top of page

Fotos de produtos: dicas de como tirar fotos de produtos para vender

Atualizado: há 7 horas



Capa do artigo sobre fotos de produtos.

Atualização em: Fevereiro 2024


Ao criar um site de vendas, você perceberá que uma imagem vale mais que mil palavras. Nesse sentido, uma boa foto de produtos pode valer ainda mais para seus resultados.





As fotos de produtos têm uma enorme influência nas decisões de compra dos clientes. Neste artigo, abordaremos como tirar fotos de produtos que gerem impacto. Descubra como montar uma loja virtual que mostre o melhor que sua marca tem a oferecer.


Leitura bônus: Como começar um negócio



Equipamento básico para fotografia de produtos


Primeiro, o básico: para produzir uma foto de produtos de alta qualidade, você precisa ter o equipamento certo em mãos (seja qual for sua ideia de negócio). Felizmente, não é necessário comprar uma câmera DSLR super cara para começar. Alguns equipamentos básicos já são suficientes:

  • Smartphone — As gerações de smartphones mais recentes têm excelentes recursos de câmera. Além de estarem equipados com hardware de ponta que permite fotografias detalhadas e de alta qualidade, os telefones mais novos têm muitos recursos para otimizar imagens. Para garantir a melhor qualidade possível, separe um tempo para se familiarizar com os recursos do seu telefone, incluindo os controles manuais. Alternativamente, você pode investir em uma câmera mais barata e lentes que ajudem a capturar seus produtos em todo o seu esplendor.

  • Tripé — Esse equipamento garante que sua câmera esteja absolutamente nivelada para a fotografia de produtos. Ele também oferece mais controle sobre altura e ângulo da câmera para que todas as suas fotos de produtos sejam consistentes. Depois de configurar sua câmera em um tripé, você pode usar um temporizador de contagem regressiva ou um controle remoto (se tiver um) para tirar fotos de longe sem mover o dispositivo.

  • Fonte de luz — Considerar o papel da iluminação é essencial para entender como tirar foto de produtos para vender. Embora luz natural funcione em algumas circunstâncias, esse tipo de iluminação pode mudar ao longo da sessão de fotos. Portanto, a iluminação natural nem sempre é ideal para capturar fotos consistentes e detalhes para mostrar o produto de perto. No começo, lâmpadas tradicionais podem funcionar, com as fluorescentes sendo mais recomendadas. Se o brilho e as sombras forem muito intensos, suavize a luz com um difusor, como uma folha de sulfite, papel ou sacolas brancas. Para evitar riscos de incêndio, certifique-se de evitar usar materiais propensos a chamas perto de lâmpadas incandescentes.

  • Um fundo infinito — Também chamado de fundo fotográfico, trata-se de um plano de fundo monocromático e sólido que remove distrações visuais do ambiente. Ele elimina a linha entre a mesa e a parede, impedindo que você capture acidentalmente eventuais imperfeições no fundo que você não notou antes. Rolos de papel longos, papel-cartão ou tecidos podem ser usados para criar um fundo infinito. Você pode prender o topo do seu fundo infinito a uma estrutura criada para isso ou improvisar usando a parede, encostos de cadeira ou o fundo de uma caixa de luz. 

  • Caixa de luz (opcional) — Dependendo do tamanho dos seus produtos, pode valer a pena colocá-los em uma caixa de luz (também conhecida como luz de estúdio, tenda de luz ou light box) para ter certeza de que eles fiquem posicionados de maneira ideal entre as fontes de luz. As caixas de luz têm telas embutidas e oferecem um ambiente controlado para difundir a luz e reduzir as sombras. Existem muitos tutoriais online mostrando como tirar foto de produtos para vender usando uma caixa de luz de mesa caseira e de baixo custo. Você também pode comprar uma em uma loja de artigos fotográficos.

  • Manequins, suportes ou racks (opcionais) — Cada um desses equipamentos ajudará a exibir seus produtos de forma clara, padronizada e simétrica. Use uma fita dupla-face ou cola para segurar os produtos no lugar, conforme necessário.

  • Software de edição de fotos — Programas como Adobe Lightroom e Adobe Photoshop podem ajudar a refinar ainda mais suas fotos de produtos. Eles oferecem acesso a vários efeitos, filtros e capacidades de personalização. Dito isso, talvez você não precise de todos esses recursos de edição para o seu trabalho. Antes de investir em um programa de edição, confira outras opções, como o editor de fotos integrado do Wix, disponível para todos os lojistas do Wix.



Um dos equipamentos basicos para ter boas fotografias de produtos no seu site.


