O Que é Web Design? - Um Guia Completo


Imagem de capa do artigo "O Que é Web Design? - Um Guia Completo"

O web design evoluiu muito desde que o primeiro site foi publicado, em 1991. Com mais de um bilhão de sites ativos na internet atualmente, mais e mais pessoas estão buscando se aprofundar no universo do design de sites, e a profissão de web designer segue crescendo e evoluindo.


No Wix, há milhares de profissionais de design de sites, entusiastas e designers que estão conduzindo esse mercado a novos patamares. Portanto, se você quer aprender mais sobre o mundo do web design, chegou ao lugar certo.


Quer seu objetivo final seja criar um site para seu negócio online, ou simplesmente aprender mais sobre o mundo do design, nós temos certeza de que você encontrará insights e inspiração neste guia abrangente de web design.



O que é web design?


Web design é a arte de planejar e organizar o conteúdo de uma página web para que ele possa ser acessado online e compartilhado com o mundo. As pessoas recorrem ao web design por vários motivos e, dependendo de seus objetivos finais, podem optar por criar sites de qualquer um dos seguintes tipos:


Exemplos de diferentes tipos de templates Wix para blogs, lojas online e mais


O web design é o que determina a aparência de um site por meio da combinação de elementos estéticos — tais como cores, fontes e imagens — e funcionais, além de moldar a estrutura do site e a experiência dos usuários.


O que é o web design nos dias de hoje? Criar um site é um dos pilares fundamentais da criação de uma presença online. Por isso, o mundo do web design é tão dinâmico, mantendo-se em constante evolução para atender às necessidades crescentes tanto dos proprietários de sites quanto dos visitantes.


Este guia introdutório sobre como montar um site irá ajudá-lo a compreender melhor o papel do web design e apresentará informações úteis, definindo termos e conceitos críticos e analisando exemplos que fornecerão percepções adicionais.


Para isso, vamos analisar os sete tópicos a seguir:


  1. Web design vs. desenvolvimento de sites

  2. Princípios do design aplicados a sites

  3. Layout de sites

  4. Componentes funcionais do web design

  5. Elementos visuais do web design

  6. Manutenção do site

  7. As melhores inspirações de web design



01. Web design vs. desenvolvimento de sites


O primeiro passo em nossa jornada de web design é esclarecer a diferença entre web design e desenvolvimento de sites, uma vez que os dois estão diretamente relacionados e costumam (erroneamente) ser usados ​​de forma intercambiável:


  • Web design refere-se ao design visual e aos aspectos experienciais de um determinado site. Vamos analisar mais detalhes do web design ao longo deste artigo.

  • Desenvolvimento de sites refere-se à criação e manutenção da estrutura de um site e envolve sistemas de codificação complexos que garantem o funcionamento adequado do mesmo.


A seguir estão as linguagens de software mais utilizadas no desenvolvimento de sites:


  • HTML (ou linguagem de marcação de hipertexto) é uma linguagem de codificação usada para criar o front-end de sites. O HTML estabelece a estrutura de uma página web e permite que ela seja executada por navegadores web nos sites que vemos online.

  • CSS (ou Cascading Style Sheets) é uma linguagem de design de programação que inclui todas as informações relevantes relacionadas à exibição de uma página na web. O CSS trabalha com o HTML para elaborar o estilo e a formatação de um site ou página, incluindo o layout, fontes, padding e muito mais.

  • CMS (ou sistema de gerenciamento de conteúdo) é um aplicativo de software de computador que gerencia o conteúdo digital de um site. O Wix é um exemplo de CMS que funciona como um sistema de fácil utilização para o desenvolvimento de conteúdo de sites da web. Com ele, é possível criar um site e fazer atualizações sem a necessidade de conhecimento do uso de código.


Com as ferramentas certas, dicas de web design e tutoriais, qualquer pessoa pode criar um site sem precisar ser um especialista em linguagens específicas de desenvolvimento web.



02. Princípios do design aplicados a sites


Uma das primeiras etapas para entender o que é web design é reconhecer um bom web design e aprender como alcançá-lo.


Podemos ter como referência os princípios do design, uma teoria utilizada por artistas e designers que delineia as qualidades visuais que qualquer composição deve buscar. A aplicação destes princípios ao web design pode ajudar designers iniciantes e experientes a criar um site com uma aparência harmoniosa.


