Como Montar um eCommerce: um Guia Completo


Capa do artigo "Como Montar um eCommerce: um Guia Completo"

Quando se trata de eCommerce, as oportunidades seguem crescendo.


A pandemia que se iniciou em 2020 impulsionou os negócios de eCommerce muito além das projeções anteriores. Além de todos os dados exibidos em nosso relatório de fim de ano de eCommerce, um dos mais impressionantes é o de expansão do setor, que cresceu cerca de 73% no Brasil. De forma crítica, houve uma transformação do comportamento do comprador em todos os setores. Não é mais “pontual” ou “progressivo” buscar uma variedade de produtos e serviços em varejistas online. É a norma.


A era do eCommerce chegou e estamos prontos para te ajudar a aproveitá-la ao máximo. Este artigo o ajudará a entender esse mercado cheio de oportunidades de maneira mais geral, bem como delinear as etapas essenciais de como montar um eCommerce.


Você quer começar um negócio online? Coloque em prática seu plano de criar uma loja virtual hoje e use este artigo para orientar sua jornada.



O que é um negócio de eCommerce?


Muitos de nós se engajam ativamente com o setor do eCommerce diariamente, porque qualquer transação comercial que ocorre online é tecnicamente, sim, você adivinhou: eCommerce.


Ao longo deste artigo, vamos nos concentrar na venda online de produtos. No entanto, pode ser útil ter uma definição que responda à pergunta: o que é eCommerce?


eCommerce é um termo amplo que se refere a qualquer atividade comercial que ocorre online, incluindo a venda e compra de bens ou serviços, e quaisquer dados relacionados ou transferências de dinheiro. Normalmente, o eCommerce está associado a venda de produtos físicos pela Internet, mas tecnicamente se refere a qualquer transação comercial processada pela web.


Agora que já entendemos as definições, vamos mergulhar. Este guia completo irá te levar pelos fundamentos de como montar um eCommerce.



Como montar um eCommerce


  1. Entenda os modelos de negócios de eCommerce

  2. Identifique o seu produto

  3. Encontre uma proposta de venda exclusiva

  4. Pesquise o seu público-alvo

  5. Monte seu eCommerce

  6. Lance sua loja virtual

  7. Cuide das finanças do seu eCommerce

  8. Promova seu eCommerce



01. Entenda os modelos de negócios de eCommerce


Montar um eCommerce requer pesquisa, compreensão e planejamento adequados. Desde o início, você desejará abordar seu novo negócio online com o cuidado e complexidade de qualquer outro investimento.


Comece considerando as categorias e o mix de produtos que você pode vender em um negócio de eCommerce. Normalmente, esses produtos se enquadram em quatro categorias:


  • Produtos físicos: os produtos físicos são exatamente itens como roupas, presentes, livros, plantas e muito mais - que são comprados online e enviados ao cliente.

  • Produtos digitais: os produtos digitais, muitas vezes, são formas de conteúdo, como e-books, cursos ou templates, que podem ser vendidos através de uma loja virtual e facilmente baixados ou acessados pelo cliente.

  • Software: programas e aplicativos digitais que usamos em nossos dispositivos tecnológicos para trabalhar, jogar, nos comunicar e muito mais.

  • Serviços: a prestação de serviços demanda mais tempo e estrutura por parte do vendedor, e centra-se na interação pessoa a pessoa, como coaching, serviços de saúde/estética ou consultoria de negócios.


Em segundo lugar, quando você começar a formular suas opções, considere quais abordagens de negócios se adequarão melhor aos seus objetivos, estilo de vida e experiência. Por exemplo, você pode sonhar em ter uma empresa de sabonetes orgânicos artesanais, mas prefere sabonetes de grandes marcas vendidos no atacado, e não tem nenhuma experiência com a produção ou mesmo a utilização do "produto dos seus sonhos". Claro, tudo se aprende, mas lembre-se que começar em um nicho distante desses fatores pode levar mais tempo e mais dinheiro.


