10 Ideias de Negócios Lucrativos e de Baixo Investimento Para Começar a Empreender


Capa do artigo "10 Ideias de Negócios Lucrativos e de Baixo Investimento Para Começar a Empreender"

Começar um negócio de sucesso não requer um grande investimento de capital; especialmente no campo do eCommerce. Com uma ideia de negócio online forte e as ferramentas certas, você pode começar a empreender sem investir muito dinheiro ou mesmo adquirir estoque.


Dropshipping, impressão sob demanda, vitrines online situadas em plataformas de eCommerce. Todos esses negócios abrem um caminho rápido para a lucratividade, podem ser facilmente configurados e adaptados e exigem muito pouco investimento inicial fora o feito ao criar um site profissional.



Entre no espírito empreendedor


Qualquer plano de negócios sólido começa com uma pesquisa de mercado. Ao examinar o seu nicho, considere: que categorias de produtos ou serviços atendem às demandas do mercado atual? Como suas habilidades podem te ajudar a encontrar maneiras novas e inteligentes de atender a essas demandas com a sua empresa?


Após ter uma ideia do que gostaria de oferecer, considere os modelos de negócios que melhor o ajudarão a dar vida a sua ideia. Para proprietários de empresas preocupados com o orçamento, uma abordagem cuidadosa ao lançar é especialmente importante - menos dinheiro para gastar significa menos dinheiro para queimar enquanto você encontra seu caminho para o sucesso.


Pronto para transformar suas ideias de negócios em fluxo de caixa? Torne-se seu próprio chefe e trabalhe em qualquer lugar com estas 10 ideias de negócios lucrativos e de baixo investimento:


  1. Administre uma loja virtual com dropshipping

  2. Seja criativo usando a impressão sob demanda

  3. Ofereça seus produtos em vários canais de vendas

  4. Migre seu negócio do físico para o online

  5. Crie conteúdo de vídeo

  6. Comece seu próprio serviço de caixas de assinatura

  7. Lance seu negócio de design de interiores

  8. Comece um podcast

  9. Publique seu próprio livro

  10. Forneça serviços de consulta remota



01. Administre sua própria loja virtual com dropshipping


Em modelos de varejo tradicionais, os custos de fabricação, aquisição e armazenamento de estoque são substanciais - assim como os custos de embalagem e envio de seus produtos. O Dropshipping está revolucionando os negócios de eCommerce ao eliminar os custos iniciais através de parcerias com fornecedores terceirizados que gerenciam o estoque e o atendimento de pedidos.


Para empreendedores com orçamento limitado, o dropshipping também é uma forma (de custo muito baixo) de testar a adequação do produto ao mercado e permite uma grande flexibilidade caso você mude de ideia ou nicho de mercado, sem os custos irrecuperáveis de estoque desperdiçado. Como o dropshipping permite a aquisição rápida de um catálogo de produtos, também é uma maneira rápida de iniciar um negócio online.


Com base nas tendências de dados de mais de 700 mil lojas online do Wix em todo o mundo, as lojas que utilizam dropshipping são lançadas em média 15% mais rápido do que outros varejistas virtuais.

Ciclo de operação do Dropshipping: escolha os produtos, importe produtos para sua loja online, aceite pedidos, atenda pedidos por meio do fornecedor, e por fim, envie os pedidos dos seus clientes para o fornecedor


Como começar a usar o Dropshipping


Para começar, conecte uma ferramenta de dropshipping como Modalyst à sua conta Wix. Venda produtos de milhões de fornecedores confiáveis, incluindo AliExpress, e ofereça a seleção da sua escolha aos preços que você definiu em sua loja virtual. Você pode então começar a promover seu negócio usando ferramentas de SEO para atrair compradores ao seu site. Quando os pedidos forem feitos, eles serão enviados ao seu fornecedor, e então, diretamente ao seu cliente.



Escolha de produtos para vender


Antes de começar a vender online, você precisará escolher produtos para vender com seu fornecedor de dropshipping. Reserve um tempo para delinear bem sua visão de marca. Faça uma pesquisa de mercado para descobrir o que as pessoas estão comprando. Avalie o interesse potencial, o preço e a margem de lucro dos produtos antes de vendê-los em sua loja.