Essas não são regras rígidas a serem seguidas, mas diretrizes para aprender como podemos aplicar os vários elementos do design de sites. Como disse Picasso, "aprenda as regras como um profissional para que você possa quebrá-las como um artista". Quando você entender os objetivos do web design e se sentir mais confortável com cada elemento do site, poderá ajustar a abordagem com um toque mais criativo.


Infográfico - Os princípios do design: equilíbrio, contraste, ênfase, movimento, ritmo, hierarquia, espaço em branco e unidade


Equilíbrio


Equilíbrio visual significa garantir que nenhum dos elementos em uma única composição seja excessivamente forte. Isso pode ser aplicado ao web design desenhando uma linha imaginária no centro da página e organizando os elementos de forma que o peso visual seja igual em ambos os lados.

Há duas formas principais de alcançar o equilíbrio em um site:


  • Equilíbrio simétrico é quando o peso visual em ambos os lados dessa linha são iguais e organizados como uma imagem espelhada. Quando aplicado ao web design, pode evocar sensações de equilíbrio, beleza e consistência.

  • Equilíbrio assimétrico é quando o peso visual é igual em ambos os lados, mas a composição e a ordem dos elementos variam (ou seja, não é uma imagem espelhada). O design assimétrico equilibrado é considerado uma abordagem moderna e cria uma experiência mais dinâmica para o visitante, mantendo uma composição harmoniosa.


Um dos princípios do design: equilíbrio (simétrico e assimétrico)


Contraste


O contraste refere-se à disposição dos elementos justapostos de uma forma que destaque suas diferenças: escuro e claro, suave e áspero, grande e pequeno. Quando há contraste na imagem, suas qualidades dramáticas e fascinantes podem cativar os visitantes enquanto navegam pelo seu site.


Um dos princípios do design: contraste


Ênfase


O princípio da ênfase nos faz lembrar que nem todos os elementos do site são iguais. Seja o seu logo profissional, um CTA ou uma imagem — se houver algo em sua página que os visitantes devem notar primeiro, a aplicação do princípio da ênfase com o uso de cores brilhantes, animação ou tamanho garantirá que esse seja o aspecto dominante de sua composição.


Um dos princípios do design: ênfase


Movimento


Quando aplicado ao web design, o movimento é o que guia os visitantes de um elemento para o outro. Ao controlar o tamanho, direção e ordem dos elementos na composição de uma página web individual, você pode direcionar o movimento do olhar dos usuários em todo o seu site.


Um dos princípios do design: movimento


Ritmo


Ritmo refere-se à repetição de elementos para criar consistência, coesão ou para ampliar uma certa mensagem. A repetição de características como o seu logo profissional, as cores da marca e o uso do mesmo tipo de fonte também fortalecerá a identidade e a presença de sua marca na web.


Um dos princípios do design: ritmo


Hierarquia


Colocar o nome de sua empresa na parte inferior da página inicial é uma prática inadequada de web design. Você pode adivinhar por quê? Aqueles que visitam o site pela primeira vez teriam que rolar até o final do site para descobrir quem você é. Isso é algo que entendemos pelo princípio da hierarquia, que nos ensina que o conteúdo mais importante deve ser colocado em um local de destaque, onde os visitantes possam ver e interagir imediatamente.


Um dos princípios do design: hierarquia


Espaço em branco


Na arte e no design, qualquer área de uma composição sem elementos visuais é chamada de espaço em branco (mesmo quando ele não é realmente branco). Isso pode não parecer algo importante, mas a disposição consciente de espaços em branco no web design dará aos elementos visuais de uma página da web espaço para "respirar". Ele também pode ajudar a alcançar outros objetivos em sua composição, tais como hierarquia, equilíbrio, ênfase e muito mais.


Um dos princípios do design: espaço em branco


Unidade


A unidade é o efeito culminante de todos os elementos individuais que você adiciona ao seu site, resultando idealmente em uma composição harmoniosa. O objetivo da unidade no web design é garantir que os visitantes não se sintam sobrecarregados, confusos ou abandonem seu site.


Talvez sejam necessárias algumas tentativas até que se consiga acertar, mas quando você chegar a um web design unificado, poderá garantir que cada aspecto de seu site exerça um papel valioso em termos de função e desempenho. Isto também significa prestar atenção a quais elementos você inclui, onde e como você os posiciona e se eles estão realmente servindo a um propósito.


Um dos princípios do design: unidade


03. Layout de sites


Planejar o layout de um site é como definir seus alicerces, pois determinará a disposição e a sequência dos elementos visuais em cada uma de suas páginas. Essa etapa crítica do web design desempenha um papel na aparência, no nível de usabilidade e na amplificação da mensagem de um site.


