50 Itens Para Conferir Antes de Publicar Seu Site

Atualizado: 13 de jan.


 Lista de verificação para o lançamento do site

Criar um site é uma tarefa empolgante — e publicá-lo, ainda mais. Ver o seu site online é o auge de todo o planejamento estratégico e da elaboração do design. Dito isso, você deve fazer tudo o que estiver ao seu alcance para garantir que ele esteja praticamente perfeito no momento em que você o compartilhar com o mundo.


Quando se trata do design de um site, erros acontecem, tarefas ficam inacabadas e, às vezes, a tecnologia simplesmente não corresponde às nossas expectativas. Por essas e outras razões, seguir uma checklist para o lançamento de um site é uma ótima maneira de garantir que você tenha pensado em tudo antes de clicar no botão "publicar".


Desde atualizar seu design até garantir uma boa experiência do usuário e desempenho, apresentamos nossa checklist para lançamento de site, que inclui 50 itens essenciais a serem observados antes, durante e após a publicação do seu site.


Checklist para lançamento de site


Aqui estão os 50 principais itens a serem observados antes, durante e depois de clicar em "publicar". No decorrer da leitura, você perceberá que nossa checklist para lançamento de site está dividida em três partes, de acordo com a fase da criação em que você se encontra.


  1. Analise o que precisa ser alterado

  2. Verifique a velocidade do site

  3. Pesquise os concorrentes e as tendências do setor

  4. Identifique seus objetivos

  5. Liste os itens de ação

  6. Escolha um criador de sites

  7. Escolha um provedor de sites

  8. Defina uma data de publicação

  9. Conheça as etapas para a criação de um site

  10. Defina um layout para o site

  11. Planeje os elementos de design

  12. Crie as páginas do seu site

  13. Otimize as fotos

  14. Adicione o seu logo

  15. Integre um software de web analytics

  16. Compre um nome de domínio

  17. Crie o design de uma página "Em construção"

  18. Posicione os CTAs de forma estratégica

  19. Adicione um formulário de inscrição por email

  20. Desenvolva o design do site mobile

  21. Otimize o SEO on-page (na página)

  22. Crie um link para suas redes sociais

  23. Conecte ou transfira seu domínio

  24. Atualize sua data de copyright

  25. Revise o conteúdo escrito

  26. Teste os formulários

  27. Faça um link do logo para a página inicial

  28. Revise seu design

  29. Obtenha feedback de um amigo

  30. Verifique se há links corrompidos

  31. Teste o UX

  32. Examine a acessibilidade

  33. Atualize as informações de contato

  34. Configure o chat ao vivo

  35. Personalize as páginas 404

  36. Escreva uma política de privacidade

  37. Planeje a otimização do SEO off-page (fora da página)

  38. Organize sua lista de contatos

  39. Prepare as contas de redes sociais para divulgação

  40. Clique em publicar

  41. Faça backup do seu design

  42. Realize um teste de usabilidade

  43. Verifique a segurança do site com o certificado SSL

  44. Envie seu site para indexação

  45. Verifique as análises

  46. Teste a velocidade do novo site

  47. Promova o seu site

  48. Elabore um plano de monitoramento de desempenho

  49. Torne-o multilíngue

  50. Mapeie um plano de manutenção



Checklist, parte um: mapeando o seu site


Antes de começar seu projeto, você precisa mapear a criação do seu site. Desde escolher o criador de site ideal até certificar-se de que os elementos estejam de acordo com a identidade da marca, aqui estão vinte tarefas que você não deve negligenciar durante essa fase de criação.


Algumas delas são relevantes apenas ao fazer a rerformulação do design de um site, o que, no entanto, será útil no futuro.



1. Analise o que precisa ser alterado


Se você estiver reformulando o design de um site, o primeiro passo deve ser entender o escopo do seu projeto. Revise seu site atual e faça uma lista do que precisa ser alterado. Isso pode incluir qualquer aspecto, desde elementos visuais até links corrompidos que têm um impacto negativo no desempenho.