Aqui vão algumas dicas uteis para explorar modelos de negócios de eCommerce:


  • Se você deseja manter os custos iniciais baixos, considere: dropshipping, impressão sob demanda, brindes personalizados e produtos digitais.

  • Se você se sentir confortável com um investimento inicial maior e quiser mais personalização da marca, considere: atacado, venda por atacado com whitelabeling.

  • Se você deseja manter o controle total da marca e está pronto para investir um tempo significativo, considere: produtos personalizados exclusivos, comércio eletrônico baseado em serviço.

  • Se você deseja criar um fluxo contínuo de renda, considere: caixas de assinatura.



02. Identifique seu produto


Após ter um forte senso da categoria de eCommerce que deseja trabalhar, e da abordagem que se encaixa em seus objetivos e nível de compromisso, é hora de explorar as possibilidades de oferta de produtos.


Se você já tem um produto concreto em mente, considere pular para a próxima seção. Se você ainda está descobrindo o melhor produto para vender online, esta seção o ajudará com a inspiração e o direcionamento para encontrar o negócio de eCommerce perfeito.



Principais categorias de eCommerce


Naturalmente, ao abrir um negócio, você vai querer trabalhar em uma categoria que esteja crescendo.


Em 2020, todas as categorias de negócios de eCommerce do Wix cresceram em comparação com 2019 - algumas ultrapassando um crescimento de mais de 400%.

Segundo o relatório de final de ano do Wix sobre o crescimento do eCommerce, as categorias de comércio eletrônico que tiveram um crescimento consistente no ano passado incluem:


  • Produtos para pets

  • Roupas e acessórios

  • Tecnologia

  • Antiguidades e vintage

  • Comida e bebida

  • Casa e jardim

  • Saúde e beleza

  • Entretenimento

  • Produtos para crianças e bebês


Com tantas categorias em crescimento, pode ser difícil decidir qual produto é melhor para o seu negócio online. Sua situação, interesses e habilidades podem ajudá-lo a determinar o produto mais viável para você.


Captura de tela de pesquisa por região no Google Trends


Como escolher produtos para sua loja virtual


Considere as seguintes etapas valiosas ao determinar seu produto ideal:


  • Comece com seu público-alvo: identifique, pesquise e ouça seus clientes em potencial.

  • Descubra produtos populares: depois de saber para quem você está direcionando sua estratégia de marketing, descubra quais tipos de produtos são tendências entre esse nicho de mercado. Identifique o que há de novo e bom no setor escolhido, navegando nos itens mais vendidos em mercados online ou em pesquisas de SEO. Use o Google Trends para ver o que é popular em seu país e região.

  • Atenda a uma necessidade do mercado: certifique-se de que seu produto atenda a um ponto problemático que seu público-alvo esteja enfrentando. Quanto mais nichada for sua solução, melhor.

  • Fatore o seu lucro: tente determinar a escalabilidade do seu produto, indicada pela receita gerada por real e/ou por hora investida.



Considere as seguintes questões:


  • Você criará um produto manualmente?

  • Você vai escolher um produto para fabricar?

  • Você usará dropshipping?

  • Esse produto é facil de ser enviado?

  • Você precisará terceirizar o transporte?

  • Como você vai gerenciar o armazenamento e o estoque?


Por exemplo, Mizu & Kasai é uma empresa belga de suplementos alimentares co-fundada por um farmacêutico e seu sócio. Usando seus conhecimentos, habilidades e experiência, eles identificaram um nicho no mercado de saúde e criaram uma variedade de suplementos alimentares produzidos de forma ética. O forte senso de responsabilidade ecológica da empresa se reflete em suas práticas e mensagens, usando fabricantes locais, plástico mínimo e compensando sua pegada de carbono plantando uma árvore para cada compra de produto.



