uma conxão a necessidade por API's como as máscaras, com a reinserção de profissionais da costura no mercado de trabalho.



Por que você deve se tornar um empresário?


O empreendedorismo é arriscado, mas também é gratificante. Empreender significa aprender, crescer e evoluir constantemente. Mesmo quando você enfrenta desafios, é importante que você continue a persistir e permanecer fiel aos seus valores.


Embora nem todos estejam prontos para abrir e administrar um negócio nesse exato momento, se você for automotivado, criativo, engenhoso e destemido, então você está pronto para colher os benefícios do empreendedorismo. Aqui estão algumas das vantagens de seguir essa carreira:



Ser seu próprio patrão


Quando você é seu próprio patrão, ganha autonomia total. Você tem a oportunidade única de tomar todas as decisões e escolher como trabalhar. O empreendedorismo também permite que você escolha os aspectos da gestão de uma empresa que mais lhe proporcionam prazer. Em seguida, você pode terceirizar certas tarefas para outras pessoas (caso você tenha uma equipe) e se concentrar nas áreas do negócio que mais importam para você.



Ter um horário flexível


Muitas pessoas são atraídas pela ideia de empreendedorismo porque ele as liberta dos limites de "09h-17h" e algumas semanas de férias remuneradas por ano. Dito isso, lembre-se de que administrar uma empresa significa que você vai trabalhar muito e enfrentar muitas horas de trabalho. Felizmente, como empresário, você pode controlar o fluxo de trabalho, gerenciar seu próprio tempo e determinar seu próprio local de trabalho - seja em casa ou no escritório.



Criando uma carreira alinhada com seus valores


O que te faz prosperar? Sua resposta o ajudará a identificar como é o emprego perfeito para você. Da cultura da sua empresa e declaração de missão aos tipos de funcionários que você traz a bordo, você pode priorizar seus valores em tudo relacionado ao seu negócio.



Tornando-se um solucionador de problemas


Em sua essência, o empreendedorismo consiste em assumir riscos e trabalhar duro em nome da resolução de problemas. Como empreendedor, você aprenderá como ser um pensador crítico e se concentrar em encontrar soluções criativas e eficazes. Usando sua criatividade, você também será capaz de melhorar os serviços ou produtos existentes e atender melhor às necessidades do público-alvo.



Como se tornar um empreendedor


Agora que você conhece os principais motivos pelos quais o empreendedorismo atrai tantas pessoas, a próxima etapa é aprender como se tornar um empreendedor. Aqui estão 5 etapas essenciais:


  1. Priorize a sua segurança financeira

  2. Pesquise

  3. Escolha um assunto do seu interesse

  4. Crie uma solução

  5. Construa sua rede



01. Priorize a sua segurança financeira


Antes de abrir um negócio, você desejará ter reservado uma quantia (seja de fundos próprios ou investimento externo) suficiente para cobrir as despesas da sua empresa pelo menos no primeiro ano, ou até existir lucro. Dessa forma, você pode se concentrar em coisas mais importantes, como a criação de um modelo de negócios sustentável, em vez de como gerar dinheiro rápido.


Claro, nem todos os empreendedores possuem esse tipo de capital, por isso, é muito importante que você adapte seu negócio dos sonhos ao capital que você tem disponível no momento. Para você saber mais, criamos um guia com diversas idéias de negócios de baixo investimento para você começar a empreender o quanto antes.


Conhecer suas finanças também o ajudará a determinar a melhor maneira de se manter em dia com seus objetivos de negócios. Embora você possa ficar tentado a gastar muito com suas grandes ideias, deve ter cuidado com a forma como gasta seu dinheiro durante esta fase inicial. Compre apenas o que você absolutamente precisa para fazer seu negócio decolar e faça um orçamento sempre que puder. Isso te ajudará a aproveitar melhor suas finanças e tornará a sua vida de empresário um pouco mais tranquila.



02. Pesquise


Quase todas as crianças em idade escolar já aprenderam o lema “conhecimento é poder”. Como um aspirante a empresário, quanto mais informações você tiver sobre o seu setor, mais persuasivo você se tornará.


Reserve um tempo para pesquisar e se familiarizar com seu mercado-alvo lendo livros, lendo artigos de blogs e navegando em sites de outros empresários e também da concorrência. Isso vai te fornecer uma nova perspectiva sobre o seu negócio.



03. Escolha um assunto do seu interesse


O empreendedorismo é alimentado por inovação e novas ideias. Embora você possa achar que tem um número infinito de boas ideias de negócios, deve priorizá-las com base no que você tem mais paixão. Isso o levará a se tornar um empresário melhor, já que trabalhará por algo que te move e te interessa.



04. Crie uma solução


Depois de saber ao que deseja se dedicar, você será capaz de propor uma solução única que agregará valor ao seu público-alvo. Isso também pode ajudá-lo a desenvolver uma liderança inovadora em seu setor.


Por exemplo, se você se inspirou em resolver as mudanças climáticas, pode abrir um negócio que vende carnes vegetais e cultivadas em laboratório. Isso poderia ajudar a mudar os hábitos dos comedores de carne e encorajar as pessoas a mudar suas dietas para alternativas de menor emissão.



05. Construa sua rede


Mesmo que você sinta que o processo de empreender é solitário, não precisa ser assim. Na verdade, você vai querer entrar em contato com outros profissionais em sua área assim que definir uma ideia para obter seus insights e críticas. Considere participar de conferências de networking, palestras de outros empreendedores e encontrar um mentor em seu setor para guiá-lo e inspirá-lo ao longo da jornada.



Por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png