2. Verifique a velocidade do site


Uma das vantagens de reavaliar o design do seu site é a oportunidade de voltar alguns passos e entender como otimizar o conteúdo para maximizar o desempenho. Faça um teste de velocidade para descobrir o que está limitando a velocidade do seu site e incorpore esse feedback em suas atualizações.



 Captura de tela da lista de verificação de lançamento do site para verificar a velocidade do site


3. Pesquise os concorrentes e as tendências do setor


Vale a pena fazer uma análise dos sites de seu setor. Esta tarefa pode ajudá-lo a descobrir recursos visuais e técnicos populares que irão aprimorar o seu design. É igualmente importante garantir que ele seja único e ofereça ao seu público-alvo uma experiência nova e melhor do que a dos concorrentes.


Também é uma boa ideia investigar as tendências de web design que estão entrando em cena. Ficar a par do que está em alta neste universo dará a você novas ideias, e incorporar esses elementos em seu site causará uma excelente impressão nos visitantes.



4. Identifique seus objetivos


Esteja você reformulando o design do seu site ou criando um do zero, a próxima providência a ser tomada é identificar seus objetivos para fazê-lo. Por exemplo, se for um portfólio online, um objetivo seria conquistar novos clientes; para um site de negócios, esses objetivos podem incluir o estabelecimento de uma presença online.


Claro, se você estiver reformulando seu site, terá ainda mais com o que trabalhar. Seus objetivos para este projeto também se concentrarão na melhoria da linguagem visual, do desempenho e da experiência do usuário.



5. Liste os itens de ação


A compreensão de seus objetivos o levará naturalmente a pensar nas etapas práticas necessárias para o lançamento do seu site. Uma lista detalhada de itens de ação ajudará você a gerenciar, monitorar e cumprir as tarefas que tem em mãos.


Recomendamos usar esta checklist para lançamento de site como um guia inicial, mas conforme você se aprofundar na criação, vai querer adicionar mais detalhes. A inclusão de especificações como datas, descrições de itens e quem está atribuído às tarefas (especialmente importante quando você está trabalhando com uma equipe) ajudará você a atingir os objetivos de forma eficiente.


6. Escolha um criador de sites


É imprescindível encontrar o criador de sites ideal para suas necessidades pessoais e profissionais. Existe atualmente uma grande variedade dessas plataformas, adequadas a usuários com experiências diversas — desde iniciantes que nunca criaram um site antes até designers profissionais.


Por exemplo, uma plataforma CMS como o Wix conectará os dados do seu site a um servidor, tornando todo o processo de lançamento do site mais rápido e intuitivo para iniciantes. Pesquise as opções, considerando o custo de criar um site em cada plataforma, quais delas têm os recursos de que você precisa, e verifique as avaliações dos usuários antes de tomar sua decisão.



7. Escolha um provedor de sites


Para que seu produto final seja exibido na internet, você também precisará decidir como hospedar seu site. Isso garantirá que ele seja armazenado em um espaço da web para que visitantes de todo o mundo possam acessá-lo. Conhecidos como servidores, esses espaços podem ser alugados e adquiridos por meio de um provedor de hospedagem ou criados localmente.


Muitas plataformas de criação de sites incluem hospedagem gratuita. Como o Wix, essas plataformas normalmente incluem configuração automática e são protegidas por monitoramento de segurança.



8. Defina uma data de publicação


Um prazo é uma tábua de salvação. Não mergulhe no processo de criação (ou recriação) do seu site sem estabelecer um cronograma para as suas metas. Além de definir uma data para a publicação, você deve fixar datas para ter um rascunho do site pronto, obter feedback de seus amigos e realizar um teste de usabilidade.



