Guia Completo: Como Criar uma Loja Virtual em 9 Passos

Atualizado: há 4 dias



Se você está pensando em criar uma loja virtual, saiba que esse é um bom momento para começar. Devido à pandemia do coronavírus manter muitas pessoas em casa, as compras online dispararam em 2020, e existem diversas estatísticas de eCommerce capazes de comprovar que uma das melhores (e mais seguras) formas de ganhar dinheiro em 2021 é vendendo online.


Pode ser que você já possua uma empresa bem estabelecida no mercado offline, e esteja querendo dar o salto para o universo online, ou também pode ser que você esteja começando um negócio online do zero. Não importa qual seja o seu caso, iremos te dar todas as ferramentas e informações que você precisa para configurar a sua loja virtual - mesmo se você não tiver nenhum conhecimento prévio.


Veja como iniciar uma loja online em 10 etapas:

  1. Escolha uma plataforma de eCommerce

  2. Determine o seu público-alvo

  3. Escolha quais produtos você deseja vender online

  4. Comece a vender com uma plataforma de dropshipping

  5. Conecte um provedor de pagamento seguro

  6. Dê um nome à sua loja e obtenha um domínio próprio

  7. Prepare seu site para vender

  8. Crie uma estratégia de branding forte

  9. Prepare sua estratégia de marketing digital

01. Escolha uma plataforma de eCommerce


Seu site funcionará sempre como uma das principais faces da sua marca. Além disso, a plataforma em que ele foi construído e os recursos de eCommerce disponíveis terão um grande impacto na fluidez e facilidade com que você poderá gerir seu negócio online.


Aqui estão algumas questões a serem consideradas ao escolher uma plataforma de eCommerce:


  • Ferramentas: sua plataforma escolhida oferece tudo que um negócio online precisa para ser um sucesso? Você pode criar campanhas de marketing, gerenciar estoque, vender em vários canais e aceitar pagamentos a partir da mesma plataforma? Você pode personalizar sua experiência de checkout ou adicionar chat online? Resumindo, a plataforma pode crescer junto com o seu negócio?

  • Negócios especializados: você está criando um negócio de caixas de assinaturas, ou uma empresa de brindes personalizados? Tem uma ideia de negócio de um nicho diferente? A plataforma oferece os recursos de que você precisa para criar sua loja ideal?

  • Preços: a plataforma oferece um pacote de preços que atende às necessidades do seu eCommerce e também é financeiramente viável? Você será capaz de atualizar seu plano para usar ferramentas mais profissionais conforme sua empresa cresce? Os recursos de marketing e gerenciamento de negócios necessários estão incluídos no plano?

  • Recursos de design: a plataforma escolhida permite que você crie uma loja bonita, mas que também tenha um funcionamento de alto nível? Ela oferece uma ampla variedade de templates de loja virtual para serem usados ​​como ponto de partida? É fácil personalizar o design da sua vitrine?

  • Visualização mobile: seu construtor de sites permite a otimização total da sua página para dispositivos móveis? Os compradores poderão navegar confortavelmente em sua loja em seus telefones ou tablets?


Para maximizar sua capacidade de criar, administrar e expandir sua loja virtual, escolha uma plataforma como o eCommerce Wix, que oferece preços competitivos e uma gama completa de ferramentas profissionais que ajudarão você a começar rapidamente. Em suma, a Wix Stores e as ferramentas de eCommerce do Wix acompanham e impulsionam seu negócio online em todas as fases, para que você cresça e até se torne um negócio multimilionário. Você pode criar um site agora mesmo, é só começar personalizando um template de loja virtual bonito e intuitivo.



02. Determine o seu público-alvo



Uma das primeiras coisas a considerar ao abrir uma loja virtual é "para quem você estará vendendo". Esse fator é importante para determinar o mix de produtos a ser vendido, a identidade visual da sua marca, o design do site, as técnicas de marketing e detalhes essenciais da sua operação.