As melhores ideias de negócios de eCommerce


Se você ainda não tem certeza sobre sua oferta de produto, aqui estão algumas ideias para ajudar a impulsionar sua visão. Certifique-se de considerar cada ideia no contexto de seu mercado-alvo potencial.


  • Crie uma loja virtual de roupas sustentáveis

  • Venda produtos vintage em um brechó online

  • Venda brindes personalizados e outros itens através de dropshipping

  • Venda joias artesanais sob medida

  • Fabrique e venda suplementos nutricionais veganos/orgânicos

  • Venda utensílios de cozinha e acessórios para chefs profissionais

  • Venda equipamentos de ginástica para uso doméstico

  • Venda brinquedos educativos para crianças

  • Fabrique e venda produtos naturais de skincare


Por mais clichê que pareça, o céu é o limite quando se trata de ideias de negócios de eCommerce bem-sucedidos. Como mencionamos anteriormente, há uma explosão de empreendimentos de eCommerce, e produtos e serviços diferentes podem ser adaptados para negócios online com um pouco de criatividade.



Explorando modelos de assinatura


O sucesso de uma empresa de comércio eletrônico, como qualquer empresa, depende do interesse do público, da demanda pelo produto e do mercado que você está considerando.


Uma tendência importante a ser explorada são as assinaturas.


Os modelos de assinatura estão se tornando a mais e mais comuns, mesmo em setores que não se adaptariam intuitivamente ao modelo. Por exemplo: assinaturas de meias, onde você recebe um novo par de meias elegantes entregues todos os meses.

As caixas de assinatura são populares entre as empresas porque o modelo ajuda a criar uma receita estável. Os consumidores gostam deles porque recebem uma entrega de uma marca/produto que amam todos os meses.


As assinaturas funcionam especialmente bem para itens que os clientes tendem a usar regularmente e que acabam sem perceber, como kits de barbear e papel higiênico, ou para clientes que buscam iniciar ou aplicar novos hábitos, como produtos para a pele para uma nova rotina de autocuidado. Eles também são ótimos presentes, com opções como vinhos, kits para cozinhar pratos criativos e cervejas artesanais.



03. Encontre sua proposta exclusiva de vendas


Encontrar uma Proposta Exclusiva de Vendas é importante em qualquer negócio. Sua PEV (também conhecida pela sigla em inglês USP - unique sales proposition) é aquela coisa especial que faz sua empresa se destacar da concorrência. Pergunte a si mesmo: o que torna meu negócio diferente? Com o atual boom no mundo do eCommerce, encontrar um PEV é fundamental para se diferenciar e construir um negócio online de sucesso.



Aspectos de sua PEV a serem considerados, incluem:


  1. Preço

  2. Qualidade

  3. Estilo

  4. Função

  5. Demografia

  6. Geolocalização


Os benefícios de identificar sua PEV são significativos, e vão ajudar a orientar sua jornada de negócios e a tomada de decisões importantes, desde a origem de seu produto até o marketing, branding e design de seu site.


A empresa de eCommerce americana Tiny Kitchen Candle Co. encontrou sua PEV vendendo velas feitas à mão com um forte etos ecológico. Suas velas cuidadosamente selecionadas são feitas com óleos de fragrância sem ftalato e uma mistura de cera vegana premium e livre de toxinas e parabenos.


Uma PEV distinta como esta pode reduzir drasticamente a concorrência, facilitando para os clientes encontrarem e se relacionarem com sua oferta e reduzindo os custos de marketing de sua empresa. Além disso, uma PEV suficientemente estreita abre oportunidades atraentes para colaborar com empresas tangenciais para promoção cruzada.



04. Pesquise seu público-alvo


Sentindo-se inspirado? Pronto para montar o estoque do seu produto e começar a vender? Calma. Faça sua lição de casa para evitar perder tempo e dinheiro com uma ideia.



