Catálogo de Cores para Logos — e Mais Dicas Valiosas Para Escolher Sua Paleta de Cores


Imagem de capa do artigo "Catálogo de Cores para Logos — e Mais Dicas Valiosas Para Escolher Sua Paleta de Cores"

Quando foi a última vez que alguém te perguntou: "Qual é a sua cor favorita?". Embora essa pergunta simples seja geralmente feita para crianças pequenas — ou reservada aos primeiros encontros —, compreender o raciocínio por trás de suas preferências de cores é algo muito profundo.


Além de profundamente ligadas às emoções, as cores são muito poderosas e todos nós temos conexões inconscientes com nuances específicas. Nossas afinidades individuais com tons distintos são baseadas em experiências e memórias que, com o tempo, criam associações positivas ou negativas. Portanto, quando se trata de branding e escolha das cores de seu logo profissional, certamente há muito mais do que se pode imaginar.


Quer você decida criar um logo por conta própria ou trabalhar com um designer profissional, reconhecer da importância das cores do logo pode levar sua marca ao sucesso ou a passar despercebida em seu nicho de mercado. Neste artigo, vamos analisar a influência de diferentes cores e diversas combinações, além de abordar algumas considerações para a escolha das melhores cores para a sua marca.



Tipos de combinações de cores de logo

Em geral, é recomendável usar no máximo três cores em um logo profissional. Prestar atenção aos vários esquemas de cores e à forma como elas harmonizam entre si ajudará você a criar um logo que seja visualmente atraente e que tenha significado.

Embora você possa ter suas combinações de cores preferidas, compreender as sutilezas de como certas cores funcionam (ou não) em conjunto é um aspecto crucial do design de logos. Conhecido como teoria das cores, esse sistema de diretrizes pode ajudá-lo a escolher cores que não apenas combinem bem, mas que evoquem as emoções certas relacionadas à sua marca.

Há muitas ferramentas de paleta de cores que podem ser utilizadas para entender a teoria das cores, para testar e visualizar diferentes combinações. Além disso, se você usar um criador de logo(s), terá acesso a esquemas de cores predefinidos. Essas combinações prontas levam em consideração a teoria das cores para proporcionar uma rápida visualização de como elas ficariam no design de seu logo profissional.

Vamos dar uma olhada nestes esquemas de cores para entender melhor:

  • Combinações monocromáticas são compostas de apenas uma cor usada em diferentes variações. Para obter tonalidades diferentes, o preto ou branco são adicionados a uma tonalidade de base (uma cor primária). Por exemplo, se o branco for adicionado ao vermelho, o resultado será rosa. Já se o preto for adicionado, criará um tipo de vermelho terra ou marrom. Juntas, estas cores recém-criadas (rosa, vermelho terra e marrom) formariam um esquema monocromático.

  • Combinações de cores análogas são aquelas que se encontram ao lado umas das outras no círculo cromático. Por exemplo, azul, azul arroxeado e violeta são análogas.

  • Combinações de cores complementares são criadas quando as cores que se encontram em lados opostos do círculo cromático são emparelhadas. Por exemplo, azul e laranja, amarelo e roxo ou verde e vermelho são cores complementares.

  • Combinações triádicas, como o nome sugere, usam três cores que são posicionadas uniformemente no círculo cromático. Por exemplo, vermelho, amarelo e azul são cores triádicas, além de cores primárias. Roxo, laranja e verde também são cores triádicas, mas secundárias.

  • Combinações tetrádicas são formadas por quatro cores, todas posicionadas de maneira correspondente no círculo cromático. Você pode pensar nelas como dois conjuntos diferentes de cores complementares, ou visualizar um retângulo dentro do círculo. Por exemplo, vermelho, verde, azul arroxeado e amarelo alaranjado.


Tabela explicativa dos esquemas de cores monocromáticas, complementares, tríades, análogas e tétrades.


Cores para Logos


Vermelho


Vermelho é fogo. Vermelho é visceral. É atraente e difícil de não ser notado, tornando esta cor uma escolha popular para o design de logos. Uma das cores primárias, o vermelho está associado a energia, paixão e poder. Você já notou que o vermelho é usado com frequência em logos de alimentos? Isso porque acredita-se que é uma cor que estimula o apetite. O vermelho pode ser visto com facilidade na indústria do entretenimento e nos logos de moda.