9. Conheça as etapas para a criação de um site


Com criadores de sites como o Wix, e com muitos templates prontos à disposição, é fácil começar a criar seu site com confiança, sem organização prévia. Mas mesmo já tendo todo o alicerce, não custa nada conferir algumas dicas antes de começar.


Existem muitos recursos e guias online sobre como criar um site do zero que você pode consultar para atualizar ou expandir seu conhecimento.



10. Defina um layout para o site


Planejar o layout do seu site é como definir sua base, pois é o que determinará a disposição dos elementos visuais em cada página. O melhor layout de site para o seu design será determinado por uma variedade de fatores: os objetivos do seu site, a mensagem que você deseja transmitir aos visitantes e o tipo de conteúdo você incluirá.



11. Planeje os elementos de design


Desde o esquema de cores do seu site até a escolha da fonte — e elementos de design ainda mais sofisticados como motion graphics — todos os aspectos visuais do seu site devem ser levados em consideração na lista de tarefas para o lançamento do seu site:


Imagens: tenha imagens e vídeos de alta qualidade prontos. Nada é pior para a aparência do que imagens de má qualidade.


Esquema de cores do site: escolha um esquema de cores que represente sua marca ou crie o efeito que você deseja. Se você seguir o caminho minimalista, talvez prefira o preto e branco clássico, mas cores ousadas podem sempre causar uma boa impreessão.


Família tipográfica: assim como a cor, a escolha da fonte deve ser considerada ao planejar seu site. Você pode mudar de ideia ao ver o design do site como um todo, mas é um bom começo neste ponto ter alguns estilos de fonte em mente.



12. Crie as páginas do seu site


Depois de definir as diretrizes visuais básicas do seu site, é hora de começar a criar suas páginas individuais. Embora o número de páginas dependa do tipo de site que você está criando, aqui estão algumas páginas básicas a serem consideradas:


Página inicial: como é provável que seja a primeira coisa que os visitantes verão, pense num design de página inicial que seja limpo, organizado e atraente. Ele deve esclarecer quem você é e o que faz, e servir como ponto de partida para os visitantes navegarem pelo seu site.


Página "Sobre": um espaço para compartilhar sua história, valores, métodos e qualquer outra informação que defina sua marca.


Página de contato: quando os visitantes quiserem entrar em contato com você, eles devem conseguir fazê-lo facilmente. Certifique-se de incluir uma página de contato com seu número de telefone, endereço postal, endereço de email comercial e contas de redes sociais.



13. Otimize as fotos


Quando se trata de fotos, a qualidade é fundamental. Certifique-se de que suas imagens sejam do tipo de arquivo apropriado, pois isso afetará o tamanho e a qualidade. Como o Wix oferece suporte a vários formatos de imagem, você provavelmente não terá problemas.


Dica profissional: se você estiver enviando uma foto grande para ser visualizada em tamanho reduzido no seu site, está perdendo tempo — além de que seus visitantes experimentarão um tempo de carregamento mais lento. Quando possível, redimensione suas fotos para a resolução em que serão exibidas.



14. Adicione o seu logo


Deseja fortalecer a presença da sua marca? Seja uma marca pessoal ou comercial, incluir o logo no site é crucial para consolidar o branding em seu design.


Os lugares típicos para adicionar um logo incluem o cabeçalho do seu site, no topo da página inicial e, especialmente, na área do favicon. Favicon é o pequeno ícone que aparece em uma aba no seu navegador e que também deve exibir seu logo — adicionar este pequeno elemento contribui muito para a identidade de sua marca.


Ainda não tem um logo? Experimente criar o seu próprio logo com o Criador de Logo Wix.



15. Integre um software de web analytics

O software de web analytics ajudará você a monitorar o desempenho do seu site e a otimizá-lo conforme você progride. Essas plataformas avaliam várias métricas, como tráfego e conversões, e ajudam a reunir informações sobre como os usuários chegam ao seu site e interagem com ele.