Se você já tem uma ideia sobre o mix de produtos, use-a para determinar quem seria o seu cliente ideal. Porém, se você está começando uma loja virtual do zero, considere o público que você deseja atingir. Pergunte a si mesmo: qual (ou quais) faixa etária quero atingir? Onde essas pessoas vivem? Que interesses eles têm? Agora é um bom momento para criar buyer personas para definir exatamente quem você deseja atingir com sua loja.


Ao escolher um público-alvo, uma boa ideia é escolher um grupo com o qual você esteja familiarizado. Para criar, vender e comercializar produtos com sucesso, você realmente precisa conhecer e entender sua base de clientes. Portanto, se você definir como alvo uma comunidade específica da qual já faz parte, esse processo será mais fácil.


Por exemplo, se você é mãe, trabalha e mora em uma grande cidade, crie um negócio online que segmente seu grupo demográfico. Dessa forma, você terá uma boa noção de quais produtos seus clientes precisam, como falar com eles desejam ser tratados e o que procuram. Com essas pistas em mãos, você com certeza saberá em cheio o que motiva sua clientela a comprar.



03. Escolha seu mix de produtos


Um elemento crucial para considerar ao abrir uma loja virtual é a escolha do que vender. Uma maneira de fazer isso é com base no seu público-alvo.


Qual produto ou serviço você pode oferecer ao seu público-alvo escolhido que ainda não está no mercado? Que possíveis problemas ou ausências você pode resolver? Que serviço já existe, mas pode ser melhorado? O que você pode vender que pode ajudar ou entusiasmar seus clientes? Independentemente de como você escolher seu mix de produtos para vender online, verifique se ele atende a uma necessidade.


Aqui estão algumas outras dicas para escolher o mix de produtos que você deseja vender online:


  • Esteja atento a um mercado inexplorado: você tem uma ideia de serviço ou produto que ainda não está no mercado? Você inventou um item que resolverá um ponto problemático entre um público-alvo específico? Essa pode ser uma grande oportunidade de sucesso. Em 2015, a usuária do Wix Crystal Etienne percebeu que havia uma lacuna no mercado de produtos de higiene feminina. Desde então, ela transformou a Ruby Love em um negócio de US $ 22 milhões.

  • Otimize um produto popular: pegue um item que você sabe que funciona e melhore-o. Verifique os comentários sobre produtos das marcas líderes do seu nicho de mercado para ver o que os clientes gostam e o que estão sentindo falta. Por exemplo, se você quiser vender mochilas, leia as avaliações das bolsas North Face, Herschel e Fjallraven.

  • Siga as tendências: a necessidade por máscaras faciais e artigos para home office explodiu em 2020, e segue em alta em 2021. Mas que novas tendências estão crescendo? Aqui estão algumas maneiras de tentar identificar as próximas demandas do mercado:

  • Leia relatórios, como nosso Relatório de tendências de eCommerce durante a pandemia.

  • Verifique os termos de pesquisa em alta com ferramentas como o Google Trends

  • Inspire-se com os produtos promissores das listas de mais populares do Kickstarter

  • Venda itens fáceis de enviar: quando se trabalha com eCommerce, é melhor investir em produtos leves, que contenham poucas peças móveis e que não sejam frágeis. O envio fica complicado quando baterias ou ímãs estão envolvidos, portanto, tente evitá-los também.

  • Verifique se você terá lucro: estime seu ROI (retorno sobre o investimento). Primeiro, olhe para seus concorrentes para determinar seu preço aproximado. Em seguida, calcule quanto você precisará vender para cobrir seus custos de operação.


04. Comece a vender com uma plataforma de dropshipping


Se você deseja abrir uma loja virtual e começar a vender rapidamente, pense em criar um negócio de dropshipping. Além de ser rápido de configurar, um negócio de dropshipping inclui algumas outras vantagens importantes, como permitir que você minimize os custos iniciais com matéria-prima, gerenciamento de estoque e atendimento de pedidos.


O que é Dropshipping e como funciona?


Dropshipping é uma opção de negócio de varejo fácil de iniciar e administrar que permite vender produtos sem ter que estocar, gerenciar ou enviar qualquer item.