Maneiras de validar sua ideia de negócio de eCommerce


A validação real do produto ocorre apenas quando alguém paga por ele, mas há uma variedade de abordagens que você pode usar para ganhar confiança em sua ideia.



Conheça o seu público-alvo


Imagine seu público-alvo como o cliente de nível "alma gêmea" do seu produto. Pessoas que não querem apenas o seu produto, mas precisam dele para satisfazer uma necessidade, hobby ou paixão.



Como você identifica seu público-alvo? Aqui está nosso conselho principal:


a. Garantir que o produto resolva um ponto problemático do cliente


Verifique avaliações sobre produtos existentes ou relacionados, navegue por fóruns online e subreddits relacionados à sua ideia de produto, e analise históricos de pesquisa de palavras-chave relacionadas. O conteúdo relacionado vinculado a esta pesquisa o ajudará a identificar as comunidades que existem dentro do seu mercado potencial. Tente criar um documento de pesquisa para reunir mais informações sobre o que os usuários esperam de determinados produtos.



b. Pesquise sua competição


O que seus concorrentes estão fazendo? Que tipo de público eles estão atraindo? Que tipo de anúncio eles veiculam? Um Alerta do Google para cada um de seus concorrentes pode ser valioso para rastrear o que está acontecendo em seu nicho de mercado.



c. Teste sua ideia de produto


Tente avaliar o nível de interesse em seu novo produto. Crie uma landing page para despertar o interesse e a curiosidade em torno de sua ideia. Adicione um CTA solicitando que os visitantes se inscrevam para receber notificações sobre quando o produto estiver pronto para lançamento. Crie uma contagem regressiva para uma data de lançamento e execute uma campanha de publicidade online nas redes sociais com base nas suas palavras-chave e no seu público-alvo escolhido. Pergunte a si mesmo: você está vendo alguma indicação de que tem uma ideia vencedora?



Como criar um plano de negócios para uma empresa de eCommerce


Após validar sua ideia de produto e o modelo de negócios para vendê-lo, é aconselhável criar um plano de negócios.


Um plano de negócios é um documento escrito que formaliza seu negócio, como ele funcionará, operará e se desenvolverá. Os planos de negócios ajudam a estruturar o seu negócio e a orientar o seu crescimento. Se bem executados, também podem ajudar a atrair parceiros e investimentos.



Seu plano de negócios deve incluir:


  • Sumário executivo

  • Descrição da Empresa

  • Produtos e serviços

  • Análise de mercado

  • Plano de marketing

  • Gestão e organização

  • Projeções financeiras

  • Apêndices


Para começar agora a elaborar seu plano de negócios, experimente usar um modelo de plano de negócios.



05. Estabeleça seu negócio de eCommerce


O lançamento de sua loja virtual é uma tarefa longa e trabalhosa. É importante ressaltar que para começar a operar com seu eCommerce, você precisará seguir todas as práticas recomendadas para iniciar um negócio.


Nós já cobrimos alguns aspectos do processo, como refinar sua ideia de negócio de eCommerce, fazer pesquisas de mercado, verificar concorrentes e criar um plano de negócios. Mas ainda existem diversas etapas adicionais para realizar seu sonho de vender online com sucesso.


Como nomear seu negócio online


Nomear seu novo negócio de eCommerce é uma das etapas mais importantes e emocionantes para criar sua loja virtual. Depois de ter um nome, o negócio se torna muito mais real e fica mais fácil de desenvolver as etapas seguintes.


O nome de uma empresa deve ser funcional e interessante. Primeiro considere, de quantos nomes você precisa? Dependendo do seu modelo de negócios e do produto que você escolheu, você pode optar por um nome que sirva como o nome legal da sua empresa e o nome de fachada — os conhecidos "razão social" e "nome fantasia", respectivamente.