Para ter sucesso com uma loja virtual é preciso encontrar uma maneira de se destacar.

Para escolher o melhor negócio para começar com pouco dinheiro, pense nas tendências do que os consumidores desejam e como você pode encontrar um nicho onde seus produtos possam se destacar.


Explore produtos exclusivos para comprar e vender e tente evitar colocar todos os seus ovos na mesma cesta - o ideal é oferecer variedade. Dito isso, tente agrupar seus produtos em coleções para tornar sua loja virtual mais fácil de navegar. E não se esqueça: reservando um tempo para configurar seus esforços de marketing e possíveis promoções, você acaba economizando tempo e aumentando suas vendas.



Exemplo de tendência de mercado: produtos caseiros


Para milhões de pessoas, a pandemia mudou para sempre a relação entre casa, trabalho e o mundo exterior. Mesmo nos países que já se aproximam de um ambiente "pós-pandêmico", a ênfase em criar um ambiente confortável em casa permanece, e o mercado de produtos domésticos está repleto de novas oportunidades.


Considere abrir sua própria loja virtual de fitness com equipamentos que permitem que as pessoas se exercitem em suas salas de estar. Ama animais? Talvez um adorável pet shop que venda produtos como brinquedos silenciosos que divertem os bichinhos e não atrapalham profissionais que estão em regime de home office seja a melhor opção para você. Promissor, não?


Ainda na veia do conforto, as roupas esportivas, pijamas ou loungewear, oferecem uma combinação muito desejada de roupas elegantes que também são confortáveis. Produtos como leggings, moletons, calças e camisetas 100% algodão, chinelos e meias continuam sendo categorias populares para lojas online.


Se sentir bem nunca sai de moda; considere vender cosméticos práticos para uma rotina de skincare fácil. Seus compradores também podem buscar produtos de beleza caseiros, como kits de unhas ou acessórios de beleza.


Itens de home office também estão em demanda, já que trabalhar em casa para profissionais e estudantes tornou-se parte do novo normal. Pense em acessórios de tecnologia, como suportes para laptop, mesas de colo, teclados, organizadores de mesa ou armazenamento doméstico. Cadeiras ergonômicas que apoiam a postura e o alinhamento das costas, mesas de altura regulável ou almofadas de assento confortáveis ​​são complementos necessários à vida de muitas pessoas. Enquanto os pais fazem malabarismos entre família e a vida profissional, talvez você possa incluir brinquedos educativos e espaços para brincar em seu negócio de dropshipping.


Mas nem tudo é trabalho. Você também pode considerar a venda de jogos ou itens de passatempo doméstico, como jogos de tabuleiro, perguntas e respostas, ou kits de tricô e pintura. As pessoas também querem conversar por vídeo com amigos ou assistir seu streaming favorito sem ter que segurar seus dispositivos o tempo todo. Considere a venda de suportes de cabeceira e de mesas portáteis em sua loja de dropshipping.



Promova a sua loja virtual


Depois de adicionar produtos à sua loja, você pode concentrar sua atenção em direcionar os visitantes ao seu site. É aqui que uma boa estratégia de marketing para eCommerce entra em ação. Aproveite ao máximo as ferramentas de negócios da sua plataforma de eCommerce. Para economizar tempo, utilize o poder do email marketing a seu favor, e automatize o envio de newsletters e mantenha o diálogo com seu cliente. Anuncie seu negócio de dropshipping com campanhas de anúncios no Facebook e Instagram. Se for relevante para sua marca, utilize o marketing de influência e conecte-se com influenciadores para endossar seus produtos e promovê-los para seus seguidores.


A sua estratégia de SEO também terá um papel crucial na promoção do seu negócio de dropshipping online.


As lojas online que conectam ferramentas de SEO experimentam um aumento médio de 21% no tráfego.

