O Que Vender Online: Como Encontrar os Melhores Produtos Para o Seu Nicho de Mercado



Você está pronto para criar uma loja virtual e entrar com tudo no universo do eCommerce - mas o que você vai vender?


Os produtos que você escolher serão o centro do seu negócio. Eles moldarão a aparência da sua marca, as técnicas de vendas utilizadas e o seu plano de marketing. Quer você já tenha uma ideia ou esteja começando do zero, leia este guia para escolher os produtos certos para sua loja online.



Aqui estão 5 passos que vão te ajudar a decidir o que vender online:


  1. Descubra quem é o seu público

  2. Pesquise quais são os produtos e categorias de produtos mais populares

  3. Busque preencher uma necessidade do mercado

  4. Calcule seu lucro com atenção

  5. Pesquise os produtos de nicho para se vender em 2020



01. Descubra quem é o seu público


Se você precisar tirar apenas uma lição deste guia, que ela seja: escute seus clientes.


Se coloque no lugar de quem forma seu público-alvo. Com base em gênero, idade, interesses, geolocalização e poder aquisitivo, entenda exatamente o que os motiva a comprar.


Pense como seus clientes:

  • Quais são seus pontos fracos?

  • Quais são seus interesses?

  • Eles preferem desktop ou mobile?

  • Quais redes sociais eles usam?


Dê uma olhada nas principais revistas online e veículos de comunicação para seu público-alvo. Que tópicos são abordados? Quais marcas anunciam neles? Aprenda também com sites baseados em dados, como o portal Think with Google, do Google Brasil, ou o site eCommerce Brasil, e verifique quais itens são apresentados como os melhores produtos para vender online.



02. Pesquise quais são os produtos e categorias de produtos mais populares


Agora que você está pensando como seus clientes, é hora de encontrar produtos populares com um bom potencial de vendas. A chave: chegue cedo na festa. Faça uma pesquisa de tendências com antecedência para saber quais produtos e categorias estão ganhando destaque.


Examine os "trending topics" (tópicos em alta) nas redes sociais e verifique o Google Trends para ver o que as pessoas estão falando e pesquisando. Lembre-se de que o comportamento de compra varia dependendo da região. Para obter os dados corretos, filtre o Google Trends por localidade.


Não se esqueça de explorar grandes sites de comércio eletrônico como Amazon, Mercado Livre, Magazine Luiza e Americanas.com e checar suas listas de produtos mais vendidos e produtos promovidos, informações valiosas moram aí.



03. Busque preencher uma necessidade do mercado


Os melhores produtos atendem diretamente às necessidades do consumidor. Produtos de nicho como cadeiras especiais para jogadores ávidos de vídeo game ou acessórios para cachorros e gatos atraem clientes entusiastas


Os entusiastas são um grupo demográfico menor, e através de pesquisas direcionadas, você pode entender melhor seus pontos fracos, hábitos e desejos de consumo. Esses dados podem ajudá-lo a moldar um planejamento de marketing impecável, com listas de contatos efetivas, anúncios do Facebook e uma boa estratégia de SEO. Para obter mais inspiração de inovação, examine as listas de mais populares do Kickstarter, Catarse, Kickante, Indiegogo, StartMeUp e outros sites de financiamento coletivo.


Lembre-se: em teoria, um público maior significa mais vendas. No entanto, produtos de nicho provam que mercados específicos podem valer a pena. Só não se esqueça de treinar seu olhar para perceber o problema que cada produto resolve, e assim atingir o nicho escolhido com produtos que eles realmente vão querer comprar.





04. Calcule seu lucro com atenção


No final do dia, você vai querer escolher produtos que gerem vendas, e consequentemente, lucro. Aqui estão algumas questões práticas a serem consideradas:


Você deve criar seu próprio produto?


Será que produtos feitos à mão, como sabonetes, velas, roupas ou joias, são adequados para começar seu negócio online? Por um lado, você terá controle sobre a qualidade e poderá expressar todo seu talento e dar vida às suas ideias. Por outro, criar seus próprios produtos requer tempo e esforço. Considere quanto estoque você precisará produzir e quanto poderá vender.


Caso começar com seus próprios produtos seja um pouco complicado para você no momento, considere serviços de print-on-demand (impressão por demanda) para personalizar seus produtos sem ter que lidar com estoque e custos internos de produção.



O que será mais fácil de enviar?


Ao contrário de uma loja física, a venda online envolve o envio de produtos aos seus clientes. Com remessas intermunicipais, estaduais e até internacionais, isso pode ficar complicado. Escolha a composição dos seus produtos com embalagem e transporte em mente. Para ter um envio de baixo custo, seus produtos precisam ser feitos de materiais resistentes, com poucas peças móveis e que são resistentes à variação de temperatura.


Claro, existem muitos produtos extremamente lucrativos que não atendem esses requisitos, mas, principalmente para quem está apenas começando no universo do eCommerce, cada dica é valiosa e pode ajudar a economizar uma boa quantia nos primeiros meses de operação.



05. Pesquise os produtos promissores para 2021


Seja produzindo itens artesanais ou vendendo por dropshipping, aqui estão 8 ótimas ideias de produtos de nicho para vender em 2020:


Artigos para pets


O termo "pai/mãe de pet" não foi cunhado por acaso. Donos de animais de estimação podem ser bastante entusiasmados com as compras para seus bichinhos, tanto que eles fazem parte de um mercado que movimentou cerca de R$ 34 bilhões em 2020, e já representa cerca de 0,36% do PIB Brasileiro.