Como tirar foto de produtos para vender: 10 dicas




1. Elabore um plano


Se você já sabe como gerar tráfego para sua loja virtual, o próximo passo é entender como tirar foto de produtos e reunir as ferramentas necessárias. Porém, antes de fazer isso, é preciso ter clareza sobre sua situação atual e aonde você quer chegar. Isso pode ser esclarecido elaborando uma estratégia geral para suas fotos de produtos.

Definir alguns padrões e estilos é um bom começo para garantir qualidade e consistência. Além disso, pensar em todos os possíveis casos de uso para as imagens evitará dores de cabeça no futuro para corrigir erros. Um cronograma bem-planejado ajudará você a se manter dentro do orçamento ao executar sua estratégia. Isso é especialmente importante se você planeja contratar modelos ou ajuda extra para a fotografia de produtos.

Estas são algumas perguntas que você deve se fazer:

  • Como as imagens refletem minha marca? Fotos de produtos podem comunicar a identidade da sua marca de várias maneiras. Considere a sensação que você deseja evocar com cada foto e quais esquemas de cores, fundos ou adereços podem ajudar você a chegar lá.

  • Quais são os elementos essenciais para cada foto? Sua categoria de produtos e seu público-alvo ditam quais tipos de fotos são mais importantes. Por exemplo, se você vende tênis esportivos para atletas ou hobbistas dedicados, incluir fotos com close-ups de solas e palmilhas ortopédicas mostrará aos clientes que você sabe o que realmente importa para eles. Elaborar uma lista consistente de fotos para cada produto gera confiança: os compradores sabem que podem contar com você para comunicar informações vitais em cada conjunto de fotos.

  • A quais princípios de fotografia devo obedecer? Embora a expressão criativa da identidade da marca seja a prioridade máxima, é importante que suas fotos sejam versáteis e reutilizáveis. Dessa forma, você não precisará usar conjuntos de imagens completamente diferentes para cada canal de marketing. Pense bem sobre como suas fotos serão visualizadas em dispositivos móveis, marketplaces (que têm seus próprios requisitos de imagem) e vários outros meios (por exemplo, papel impresso e tela de smartphone).





2. Crie uma lista de fotos necessárias


Considerando o que abordamos acima, crie uma lista de fotos de produtos. Ela servirá como uma espécie de lista de afazeres, em que cada item corresponde a uma foto que você deseja tirar. Isso inclui detalhes sobre os vários ângulos, arranjos e configurações que serão usados.

Ao escrever a lista, deixe clara a intenção por trás de cada foto. Por exemplo, se você estiver fotografando cerâmica artesanal, indique que certas fotos são para destacar os detalhes na alça de uma chaleira de argila.

Considere também os diversos tipos de fotos que você pode tirar:

  • Fotos de estúdio — São as imagens mais usadas como foto de capa de um produto. Nelas, o foco total é no produto. Por exemplo, a Casa Diária exibe seus produtos claramente, em um fundo sólido e monocromático.

Dicas de como tirar fotos de produtos: foto de estudio.


  • Fotos de uso (ou de lifestyle) — Mostram produtos sendo usados em cenários da vida real. Em vez de focar nos detalhes do produto, essas imagens permitem que os clientes se imaginem na posição dos modelos. Elas também podem ajudá-los a entender o tamanho, peso e uso recomendado do produto. Veja como a Akomb usa fotos de lifestyle para mostrar o mesmo produto acima em uso.

Dicas de como tirar fotos de produtos: fotos de lifestyle.


  • Fotos de close-up — A fotografia macro é uma técnica que captura zooms e close-ups detalhados focando em objetos próximos à lente. Ela é ótima para destacar produtos com designs elaborados e texturas únicas. No exemplo abaixo, a Ecran Studios mostra um close-up nítido dos diamantes em um anel.


Dicas de como tirar fotos de produtos: foto de close up.


  • Fotos de conjunto — Mostram vários itens complementares. Essas fotos podem ser usadas para mostrar diferentes opções de tamanho ou kits, coleções e conjuntos de produtos da mesma linha. A Casa Diária usa uma foto de conjunto expansiva para despertar o interesse dos visitantes em seus vasos de diferentes cores e tamanhos.

Dicas de como tirar fotos de produtos: fotos de conjunto.


  • Fotos demonstrativas — Semelhante às fotos de lifestyle, as fotos de produtos demonstrativas mostram o item em uso. No entanto, elas são especificamente destinadas a demonstrar como usar corretamente o seu item. Por exemplo, a Casa Diária fornece um exemplo visual de como usar suas obras de arte para decorar uma sala de estar.



Dicas de como tirar fotos de produtos: fotos demonstrativas.