Criar conteúdo de alta qualidade e apostar em táticas de marketing de baixo custo aumentará sua visibilidade nos resultados de pesquisas. Por exemplo, aumente a visibilidade do seu site com a otimização de palavras-chave. Digamos que você esteja vendendo roupas confortáveis para quem trabalha de casa. Se você incluir os termos “roupas confortáveis”, “trabalho em casa” ou “roupas esportivas” em seu texto, você terá uma melhor chance de classificação no Google quando as pessoas pesquisarem por essas palavras-chave.



02. Seja criativo usando a impressão sob demanda


Fundo verde com ecobag e exemplo de vitrine de loja virtual à esquerda com 4 produtos

As empresas de impressão sob demanda funcionam de maneira semelhante ao Dropshipping, no sentido de que fornecem o estoque de produtos e fornecem uma maneira automática de enviar os produtos diretamente para seus clientes. Além disso, a impressão sob demanda oferece a capacidade de criar produtos exclusivos e personalizados.


Adicione um toque pessoal aos produtos com impressão sob demanda conectando Printful ou Printify à sua loja virtual. Assim como no dropshipping, você faz parceria com empresas de impressão sob demanda que fornecem o estoque. De camisetas a capas de telefone, bolsas, brindes personalizados e muito mais - escolha qualquer mercadoria personalizável e dê seu próprio toque criativo. Vá em frente e escolha ilustrações, frases ou fotos para imprimir nos produtos que você selecionou.


Comece escolhendo entre centenas de produtos exclusivos para personalizar e vender seus designs em sua loja virtual. Você pode começar um negócio de camisetas com frases engraçadas e irreverentes. Ofereça a opção de imprimir as fotos dos pets de seus clientes em meias e canecas. Crie adesivos com seu logo ou imagens que combinem com sua marca. Outra opção bacana se correr em você a veia da arte: vender merchandise com designs originais feitos por você.


Ainda assim, você não precisa ser um designer gráfico para vender designs exclusivos. Contrate e colabore com artistas que trabalham como freelancers em sites como Fiverr ou DeviantArt, ou aborde artistas locais que você admira e fomente a arte da sua cidade, estado ou país para criar peças únicas através da impressão sob demanda.


Ao receber um pedido, você pode enviar para mais de 90 locais em todo o mundo. Encaminhe seus pedidos para o fornecedor escolhido, enquanto gerencia tudo a partir do seu painel de controle Wix. Basta pensar nisso - os clientes irão arrasar com seus designs exclusivos em todo o mundo.



03. Torne-se um varejista omni-channel


Depois de configurar uma loja virtual, você pode alcançar mais clientes e aumentar suas vendas tornando-se um varejista omni-channel e vendendo em vários canais.


Com base nas tendências de dados de mais de 700 mil lojas online do Wix em todo o mundo, os vendedores com um canal de vendas adicional podem aumentar as vendas em até 12%

Pense no varejo omni-channel como uma forma de maximizar sua presença online e uma maneira fácil de ampliar seu negócio de baixo custo no vasto mundo da Internet. Ao conectar sua loja virtual a plataformas como Facebook Shop ou Instagram, você pode expandir seu alcance sem experienciar um grande aumento em seus custos indiretos. Com o Wix, você pode até listar e vender seus produtos na Amazon, enquanto gerencia todos os seus pedidos e estoque de forma integrada a partir do seu painel de controle.


Aprimore sua loja virtual ainda mais com AdScale. Este poderoso aplicativo do Google Shopping introduz a tecnologia de IA em sua publicidade, criando e otimizando automaticamente anúncios no Google Shopping, Pesquisa Google, YouTube e muito mais.



04. Migre seu negócio do físico para o online


Se você administra uma empresa tradicional, pode adaptar e expandir seu alcance vendendo online sem um grande aumento em seus custos comerciais. Crie um site de eCommerce para vender online, aceitar pagamentos e gerenciar todos os pedidos.


Por mais caótico que possa parecer (e ser), esse é um momento propício para criar uma loja virtual. Devido à pandemia do coronavírus manter muitas pessoas em casa, as compras online dispararam em 2020, e existem diversas estatísticas de eCommerce capazes de comprovar que uma das melhores (e mais seguras) formas de ganhar dinheiro em 2021 é com o eCommerce.