Por outro lado, o vermelho também pode estar ligado à raiva e ao perigo. Se você está procurando uma cor de logo que seja calma, pacífica e serena, o vermelho provavelmente não é a escolha ideal.


Exemplos de logos vermelhos: Trader Joe's, Coca-Cola, Comme de Garçons, Netflix, Uniqlo e Youtube


Laranja


O laranja é vivo, caloroso e acolhedor, além de transmitir felicidade e confiança. Como é uma cor leve, pode ser uma excelente escolha para indústrias que são divertidas, porém profissionais. O laranja é comum em logos de tecnologia, de alimentos e de esportes.


Exemplos de logos em tons de laranja: Nickelodeon, JBL, Hermés, Harley Davidson, Dunkin'Donuts e The Home Depot


Amarelo


Amigável, acessível, alegre e edificante, o amarelo é uma cor popular de logo para indústrias que querem expressar felicidade e prazer. Ao mesmo tempo, o amarelo é difícil de não ser notado (como os táxis amarelos nas ruas de Nova York), por isso é uma boa escolha para se destacar na multidão. No entanto, o amarelo também pode ser associado a sinais de alerta e cautela e, portanto, pode não ser uma boa opção para todas as indústrias.


Exemplos de logos amarelos: DHL, Snapchat, Pirelli, No name, Bumble e IKEA.


Verde


O verde é mais comumente usado por marcas ou indústrias eco-friendly relacionadas ao meio ambiente, como agricultura, horticultura, reciclagem e energia renovável. Por estar associado à natureza, é também uma escolha popular para marcas de produtos orgânicos e/ou naturais com o objetivo de passar uma sensação pura, holística e fresca.


Logos verdes também são populares entre as marcas de alimentos e bebidas, empresas de tecnologia e comunicação e na indústria farmacêutica.


Exemplos de logos verdes: Whatsapp, Spotify, TicTac, Subway e Heineken.


Azul


Uma cor forte e confiável que transmite segurança, credibilidade e profissionalismo, o azul é frequentemente usado em logos médicos, financeiros e de tecnologia. O azul também é tranquilo e sereno, o que faz dele uma escolha popular entre as marcas de saúde, bem-estar e entre aquelas que querem passar uma sensação de calma.


Exemplos de logos azuis: Walmart, Dr. Bronner's, PayPal, Casper, LaCroix, Skype e Champion.


Roxo


Real, luxuoso e decadente, o roxo é frequentemente associado à riqueza e sabedoria. É também uma cor lúdica e convidativa com uma conotação acessível. O roxo pode ser visto em uma miríade de indústrias, mas é comum entre as marcas de cosméticos, doces, moda e marcas voltadas para crianças.


Exemplos de logos roxos: Milka, TacoBell, PBS e Instagram.


Rosa


O rosa é enérgico, revigorante, lúdico e surpreendentemente versátil. É uma cor que transmite jovialidade, além da sensação de felicidade e calma de forma relevante e moderna. Uma cor que já foi estereotipadamente feminina, o rosa ganhou força e diversidade, tornando-se uma escolha de cor atraente para logos. O rosa pode ser visto na indústria da moda, assim como na indústria de alimentos e bebidas, tecnologia e cosméticos.


Exemplos de logos em tons de rosa: Lemonade, Baskin Robbins, Tinder, Lyft e Dribbble.


Preto e Branco


O design clássico e sem restrições do logo em preto e branco faz dele uma escolha clássica e atemporal. O preto exala elegância e sofisticação e, quando combinado com o branco, é minimalista e eficaz. Na verdade, quando os logos são projetados pela primeira vez, é recomendável criá-los em preto e branco antes de integrar quaisquer outras cores. Ao começar com estas tonalidades simplificadas, você concentra a sua atenção no aspecto geral do seu logo. A adição de cores deve melhorar o design de seu logo, não defini-lo.


O preto e branco pode ser muito versátil e se adequa bem a logos de letras e nominativos, mas pode ser usado em todos os formatos e tamanhos. Ao adotar uma paleta refinada em preto e branco, muitas marcas líderes se destacam na multidão sem quaisquer outros adornos, o que ajuda a transparecer a identidade de marca delas.