O layout mais adequado para seu site pode ser determinado por diversos fatores: os objetivos do seu site, a mensagem que você deseja transmitir aos visitantes e o tipo de conteúdo que você incluirá. Embora não haja uma solução única, há dois caminhos principais que podem ser seguidos:


  • Layouts apropriados para o seu conteúdo: o layout que você escolher deve ser adequado ao tipo de conteúdo. Por exemplo, se você quiser um layout que exiba seus produtos, deverá optar por um que deixe espaço amplo para destacar as imagens. Um layout de blog, por outro lado, precisará apresentar novas informações de forma organizada.

  • Layouts comuns: existem muitos layouts de sites já testados e aprovados. Eles costumam parecer familiares para os usuários, pois se baseiam em suas expectativas existentes ou em experiências anteriores em outros sites. Como eles acabam resultando em uma interface mais intuitiva e fácil de usar, podem ser ótimos para iniciantes.


Ao criar um site, você pode usar diversas categorias de templates de site para fornecer uma infraestrutura sólida para o layout. Se quiser projetar um layout do zero, recomendamos o uso de wireframes para começar. Este processo permitirá que você delineie o layout do seu site antes do processo de implementação.


Layouts de site


04. Componentes funcionais do web design


A funcionalidade do site refere-se essencialmente ao modo como ele funciona — desde sua velocidade e facilidade de uso, até quais ações específicas podem ser realizadas nele.


Correndo o risco de revelar minha idade, quando penso em como os sites hoje são rápidos e eficientes em comparação com os anos 90 (posso até escutar o sinal da conexão discada ao fundo), noto o quanto evoluímos. Tendo em vista os avanços no mercado de web design, é aconselhável utilizar as ferramentas modernas disponíveis para garantir que nossos sites tenham um bom desempenho e sejam fáceis de usar.

Vejamos os componentes do web design que afetarão o funcionamento do seu site:



Navegação


Um único projeto de web design pode conter várias páginas e itens a serem visualizados ou utilizados, e é a navegação pelo site que permitirá aos visitantes encontrar as páginas de que precisam.


A melhor maneira de oferecer uma boa navegabilidade para os visitantes é adicionando um menu de navegação ao design. O menu é vinculado a vários itens de seu site e ajuda o usuário a navegar entre as diferentes páginas e seções.

Dependendo do design do seu site, você pode escolher entre os seguintes tipos de menus:


  • Menu de navegação clássico: este tipo popular de menu é disposto no cabeçalho do site, apresentado como uma lista horizontal.

  • Menu fixo: também conhecido como menu flutuante, esse menu permanece fixo enquanto os visitantes rolam para baixo no site.

  • Menu hambúrguer: um menu hambúrguer é um ícone composto por três listras horizontais — ao clicar no ícone, o menu completo é aberto.

  • Menu suspenso: um menu no qual uma lista de itens adicionais é aberta quando os visitantes clicam ou passam o mouse sobre um de seus itens.

  • Menu lateral: uma lista de itens localizados no lado esquerdo ou direito de uma página da web.



Velocidade


A velocidade mede a rapidez com que seu site carrega completamente depois que um visitante entra nele. Ninguém, especialmente em nossa geração acelerada, gosta de um site lento. Ele tem que funcionar em alta velocidade. De fato, um estudo feito pela Deloitte e encomendado pelo Google, mostra um aumento de 8,4% na taxa de conversão do varejo quando um site tem uma melhora de apenas 0.1 segundo em seu tempo de carregamento. Não importa o quão bonito seja o web design, você não é competitivo a menos que esteja oferecendo aos visitantes uma experiência de navegação agradável.


Muitos fatores podem afetar o tempo de carregamento de uma página; alguns estão relacionados ao próprio dispositivo do visitante ou à conexão com a internet, enquanto outros podem ser específicos do site em que eles estão tentando navegar. Atualmente existem práticas e ferramentas comprovadas que verificam o desempenho de seu site e melhoram a velocidade de carregamento de suas páginas.



SEO


SEO, ou otimização para motores de busca, é o processo de otimização de um site para que ele tenha uma boa classificação nos motores de busca. Por desempenhar um papel importante no sucesso do seu site, acreditamos que ele merece ser incluído aqui, com os elementos funcionais. Quanto mais pessoas conseguirem encontrar você no Google, mais visitantes você terá no seu site.