Seu site funcionará sempre como uma das principais faces da sua marca. Além disso, a plataforma em que ele foi construído e os recursos de eCommerce disponíveis terão um grande impacto na fluidez e facilidade com que você poderá gerir seu negócio online. Para maximizar sua capacidade de criar, administrar e expandir sua loja virtual, escolha uma plataforma como a Wix Stores e as ferramentas de eCommerce do Wix, que acompanham e impulsionam seu negócio online em todas as fases, para que você cresça e até se torne um negócio multimilionário. Comece agora escolhendo e personalizando um dos vários templates de loja virtual disponíveis.



05. Crie conteúdo de vídeo


Em um mundo pós-2020, os setores que tradicionalmente dependiam de interações face a face, como fitness, restaurantes e educação, se adaptaram a modelos híbridos ou online, e parece que essas mudanças vieram para ficar.


A acessibilidade do conteúdo digital o torna um ótimo terreno para ideias de negócios de baixo investimento - os criadores online estão se conectando ao seu público através de vídeos, como demonstrações de receitas e rotinas de exercícios que as pessoas podem transmitir online.


Gif com template de site de loja de bicicletas


Como você pode aplicar sua experiência para atender a essa demanda de mercado?


As atividades voltadas para a família estão sempre na moda e repletas de oportunidades para começar um negócio. Se posicione à frente da concorrência vendendo conteúdo de vídeo para crianças. Se você é um instrutor de fitness, crie vídeos de exercícios para crianças. Transmita conteúdo para o público infantil, como exercícios ou aulas de ioga para mães e bebês. Publique lições diárias online para ajudar os pais a entreter seus filhos em casa. Você pode até criar um divertido programa de culinária com seus próprios filhos.


Existem diferentes modelos de preços para ganhar dinheiro com conteúdo de vídeo e cursos online. Você pode cobrar uma assinatura mensal do canal para dar aos clientes acesso total a conteúdo exclusivo. Se você trabalha com plataformas de hospedagem de vídeo como o YouTube, pode monetizar seu conteúdo com base no número de espectadores. Outra opção é vender ou alugar seus vídeos. Os espectadores podem baixar o vídeo ou assisti-lo em seu site em um ciclo de 24 a 48 horas.


Considere oferecer parte do seu conteúdo gratuitamente para dar aos clientes uma ideia do seu produto e incentivá-los a fazer uma compra. Realize webinars e lives com o Zoom, Vimeo e YouTube.



06. Inicie seu próprio serviço de assinatura


O eCommerce viu um boom acontecer na indústria de serviços de caixa de assinatura. Os serviços de delivery e compras online estão em alta há muito tempo, uma tendência que continua mesmo enquanto parte do mundo volta a um "novo normal". Dentro deste setor, surgiram 3 tipos diferentes de assinaturas:


  • Reposição: compras recorrentes de itens usados ​​com frequência (a coisa fica mais interessante se você escolher produtos que não agridem o meio ambiente), como papel higiênico, grãos de café, pasta de dente ou lâminas de barbear.

  • Curadoria: caixas de itens temáticos, como roupas, beleza, livros, comida e vinho.

  • Assinaturas de acesso: inclui descontos ou vantagens premium para membros, geralmente em setores como alimentos, beleza, entretenimento e vestuário.


Você pode configurar seu próprio modelo de negócios baseado em assinatura, entregando uma caixa de surpresas temáticas em uma base semanal ou mensal. Você já vende um produto que pode ser transformado em assinatura? Talvez você tenha um hobby especial, como fazer sabão, receitas de molhos picantes ou desinfetantes caseiros com óleos essenciais. Crie uma caixa de assinatura com seus produtos e configure seu negócio online.



07. Lance seu negócio de design de interiores


Artesãos, decoradores, marceneiros e arquitetos podem entrar no mercado de design de interiores vendendo decoração e projetos para casa - da marcenaria ao macramê, pintura, fabricação de velas e plantas, aos projetos de pequenas reformas e redecoração de ambientes. Liste suas peças originais ou seus serviços em seu site profissional. Em seguida, compartilhe suas idéias de arte, design, artesanato, arquitetura e dicas de decoração em seu site ou através de tutoriais em vídeo.