Comece integrando a sua loja virtual com um fornecedor de dropshipping e escolhendo produtos em um vasto catálogo. Você pode determinar como definir o preço, comercializar e oferecer esses produtos. Então, quando os clientes compram o produto do seu site, você encaminha as informações do pedido ao fornecedor de dropshipping, que atende e envia o pedido.


Aqui está um passo a passo de como isso funciona:


  1. Você escolhe os produtos que deseja oferecer e define seus próprios preços

  2. Um comprador escolhe e paga por um dos produtos em seu site

  3. Você encaminha o pedido do cliente ao fornecedor, e uma taxa de operação é recolhida para cada pedido

  4. O fornecedor envia o produto diretamente para o endereço do seu cliente



Se você criar sua loja virtual com o Wix, poderá integrar sua loja a um serviço de dropshipping como o Modalyst em apenas alguns cliques. Em seguida, você pode criar catálogos de produtos em sua loja com itens dos fornecedores. Quando os clientes compram de você, o fornecedor gerencia o estoque e o cumprimento de seus pedidos - você só precisa lidar com sua vitrine online e estratégia de marketing.



05. Conecte um provedor de pagamento


Quando se trata de criar uma loja virtual, o que mais importa é como você aceitará o pagamento dos seus clientes. A configuração de um provedor de pagamento seguro é uma etapa importante para garantir que sua empresa possa aceitar pagamentos online sem problemas.


Primeiro, decida quais métodos de pagamento você deseja aceitar. É uma boa ideia oferecer a seus clientes vários métodos de pagamento para que eles possam escolher a opção que mais gostam e usam. Dependendo de sua localização, geralmente você pode escolher um ou vários métodos de pagamento, como:


  • Cartões de crédito/débito

  • Carteiras digitais (como o PayPal)

  • Boleto bancário

  • Transferências bancárias

  • Pagamento em pessoa


Em seguida, com isso em mente, escolha o provedor que processará todas as transações do seu negócio. Você precisará ser verificado por provedor de sua escolha para começar a ganhar dinheiro por meio de seu site de eCommerce.


Se você construir seu site com o Wix, escolha o Wix Pagamentos como seu provedor para gerenciar todos os pedidos e pagamentos da sua loja a partir de um único painel integrado, personalizar seus ciclos de pagamento e muito mais.



06. Nomeie sua loja e obtenha um domínio


Depois de saber o que, para quem, e como vender, é hora de escolher um nome memorável para sua empresa.


Pense em palavras associadas ao seu produto, setor, valores ou o que torna sua marca única. Para orientar a escolha do nome da sua empresa, considere o SEO e analize os termos que os consumidores estão usando - você pode verificar pesquisas online relacionadas e também o Google Trends. Para obter mais dicas sobre como pesquisar palavras-chave, aprofunde-se no nosso guia de SEO.


Inclua sua categoria de produto ou um produto específico em seu nome para que os clientes saibam o que você oferece imediatamente. Por exemplo, se você vende chapéus, pode incluir a palavra "acessórios", "chapéus" ou "bonés".


Acima de tudo, certifique-se de que o nome da sua empresa se destaque e que ainda não esteja sendo usado.


Aqui estão algumas maneiras de escolher um nome de marca exclusivo:


  • Pesquise seus concorrentes diretos

  • Pesquise ideias de nomes no Google e nas redes sociais

  • Use o google trends para obter um panorama dos assuntos e termos associados ao seu nicho de mercado


Depois de decidir sobre o nome da empresa, obtenha um domínio próprio para o seu site. Para escolher o melhor nome de domínio, opte pelo nome da sua loja virtual. Isso ajudará seus clientes a encontrar você online.


Com plataformas como o Wix eCommerce, você pode registrar e conectar um nome de domínio diretamente do seu site. Na verdade, quando você faz upgrade para começar a aceitar pagamentos em seu site, terá a opção de obter um nome de domínio gratuito no primeiro ano.