Certifique-se de obter uma lista sólida para trabalhar, pois você pode descobrir - por meio do processo de verificação - que muitos nomes de que você gosta podem não estar disponíveis para você. Algumas ferramentas relevantes para gerar várias opções são:


  • Pesquisas por palavra-chave

  • De inspiração cultural ou de nicho

  • Soletrações alternativas


Finalmente, você deseja revisar e verificar seus nomes. Reduza sua lista de nomes possíveis aos favoritos. Certifique-se de que seus nomes sejam:


  • Fácil de ler, falar, soletrar, lembrar

  • Fácil de pesquisar

  • Disponível como um domínio online


Após ter sua lista final em mãos, você executará uma última etapa para verificar seus nomes: a revisão legal. No mínimo, você deseja verificar cada nome em sua lista para garantir que não haja empresas ou marcas registradas existentes com nomes semelhantes em seu estado.



Criando seu logo


Assim como nomear sua empresa, criar um logo é um marco criativo que muitos proprietários de empresas ficam ansiosos para alcançar. Você pode contratar um designer profissional ou um Parceiro Wix para ajudar a criar essa parte importante da sua identidade de marca. Ou, alternativamente, você pode criar o seu próprio, usando uma ferramenta como o Criador de Logo Wix.



06. Abra sua loja virtual


Começar um negócio de eCommerce é empolgante. Lançar sua loja virtual é ainda mais. Aqui estão algumas considerações importantes:


Escolha a plataforma de eCommerce correta


Pode ser difícil decidir qual é a melhor plataforma de eCommerce para pequenas empresas. Mantenha as seguintes prioridades em mente ao pesquisar:


  • Ferramentas: a plataforma terá as ferramentas integradas necessárias para que você cresça em um negócio lucrativo de eCommerce? Pense em soluções de pagamento, checkout seguro, ferramentas de SEO e marketing, e um painel de controle organizado — apenas para começar.

  • Negócios especializados: a plataforma terá os recursos necessários para operar sua loja ideal?

  • Preços: como é o preço da plataforma? Faz sentido financeiramente agora? Oferece planos que crescem com o seu negócio?

  • Capacidades de design: você será capaz de criar uma loja virtual que se adapte bem à sua marca e funções? Você pode personalizar o design da sua loja?

  • Visualização mobile: seu site será otimizado para celular, garantindo uma ótima aparência em todos os dispositivos dos seus clientes?


O Wix eCommerce é uma plataforma multifuncional completa com as ferramentas e recursos necessários para criar um negócio online de sucesso. Monte seu eCommerce com um template feito por designers e personalize-o à sua maneira, integre dropshipping e gerencie tudo — de pedidos a análises — a partir de um só painel de controle.


Página de templates wix


Adquira o seu produto


Você pode estar criando seus próprios produtos, trabalhando com um atacadista ou experimentando o dropshipping, e sejá lá qual for a opção escolhida, chegou a hora de montar seu estoque. No caso de dropshipping, você pode começar a vender criando sua conta em um fornecedor do ramo, e conectando-a à sua loja virtual. Uma dica especial é comprar amostras dos produtos que você pretende vender para garantir que sejam de alta qualidade.



Conecte um provedor de pagamento


Para começar a ganhar dinheiro, determine os métodos de pagamento que você aceitará. Planeje oferecer aos clientes mais de um método de pagamento, para que eles possam usar sua opção preferida. Dependendo da geografia, várias soluções de pagamento online estão disponíveis:


  • Cartões de crédito/débito

  • Boleto

  • PIX

  • Carteiras digitais (como PayPal)

  • Transferências bancárias

  • Pagamento manual



Faça sua pesquisa e preste muita atenção às taxas e sobretaxas de seus fornecedores escolhidos. Se você construir seu site com o Wix, poderá ser pago facilmente com nossa solução de pagamento nativa, Wix Pagamentos.



Obtendo o domínio do seu negócio de comércio eletrônico


Para determinar o nome de domínio ideal, verifique se ele corresponde ao nome da loja. Isso ajuda os compradores a encontrar você da maneira mais fácil. Na verdade, isso é tão importante que você pode considerar torná-lo um fator decisivo na escolha do nome da sua loja.