3. Ajuste sua iluminação


Se a iluminação for ruim, nenhum equipamento sofisticado poderá salvar suas imagens. Portanto, separe um tempo para selecionar a área de fotografia certa. Busque opções como uma sala com várias janelas ou um local do seu espaço de trabalho onde você possa controlar a iluminação facilmente.


Observe que existem dois tipos principais de iluminação:


  • Iluminação difusa — A iluminação difusa gera um efeito suave e delicado, que ilumina o objeto de todos os ângulos sem criar sombras intensas. Esse método destaca os detalhes do produto e elimina sombras que possam obscurecer seus aspectos físicos ou bordas. Isso é especialmente importante ao fotografar objetos tridimensionais.

  • Iluminação direta — A iluminação direta é mais forte e intensa que a difusa, gerando um efeito de mais contraste entre a luz e as sombras. Na iluminação direta, as sombras têm bordas mais nítidas e definidas. Esse método é ótimo para dar um tom mais dramático à sua fotografia de produtos. Em certas situações, ele também é útil para tirar fotos de produtos em movimento.

A iluminação difusa é o tipo mais usado na fotografia de produtos. Como mencionado anteriormente, ela pode ser reproduzida usando difusores improvisados, refletores ou uma caixa de luz.

Se você estiver usando iluminação natural, coloque seu produto próximo à janela para alcançar um efeito mais suave. Desligue todas as luzes artificiais do ambiente para evitar sombras em várias direções e colorações diferentes.





4. Experimente ângulos diferentes


Quando o assunto é fotografia de produtos, determinar o ângulo certo já é um avanço significativo para causar uma boa primeira impressão no comprador. Dito isso, mostrar seus produtos em vários ângulos ajuda os clientes a entender melhor o produto, simulando a forma como eles seguram e manuseiam os produtos nas lojas físicas para ver todos os detalhes. 

A Ecran Studios, que vende roupas e peças de decoração, certifica-se de mostrar seus painéis pintados à mão por todos os ângulos.



Dicas de como tirar fotos de produtos: experimente angulos diferentes.


5. Escolha seu plano de fundo com cuidado


Não é preciso dizer que um fundo que realce o produto (em vez de obscurecê-lo) é a melhor opção


Uma forma comprovada de fazer isso é utilizar um fundo branco. No entanto, alguns produtos se destacam mais em um fundo escuro, e uma cor intensa, como o preto, pode ajudar a diferenciar sua marca das demais. 

Se sua marca for mais descolada, você pode optar por cores mais intensas. Agora, se sua pegada for mais retrô, um preto e branco clássico ou tons sépia podem funcionar melhor.


A psicologia das cores também deve ser considerada. A cor do fundo pode evocar várias emoções, então pense em como seu público-alvo reagiria. O fundo certo é capaz de dar um ar sofisticado ao produto, fazendo com que ele pareça mais caro. O fundo errado tem o efeito oposto, fazendo com que os produtos sejam vistos como bregas ou fora da moda. 


Alternativamente, algumas fotos podem se destacar mais em um fundo dinâmico. Por exemplo, a Casa Diária exibe suas luminárias em frente a fundos de diferentes cores e texturas à medida que você passa o mouse por cima das fotografias. Isso cria uma atmosfera moderna, divertida e ao mesmo tempo sofisticada.



Dicas de como tirar fotos de produtos: escolha o plano de fundo com cuidado.


6. Faça testes com a composição


Em fotografia, composição se refere à disposição ou arranjo dos elementos visuais de forma a se complementarem. Se você estiver fotografando vários itens juntos, mude a posição deles quantas vezes for necessário para encontrar o encaixe ideal. Às vezes, nesse processo você pode perceber que seria melhor fotografar seus itens separadamente, ou o contrário. 


Considere o uso de acessórios ou materiais decorativos para realçar as qualidades do produto ou até mesmo os valores da marca. Plantas verdes, por exemplo, podem dar mais vida a fotos de produtos alimentícios, fazendo com que eles pareçam mais frescos. Ou, se você vende sabonetes produzidos de forma sustentável, exibir seus produtos com plantas ao fundo em um porta-sabonete de madeira pode mostrar como sua marca está comprometida e alinhada com o mundo natural.


Se você vende produtos pequenos ou com formatos irregulares, use acessórios relevantes como apoio para posicioná-los. Por exemplo, coloque um par de brincos em um porta-joias, ou coloque uma caixa atrás de livros para mantê-los em pé. Embora às vezes seja bom minimizar o impacto de acessórios na aparência, em certos casos abraçar a ideia pode adicionar um elemento de emoção às suas fotos de produtos. 


No exemplo abaixo, a Ecran Studios faz referência ao nome do produto e ao tema da coleção com elementos que remetem ao mar e ao leve movimento da água, que serviu de inspiração para a peça em destaque.