07. Prepare seu site para vender


Agora é um bom momento para realmente organizar sua vitrine online e ter certeza de que o design está otimizado para converter as visitas ao site em vendas. Embora seja importante que seu site de eCommerce tenha uma boa aparência, você também deseja que ele oriente os clientes com simplicidade e fluidez do processo de compra ao checkout.


Aqui estão algumas dicas a considerar ao preparar o design do seu site:


  • Use um template de loja virtual: não há necessidade de reinventar a roda. O Wix oferece muitos templates de loja virtual que podem ser ajustados e personalizados para garantir que sua loja tenha uma aparência totalmente única. E o melhor, além de serem totalmente personalizáveis, esses templates ainda incluem todos os recursos profissionais de que sua loja precisa para já começar à frente da linha de largada. Não deixe de conferir estes 9 principais templates de sites de eCommerce.

  • Deixe bem claro para seus clientes o que você vende: a menos que você já possua uma empresa que não requer apresentações, como uma franquia conhecida ou uma loja já bastante conhecida no mundo offline, os visitantes do seu site vão querer saber imediatamente após a chegada, o que você tem a oferecer. Não deixe seus clientes adivinhando; evidencie exatamente o que você vende para quem visita sua loja. Dica profissional: atualize os metadados de seu site para incluir o tipo de loja que você está. Por exemplo, se você tem uma empresa de camisetas chamada PlopTee, o meta título do seu site deve ser “PlopTee | Loja de camisetas ”.

  • Escreva CTAs claros: em cada estágio do processo de compra, seus clientes devem saber logo de cara o que precisam fazer em seguida. Certifique-se de que o texto dos CTAs seja intuitivo e mostre com clareza para onde o cliente será levado quando clicar. Uma dica de ouro do eCommerce é, em cada página de produto, incluir duas opções de botões de CTA bem evidentes: "compre agora" e "adicionar ao carrinho", para que o cliente escolha se deseja ir direto para o checkout de um produto específico, ou se deseja continuar navegando pela loja e adicionando itens ao carrinho.

  • Organize a estrutura da sua loja: crie uma barra de navegação na parte superior do seu site que conduza os clientes aonde eles precisam ir. Se você está vendendo roupas, crie abas para as diferentes categorias de roupas que você oferece, como roupas para adultos e roupas infantis. Também é importante permitir que os clientes mantenham um fácil acesso ao carrinho de compras, para controlarem o que têm em seus carrinhos, preços e mais. Para isso, adicione um link de carrinho de compras no canto superior direito do seu site. Não esqueça de adicionar links importantes ao rodapé do seu site, incluindo os termos de uso, as políticas de privacidade, envio e devolução da sua loja virtual, links para suas páginas nas redes sociais e suas informações de contato.

  • Use imagens de alto nível: a fotografia de produto é um aspecto extremamente importante para quem decide vender online. Os clientes querem ver a aparência do seu produto de perto, e precisam ter certeza de que o item que desejam comprar corresponde às suas expectativas. Use fotos e vídeos profissionais para mostrar a aparência do produto, textura, composição, tamanho, dimensões, peso, etc.


08. Crie uma estratégia de branding forte


Prepare uma forte estratégia de branding para que seus clientes nunca esqueçam da sua marca. O conceito de marca inclui tudo, desde o nome da sua empresa e logo, até a paleta de cores e tom de voz. A marca da sua empresa deve estar fortemente relacionada ao tipo de empresa que você é e a quem é seu público-alvo.


  • Paleta de cores: comece brincando com as cores para criar a paleta de cores que mais combina com sua marca. Certifique-se de que as cores sejam relevantes para a proposta da sua marca e traduzam o propósito dos seus produtos, como azuis, verdes e tons presentes na natureza para produtos ecológicos. Escolha cerca de 3 a 4 cores e salve os códigos relevantes para que você as tenha à disposição à medida que você avança na criação e/ou expansão do seu negócio online.