Com o Wix eCommerce, você pode encontrar, registrar e vincular um nome de domínio rapidamente. Enquanto a maioria dos domínios custa cerca de US$ 10 a US$ 15 por ano, você receberá um domínio grátis para o primeiro ano do seu negócio online ao se inscrever em um plano Wix Premium.



Projete seu site de comércio eletrônico para vendas


Para obter o máximo do seu site e loja, certifique-se de otimizar o design da sua vitrine online para maximizar as vendas. Aqui estão algumas dicas para manter em mente:


  • Use um template de eCommerce: economize tempo e dinheiro usando um template de eCommerce. Os templates de eCommerce têm um pacote de funcionalidades embutido, o que permite que empreendedores e empreendedoras pelo mundo economizem tempo e esforço. Procurando inspiração? Dê uma olhada em nossos templates de site de eCommerce feitos por designers.

  • Seja claro sobre o que você vende: facilite para os visitantes da sua loja entenderem do que se trata o seu negócio, e use o SEO para garantir que os motores de busca saibam o que você vende. Os sites Wix que completam a configuração de SEO recebem 2 vezes mais visitantes e um volume de negócios 1,3 vezes maior.

  • Use CTAs simples: em todos os pontos da jornada de compra para seu negócio de eCommerce, seus clientes devem saber o que fazer. CTAs claros, como “Comprar agora", garante uma experiência do usuário tranquila.

  • Mantenha sua loja bem estruturada: use uma barra de navegação útil para garantir que os clientes possam se orientar em sua página. Se você vende uma variedade de itens, considere as guias para diferentes categorias.

  • Use imagens de alta qualidade: a fotografia de produto desempenha um papel vital na conversão das vendas online. Certifique-se de que suas fotos mostrem claramente seus produtos e inspirem confiança em seus clientes de que eles obterão o que verão.


Nós elaboramos um guia completo e atualizado sobre como criar uma loja virtual para você obter mais informações sobre como criar sua vitrine online.



07. Gerencie as finanças do seu negócio online


Ao começar, especialmente se este for seu primeiro negócio, pode ser um pouco opressor considerar como administrar o dinheiro vindo da operação do seu eCommerce. As finanças de um eCommerce vão além do recebimento do pagamento das compras realizadas na loja online. Trata-se de administrar o dinheiro da empresa para permitir o crescimento e a estabilidade.



Dicas especializadas de gestão financeira para eCommerce


Há uma série de fatores que você deve considerar ao planejar as finanças de sua empresa:


  • Fatore os custos recorrentes

  • Crie um orçamento para despesas de marketing

  • Planeje conforme a sazonalidade

  • Use estratégias sólidas de gerenciamento de estoque

  • Certifique-se de usar a melhor plataforma de eCommerce

  • Reserve o suficiente para lidar com devoluções e chargebacks

  • Minimize os custos de envio

08. Promova um negócio de comércio eletrônico de sucesso


Sua abordagem ao marketing para eCommerce deve ser um plano robusto construído em torno de estratégias que ressoem com seu público-alvo e reflitam sua marca em geral. Construir uma estratégia de marketing para eCommerce vencedora é a chave para superar a crescente competição no espaço do comércio pela Internet.


Táticas de marketing para eCommerce


O marketing para eCommerce inclui qualquer tipo de atividade promocional que você faça para a empresa — seja online ou offline. Alguns exemplos de tipos de marketing comuns para eCommerce são:


  • Email marketing: envio de emails promocionais e newsletters recorrentes para os assinantes do seu site oferecendo incentivos para a compra de seu produto e anunciando novidades.

  • Marketing de mídia social: criação de conteúdo personalizado para promover seu produto em plataformas de mídia social.

