Melhores Práticas Para Criar uma Landing Page: 12 Dicas Para Gerar Conversões


Imagem de capa do artigo "Melhores Práticas Para a Criação de Landing Pages: 12 Dicas Para Gerar Conversões"

No universo do marketing digital, as landing pages são excelentes para gerar leads e fechar negócios de forma eficiente. Ao contrário de um site padrão, que normalmente promove uma marca ou serviço como um todo, as landing pages destacam um produto ou aspecto específico com o objetivo de incentivar uma ação como uma assinatura ou compra.


Ao enfatizar uma única questão — seja um novo produto, uma avaliação gratuita, um webinar ou curso online — a landing page ajuda você a conduzir seu público em direção ao cumprimento de suas metas de marketing mais importantes.


O processo de criar um site e uma presença online significativa vai além da sua página principal ou da sua loja virtual, por isso, neste artigo, analisaremos os recursos que tornam as landing pages tão valiosas e como você pode utilizá-las em suas campanhas.



Práticas recomendadas para landing pages


  1. Defina sua meta

  2. Inclua CTAs poderosos

  3. Elabore um design com direcionamento

  4. Mantenha-se acima da dobra

  5. Evite pontos de saída

  6. Crie textos e conteúdos envolventes

  7. Enfatize os benefícios oferecidos

  8. Incentive e aproveite ao máximo os depoimentos dos seus clientes

  9. Otimize sua LP para motores de busca

  10. Torne sua LP mobile friendly

  11. Faça testes A/B de seu texto e design

  12. Use um template de landing page imbatível



01. Defina sua meta


Como empresa, você tem várias metas — aumentar o número de assinaturas, conseguir mais cadastros em suas campanhas de email marketing e newsletters, gerar interesse em webinars, e-books ou outros materiais de marketing online e, por fim, vender produtos ou serviços.


Eventualmente, você poderá decidir que deseja incluir uma landing page em sua estratégia de marketing. Mas o que é landing page? Esse tipo de site tem apenas uma meta — e ela precisa estar bem clara para que os visitantes se movam pelo funil e, por fim, gerem uma conversão. Identificar essa meta é uma das práticas recomendadas mais importantes para a landing page, pois proporcionará uma compreensão sólida dos tipos de landing page que você precisará criar.


Se você não estiver seguro de suas metas, aqui estão algumas das mais comuns:


  • Fazer com que as pessoas comprem um produto ou serviço

  • Fazer com que os visitantes deixem seus endereços de email (prática conhecida como captura de leads)

  • Fazer com que as pessoas se inscrevam em um evento online


Depois de definir sua meta, mantenha o foco. Como em qualquer bom conteúdo, não inclua mensagens que se desviem do assunto principal — conforme você verá abaixo, este é o fio condutor para o texto e o design de uma boa landing page.



02. Inclua CTAs poderosos


Depois de definir a meta de sua landing page, escreva uma chamada para ação, também conhecido como CTA, clara e envolvente. Este é um microtexto — geralmente de apenas 1 a 3 palavras — que incentiva os leitores a clicar.


Seu CTA deve estar diretamente ligado à sua meta. Se você deseja que as pessoas comprem, opte por um CTA como "Compre agora". Se quiser que os visitantes baixem seu e-book em troca de seus endereços de e-mail, escolha um CTA como "Baixar o e-book". Como você pode ver, os CTA são curtos e diretos; mantenha os verbos acionáveis e deixe de lado os adjetivos extravagantes e supérfulos.


Visualmente, seu CTA também precisa se parecer com um... CTA. Se as pessoas estiverem interessadas em sua oferta, não vão querer perder tempo tentando descobrir como adquiri-la. Deixe seu botão de CTA imediatamente visível mantendo-o em um formato reconhecível e deixando claro que, para gerar uma ação, os usuários devem clicar nele.


Da mesma forma, seu botão de CTA precisa ter uma cor que contraste com o resto da página. Isto se baseia em um princípio importante conhecido como o efeito Von Restorff (ou "efeito de isolamento"), que afirma que os itens que se destacam são mais memoráveis. Ao criar seu botão de CTA com uma cor que se destaque, você garante não apenas que ele seja visível, mas também que permaneça na mente do visitante.



03. Elabore um design com direcionamento


Uma das características de uma ótima landing page é guiar naturalmente a atenção dos visitantes na ordem e na direção que você deseja que eles sigam. Para conseguir isso, recorra ao web design: o design de sua landing page deve usar indicadores visuais que atraiam a atenção para baixo. Isso pode incluir indicadores diretos como setas, ou dicas sutis como imagens ou animações que incentivem as pessoas a continuar lendo.