08. Inicie um podcast


A palavra falada fez um grande retorno - a indústria de podcasts foi estimada em cerca de 90 milhões de dólares no ano de 2019, e só viu crescimento em 2020 e 2021. Garanta sua fatia desse bolo lançando seu próprio podcast.


Comece escolhendo um tópico que você ache interessante e, claro, que você domina. Procure maneiras de entreter, informar e inspirar. Convide seus amigos para acompanhá-lo no ar. Chame convidados especiais, como comediantes e líderes de nichos específicos para agregar valor e aumentar a exposição.


Grave seu podcast com sites de hospedagem de áudio como SoundCloud, Spotify ou Libsyn. Quando terminar de gravar, use o Player de Podcast do Wix para mostrar e transmitir podcasts no seu site.


Quando você já tiver uma certa audiência, comece a pensar em maneiras de complementar a marca do seu podcast com itens personalizados, como camisetas, meias e outros acessórios usando impressão sob demanda.



09. Publique seu próprio livro


Você sempre sonhou em escrever seu próprio livro? Faça de 2021 o ano em que finalmente você vai poder realizar esse desejo. Você pode publicar seu próprio e-book best-seller sem muito investimento monetário e, em seguida, promover e vender seu livro online.


Para se inspirar, conheça a Ashley Antoinette, autora de best-sellers do New York Times e fundadora do site thebooklovers.co. Ashley usa sua página como uma plataforma para promover sua série Butterfly, que é imensamente popular, bem como seu próximo aplicativo, o Book Lovers.


A conexão de Ashley com seus fãs, conhecida como #asharmy (exército da Ash), é uma prova de como a criação de comunidades online aproxima e expande audiências, e os resultados falam por si: Ashley vendeu mais de 1 milhão de livros até o momento. As barreiras para publicação nunca foram menores. Não tem certeza sobre o que escrever?


Sua vida cria o melhor conteúdo.


Reúna suas fotos, receitas, memórias, contos ou modelos de livros de colorir para adultos. Se você tem um blog, já tem muito conteúdo: considere combinar os posts do seu blog em um livro. Componha o conteúdo em formato PDF digital. Você também pode narrar um audiolivro fazendo upload de arquivos de áudio.


Em seguida, crie um site para que os clientes possam encontrar você - basta escolher a partir de templates para livrarias e autores. Personalize seu site para combinar com a aparência do seu livro. Ganhe royalties adicionais distribuindo seu e-book ou apostila por meio do Kindle Direct Publishing da Amazon.



10. Forneça serviços de consulta remota


Assim como a migração de lojas físicas para o online permite que os empreendedores atinjam públicos maiores, a mudança para um modelo online de serviços de consultoria e prestação de serviços cria a capacidade de alcançar uma base de clientes global.


Após lançar sua loja virtual com sucesso, você pode ajudar outras pessoas a fazerem o mesmo. Criar e personalizar sites ou vender cursos online, tutoriais e sessões de coaching para compartilhar melhores práticas e dicas com outros proprietários de negócios.


Você tem os recursos de que precisa para iniciar seu negócio


Não tem outra, o melhor negócio para começar com pouco dinheiro deve atender às necessidades do seu público-alvo - sim, obedecendo aquela velha máxima do "cliente sempre tem razão". Em um mundo que teve que se adaptar rapidamente a versões híbridas ou ao trabalho e lazer em casa, considere adaptar seus produtos e serviços para acomodar essas necessidades. Pense em delivery, compras online, videoconferência e assim por diante.


Para tirar o máximo proveito de um pequeno orçamento inicial, também é aconselhável começar com um modelo de negócios que não exija muitos custos indiretos nos estágios iniciais e seja rapidamente adaptável. Dropshipping, impressão sob demanda e varejo omni-channel são ótimas maneiras de alavancar um orçamento apertado e iniciar um negócio sem muito dinheiro.


Com um pouco de engenhosidade, você pode crescer e transformar sua ideia de negócio de baixo investimento em um sucesso completo. Boa sorte!



Pornto para começar seu negócio online? Crie sua loja virtual hoje mesmo.


Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png