As oportunidades aqui são enormes, indo da venda produtos como ração e petiscos, camas, brinquedos, guias, coleiras e roupas, até produtos para os donos de animais de estimação, como joias temáticas, canecas, camisetas, babás eletrônicas e mais.


Eletrodomésticos


O ano de 2020 foi agitado para o mercado de eletrodomésticos e eletrônicos em geral - e 2021 não deve ser diferente. Mesmo em lugares onde restrições de isolamento social não estão sendo tão adotadas, é indiscutível que a pandemia do coronavírus mudou o mundo em que vivemos, e ficar em casa se tornou mais frequente para muitas pessoas.

Em 2020, novas formas de entretenimento, limpeza de ambientes, segurança, planejamento e cuidado com a casa, decoração e iluminação e tantos outros sub-nichos se popularizaram e tomaram boas fatias do mercado, o que representou um aumento de 69% em relação ao último trimestre de 2019.


Escolha entre diversos tipos de eletrodomésticos, dos básicos como fogão, freezer, geladeira e micro-ondas (que exigem uma operação de estoque e envio mais robusta), as novidades do mercado como lâmpadas com controle via wi-fi, aspiradores de pó sem fio, assistentes virtuais, sistemas de som e outras novidades.


Alimentação saudável em diferentes vertentes (veganismo, vegetarianismo, gluten free, etc)


A alimentação saudável é um tópico (e uma prática) que está e voga há muito tempo, mas a forma com que a percebemos e comercializamos é o que evolui a cada ano que passa. Se em meados dos anos 2000 shakes e substitutos para refeições eram vistos por toda parte, hoje o que se entende por alimentação saudável é algo completamente diferente e diverso.


Não existe uma regra para se alimentar bem, mas sim diversas correntes que servem propósitos diferentes. Escolha entre comercializar alimentos orgânicos de produtores locais, produtos livres de glúten ou lactose, veganos, vegetarianos, ayurvédicos e mais.


Estude bem os produtos que você escolher, afinal, eles vão fazer parte da rotina diária e vão afetar diretamente a saúde de seus clientes. Faça com que sua loja virtual seja a vitrine perfeita, adicionando fotos e descrições de produtos completas e detalhadas. Resumindo, o ramo da alimentação saudável pode te dar bons frutos, mas você deve pesquisar e se preparar bem!


Artigos Fitness


Vamos começar com dados animadores: segundo a Associação Brasileira de Academias (ACAD), o Brasil é o segundo maior mercado de academias do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. Não, não vamos indicar que você abra uma academia no meio de uma pandemia, mas é justamente devido à pandemia que esse mercado tem experimentado uma nova efervescência.


Entre roupas para a prática de exercícios, barras, halteres e outras ferramentas, relógios de monitoramento de atividade, suplementos e acessórios como tênis e garrafas, o mundo fitness é um verdadeiro mar de oportunidades. Escolha bons fornecedores, selecione um mix inteligente de produtos (pense que aparelhos, pesos e barras podem precisar de bastante espaço e uma operação de envio e atendimento um pouco mais complexa), crie a loja virtual perfeita para seu público com um dos nossos templates para sites fitness e comece a vender.


Artigos sustentáveis para casa e uso pessoal


Conforme mais e mais consumidores se informam sobre o uso excessivo de plástico e seus impactos ao meio ambiente, os hábitos de compra vão mudando. Junte-se à onda sustentável e ganhe mais do que um bom carma - invista em versões reutilizáveis de produtos de uso diário, como garrafas de água, sabonetes, canudos, escovas de dente, fraldas, absorventes, produtos de limpeza e tantos outros que podem gerar um impacto futuro incalculável.


Brechó e artigos vintage em geral


A moda vintage está em alta não só para roupas e acessórios, mas também para itens de decoração do lar. Faça uma curadoria irresistível e ofereça aos compradores uma experiência organizada com filtros e categorias.


Com uma vitrine bem planejada na sua loja virtual, você pode surpreender muitos clientes que evitam brechós por terem dificuldade em encontrar algo que realmente gostam, está em bom estado e tem o tamanho desejado.


Cuidados com a pele


O brasileiro nunca se interessou tanto por rotinas de cuidado com a pele - e seja por estar mais tempo em casa ou pelo uso constante da máscara, essa é uma tendência que parece não ter data para ir embora.


Cosméticos anti-sinais, máscaras faciais e produtos naturais vêm chamando a atenção das consumidoras tanto quanto artigos de maquiagem, e cada vez mais os cremes, séruns e hidratantes ou protetores solares com cor estão entrando na lista de mais desejados de muitas brasileiras.


Aproveite essa febre para vender produtos artesanais, de produção local e com proposta relaxante. Ah! E nós temos o template de eCommerce ideal para você.


Brinquedos e produtos funcionais para crianças


Dos bebês à idade escolar, as crianças sempre precisam de muitos produtos de nicho. Os pais estão sempre à procura de produtos úteis, como roupas, mamadeiras, slings, carrinhos e uma infinidade de outros artigos. Escolha uma direção específica (como vender apenas macacões para bebês) ou ofereça um mix que vai de roupas a brinquedos e utilitários.


Lembre-se que com as crianças em casa, muitos pais precisam diversificar nas técnicas de distração, educação e entretenimento, ou seja, brinquedos educativos, jogos e livros também podem levar sua loja virtual ao sucesso.



Próximo passo: crie sua loja virtual


O que quer que você decida vender, certifique-se de que é apoiado por uma pesquisa de mercado completa. Depois de todo esse planejamento, você está pronto para começar a construir seu eCommerce.



Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português





pt03.png