16. Compre um nome de domínio


Um nome de domínio é como o endereço online do seu site. Ao escolher um que represente sua marca, seu site definitivamente se destacará profissionalmente. Sem mencionar que ajudará os usuários a encontrá-lo. Você pode começar pesquisando o nome de domínio ideal em registradores como o Wix, antes de conectá-lo (falaremos mais sobre este assunto abaixo) e lançar o seu site.



17. Crie o design de uma página "Em construção"


Enquanto você trabalha no design do seu site, não é uma má ideia ter uma página pronta para publicação: ou seja, uma página de "site em construção". Dessa forma, quem acessar seu URL antes do novo site estar pronto, pelo menos ficará por dentro e se antecipará à revelação de seu novo site.


Dica profissional: inclua um formulário de inscrição na lista de emails em sua página "Em construção" para facilitar o engajamento futuro com os visitantes.



 Captura de tela da página do site em construção com fonte sans serif e fundo preto


18. Posicione os CTAs de forma estratégica


Um dos aspectos mais importantes de um site é como ele instrui os visitantes a realizar uma ação desejada. CTAs são os elementos que levam seu público online a fazer exatamente isso.


Geralmente na forma de um texto clicável ou botão com frases curtas acionáveis como "inscreva-se" ou "clique aqui", você deve garantir que seus CTAs sejam posicionados adequadamente em todo o seu site.



19. Adicione um formulário de inscrição por email


Os formulários são uma parte essencial do web design e dos pequenos negócios — seja um formulário de contato para que os visitantes interajam, ou um formulário de inscrição por email para aumentar seu público. Se você pensa em trabalhar com email marketing no futuro, recomendamos configurar um formulário de inscrição por email no seu site desde o início.


Os Formulários Wix são um exemplo de ferramenta online que facilita a criação de formulários de inscrição, incluindo modelos personalizáveis ​​e coleta de dados simplificada. Qualquer que seja a plataforma que você utilize, certifique-se de incluir esse litem em sua lista para obter uma vantagem inicial na construção de sua lista de emails.



Imagem da lista de verificação do site da página verde com formulário de inscrição


20. Desenvolva o design do site mobile


Com o uso da internet mobile em constante crescimento, é imprescindível fornecer a melhor experiência web possível para os usuários de smartphones.


Assim que seus elementos de design estiverem prontos e você estiver satisfeito com a aparência do seu site, visualize-o em dispositivos móveis e certifique-se de que ele seja responsivo ou tenha um design adaptado para telas menores.



Checklist, parte dois: elementos para o pré-lançamento


Depois de mapear o design do seu site, você deve verificar o conteúdo e ajustar os detalhes antes do lançamento oficial.



21. Otimize o SEO on-page (na página)


SEO, ou otimização para motores de busca, é o processo de otimizar o conteúdo do seu site para que ele tenha uma boa classificação nos resultados das pesquisa. Este é um aspecto importante do marketing orgânico.


Algumas práticas recomendadas de SEO para incluir sua lista são:

  • Adicionar meta descriptions em todo o seu site — elas informam ao Google como cada página deve aparecer nos motores de busca.

  • Otimizar a velocidade das páginas, o que também faz parte de uma boa experiência do usuário.

  • Adicionar alt text às imagens, outra forma de garantir que seu site seja acessível.

  • Fazer pesquisas de palavras-chave e implementá-las no conteúdo escrito e alt text do seu site.


Dica profissional: com uma plataforma de design de site como o Wix, você terá ferramentas de SEO integradas para garantir que as etapas mais importantes para a otimização do SEO on-page sejam executadas.



22. Crie um link para suas redes sociais


O marketing nas redes sociais é parte integrante do SEO off-page e ajudará você a se comunicar com os clientes e a aumentar o engajamento. Assim que seu site estiver no ar, conecte-o às suas rede sociais para que os visitantes possam seguir você e se manter atualizados. No design, você pode incluir uma barra social estilosa com os links para suas contas.