Além disso, formate suas landing pages usando padrões F ou Z, que representam a tendência natural de movimento do olhar das pessoas de um ponto para o outro. Você pode aproveitar esses padrões para criar uma hierarquia visual em suas landing pages e posicionar estrategicamente seus pontos mais importantes.


Quando os olhos das pessoas encontram páginas textualmente densas, eles naturalmente tendem a digitalizá-las usando um padrão F. Isso envolve ler a parte superior da página em um movimento horizontal e, em seguida, mover-se ligeiramente para baixo para ler em um segundo movimento horizontal. Por fim, eles percorrem o conteúdo do lado esquerdo da página, formando a haste vertical do F.


Sobre layouts de site: padrão F

O padrão Z, por outro lado, é um padrão de leitura comum quando uma página é menos densa e tem uma composição mais livre. Como você pode ver na imagem abaixo, isso envolve a leitura da página em um padrão de zigue-zague que se assemelha à letra Z.


Sobre layouts de site: padrão Z

Se você está em dúvida sobre como criar seu design, use um template de landing page como ponto de partida. Levando em consideração os padrões visuais mencionados acima, você pode direcionar seus visitantes diretamente para o CTA.



04. Mantenha-se acima da dobra


Outra prática recomendada para landing pages é posicionar o conteúdo mais importante acima da dobra — a parte da página que fica visível na tela antes que o usuário comece a rolar para baixo.


Este é um dos aspectos mais importantes de uma landing page, já que é a primeira coisa que seus visitantes verão. Coloque seu CTA, assim como seu texto mais persuasivo e as imagens mais convincentes, neste espaço. Dito isto, não exagere — você vai querer que ele seja visualmente atraente e de fácil leitura.


Além disso, tenha em mente que alguns visitantes irão rolar para baixo. Contemple essa possibilidade incluindo o CTA em vários locais da página — na parte superior, central e inferior — para garantir que eles nunca o percam de vista.


Curioso para saber como formatar sua página estrategicamente? Dê uma olhada nestes tipos de landing pages para encontrar ideias.



05. Evite pontos de saída


Como sua landing page precisa se concentrar em uma única meta, evite quaisquer elementos que possam desviar as pessoas dela. Em outras palavras, não dê aos visitantes a chance de divagar.


Resista à tentação de criar um link para sua página inicial a partir de sua landing page ou de incluir a barra de navegação do seu site. Da mesma forma, não promova outros produtos ou links para conteúdos adicionais se eles não forem condizentes com essa meta específica.


Se você não estiver seguro sobre a inclusão — ou não — de um link, é melhor pecar pela falta e usar apenas o link para o seu CTA. Dessa forma, o leitor terá duas opções: clicar no CTA ou sair da página.



06. Crie textos e conteúdos envolventes


Seu texto e sua estratégia de conteúdo andam de mãos dadas com os recursos visuais quando se trata de criar uma landing page poderosa. As landing pages devem oferecer uma leitura direta — os leitores normalmente não querem permanecer nela por mais de alguns segundos — portanto, não há espaço para textos mais complexos. Cada palavra escolhida é importante.


Evite parágrafos grandes e cheios de adjetivos e vá direto ao ponto. Embora algumas landing pages sejam mais longas e demandem conteúdos mais extensos, na maioria das vezes você se beneficiará de um texto curto. Utilize muito espaço em branco, com frases autônomas e listas com bullets.


Caso você queira adicionar conteúdo sobre o produto, serviço ou lançamento contidos em sua LP, adicione links para posts informativos do seu blog sobre o assunto. Mas lembre-se: o conteúdo deve ser diretamente ligado ao que você está oferecendo, caso contrário, esse link se torna apenas mais um ponto de saída da sua landing page.



07. Enfatize os benefícios oferecidos


Quando você cria uma landing page, está pedindo a seus visitantes que façam algo por você, seja comprar, se inscrever ou se registrar. Mas você está explicando o que eles receberão em troca?


Sua landing page precisa deixar bem claro que seus visitantes — e não sua empresa — são os que serão beneficiados com essa oferta. Em vez de expor as qualidades de seu produto ou serviço, destaque as formas como ele irá melhorar a vida daqueles que compram ou se cadastram. Pense menos na frase "Este produto é ótimo porque..." e mais em "Você terá benefícios com este produto porque....".


Se você não souber como começar, uma boa prática é fazer uma lista das principais qualidades e vantagens de sua oferta. Em seguida, ao lado de cada uma, escreva especificamente como ela beneficiará seus clientes. Esse nível mais profundo de análise — que está vinculada às experiências e pontos problemáticos de seus clientes — é um elemento crucial tanto para o título quanto para o corpo do texto de sua landing page.