Dicas de como tirar fotos de produtos: faca testes com composicao.


7. Adicione elementos textuais


Quando já tiver suas fotos de produtos, você pode fazer o upload delas para sua loja online de forma segura. 


Feito isso, é preciso atentar a outros elementos, como a descrição de produto. Adicionar uma descrição interessante é tão importante quanto a imagem em si. Embora possa parecer óbvio para você, descrever seu produto (até mesmo suas dimensões, material e peso) é essencial para influenciar a decisão de compra dos clientes. Adicionar textos detalhados e explicativos também ajuda a evitar mal-entendidos e, consequentemente, a reduzir o número de devoluções e reclamações.


Mantenha seu texto curto e direto ao ponto. Não sobrecarregue as páginas dos seus produtos com informações desnecessárias que desviem a atenção do produto. Se precisar de inspiração, observe como grandes empresas com um visual semelhante ao seu organizam sua loja virtual e apresentam as páginas de produtos.

Não se esqueça de adicionar texto alternativo (alt text) a todas as suas imagens.


Como o Google não é capaz de “ver” sua imagem, você precisa explicar para o mecanismo de busca o que a imagem contém. Isso é feito por meio do texto alternativo. Ele deve ser uma descrição do produto em 2 a 3 palavras. Uma boa ideia é usar palavras-chave otimizadas para SEO ao escrever seu texto alternativo, para que seu site apareça nos resultados de pesquisa.



8. Lembre-se do tamanho das imagens


A velocidade de carregamento das páginas de produtos é essencial para a tomada de decisão dos consumidores, experiência do usuário e SEO da loja virtual. Uma das principais causas de carregamento lento ao acessar um site é o uso de arquivos pesados na página, como fotos de produto grandes demais.


Por isso, é importante redimensionar suas imagens antes de fazer o upload para seu site. É possível que a largura máxima das imagens no seu site seja de 800 pixels, mas todas as suas imagens tenham o dobro desse tamanho. Para isso, conte com a ferramenta de cortar imagem online do Wix.


Tente reduzir o tamanho das fotos de produtos para que elas se ajustem à largura da sua tela (ou, na linguagem dev, ao tamanho do seu "contêiner”). Você pode descobrir qual é essa largura mínima clicando com o botão direito do mouse em qualquer imagem do seu site, acessando "Inspecionar" e visualizando as dimensões no painel "Estilos".


Para redimensionar sua imagem, use seu software de edição ou ferramentas como o editor de imagens integrado no Wix.

Comprimir suas imagens também pode ajudar a reduzir ainda mais o tamanho do arquivo.



9. Aproveite o conteúdo gerado por usuários


Os clientes querem se ver representados pelas marcas das quais compram. Para atender a essa demanda, é esperado das marcas o uso de modelos que representem públicos diversificados. Dito isso, nada melhor para representar o público do que utilizar seus próprios clientes como modelos.


Dessa forma, considere como você pode incorporar conteúdo gerado pelos usuários no seu site, e não apenas nas redes sociais. Isso ajudará a exibir seus produtos em uma variedade de cenários da vida real e demonstrará seu compromisso com a fidelização de clientes.



10. Utilize outras ferramentas visuais


Fotos estáticas têm suas vantagens: elas são intuitivas para os usuários e não exigem uma conexão de Internet acima da média para serem apreciadas. No entanto, conforme surgem novas formas de exibir seu catálogo, sua estratégia de fotografia de produtos deve se adaptar e incorporá-las no seu plano.


Vídeos, por exemplo, permitem incorporar som e movimento à experiência de compras online. Tutoriais em vídeo e promoções em live, por exemplo, podem contribuir com a geração de leads e atrair compradores com as mais diversas preferências de canal.


Grave vídeos e tire fotos de produtos ao criar o catálogo do seu estoque e produza imagens que possam ser reutilizadas em vários canais de venda.

Considere também tecnologias emergentes, como a realidade aumentada. Plataformas como o Wix eCommerce suportam fotos em 360 graus, ajudando sua marca a aproveitar essa tendência.



Tire fotos de produtos que convertam


As fotos de produtos para o comércio eletrônico (veja nosso guia sobre o que é eCommerce) têm um impacto significativo nas decisões de compra dos consumidores, mas não precisam pesar muito no seu orçamento.


Com uma estratégia bem-elaborada e alguns equipamentos essenciais, você pode criar uma biblioteca de fotos que transmita informações importantes sobre seu produto, desenvolvendo sua identidade de marca e gerando mais vendas.





Por Hanna Kimelblat

Blogger & Growth Marketing Expert - Português

pt03.png
bottom of page