Exemplos de logos em P&B: WWF, Calvin Klein, Wix, Boxed Water, Kith, Aesop e Off-White.


Cinza


Derivado da mistura entre o preto e o branco, o cinza é neutro e calmante. Essa cor expressa profissionalismo, sofisticação e modernidade. Também combina bem com quase todas as cores, o que a torna versátil e adequada para muitas indústrias e projetos de design de logos.


Exemplos de logos em cinza: Jaguar, Everlane, Wikipedia, Mercedes-Benz e Navitas Organics.


Marrom


O marrom é forte, terroso e muitas vezes percebido como uma cor masculina. Ele evoca credibilidade, segurança e uma sensação de salubridade. Muito usada para produtos totalmente naturais, essa cor é orgânica e honesta. O marrom é também a cor do café, chocolate e da cerveja e, portanto, comum nessas indústrias, evocando o conforto desses produtos.


Exemplos de logos marrons: Mrs. Meyer's Clean Day, A&W, Bape, Cotton, Hershey's, M&M's e ILIA.


Multicolorido


Embora a regra geral seja manter um máximo de três cores no logo, há obviamente casos em que a violação dessa diretriz traz benefícios. Muitas vezes usados por marcas criativas, multidisciplinares ou voltadas para crianças, os logos multicoloridos chamam a atenção, são ousados e difíceis de esquecer.


A maioria dos designers e profissionais de marketing recomendam não usar várias cores porque elas podem se tornar opressivas, super saturadas e pesadas. Se você analisar os exemplos de logos multicoloridos de sucesso, notará que todos eles são equilibrados e refinados, muitas vezes escolhendo uma cor focal e brincando com o brilho, a saturação e a combinação de cores.


Exemplos de logos multicoloridos: NBC, Google, Cinelli, Crayola, Monday.com, Fruit of the Loom.


Aspectos a se considerar ao escolher as cores do seu logo


Agora que já exploramos cada cor de logo, vamos nos aprofundar um pouco mais. Aqui estão alguns fatores importantes a serem considerados:



Psicologia das cores


Você já tremeu como vara verde? Entrou no vermelho ou ficou roxo de vergonha? Estas expressões corriqueiras são apenas uma parte do nosso vocabulário diário, mas também retratam uma imagem específica para transmitir uma mensagem ou ideia associada às cores.


A psicologia das cores ajuda a explorar este conceito, afirmando que cada cor representa um comportamento ou uma emoção específica. Por meio da utilização da comunicação não verbal, as cores são expressivas e reveladoras. Por exemplo, o amarelo é tradicionalmente associado à felicidade, pois é edificante e luminoso, enquanto o azul está ligado à confiabilidade, tranquilidade e estabilidade. Portanto, ao escolher as cores do logo, é essencial pensar na mensagem da sua marca e na emoção que você deseja evocar nos clientes potenciais.


Tabela de psicologia das cores


Significado cultural


Nas culturas ocidentais, o vermelho é frequentemente associado à paixão, ao amor e ao poder. É uma tonalidade ousada, cheia de energia e força. Já nas culturas orientais e asiáticas, o vermelho está muitas vezes associado à felicidade, sorte, longevidade e prosperidade familiar. Assim como os idiomas e os símbolos variam de acordo com a cultura, o mesmo acontece com as cores. Ter sensibilidade e consciência cultural é muito importante, especialmente para marcas que operam em um mercado global.


A cor pode não apenas desencadear uma resposta emocional, como também evocar uma associação à marca. Ao definir claramente seu público-alvo, você terá uma compreensão mais profunda e criteriosa de como a cor poderá impactar as decisões de seus clientes potenciais.



Percepção da marca


O azul Tiffany é a cor icônica e inconfundível associada à Tiffany & Co. De acordo com a marca de luxo, a cor "Azul Tiffany®" foi registrada pela Tiffany em 1998 e padronizada pela Escala de Cores Pantone® para garantir que independentemente do local no mundo ou do meio em que a cor seja reproduzida — em um saco de compras ou em uma propaganda — ela possa ser imediatamente reconhecível e se mantenha sempre a mesma.