Embora o domínio de tecnicas e ferramentas de SEO seja uma tarefa contínua, existem etapas que você pode seguir para ajudar no desempenho do seu site desde o início. Por exemplo, com as soluções de SEO do Wix, a infraestrutura do seu site já oferecerá suporte a um desempenho positivo.


Além disso, existem diversas práticas comuns de SEO que você pode seguir antes de publicá-lo: incluir títulos (headings) em seu conteúdo, adicionar texto alternativo (alt text) às imagens, usar meta descriptions em páginas relevantes e escolher um nome de domínio próprio que represente sua marca ou empresa.



UX


Desde a explosão do uso de computadores na década de 1980, a indústria tem explorado constantemente como os seres humanos podem interagir melhor com a tecnologia. É disso que trata a prática de UX — ou experiência do usuário — e quando aplicada corretamente ao web design, pode ter um grande impacto na jornada do usuário.


O termo UX é frequentemente usado de forma intercambiável com design de “interface de usuário” ou “usabilidade”, que são, na realidade, parte de uma visão mais ampla de UX. Embora os designers de UX estejam preocupados com esses aspectos em um produto, eles também estão envolvidos na análise do panorama geral, encontrando maneiras de aperfeiçoar e desenvolver os produtos, a marca, o design, a usabilidade e a função.


O processo de UX design visa garantir que um site englobe interações, conteúdo, produtos e serviços de alta qualidade, com a melhoria desses sete fatores:


  • Útil

  • Utilizável

  • Localizável

  • Confiável

  • Desejável

  • Acessível

  • Valioso


Design adaptável vs. design responsivo


Hoje, os dispositivos móveis são responsáveis ​​por mais da metade do tráfego online, o que torna essencial adaptar nossos sites à tela reduzida. Há dois tipos de estilos que tornam possível modificar um web design do desktop para sua versão mobile: o design adaptável e o design responsivo. Entender a diferença entre os dois será útil, especialmente ao escolher o melhor criador de sites para você, pois a maioria das plataformas suportará um dos dois:


  • Design adaptável envolve a criação de versões distintas do mesmo site, sendo que cada uma pode se adaptar a um tamanho de tela ou largura de navegador diferente. Por exemplo, com o Wix, os usuários podem elaborar o layout para a versão desktop de seu site e receberão uma adaptação mobile personalizável.

  • Design responsivo envolve a criação de sites com uma estrutura flexível. Isso cria uma aparência dinâmica de acordo com o tamanho da tela e a orientação do dispositivo utilizado para visualizar o site.


05. Elementos visuais do web design

Os elementos visuais são tão importantes quanto as qualidades funcionais e, combinados, moldam a aparência geral de um site. Do esquemas de cores a fontes e vídeo, esses detalhes desempenham um papel na experiência do usuário e na concepção de sua marca. Nesta seção, examinaremos os elementos visuais do web design, juntamente com algumas dicas para que você possa tomar suas próprias decisões estéticas:



Cabeçalho do site


O cabeçalho refere-se à seção superior da página de um site e é a primeira coisa que os visitantes veem quando chegam a um site. Por estar em tal localização estratégica, o cabeçalho é geralmente usado para exibir um menu de navegação, o nome da empresa, o logo profissional ou informações de contato.



Rodapé do site


O rodapé de um site localiza-se na parte inferior e é fixado em cada uma das páginas de seu site. Como é a última coisa que os visitantes verão, é um bom lugar para acrescentar e repetir informações importantes que possam ter sido perdidas — sem ocupar muito espaço visual. O rodapé é também um lugar onde normalmente são incluídos detalhes de contato, um mapa, espaço para cadastro de email ou botões de redes sociais.



Paleta de cores


No web design, a paleta de cores define o estilo do seu site. Além disso, a distribuição estratégica da paleta de cores da marca pode desempenhar um papel fundamental no fortalecimento de sua marca online.


Ao definir a paleta de cores de um site, decida quais matizes representarão sua cor primária (aquela que é dominante em seu site), a cor secundária (usada consistentemente, embora mais moderação do que a cor primária) e as cores de destaque (usadas de forma inteligente para dar ênfase a certos detalhes de seu site).


Tipografia


A tipografia refere-se aos aspectos visuais da fonte, tais como a escolha da mesma e a disposição do texto. Uma parte crucial do web design, a tipografia pode ser usada para complementar o estilo de um site ou para reforçar as mensagens nele contidas.