Outra maneira de deixar isso ainda mais claro é oferecer pequenos brindes ou ofertas juntamente ao seu produto. Um cupom de desconto por tempo limitado, um e-book que complementa ou ensina a utilizar seu produto da melhor forma... As opções são muitas. Pense em uma opção criativa e surpreenda seus clientes da melhor forma.



08. Incentive e aproveite ao máximo os depoimentos dos seus clientes


A prova social é um fenômeno psicológico no qual as pessoas copiam o comportamento de outras. Como profissional de marketing ou vendas, você pode tirar proveito desse hábito humano ao criar uma landing page.


Mostre aos visitantes que, como outros gostaram de seu produto ou serviço, eles provavelmente também gostarão. Em sua landing page, inclua depoimentos de clientes satisfeitos, usando seus nomes, cargos e até mesmo uma foto de perfil, para confirmar a autenticidade da avaliação.


Como alternativa, dependendo do estilo e do formato de sua landing page, você pode optar por incluir uma foto ou um depoimento em vídeo que mostre os clientes usando seu produto.


Da mesma forma, se seus clientes forem empresas ou marcas conhecidas, inclua seus logos em sua landing page para reforçar sua autoridade. Se as pessoas virem que marcas de sucesso estão usando seu produto ou serviço, ficarão tentados a seguir o exemplo delas. Esse fenômeno — conhecido como o princípio da autoridade — é outro elemento poderoso da psicologia de marketing.


Seja qual for o caminho escolhido, certifique-se de obter a permissão de seus clientes antes de incluir suas informações em seus ativos de marketing online.



09. Otimize sua LP para motores de busca


Você provavelmente já está pensando em maneiras de promover sua landing page, de newsletters a publicações em mídias sociais. Mas é importante lembrar também de otimizar sua landing page para os motores de busca.


Quer você esteja fazendo anúncios pagos no Google ou SEO orgânico, precisará usar palavras-chave em suas landing pages — exatamente como faz com o texto do seu site e conteúdo do blog. Isso aumentará as chances das pessoas encontrarem sua landing page ao pesquisarem essas frases e termos.


Ferramentas de pesquisa de palavras-chave como Ubersuggest ou Ahrefs podem ajudar você a encontrar estas frases principais. A maioria dessas ferramentas exibe não somente o tráfego de busca orgânica que esses termos recebem por mês, mas também o custo médio por clique que os anunciantes estão pagando por estas palavras-chave nos anúncios de busca.



10. Torne sua LP mobile friendly


Atualmente, cerca de metade do tráfego da internet vem de tablets ou dispositivos móveis. Isso significa que você precisa criar uma landing page que tenha uma aparência e experiência mobile tão boas quanto em um laptop ou desktop.

Lembre-se de que as telas dos dispositivos móveis são menores e que a experiência de rolagem é diferente da de um computador. Você não quer que nenhuma imagem seja cortada, e certamente não deseja ocultar seu CTA sem querer. Assim como em um computador, o CTA deve ser visível acima da dobra. Antes de colocar sua landing page no ar, navegue por ela em seu smartphone ou tablet para verificar se nada está cortado.


Se você criar uma landing page no Wix, a página se ajustará automaticamente para o mobile.



11. Faça testes A/B de seu texto e design


Além de implementar as práticas recomendadas para landing pages acima, há outra maneira de garantir o sucesso de sua página: o teste A/B.


Isso envolve criar duas landing pages semelhantes, mas ligeiramente diferentes — a página A e a página B — e testá-las para ver qual tem melhor desempenho entre seu público-alvo. A landing page que gerar mais conversões será a vencedora.


Há algumas variáveis que você pode testar: a cor ou o posicionamento do seu CTA, o texto do título, a cor do fundo e assim por diante. Apenas tome cuidado para que não haja muita variação entre as páginas — você deve ser capaz de identificar a razão do sucesso de uma página sobre a outra para que possa usar essa informação em futuros projetos de landing pages.



12. Use um template de landing page imbatível


Com tantas práticas recomendadas, a opção mais eficiente para começar é usar um template de landing page. Eles são criados por profissionais com conversões em mente e, assim, você pode ter certeza de que serão eficazes para impulsionar as vendas e capturar leads. Mais importante ainda, estes templates também são totalmente personalizáveis, para que você possa adequar as imagens, o texto, o design e seu logo progissional aos objetivos da sua marca.



Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português

pt03.png