23. Conecte ou transfira seu domínio


Você já adquiriu um domínio, agora é hora de conectá-lo ao seu site. Se você já tiver um domínio conectado a outro site ou servidor, precisará transferi-lo para o novo site.


A maioria das plataformas de criação de sites oferece suporte para conectar um domínio diretamente. Depois que o domínio estiver conectado, as pessoas poderão usar esse endereço para acessar seu site.


Dica profissional: neste ponto, se você tiver criado uma página "Em breve", já pode publicá-la.



24. Atualize sua data de copyright


A maioria dos sites inclui uma data de copyright no rodapé. Antes de clicar em “publicar”, certifique-se de adicionar um com o ano correto. Embora seja um pequeno detalhe, sites com um ano de copyright antigo dão a impressão de que estão totalmente desatualizados.



25. Revise o conteúdo escrito


Reserve um tempo para verificar se há algum erro em seu conteúdo escrito. Revise todo o texto adicionado ao seu site — desde textos informativos a títulos e posts de blogs. Melhor ainda, peça a um amigo ou colega de confiança para corrigir, já que não há nada melhor do que um segundo olhar.


Nesse ponto, você também precisará substituir os textos de preenchimento, como lorem ipsum, pelo conteúdo planejado para seu site.



26. Teste os formulários


Seu site provavelmente incluirá formulários para se conectar com os visitantes e coletar dados dos usuários. Podem ser formulários de inscrição por email, de contato, pesquisa online, entre outros. Este é o momento de testar esses formulários, verificar se eles funcionam corretamente para os visitantes e se os dados estão sendo armazenados.



27. Faça um link do logo para a página inicial


Posicionar o logo no topo do seu site para que todos vejam é uma ação estratégica. Melhor ainda é criar um link nessa imagem que direcione os usuários para a página inicial. Essa é uma prática comum — muitas vezes esperada — na experiência do usuário e ajuda os visitantes a navegar em seu site.



28. Revise seu design


Antes de clicar em “publicar”, analise todo o design do seu site para ter certeza de que está satisfeito com o resultado. Você pode consultar teorias, como os princípios de design, para garantir que seu site siga as diretrizes estéticas fundamentais, como equilíbrio e hierarquia visual.



29. Obtenha feedback de um amigo


Já dissemos isso antes e vamos repetir: um segundo olhar é melhor do que apenas um. Peça a um amigo (ou dois) para revisar seu site com atenção. Ele certamente terá uma nova perspectiva e poderá apontar detalhes que você talvez tenha deixado passar.



30. Verifique se há links corrompidos


No meio do processo de criação de um site, é fácil vincular textos âncora a URLs erradas. Verifique cada link em seu site e confira se ele direciona ao destino certo e se não está corrompido. Isso é algo que você pode pedir aos amigos para relatarem também.



31. Teste o UX


Além de verificar se os links funcionam corretamente, certifique-se de que o seu site proporciona aos visitantes uma experiência do usuário positiva. Isso significa garantir que as interações do site funcionem sem problemas e que nada atrapalhe a experiência de navegação.


Testar o UX do seu site pode incluir tarefas como: verificar se suas páginas são compatíveis em todos os navegadores e dispositivos, conferir se o conteúdo — como imagens e vídeos — está sendo carregado corretamente e realizar um teste de carga para garantir que seu site possa lidar com o aumento de tráfego.



32. Examine a acessibilidade


É fundamental assegurar que todos os usuários tenham igualdade de acesso ao seu site. É aqui que entra a acessibilidade — ela dá às pessoas com deficiência a possibilidade de utilizar e interagir com seu site.


Execute uma auditoria de acessibilidade para verificar se o seu site atende aos padrões das Diretrizes de Acessibilidade para Conteúdo Web e faça as alterações necessárias. Ao usar o Wix, você terá acesso ao Assistente de Acessibilidade, um recurso único que analisará seu site, apontará problemas de acessibilidade e o guiará para solucioná-los.