Ao escolher as melhores fontes para sites, considere o fato de que a tipografia pode ser tão importante quanto as próprias palavras. Você vai querer escolher fontes que sejam legíveis, adequadas ao tema de seu site e, acima de tudo - à sua marca. Da mesma forma que um esquema de cores, você pode escolher fontes primárias, secundárias e de destaque para direcionar a forma como um visitante experimenta seu conteúdo escrito.



Background do site


Quando se trata de definir o estilo de sua página, o background do site desempenha um papel importante. Seja ele estático ou animado, sólido ou texturizado, o background acompanha os visitantes de forma consistente enquanto eles rolam pelo site.


Você pode fazer upload de qualquer imagem ou vídeo para utilizar nesse elemento, usar uma cor da sua paleta, um degradê moderno ou optar por um tema minimalista e deixá-lo branco. Seja qual for sua decisão, certifique-se de que ele se enquadre no tema visual de seu site e chame a atenção dos visitantes sem distraí-los demais.


Uma maneira de adicionar mais emoção a um plano de fundo é implementar efeitos de rolagem, como efeito parallax — um dos queridinhos da moda tanto para web designers profissionais quanto para iniciantes.



Imagens


Em apenas alguns segundos, uma única imagem em seu site pode fortalecer a mensagem que você quer transmitir aos visitantes. Isto pode significar exibir os produtos ou localização de sua empresa, carregar fotos de um evento, incluir um favicon da marca ou usar imagens para adicionar um pouco de estilo ao design de seu site.


O Wix oferece uma rica biblioteca de conteúdo visual gratuito — de banco de imagens a coleções de design inovador, como os vídeos transparentes que adquirimos de alguns de nossos talentosos usuários. Ao trabalhar no design de um site, nossos usuários também podem fazer upload de suas próprias imagens a partir de fontes como o Unsplash, além de animações personalizadas ou arte vetorial.



Animação


Um dos objetivos do web design é diferenciar seu site dos demais. Uma ótima maneira de fazer isso é adicionando animações a ele, o que também pode ajudar a direcionar a experiência e a ação de seus usuários. Você pode incluir animações em todo o site para criar uma experiência mais dinâmica para os visitantes ou para desencadear certas reações.


Por exemplo, tente adicionar um toque de animação a:


  • Um botão de CTA para incentivar os visitantes a clicarem nele

  • Elementos como setas para fornecer orientação aos usuários

  • Barras de carregamento para tornar o tempo de espera (que esperamos, seja curto) mais emocionante


Coisas nas quais você deseja que os usuários prestem atenção, como uma janela pop-up para que eles possam cadastrar seus endereços de email para receber sua newsletter e outras comunicações de marca.



06. Manutenção do site


O mercado de web design está constantemente apresentando novos recursos, ferramentas e soluções. O lado negativo deste mundo em rápida evolução é que ele exige que você e seu site permaneçam constantemente atualizados.


Depois de concluir seu primeiro design, você eventualmente terá que atualizar seu site para garantir que o conteúdo seja relevante e que o design não se torne obsoleto. Embora aparentemente pouco importante, qualquer elemento desatualizado em seu site pode afetar negativamente as interações dos visitantes, resultando na redução do desempenho geral e das vendas.


Verifique seu site pelo menos uma vez por mês para conferir se não há bugs, se tudo está funcionando corretamente e se suas informações estão atualizadas. Ao considerar um novo design, pense nas mudanças que você pode fazer para manter seu web design relevante, melhorar a usabilidade ou ampliar o desempenho. Isto pode significar adicionar novo conteúdo visual, uma página extra, trabalhar no SEO ou realizar uma auditoria de acessibilidade.



07. As melhores inspirações de web design


Agora que já abordamos o básico do web design, é hora de buscar exemplos criativos. A inspiração para o web design está por toda parte e recomendamos que você navegue regularmente por sites como Behance, Awwwards (em breve em português) e Pinterest para encontrar novas ideias.


Aqui no Wix, acompanhamos sempre as tendências do design e estamos constantemente em busca dos melhores sites criados pelos usuários. Adoramos ver o que esses orgulhosos proprietários de sites fazem com nosso produto — de artistas a pequenos empresários, incluindo todos os tipos de profissionais.


Para estar sempre em dia com as tendências do universo do web design e de todas as outras áreas interessantes ao crescimento do seu site e negócio online, acesse nossas dicas por categoria no menu do nosso blog.



Publicado por Hannah Beltrão Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png