Embora as cores de seu logo talvez não se tornem uma tonalidade Pantone, a consistência e uma paleta estratégica com base na identidade visual de sua marca podem moldar a percepção dela na mente dos consumidores. Portanto, a escolha de cores estratégicas e significativas ajudará os clientes potenciais a estabelecer associações imediatas.



Ambiente competitivo


Se você está planejando um logo para uma linha ecologicamente correta de cuidados com a pele, que cores vêm à sua mente? Como o verde é geralmente associado à natureza, à terra e ao meio ambiente, muitas vezes é uma cor usada por marcas focadas na sustentabilidade. Mas com tantos produtos naturais no mercado, como você pode garantir que seu logo se diferencie dos demais?


Para ter um logo autêntico que represente verdadeiramente a sua marca, as cores dele devem incorporar plenamente esses valores e a mensagem de seu produto ou serviço. Embora você possa chegar à conclusão de que o verde é a cor certa para seu logo, a tonalidade específica e a saturação podem fazer toda a diferença.


Na mesma linha, as cores adicionais também podem destacar o verde ou comunicar um sentimento específico que você deseja que seus produtos transmitam. Fora isso, o tipo de logo pode ditar a inclusão de cores e a forma como elas são integradas à identidade do seu logo. Por exemplo, ao projetar um logo nominativo, a tipografia não será a única definição importante — a cor escolhida também influenciará a mensagem que seu logo está tentando comunicar.


Embora seja importante estar ciente dos concorrentes ao projetar seu logo, eles não devem condicionar suas escolhas. Só porque todos os outros logos de cabeleireiros usam uma tesoura em seu design, não significa que você tenha que fazê-lo. Você pode ser criativo não somente para se diferenciar de seus concorrentes, mas também para refletir plenamente a sua marca.



RGB x CMYK


RGB refere-se a Red, Green and Blue (vermelho, verde e azul), as cores primárias da luz que são mais comumente usadas em meios digitais como monitores de computador, dispositivos móveis, televisores e câmeras digitais. Por outro lado, CMYK corresponde a Cyan, Magenta, Yellow e Black (ciano, magenta, amarelo e preto), que são as cores primárias do pigmento, e são mais comumente usado na impressão.


Dependendo das necessidades específicas de seus projetos de branding, você pode usar ambos os padrões RGB e CMYK para as cores do seu logo. Entretanto, no design de logos, é recomendável começar sempre no modo de cor CMYK. Como o escopo de cores é menor, é mais fácil fazer a transição de CMYK para RGB, em vez do contrário.


Por exemplo, se você tiver um logo que será usado em cartões de visita e projetos de embalagens que posteriormente precisarão ser adaptados a uma tela, é muito mais fácil converter de CMYK para RGB, e a mudança de cor será indetectável.

Assim, vale a pena escolher as cores do logo a partir da Escala de Cores Pantone, a fim de evitar qualquer irregularidade na impressão. Isso garante que as cores de seu logo tenham uma aparência consistente em qualquer superfície ou formato. Embora não seja necessário usar as cores Pantone, pode ser útil consolidar sua linguagem visual em todos os ativos de sua marca.



Formato de cor


Aqui vai uma dica profissional: quer você trabalhe com um designer ou crie seu próprio logo, tenha sempre várias versões de cores para ele. Isso é importante por várias razões. Primeiro, porque como seu logo será usado em diferentes mídias, você quer garantir que ele sempre fique bem visualmente.


Por exemplo, digamos que você crie um logo deslumbrante que seja azul e amarelo. Agora imagine se um de seus clientes fiéis imprimisse algo de seu site usando uma impressora em preto e branco. De repente, seu logo estará em tons de cinza e a arte deslumbrante que você criou ficará monótona e quase irreconhecível.

Para evitar isso, providencie o design de seu logo em várias representações, incluindo tons de cinza, preto e branco, e uma versão negativa onde seu logo é invertido sobre um fundo escuro.


Em segundo lugar, porque uma vez que seu logo também aparecerá em tamanhos diferentes, a escalabilidade é uma consideração essencial, especialmente quando se trata de cores. Ao preparar vários formatos de cores para o seu logo, você pode prever como ele será exibido em qualquer cenário. A consistência é fundamental para o branding e, ao elaborar cada um desses formatos, você pode garantir que seu logo mantenha uma aparência coesa em qualquer situação ou local.



Por Equipe Wix


pt03.png