Captura de tela do assistente de acessibilidade Wix


33. Atualize as informações de contato


Certifique-se de que essas informações estejam corretas e atualizadas, independentemente de estarem incluídas na página "Sobre", em uma página de contato exclusiva ou no rodapé do seu site. Especialmente se um dos objetivos do seu site for construir um público e uma base de clientes, é crucial que eles possam entrar em contato com você.



34. Configure o chat ao vivo


Uma vez que as mensagens instantâneas, como mensagens de texto ou DMs, se tornaram um padrão, incluir um recurso de chat ao vivo em seu site certamente beneficiará sua marca . Esta forma extra de comunicação estreitará o relacionamento, melhorará o atendimento ao cliente e ajudará a fechar mais vendas.



35. Personalize as páginas 404


A aparência e a funcionalidade de uma página 404 podem favorecer ou arruinar a experiência do cliente. Ao personalizar uma página 404 para os visitantes, você pode causar uma impressão visual agradável e incluir links que os encorajem a continuar explorando o seu site.



36. Escreva uma política de privacidade


Uma política de privacidade cumpre uma série de metas. Primeiro, permite que os visitantes do seu site saibam quais informações você irá coletar e o que fará com elas. Ela também informa aos visitantes como você protege essas informações e oferece um recurso para aqueles que acreditam que você ou um terceiro tenha violado sua privacidade.


Leia mais sobre como escrever uma política de privacidade para seu site e aprenda como atender às exigências legais e deixar seus clientes à vontade.



Exemplo de lista de verificação do site da política de privacidade da empresa


37. Planeje a otimização do SEO off-page (fora da página)


A otimização de SEO off-page refere-se a ações que você pode realizar além do SEO on-page para melhorar sua classificação. Isso inclui escrever posts de convidado com links para seu próprio site, postar em plataformas sociais, escrever em fóruns e criar links externos.



38. Organize sua lista de contatos


Quer você esteja usando um aplicativo de email marketing integrado como o Ascend by Wix ou uma plataforma externa como o Mailchimp, comece a preparar seus contatos de email nesta fase. Você precisará criar uma mailing list oficial para promover seu site depois que ele entrar no ar.


Se você já tiver adicionado um formulário de inscrição por email à sua página "Em construção", será muito mais fácil marcar esta tarefa como concluída. No entanto, você deve reservar um tempo para organizar seus contatos, eliminando membros inativos e separando os contatos em grupos com base na localização, interesses e onde eles se encontram em seu funil de marketing.



39. Prepare as contas de redes sociais para divulgação


As redes sociais desempenharão um papel importante na divulgação do seu site e na captação de mais visitantes. As subtarefas em sua lista de preparação das redes sociais incluem: conquistar estrategicamente novos seguidores, elaborar e agendar posts promocionais, além de adicionar um link para o seu site em todos os perfis de contas sociais.



40. Clique em publicar


Provavelmente você não esquecerá desta etapa, mas assim que o seu projeto estiver pronto e revisado, é hora de clicar no botão "publicar". Confirme se o seu site entrou no ar corretamente conectando o url do site em seu navegador (não se esqueça de visualizá-lo também no celular).



Checklist, parte três: tarefas pós-lançamento


Agora que você clicou em"publicar", é hora de conferir a checklist pós-lançamento. Aqui estão os elementos que você deve revisar e monitorar para garantir que seu site permaneça sempre impecável.



41. Faça backup do seu design


Não corra o risco de perder o design e os dados do seu site elaborando um plano de backup. Para fazer isso, você precisa escolher um local para o backup e definir uma programação para garantir que as cópias do seu site sejam armazenadas e atualizadas regularmente.



42. Realize um teste de usabilidade


Uma prática comum no UX design é o teste de usabilidade, e ele pode ser extremamente útil para revelar como os visitantes reagem ao seu site. Pode ser uma prática "extra", mas vale a pena.