  • Marketing digital: promoção de marca através de qualquer dispositivo digital, usando métodos de publicidade online altamente direcionados, como Search Engine Optimization (SEO), Pay-Per-Click (PPC), publicidade em mídia social e marketing de conteúdo.

  • Anúncios impressos: alcançando clientes em larga escala através de jornais e revistas.

  • PR: garantir cobertura positiva não paga para sua marca através de mídia impressa, transmitida ou online.


Aqui estão algumas atividades de planejamento que podem apoiar seus esforços de marketing de forma mais eficaz:


  • Criação de buyer personas

  • Concentrar tempo e recursos onde seus compradores estão

  • Compreender o funil de vendas e as jornadas do cliente

  • Aprimorar as taxas de conversão



FAQ: Perguntas comuns sobre como iniciar um negócio de comércio eletrônico


  • O comércio eletrônico é lucrativo? Como acontece com qualquer empresa, o sucesso de um negócio de eCommerce depende de muitos fatores, mas as tendências dentro do eCommerce mostram um enorme potencial de crescimento e lucratividade. De acordo com a pesquisa realizada pelo Movimento Compre&Confie e pela ABComm, as vendas online cresceram 56,8% de janeiro a agosto de 2020, em relação ao mesmo período de 2019. Além disso, está previsto que até 2040, 95% das compras no varejo serão feitas online.

  • Como faço para ter sucesso no comércio eletrônico? Embora haja uma série de fatores em jogo, você terá um ótimo começo se fizer sua pesquisa e se organizar antes de começar a enviar produtos. Quanto mais clareza e compreensão você tiver do seu negócio antes do lançamento, maior será a probabilidade de ter escolhido um produto que tenha um mercado com espaço para crescer.


  • Quanto custa para iniciar um negócio de eCommerce? Posso começar um negócio online sem dinheiro? O custo para lançar seu novo negócio de comércio eletrônico depende do seu produto, do mercado e da escala necessária para começar. Para muitas empresas, modelos online são mais acessíveis para começar mesmo assim. Use a seção de projeções financeiras em nosso modelo de plano de negócios para ajudar a esclarecer como serão seus custos iniciais. Aqui estão alguns custos a serem considerados:

  • A criação do seu site de eCommerce

  • A compra de estoque ou matéria-prima

  • O design de logo

  • Branding

  • Fotografia de produto

  • Embalagem

  • Envio

  • Marketing e publicidade online

  • Despesas comerciais ou jurídicas

  • Equipe

Você pode cobrir esses custos usando suas economias? Caso contrário, convém solicitar um empréstimo ou investimento para colocar seu negócio em funcionamento. Seja qual for o caminho que você escolher, gerencie suas finanças definindo um orçamento realista e use-o para orientar todas as decisões que você tomar para o seu negócio.


  • Quais são os tipos de eCommerce? Existem vários formatos de negócios de eCommerce com base no tipo de transação que ocorre. Esses incluem:

  • B2B: comércio eletrônico business-to-business

  • B2C: comércio eletrônico business-to-consumer

  • C2C: Comércio eletrônico de consumidor para consumidor

  • C2B: Comércio eletrônico de consumidor para empresa

  • Comércio eletrônico relacionado ao governo


Em cada uma dessas classificações, qualquer um dos modelos de negócios pode funcionar, dependendo do produto ou serviço que está sendo vendido.


  • Como posso administrar meu eCommerce internacionalmente? A configuração de seu eCommerce internacional segue etapas semelhantes às de qualquer empresa de comércio eletrônico, com algumas diferenças:

  • Expanda seu escopo de pesquisa de mercado

  • Mergulhe nas leis e regulamentos das regiões preteridas

  • Certifique-se de que sua loja virtual e marketing online estão preparados para vender/anunciar nessas regiões

  • Tome cuidado extra com o atendimento e o envio

  • Use o Wix Multilingual para preparar seu site para visitantes estrangeiros



Publicado por Hannah Beltrão

Blogger & Growth Marketing Specialist - Português


pt03.png