  • Logo profissional: use formas simples e palavras curtas e legíveis para criar o logo do seu negócio. O ideal é que você crie uma imagem que seja instantaneamente reconhecível tanto em um pequeno ícone para as redes sociais quanto na arte estampada em sua embalagem. Seu logo definirá seu negócio em um piscar de olhos, então dedique uma boa parcela de tempo para criar algo especial. A boa notícia é que você pode criar um logo profissional para sua marca em apenas alguns cliques com o Criador de Logo do Wix.

  • Tom de voz: outro aspecto importante para sua marca é o tom de voz que você usa ao criar conteúdo e se comunicar com seu público. Isso deve ser considerado ao escrever as descrições de seus produtos, seus posts nas redes sociais e seus emails e newsletters. Pergunte a si mesmo: quem são meus clientes e com que tipo de linguagem e mensagem eles se relacionarão? Deve ser divertido? Ou mais sério?


Após decidir sobre a paleta de sua marca, logotipo e estilo de conteúdo, use-os ao criar qualquer elemento ou peça de comunicação para sua empresa, incluindo:


  • Seu site

  • Emails/newsletters

  • Embalagem do produto

  • Materiais de impressos

  • Campanhas de marketing


Uma identidade de marca eficaz pode ajudar a fomentar a fidelidade do cliente desde o início. Lembre-se: os consumidores estão mais propensos a comprar online em um site profissional de uma marca consistente.



09. Prepare sua estratégia de marketing digital


Ok, agora que você já está pronto para fazer sua primeira venda, é hora de direcionar clientes para sua loja online com essas estratégias de marketing.


Campanhas de marketing gratuitas


  • Redes sociais: crie uma página de negócios para sua loja online em plataformas de mídia social, como Facebook e Instagram. Atualize suas informações comerciais em sua página de perfil, incluindo link do site, localização e detalhes de contato. No Facebook, você pode permitir a opção de deixar comentários e responder a quem o fizer. Em seguida, poste sobre promoções, vendas e novos itens e crie um link para sua loja. Permita que os clientes comprem diretamente de sua página de mídia social integrando seu site de comércio eletrônico com a Loja do Facebook ou vinculando suas postagens do Instagram à sua loja online.

  • Email marketing: primeiro, crie um endereço de e-mail comercial. Em seguida, desenvolva uma lista de e-mail adicionando uma caixa de luz ao seu site que incentive os clientes a se inscrever ou adicionando um formulário de inscrição no rodapé do seu site. Você pode oferecer a eles um desconto na próxima compra para ajudar a dar a eles um impulso extra para entrar na sua lista de mala direta. Em seguida, use uma ferramenta de marketing por e-mail para enviar boletins informativos sobre promoções de férias de curto prazo, atualizações de negócios e itens em destaque que sejam relevantes para épocas específicas do ano.

  • SEO: otimize seu site para obter uma classificação elevada nos resultados de pesquisa do Google. Faça com que seja fácil para os clientes encontrarem sua loja quando estiverem procurando os tipos de produtos que você vende. Faça isso escrevendo meta títulos e descrições otimizadas para cada uma das páginas do seu site. Isso inclui em sua página inicial, catálogos de produtos e cada página individual de produto. Você pode obter ajuda com esse processo usando o Wix SEO Wiz gratuito.


Campanhas de marketing pagas


  • Anúncios no Facebook e Instagram: segmente seus compradores no canal de mídia social mais popular do planeta. Primeiro determine o objetivo da campanha, que pode ser obter tráfego, engajamento, conversões ou outra coisa. Em seguida, escolha quanto deseja gastar e por quanto tempo deseja que os anúncios sejam exibidos. Você precisará criar um público-alvo com base na localização, interesses e dados demográficos. Se você quiser simplificar o processo, o Wix permite que você crie anúncios no Facebook e Instagram a partir do painel do seu site que usa IA para otimizar seus anúncios e atingir seu público ideal.

  • Google Ads: configure anúncios pay-per-click no Google que visam locais, dados demográficos, palavras-chave e consultas específicas. Isso permitirá que seu site seja visto por clientes que já estão procurando uma loja como a sua.



Pronto para começar sua loja virtual? Crie um site com Wix!



Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png