Peça a um grupo de usuários-alvo para testar e, então, faça perguntas sobre a experiência deles em seu site. As principais observações incluem: verificar se o usuário consegue completar suas tarefas, se gosta ou não de usar o site e se ele atende às suas necessidades. Os problemas apontados são oportunidades de encontrar soluções para as frustrações e desafios dos usuários.



43. Verifique a segurança do site com o certificado SSL


Os certificados SSL (o 's' em https://) garantem que os dados transmitidos de e para o seu site permaneçam privados e seguros. Esses pequenos arquivos de dados conectam uma chave criptográfica aos detalhes do proprietário do site, estabelecendo um link criptografado entre o servidor e o navegador.


Geralmente, o certificado SSL é fornecido pelo software de hospedagem do seu site ou por um aplicativo de terceiros. Ao criar um site com o Wix, ele terá automaticamente um dos melhores certificados SSL gratuitos do mercado.



44. Envie seu site para indexação


Assim que o seu site for publicado, ele precisa ser indexado no Google para aparecer nos motores de busca. Para isso, inscreva-se no Google Search Console e envie seu sitemap. Os sitemaps fornecem informações aos mecanismos de busca, como as páginas existentes em seu site e quando foram atualizadas pela última vez.



45. Verifique as análises


Verifique se os softwares analíticos integrados funcionam e comece a analisar os dados coletados. Suas ferramentas de web analytics fornecerão informações sobre quantas pessoas visitam seu site, em quais páginas elas clicaram, se fizeram uma compra, sua localização e muito mais.


Uma vez que essas informações podem ajudar a orientar a maneira como você faz a curadoria do conteúdo de seu site, elas serão especialmente úteis nos primeiros meses após o lançamento.


46. Teste a velocidade do novo site


A velocidade da página indica a velocidade de carregamento do conteúdo da sua página, o que impacta a usabilidade, as conversões e o ranking do seu site nos motores de busca. Normalmente, considera-se que uma página tem uma boa velocidade quando carrega em menos de três segundos.


Um dos métodos mais confiáveis e populares é usar o Google PageSpeed Insights, onde você pode simplesmente enviar o URL do seu site para receber um relatório sobre seu desempenho.



47. Promova o seu site


Ainda bem que você já utilizou esta checklist para iniciar o processo de coleta de novos contatos e configuração de suas contas nas redes sociais. Agora que seu novo site está no ar, é hora de promovê-lo.


Existe uma série de recursos que você pode usar para promover o lançamento do seu site. Você pode promovê-lo nas redes sociais criando posts e stories exclusivos para direcionar os visitantes ao site, pode fazer a divulgação com uma campanha de email para sua lista de contatos e, claro, aproveitar o bom e velho boca a boca.


48. Elabore um plano de monitoramento de desempenho


Planeje com antecedência e estabeleça um esquema específico para monitorar regularmente o desempenho do site. Isso inclui análise, velocidade e varredura em busca de bugs ou erros. Seja semanal, mensal ou com uma frequência maior, o monitoramento do desempenho do seu site dará a você uma visão do que funciona e do que não funciona, e poderá orientar seu plano de manutenção para o futuro.



49. Torne-o multilíngue


Talvez você não tenha recursos para um site multilíngue no início, mas à medida que começar a atingir novos públicos, locais e idiomas, deverá considerar. De traduções a localização de conteúdo e SEO, leia mais sobre como criar um site multilíngue antes de começar.



50. Mapeie um plano de manutenção


Para garantir que seu site permaneça atualizado, funcionando com plena capacidade e com bom desempenho, é fundamental ter um plano de manutenção. Contemple uma programação para revisar as tarefas — como atualização de plugins, verificação de segurança, renovação de conteúdo, atualização de design e garantia de usabilidade — que devem ser feitas regularmente e abordadas quando houver problemas.




Por Equipe Wix



#Checklistparaumnovosite #CriarumSite #Lançarsitenovo


pt03.png